Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Hospital Regional Unimed recebe doação de leite materno

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de Maio de 2019

No último domingo, 19 de maio, foi celebrado o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, instituído em dezembro de 2015 pela Lei nº 13.227, com o objetivo de chamar atenção para a doação, que pode salvar a vida de muitos bebês. Consciente da importância da amamentação exclusiva nos primeiros meses de vida, a Unimed Fortaleza disponibiliza um Posto de Coleta de Leite Humano, localizado no Hospital Regional Unimed (HRU) que funciona de segunda a domingo, das 07h às 18h, no 6º andar.

Com profissionais capacitados para auxiliar as mães tanto na amamentação, quanto na orientação de como ser uma doadora de leite materno, o posto tem parceria com o Banco de Leite da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), onde este alimento é selecionado quanto a sujidades, índice bacteriológico e, por fim, pasteurizado, retornando, assim, para doação.

“Todo o leite doado é enviado à Meac para que seja pasteurizado. Após o processo, 30% do leite materno fica na Meac e 70% retorna ao HRU para alimentar os bebês internados”, explica Francineide Pereira, coordenadora de enfermagem do eixo materno infantil do HRU. O leite coletado no HRU que não é aproveitado pelas mães com filhos internados na unidade é doado ao Banco de Leite da Meac.

Importância do leite materno

Além de alimento, o leite materno previne doenças tanto para a mãe quanto para filho e ajuda no desenvolvimento da criança. A solidariedade das mães que produzem leite em excesso pode salvar a vida de bebês cujas mães não podem ou não conseguem amamentar.

De acordo com a médica neonatologista e coordenadora da UTI Neo do HRU, Dra. Rejane Brasil, para recém-nascidos de baixo peso, especialmente os bebês internados em unidades neonatais, esse alimento é um aliado essencial na melhora da sobrevida do recém-nascido prematuro. “O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês, pois contém células de defesa e fatores anti-infecciosos capazes de proteger o organismo do recém-nascido”, explica Dra. Rejane.

A médica fala também que o leite materno é ainda o único que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral e diminui o risco de processos alérgicos relacionados à exposição de outros alimentos nos primeiros anos de vida.

Quem pode doar

A doadora deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente. A mulher pode doar leite materno quantas vezes puder e quiser, pois quanto mais estimulada a mama, mais leite humano é produzido.

Para o leite ser aceito no Posto de Coleta da Unimed Fortaleza é preciso que o recipiente de vidro com tampa de plástico tenha no mínimo 200 ml ou, no máximo, 220 ml de leite materno. Caso as mães doadoras não tenham o recipiente, a Unimed Fortaleza fornece o primeiro frasco para armazenamento.

Para a comodidade das mães, a Unimed Fortaleza envia um transporte para receber as doações na casa das doadoras que residem em Fortaleza. A coleta não abrange a Região Metropolitana de Fortaleza.

Preparo do frasco para guardar o leite

·         Lave um frasco com tampa de plástico, retirando o rótulo e o papel de dentro da tampa;

·         Coloque o frasco e a tampa em uma panela com água;

·         Ferva por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura;

·         Escorra sobre um pano limpo até secar;

·         Feche o frasco sem tocar com a mão na parte interna da tampa.

Higiene pessoal antes de iniciar a coleta

·         Lave as mãos e os braços até o cotovelo com água e sabão;

·         Lave as mamas apenas com água;

·         Seque as mãos e as mamas com toalha limpa.

Como retirar o leite

·         Massageie as mamas com a ponta dos dedos, fazendo movimentos circulares da parte escura (aréola) para o corpo;

·         Coloque o polegar acima da linha onde acaba a aréola, coloque o dedo indicador e médio abaixo da aréola, firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;

·         Aperte o polegar contra os outros dedos até sair o leite. Pressione e solte. A manobra não deve doer. No começo o leite pode não fluir, mas depois de pressionar algumas vezes, começa a sair com mais facilidade;

·         Despreze os primeiros jatos ou gotas;

·         Abra o frasco e coloque a tampa sobre a mesa forrada com um pano limpo, com a abertura para cima;

·         Colha o leite no frasco, colocando-o debaixo da aréola;

·         Mude a posição dos dedos ao redor da aréola para esvaziar todas as áreas;

·         Alterne a mama quando o fluxo de leite diminuir e repita a massagem e o ciclo várias vezes;

·         Ordenhar adequadamente leva, mais ou menos, de 20 a 30 minutos, em cada mama, especialmente nos primeiros dias;

·         A retirada do leite pode ser feita ao mesmo tempo nas duas mamas;

·         Após terminar a coleta, feche bem o frasco.

Como conservar o leite ordenhado

·         Guarde imediatamente o frasco na geladeira, congelador ou freezer;

·         Leite cru (não pasteurizado) pode ser conservado em geladeira por até 12 horas, e, no freezer ou congelador, por até 15 dias. Se for descongelado, não pode ser congelado novamente.

 

Serviço

Posto de Coleta do Hospital Regional Unimed

Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 4000, 6º andar – São João do Tauape, Fortaleza-Ceará.

