Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Banda Pimenta Malagueta: O axé dos anos 90 voltou com tudo e apimentado!

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de agosto de 2017

A banda apresenta o show “Todos os cantos em só voz”, relembrando os grandes sucessos do axé.

 

Quem viveu essa época certamente tem saudade do samba reggae e axé melódico, com letra e poesia que embalou muitos carnavais e micaretas. O ritmo tomou conta do país e em Fortaleza não foi diferente.

Tendo o pioneirismo como marca, a responsável por popularizar o axé na cena de shows e entretenimento noturno cearense, foi Verônica Sobreira, vocalista da Banda Pimenta Malagueta, sendo a primeira a cantar em trios elétricos no surgimento do Fortal, em seguida os pré-carnavais em Fortaleza, sempre dividindo os palcos com grandes nomes não só da música baiana, mas do cenário musical nacional.

E é não só para relembrar, mas também para mostrar que o axé dos anos 90 está mais ávido do que nunca, que a cantora realiza o show “Todos os cantos em uma só voz”, no II Ecléticos Livre Festival, no próximo dia 26/08, no anfiteatro do Parque do Cocó, fechando a noite em grande estilo e alto astral.

A “Pimentinha”, como Verônica é carinhosamente conhecida, está de volta para cantar os grandes sucessos dos carnavais.

 

Sobre a Banda Pimenta Malagueta

Era início dos anos 90 quando a Banda Pimenta Malagueta trouxe o ritmo baiano e comandou as principais micaretas na capital e interior. O trabalho conceituado e com acabamento marcou a produção local, com destaque para o cuidado com a estética apresentada no palco.

Verônica Sobreira, com a sua voz potente, arrastou multidões. Foi a primeira mulher a subir em um trio elétrico na avenida em Fortaleza. Até então, só existia o saudoso Trio Som na Praça.

São 18 anos de existência e um histórico com os mais variados eventos como pré-carnavais (blocos), carnavais, micaretas e outros marcantes como a reinauguração da Praça do Ferreira, Bandalheira (Jornal O Povo), Avenida Iluminada (Tv Verdes Mares), Estação Ceará Terra da Luz (Tv Verdes Mares) e a inauguração do Relógio do Tempo (Rede Globo).

Apresentando toda sua pluralidade artístico-cultural, ressaltando os vários Brasis que existem em cada região, bem como a valorização das raízes nordestinas  e com um público diversificado, a banda mostrou toda sua pluralidade musical dividindo o palco com grandes nomes música popular brasileira  como Fagner, Belchior, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, bem como os ícones do axé Ivete Sangalo, Olodum, Chiclete com Banana, Banda Mel, Netinho, Asa de Águia, Ricardo Chaves, entre outros.

 

Sobre o Ecléticos Livre Festival:

A segunda edição do Projeto Ecléticos Livre Festival vai acontecer nos dias 26 e 27/08 (sábado e domingo), de 15h às 21h, no Parque do Cocó, em Fortaleza. O evento plural e eclético, como o nome mesmo sugere, conta com a parceria da Enel, apoio institucional da  Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará, apoio da Cagace, coprodução da lluca Design de Ideias, realização da WM Cultural e apoio cultural do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura. Com acesso gratuito, o festival tem como temática este ano a “Música, Criatividade e Cultura Digital”, apresentando estéticas musicais para os mais variados gostos.

O “Ecléticos” tem como proposta, a renovação e  ressignificação da relação com o espaço urbano, com a cidadania, com a formação de novas plateias e com a valorização da cultura cearense, tendo como diferencial o diálogo com temas transversais como meio ambiente, ações de consciência ambiental e atividades voltadas à sustentabilidade, acessibilidade e mobilidade urbana.

O Projeto Ecléticos Livre Festival já conquistou seu público cativo. Prova disso é o expressivo número de oito mil participantes da primeira edição e a adesão e empatia da população e da mídia local. Segundo o organizador, William Mendonça,o festival tem como objetivo consolidar, na medida em que dá início à integração desses vários equipamentos culturais e sociais, a criação e ocupação de forma plural e eclética. “A meta é trabalhar a acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade na cidade, atraindo público para reflexão e para a atitude de  responsabilidade social, tendo como  proposta um  grande encontro de artistas e plateias de diferentes estéticas da música brasileira”, declara.

Serviço:

II Ecléticos Livre Festival – – Música l Criatividade l Cultura Digital

Banda Pimenta Malagueta apresenta o show “Todos os cantos em uma só voz”, com o melhor do axé dos anos 90

Quando: 26/08

Onde: Anfiteatro do Parque do Cocó

Acesso: GRATUITO

Classificação: Livre

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade aqui

Banda Pimenta Malagueta: O axé dos anos 90 voltou com tudo e apimentado!

