Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Balança comercial cearense apresenta déficit em julho

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de agosto de 2016

O Ceará voltou a apresentar em julho queda nas exportações (-3,7%) na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de U$ 89,6 milhões para U$ 86,3 milhões. Já as importações cresceram, registrando aumento de 139,4% (passando de U$ 223,9 milhões para U$ 536,1 milhões). Esse resultado se deve sobretudo a aquisição de bens do setor de caldeiras, máquinas e instrumentos mecânicos, voltados principalmente à CSP. Em vista disso a balança comercial cearense no período atingiu U$ 449,8 milhões. Os dados são da edição de agosto de 2016 (período de referência: Janeiro a Julho  de 2016) do “Ceará em Comex”, Estudo de Inteligência Comercial elaborado mensalmente pelo Centro Internacional de Negócios da FIEC, que retrata o panorama do comércio exterior do estado do Ceará. O referido estudo (em anexo) tem como fonte de informação o sistema AliceWeb, da Secretaria de Comércio Exterior – SECEX, do Ministério de Desenvolvimento e Comércio Exterior – MDIC.
Publicidade aqui

Balança comercial cearense apresenta déficit em julho

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de agosto de 2016

O Ceará voltou a apresentar em julho queda nas exportações (-3,7%) na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de U$ 89,6 milhões para U$ 86,3 milhões. Já as importações cresceram, registrando aumento de 139,4% (passando de U$ 223,9 milhões para U$ 536,1 milhões). Esse resultado se deve sobretudo a aquisição de bens do setor de caldeiras, máquinas e instrumentos mecânicos, voltados principalmente à CSP. Em vista disso a balança comercial cearense no período atingiu U$ 449,8 milhões. Os dados são da edição de agosto de 2016 (período de referência: Janeiro a Julho  de 2016) do “Ceará em Comex”, Estudo de Inteligência Comercial elaborado mensalmente pelo Centro Internacional de Negócios da FIEC, que retrata o panorama do comércio exterior do estado do Ceará. O referido estudo (em anexo) tem como fonte de informação o sistema AliceWeb, da Secretaria de Comércio Exterior – SECEX, do Ministério de Desenvolvimento e Comércio Exterior – MDIC.