Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

SUSTENTABILIDADE É PAUTA OBRIGATÓRIA NAS OBRAS DA MRV ENGENHARIA

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

04 de junho de 2017

Construtora prioriza iniciativas e materiais que possibilitam economia de recursos nos canteiros e também nos imóveis entregues aos clientes

A MRV atua para reduzir os impactos de suas atividades no meio ambiente e adotar iniciativas que contribuam com a melhoria da qualidade de vida de seus colaboradores e de suas famílias, da comunidade local e da sociedade como um todo nas mais de 140 cidades onde está presente. Para isso, a construtora sempre prioriza iniciativas e materiais que possibilitam economia de recursos nos canteiros e também nos imóveis entregues aos clientes.

Em seus canteiros de obras, a construtora implantou sistema para reaproveitamento da água da chuva e das betoneiras, este último desenvolvido em um sistema de decantação. A gestão de resíduos também é aplicada, possibilitando a segregação correta dos resíduos, descarte adequado e possível reutilização.

A construtora se preocupa em entregar imóveis que possibilitem aos moradores a redução do consumo de recursos naturais como é o caso das descargas com caixa acoplada e sistema dual flush, que chegam a economizar 17 litros por acionamento, caixas para reaproveitamento de água da chuva, que podem ser utilizadas para uso nas descargas do salão de festas e portaria ou irrigação de jardins; os sensores de presença são instalados para garantir a economia de luz, entre outros. Neste ano a MRV dá mais um passo no caminho da sustentabilidade, a empresa vai lançar 30% de todos os seus projetos com energia fotovoltaica, oferecendo energia limpa para os seus clientes. A meta da construtora é que em cinco anos, 100% dos os seus imóveis terão energia fotovoltaica.

Para o gestor executivo de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da MRV Engenharia, José Luiz Esteves da Fonseca, a preocupação com a implantação de itens sustentáveis nos empreendimentos da construtora é prioridade, ainda mais em tempos que a economia de recursos naturais é fundamental. “Entregamos os residenciais com toda uma estrutura que permite ao morador e ao condomínio uma economia significante em diversas esferas. Todos os itens de economia e sustentabilidade já estão à mão, o que motiva os moradores a colaborarem. Quando o cliente já possui um local apropriado para o descarte de resíduos recicláveis, por exemplo, é muito mais fácil que a coleta seletiva ocorra”, explicou.

Os projetos da companhia ainda atendem a criteriosos programas de qualidade como as certificações PBQP-H nível A e ISO 9001, que regula o gerenciamento adequado do negócio com foco na qualidade do produto e satisfação dos clientes e da ISO 14001 e OSHAS 18001, que são normas de respeito ao meio ambiente e de segurança e saúde no ambiente de trabalho. Para reforçar a adoção de praticas sustentáveis na companhia, a MRV ainda criou o selo “MRV + Verde”, que certifica o empreendimento que atender a 17 recomendações obrigatórias e  o selo “Obra Verde MRV” que certifica o canteiro de obras e prevê que esse apresente 10 critérios obrigatórios, como, gestão de resíduos, utilização de madeira certificada e reaproveitamento de água, utilização prioritária de iluminação natural entre outros; ambos certificados pela BVQI (Bureau Veritas Certification), organização internacionalmente conhecida que realiza serviços de certificação e avaliação de conformidade.

Fora dos empreendimentos, a MRV também está investindo na melhoria da qualidade de vida dos moradores das cidades onde atua, com parcerias com o poder público para execução de obras de urbanização, somente, em 2016 foram investidos R$ 192 milhões em obras de infraestrutura, além do plantio de árvores de 758 mil árvores nos últimos seis anos, sendo 123 mil árvores somente no ano passado.

Compromisso

Em 2016, a MRV Engenharia também aderiu ao Pacto Global das Nações Unidas, acordo desenvolvido pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Ao aderir ao pacto, a construtora se uniu a mais de 12 mil organizações signatárias articuladas por cerca de 150 redes ao redor do mundo compromissadas em fazer negócios de forma responsável e tomar ações estratégicas para avançar objetivos sociais mais amplos, com ênfase na colaboração e inovação.

