Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Instituto Aço Cerense e Sesc firmam parceria para oferecer atividades esportivas a cerca de 300 pessoas 

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

10 de junho de 2017

 

O Instituto Aço Cearense (IAC) e o Serviço Social do Comércio (SESC) assinaram acordo para oferecer atividades esportivas para crianças, adolescentes, jovens e famílias  através do Projeto Sesc Ativo, que tem como objetivo atender um público de aproximadamente 300 crianças a partir de sete anos e adultos O projeto ocorrerá inicialmente na Associação Escola de Campeões e no Pequeno Cotolengo, instituições que recebem o apoio financeiro do Instituto Aço Cearense. Serão oferecidas as atividades de: atletismo, hidroterapia, voleibol, futsal feminino, handebol e ginastica para mães.

 

As inscrições para as atividades já estão abertas e as aulas têm previsão para o início da segunda quinzena de junho. O Instituto Aço Cearense oferecerá a estrutura, o acolhimento e a mobilização das comunidades que serão atendidas. Já o SESC terá como responsabilidade os professores e materiais utilizados nas modalidades esportivas.

 

Sobre o Instituto Aço Cearense

 

Em sete anos de atividades, o Instituto Aço Cearense já investiu mais de R$ 8 milhões de reais com 125 instituições atendidas, totalizando mais de 50 mil pessoas beneficiadas. O Instituto tem como objetivo principal apoiar iniciativas de instituições sociais com atuação no Terceiro Setor. Para receberem o apoio, essas entidades precisam comprovar capacidade física, técnica e institucional para desenvolver as atividades propostas.

 

As ações do Instituto estão ligadas à promoção educacional, cultural, esportiva e ambiental. Entre as suas linhas de atuação, destacam-se o atendimento a pessoas carentes em situação de risco; a garantia e a defesa dos direitos da criança e do adolescente; a formação profissional e a inserção no mercado de trabalho; a garantia e defesa dos direitos de idosos; a geração de renda e oportunidade de trabalho; a recuperação social e a promoção da saúde integral do ser humano.

Publicidade aqui

Instituto Aço Cerense e Sesc firmam parceria para oferecer atividades esportivas a cerca de 300 pessoas 

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

10 de junho de 2017

 

O Instituto Aço Cearense (IAC) e o Serviço Social do Comércio (SESC) assinaram acordo para oferecer atividades esportivas para crianças, adolescentes, jovens e famílias  através do Projeto Sesc Ativo, que tem como objetivo atender um público de aproximadamente 300 crianças a partir de sete anos e adultos O projeto ocorrerá inicialmente na Associação Escola de Campeões e no Pequeno Cotolengo, instituições que recebem o apoio financeiro do Instituto Aço Cearense. Serão oferecidas as atividades de: atletismo, hidroterapia, voleibol, futsal feminino, handebol e ginastica para mães.

 

As inscrições para as atividades já estão abertas e as aulas têm previsão para o início da segunda quinzena de junho. O Instituto Aço Cearense oferecerá a estrutura, o acolhimento e a mobilização das comunidades que serão atendidas. Já o SESC terá como responsabilidade os professores e materiais utilizados nas modalidades esportivas.

 

Sobre o Instituto Aço Cearense

 

Em sete anos de atividades, o Instituto Aço Cearense já investiu mais de R$ 8 milhões de reais com 125 instituições atendidas, totalizando mais de 50 mil pessoas beneficiadas. O Instituto tem como objetivo principal apoiar iniciativas de instituições sociais com atuação no Terceiro Setor. Para receberem o apoio, essas entidades precisam comprovar capacidade física, técnica e institucional para desenvolver as atividades propostas.

 

As ações do Instituto estão ligadas à promoção educacional, cultural, esportiva e ambiental. Entre as suas linhas de atuação, destacam-se o atendimento a pessoas carentes em situação de risco; a garantia e a defesa dos direitos da criança e do adolescente; a formação profissional e a inserção no mercado de trabalho; a garantia e defesa dos direitos de idosos; a geração de renda e oportunidade de trabalho; a recuperação social e a promoção da saúde integral do ser humano.