Resultados do Fórum Econômico Mundial - 2015 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Resultados do Fórum Econômico Mundial – 2015

     Hoje se encerra o Fórum Econômico Mundial, que teve em seu período de realização (21 a 24 de janeiro/2015) mais de 2.500 participantes.

     As discussões, de alto nível, tiveram a tônica da necessária ação em nível global, uma vez que a mensagem dos líderes mundiais foi: caso o setor político, o setor privado e as organizações internacionais não agirem sobre as alterações climáticas e sobre o desenvolvimento sustentável neste ano de 2015, a oportunidade de criar um crescimento de baixo carbono e reduzir a pobreza poderá ser perdida.

     No próximo julho, acontecerá a 3ª Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento, evento importante para reorientar os caminhos rumo ao desenvolvimento sustentável.

     A Cúpula das Nações Unidas em Nova York, no próximo setembro, deve adotar a agenda de desenvolvimento pós-2015 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que vem sendo discutidos há mais de três anos, num processo que teve início em 2012, logo após a realização da Rio+20. Ainda este ano, em Paris, em dezembro, 196 países vão se reunir para chegar a um novo acordo sobre as alterações climáticas.

    O Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, comentou: “Estou muito animado. A cúpula do clima, em setembro passado, criou um novo impulso político. Foi uma decisão de liderança de longo alcance para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 20% até 2040”. Acrescentou: “O crescimento deve ser mais inclusivo e mais verde”, Em 2030 o mundo deve fazer um investimento maciço em infraestrutura, cidades e agricultura. “Se esse gasto for direcionado para o crescimento de baixo carbono, estaremos no caminho para sociedades resistentes ao clima”.

     Ban Ki-moon lembrou aos participantes que a liderança é necessária e o crescimento e infraestrutura devem ser consideradas em conjunto. “Conclamo-os a escolher com sabedoria e investir no caminho de baixo carbono”, disse ele.

Fonte: WEF/ONU

Publicidade aqui

Resultados do Fórum Econômico Mundial – 2015

     Hoje se encerra o Fórum Econômico Mundial, que teve em seu período de realização (21 a 24 de janeiro/2015) mais de 2.500 participantes.

     As discussões, de alto nível, tiveram a tônica da necessária ação em nível global, uma vez que a mensagem dos líderes mundiais foi: caso o setor político, o setor privado e as organizações internacionais não agirem sobre as alterações climáticas e sobre o desenvolvimento sustentável neste ano de 2015, a oportunidade de criar um crescimento de baixo carbono e reduzir a pobreza poderá ser perdida.

     No próximo julho, acontecerá a 3ª Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento, evento importante para reorientar os caminhos rumo ao desenvolvimento sustentável.

     A Cúpula das Nações Unidas em Nova York, no próximo setembro, deve adotar a agenda de desenvolvimento pós-2015 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que vem sendo discutidos há mais de três anos, num processo que teve início em 2012, logo após a realização da Rio+20. Ainda este ano, em Paris, em dezembro, 196 países vão se reunir para chegar a um novo acordo sobre as alterações climáticas.

    O Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, comentou: “Estou muito animado. A cúpula do clima, em setembro passado, criou um novo impulso político. Foi uma decisão de liderança de longo alcance para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 20% até 2040”. Acrescentou: “O crescimento deve ser mais inclusivo e mais verde”, Em 2030 o mundo deve fazer um investimento maciço em infraestrutura, cidades e agricultura. “Se esse gasto for direcionado para o crescimento de baixo carbono, estaremos no caminho para sociedades resistentes ao clima”.

     Ban Ki-moon lembrou aos participantes que a liderança é necessária e o crescimento e infraestrutura devem ser consideradas em conjunto. “Conclamo-os a escolher com sabedoria e investir no caminho de baixo carbono”, disse ele.

Fonte: WEF/ONU