Publicidade aqui

SUSTENTABILIDADE É PAUTA OBRIGATÓRIA NAS OBRAS DA MRV ENGENHARIA

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

04 de junho de 2017

Construtora prioriza iniciativas e materiais que possibilitam economia de recursos nos canteiros e também nos imóveis entregues aos clientes

A MRV atua para reduzir os impactos de suas atividades no meio ambiente e adotar iniciativas que contribuam com a melhoria da qualidade de vida de seus colaboradores e de suas famílias, da comunidade local e da sociedade como um todo nas mais de 140 cidades onde está presente. Para isso, a construtora sempre prioriza iniciativas e materiais que possibilitam economia de recursos nos canteiros e também nos imóveis entregues aos clientes.

Em seus canteiros de obras, a construtora implantou sistema para reaproveitamento da água da chuva e das betoneiras, este último desenvolvido em um sistema de decantação. A gestão de resíduos também é aplicada, possibilitando a segregação correta dos resíduos, descarte adequado e possível reutilização.

A construtora se preocupa em entregar imóveis que possibilitem aos moradores a redução do consumo de recursos naturais como é o caso das descargas com caixa acoplada e sistema dual flush, que chegam a economizar 17 litros por acionamento, caixas para reaproveitamento de água da chuva, que podem ser utilizadas para uso nas descargas do salão de festas e portaria ou irrigação de jardins; os sensores de presença são instalados para garantir a economia de luz, entre outros. Neste ano a MRV dá mais um passo no caminho da sustentabilidade, a empresa vai lançar 30% de todos os seus projetos com energia fotovoltaica, oferecendo energia limpa para os seus clientes. A meta da construtora é que em cinco anos, 100% dos os seus imóveis terão energia fotovoltaica.

Para o gestor executivo de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da MRV Engenharia, José Luiz Esteves da Fonseca, a preocupação com a implantação de itens sustentáveis nos empreendimentos da construtora é prioridade, ainda mais em tempos que a economia de recursos naturais é fundamental. “Entregamos os residenciais com toda uma estrutura que permite ao morador e ao condomínio uma economia significante em diversas esferas. Todos os itens de economia e sustentabilidade já estão à mão, o que motiva os moradores a colaborarem. Quando o cliente já possui um local apropriado para o descarte de resíduos recicláveis, por exemplo, é muito mais fácil que a coleta seletiva ocorra”, explicou.

Os projetos da companhia ainda atendem a criteriosos programas de qualidade como as certificações PBQP-H nível A e ISO 9001, que regula o gerenciamento adequado do negócio com foco na qualidade do produto e satisfação dos clientes e da ISO 14001 e OSHAS 18001, que são normas de respeito ao meio ambiente e de segurança e saúde no ambiente de trabalho. Para reforçar a adoção de praticas sustentáveis na companhia, a MRV ainda criou o selo “MRV + Verde”, que certifica o empreendimento que atender a 17 recomendações obrigatórias e  o selo “Obra Verde MRV” que certifica o canteiro de obras e prevê que esse apresente 10 critérios obrigatórios, como, gestão de resíduos, utilização de madeira certificada e reaproveitamento de água, utilização prioritária de iluminação natural entre outros; ambos certificados pela BVQI (Bureau Veritas Certification), organização internacionalmente conhecida que realiza serviços de certificação e avaliação de conformidade.

Fora dos empreendimentos, a MRV também está investindo na melhoria da qualidade de vida dos moradores das cidades onde atua, com parcerias com o poder público para execução de obras de urbanização, somente, em 2016 foram investidos R$ 192 milhões em obras de infraestrutura, além do plantio de árvores de 758 mil árvores nos últimos seis anos, sendo 123 mil árvores somente no ano passado.

Compromisso

Em 2016, a MRV Engenharia também aderiu ao Pacto Global das Nações Unidas, acordo desenvolvido pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Ao aderir ao pacto, a construtora se uniu a mais de 12 mil organizações signatárias articuladas por cerca de 150 redes ao redor do mundo compromissadas em fazer negócios de forma responsável e tomar ações estratégicas para avançar objetivos sociais mais amplos, com ênfase na colaboração e inovação.