Telefone: (85) 3277.7735

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Hospital Regional Unimed recebe doação de leite materno

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de Maio de 2019

No último domingo, 19 de maio, foi celebrado o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, instituído em dezembro de 2015 pela Lei nº 13.227, com o objetivo de chamar atenção para a doação, que pode salvar a vida de muitos bebês. Consciente da importância da amamentação exclusiva nos primeiros meses de vida, a Unimed Fortaleza disponibiliza um Posto de Coleta de Leite Humano, localizado no Hospital Regional Unimed (HRU) que funciona de segunda a domingo, das 07h às 18h, no 6º andar.

Com profissionais capacitados para auxiliar as mães tanto na amamentação, quanto na orientação de como ser uma doadora de leite materno, o posto tem parceria com o Banco de Leite da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), onde este alimento é selecionado quanto a sujidades, índice bacteriológico e, por fim, pasteurizado, retornando, assim, para doação.

“Todo o leite doado é enviado à Meac para que seja pasteurizado. Após o processo, 30% do leite materno fica na Meac e 70% retorna ao HRU para alimentar os bebês internados”, explica Francineide Pereira, coordenadora de enfermagem do eixo materno infantil do HRU. O leite coletado no HRU que não é aproveitado pelas mães com filhos internados na unidade é doado ao Banco de Leite da Meac.

Importância do leite materno

Além de alimento, o leite materno previne doenças tanto para a mãe quanto para filho e ajuda no desenvolvimento da criança. A solidariedade das mães que produzem leite em excesso pode salvar a vida de bebês cujas mães não podem ou não conseguem amamentar.

De acordo com a médica neonatologista e coordenadora da UTI Neo do HRU, Dra. Rejane Brasil, para recém-nascidos de baixo peso, especialmente os bebês internados em unidades neonatais, esse alimento é um aliado essencial na melhora da sobrevida do recém-nascido prematuro. “O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês, pois contém células de defesa e fatores anti-infecciosos capazes de proteger o organismo do recém-nascido”, explica Dra. Rejane.

A médica fala também que o leite materno é ainda o único que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral e diminui o risco de processos alérgicos relacionados à exposição de outros alimentos nos primeiros anos de vida.

Quem pode doar

A doadora deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente. A mulher pode doar leite materno quantas vezes puder e quiser, pois quanto mais estimulada a mama, mais leite humano é produzido.

Para o leite ser aceito no Posto de Coleta da Unimed Fortaleza é preciso que o recipiente de vidro com tampa de plástico tenha no mínimo 200 ml ou, no máximo, 220 ml de leite materno. Caso as mães doadoras não tenham o recipiente, a Unimed Fortaleza fornece o primeiro frasco para armazenamento.

Para a comodidade das mães, a Unimed Fortaleza envia um transporte para receber as doações na casa das doadoras que residem em Fortaleza. A coleta não abrange a Região Metropolitana de Fortaleza.

Preparo do frasco para guardar o leite

·         Lave um frasco com tampa de plástico, retirando o rótulo e o papel de dentro da tampa;

·         Coloque o frasco e a tampa em uma panela com água;

·         Ferva por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura;

·         Escorra sobre um pano limpo até secar;

·         Feche o frasco sem tocar com a mão na parte interna da tampa.

Higiene pessoal antes de iniciar a coleta

·         Lave as mãos e os braços até o cotovelo com água e sabão;

·         Lave as mamas apenas com água;

·         Seque as mãos e as mamas com toalha limpa.

Como retirar o leite

·         Massageie as mamas com a ponta dos dedos, fazendo movimentos circulares da parte escura (aréola) para o corpo;

·         Coloque o polegar acima da linha onde acaba a aréola, coloque o dedo indicador e médio abaixo da aréola, firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;

·         Aperte o polegar contra os outros dedos até sair o leite. Pressione e solte. A manobra não deve doer. No começo o leite pode não fluir, mas depois de pressionar algumas vezes, começa a sair com mais facilidade;

·         Despreze os primeiros jatos ou gotas;

·         Abra o frasco e coloque a tampa sobre a mesa forrada com um pano limpo, com a abertura para cima;

·         Colha o leite no frasco, colocando-o debaixo da aréola;

·         Mude a posição dos dedos ao redor da aréola para esvaziar todas as áreas;

·         Alterne a mama quando o fluxo de leite diminuir e repita a massagem e o ciclo várias vezes;

·         Ordenhar adequadamente leva, mais ou menos, de 20 a 30 minutos, em cada mama, especialmente nos primeiros dias;

·         A retirada do leite pode ser feita ao mesmo tempo nas duas mamas;

·         Após terminar a coleta, feche bem o frasco.

Como conservar o leite ordenhado

·         Guarde imediatamente o frasco na geladeira, congelador ou freezer;

·         Leite cru (não pasteurizado) pode ser conservado em geladeira por até 12 horas, e, no freezer ou congelador, por até 15 dias. Se for descongelado, não pode ser congelado novamente.

 

Serviço

Posto de Coleta do Hospital Regional Unimed

Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 4000, 6º andar – São João do Tauape, Fortaleza-Ceará.

Telefone: (85) 3277.7735