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de agosto de 2017

A banda apresenta o show “Todos os cantos em só voz”, relembrando os grandes sucessos do axé.

 

Quem viveu essa época certamente tem saudade do samba reggae e axé melódico, com letra e poesia que embalou muitos carnavais e micaretas. O ritmo tomou conta do país e em Fortaleza não foi diferente.

Tendo o pioneirismo como marca, a responsável por popularizar o axé na cena de shows e entretenimento noturno cearense, foi Verônica Sobreira, vocalista da Banda Pimenta Malagueta, sendo a primeira a cantar em trios elétricos no surgimento do Fortal, em seguida os pré-carnavais em Fortaleza, sempre dividindo os palcos com grandes nomes não só da música baiana, mas do cenário musical nacional.

E é não só para relembrar, mas também para mostrar que o axé dos anos 90 está mais ávido do que nunca, que a cantora realiza o show “Todos os cantos em uma só voz”, no II Ecléticos Livre Festival, no próximo dia 26/08, no anfiteatro do Parque do Cocó, fechando a noite em grande estilo e alto astral.

A “Pimentinha”, como Verônica é carinhosamente conhecida, está de volta para cantar os grandes sucessos dos carnavais.

 

Sobre a Banda Pimenta Malagueta

Era início dos anos 90 quando a Banda Pimenta Malagueta trouxe o ritmo baiano e comandou as principais micaretas na capital e interior. O trabalho conceituado e com acabamento marcou a produção local, com destaque para o cuidado com a estética apresentada no palco.

Verônica Sobreira, com a sua voz potente, arrastou multidões. Foi a primeira mulher a subir em um trio elétrico na avenida em Fortaleza. Até então, só existia o saudoso Trio Som na Praça.

São 18 anos de existência e um histórico com os mais variados eventos como pré-carnavais (blocos), carnavais, micaretas e outros marcantes como a reinauguração da Praça do Ferreira, Bandalheira (Jornal O Povo), Avenida Iluminada (Tv Verdes Mares), Estação Ceará Terra da Luz (Tv Verdes Mares) e a inauguração do Relógio do Tempo (Rede Globo).

Apresentando toda sua pluralidade artístico-cultural, ressaltando os vários Brasis que existem em cada região, bem como a valorização das raízes nordestinas  e com um público diversificado, a banda mostrou toda sua pluralidade musical dividindo o palco com grandes nomes música popular brasileira  como Fagner, Belchior, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, bem como os ícones do axé Ivete Sangalo, Olodum, Chiclete com Banana, Banda Mel, Netinho, Asa de Águia, Ricardo Chaves, entre outros.

 

Sobre o Ecléticos Livre Festival:

A segunda edição do Projeto Ecléticos Livre Festival vai acontecer nos dias 26 e 27/08 (sábado e domingo), de 15h às 21h, no Parque do Cocó, em Fortaleza. O evento plural e eclético, como o nome mesmo sugere, conta com a parceria da Enel, apoio institucional da  Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará, apoio da Cagace, coprodução da lluca Design de Ideias, realização da WM Cultural e apoio cultural do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura. Com acesso gratuito, o festival tem como temática este ano a “Música, Criatividade e Cultura Digital”, apresentando estéticas musicais para os mais variados gostos.

O “Ecléticos” tem como proposta, a renovação e  ressignificação da relação com o espaço urbano, com a cidadania, com a formação de novas plateias e com a valorização da cultura cearense, tendo como diferencial o diálogo com temas transversais como meio ambiente, ações de consciência ambiental e atividades voltadas à sustentabilidade, acessibilidade e mobilidade urbana.

O Projeto Ecléticos Livre Festival já conquistou seu público cativo. Prova disso é o expressivo número de oito mil participantes da primeira edição e a adesão e empatia da população e da mídia local. Segundo o organizador, William Mendonça,o festival tem como objetivo consolidar, na medida em que dá início à integração desses vários equipamentos culturais e sociais, a criação e ocupação de forma plural e eclética. “A meta é trabalhar a acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade na cidade, atraindo público para reflexão e para a atitude de  responsabilidade social, tendo como  proposta um  grande encontro de artistas e plateias de diferentes estéticas da música brasileira”, declara.

Serviço:

II Ecléticos Livre Festival – – Música l Criatividade l Cultura Digital

Banda Pimenta Malagueta apresenta o show “Todos os cantos em uma só voz”, com o melhor do axé dos anos 90

Quando: 26/08

Onde: Anfiteatro do Parque do Cocó

Acesso: GRATUITO

Classificação: Livre

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti