Arquivos 2 de Janeiro de 2013 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

2 de Janeiro de 2013

Geopark Araripe e patrimônio natural

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

02 de Janeiro de 2013

     Já comentemos aqui no Blog Verde, sobre geoparks. Geoparks não são parques. São um selo outorgado pela Rede Global de Geoparks (GGN), sob os auspícios da UNESCO.

    O Ceará possui o único geopark das Américas. Situado ao Sul do Ceará, o Geopark Araripe possui patrimônio natural único, singular, ímpar.

    Parte do patrimônio natural possui proteção legal por meio das diferentes Unidades de Conservação presentes no território do Geopark Araripe. Conforme Cabral e Silva (2012), quanto à conservação e preservação da biodiversidade, contemplando-se à proteção do patrimônio natural e cultural, mencionado espaço abriga 11 (onze) unidades de conservação (UCs), criadas em âmbito federal, estadual ou municipal.

     Unidade de Conservação

Diploma Legal

Área (ha)

Município (s)

Adm.

Floresta Nacional (FLONA) do Araripe-Apodi Decreto-Lei nº 9.226, de 02.05.46

38.262,32

Santana do Cariri, Crato, Barbalha, Missão Velha e Jardim

Federal

Parque Ecológico

das Timbaúbas

Decreto No 1.183

de 16/06/1997

634,50

Juazeiro do Norte

Municipal

Área de Proteção Ambiental (APA) Chapada do Araripe

 

Área total engloba municípios do Ceará, Piauí e Pernambuco, perfazendo

1.042.495,74 ha

Decreto s/ no

de 04/08/1997

617.302,12

(estado do Ceará)

Missão Velha, Abaiara, Brejo Santo, Porteiras, Jati, Penaforte, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Santana do Cariri, Araripe, Potengi, Campos Sales, Salitre, Assaré, Altaneira, Farias Brito

Federal

Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Arajara Park

 

Portaria IBAMA

No 24 de 29/02/1999

27,81

Barbalha

Particular

Parque Natural Municipal da Cachoeira de Missão Velha Lei No 002

de 15/02/2002 e

Lei-complementar

No17de 18/11/2002

120,00

Missão Velha

Municipal

Monumento Natural

Pontal da Santa Cruz

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

200.034,24

Santana do Cariri

Estadual

Monumento Natural

Sítio Canabrava

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

181.500,00

Santana do Cariri

Estadual

Monumento Natural

Sítio Riacho do Meio

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

173.207,09

Barbalha

Estadual

Monumento Natural

Cachoeira do Rio

Batateira

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

75.332,98

Missão Velha

Estadual

Parque Estadual do Sítio Fundão Decreto No 29.307

de 05/06/2008

93,52

Crato

Estadual

Parque Municipal Ecológico

do Riacho do Meio

Decreto No 048/2009

de 28/09/2009

15,81

Barbalha

Municipal

Fonte: IFCE (2011), Oliveira (2011) e Cabral; Mota (2010).

     Acrescentam Cabral e Silva (2012), com base nas reflexões sobre o patrimônio natural, que os valores da biodiversidade e da pluralidade foram incorporadas como elemento fundamental no padrão de desenvolvimento do território do Geopark Araripe/CE.

Fonte: Cabral, N; Silva, A. Análise do patrimônio natural e cultural do Geopark Araripe/CE a partir da legislação ambiental pertinente. Revista Olam. Rio Claro: UNESP, 2012.

Publicidade

Geopark Araripe e patrimônio natural

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

02 de Janeiro de 2013

     Já comentemos aqui no Blog Verde, sobre geoparks. Geoparks não são parques. São um selo outorgado pela Rede Global de Geoparks (GGN), sob os auspícios da UNESCO.

    O Ceará possui o único geopark das Américas. Situado ao Sul do Ceará, o Geopark Araripe possui patrimônio natural único, singular, ímpar.

    Parte do patrimônio natural possui proteção legal por meio das diferentes Unidades de Conservação presentes no território do Geopark Araripe. Conforme Cabral e Silva (2012), quanto à conservação e preservação da biodiversidade, contemplando-se à proteção do patrimônio natural e cultural, mencionado espaço abriga 11 (onze) unidades de conservação (UCs), criadas em âmbito federal, estadual ou municipal.

     Unidade de Conservação

Diploma Legal

Área (ha)

Município (s)

Adm.

Floresta Nacional (FLONA) do Araripe-Apodi Decreto-Lei nº 9.226, de 02.05.46

38.262,32

Santana do Cariri, Crato, Barbalha, Missão Velha e Jardim

Federal

Parque Ecológico

das Timbaúbas

Decreto No 1.183

de 16/06/1997

634,50

Juazeiro do Norte

Municipal

Área de Proteção Ambiental (APA) Chapada do Araripe

 

Área total engloba municípios do Ceará, Piauí e Pernambuco, perfazendo

1.042.495,74 ha

Decreto s/ no

de 04/08/1997

617.302,12

(estado do Ceará)

Missão Velha, Abaiara, Brejo Santo, Porteiras, Jati, Penaforte, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Santana do Cariri, Araripe, Potengi, Campos Sales, Salitre, Assaré, Altaneira, Farias Brito

Federal

Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Arajara Park

 

Portaria IBAMA

No 24 de 29/02/1999

27,81

Barbalha

Particular

Parque Natural Municipal da Cachoeira de Missão Velha Lei No 002

de 15/02/2002 e

Lei-complementar

No17de 18/11/2002

120,00

Missão Velha

Municipal

Monumento Natural

Pontal da Santa Cruz

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

200.034,24

Santana do Cariri

Estadual

Monumento Natural

Sítio Canabrava

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

181.500,00

Santana do Cariri

Estadual

Monumento Natural

Sítio Riacho do Meio

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

173.207,09

Barbalha

Estadual

Monumento Natural

Cachoeira do Rio

Batateira

Decreto No 28.506

de 01/12/2006

75.332,98

Missão Velha

Estadual

Parque Estadual do Sítio Fundão Decreto No 29.307

de 05/06/2008

93,52

Crato

Estadual

Parque Municipal Ecológico

do Riacho do Meio

Decreto No 048/2009

de 28/09/2009

15,81

Barbalha

Municipal

Fonte: IFCE (2011), Oliveira (2011) e Cabral; Mota (2010).

     Acrescentam Cabral e Silva (2012), com base nas reflexões sobre o patrimônio natural, que os valores da biodiversidade e da pluralidade foram incorporadas como elemento fundamental no padrão de desenvolvimento do território do Geopark Araripe/CE.

Fonte: Cabral, N; Silva, A. Análise do patrimônio natural e cultural do Geopark Araripe/CE a partir da legislação ambiental pertinente. Revista Olam. Rio Claro: UNESP, 2012.