Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Responsabilidade social

Muros da cidade recebem nova pintura por meio de parceria público-privada

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

03 de dezembro de 2017

A partir deste mês os muros das principais avenidas de Fortaleza começam a ganhar novas cores por meio do projeto “Pra colorir e transformar”. A modificação é fruto de uma parceria entre a Hidracor, Prefeitura de Fortaleza e a Central Única das Favelas (CUFA).

A ação pretende deixar a cidade mais cheia de cor e alegria. Entre os locais que irão receber as pinturas estão os bairros Centro, Papicu  Messejana, dentre outros.

Até o fim de 2018, cem muros estarão livres de sujeira e poluição visual. “Acreditamos que a cor pode realmente transformar um lugar e a vida das pessoas para melhor. Iremos nos empenhar para fornecer os recursos necessários para a realização do projeto”, afirma Rodrigo Andrade, diretor comercial da Hidracor.

​A curadoria do projeto “Pra colorir e transformar” é de responsabilidade do Secretário Ferrucio Feitosa, da Regional II, em conjunto com os secretários das demais Regionais de Fortaleza, e de Davi Favela​, representante da CUFA.

A Hidracor

 

Sediada no Distrito Industrial de Maracanaú e com outra unidade em Acarape, a Hidracor é uma das maiores indústrias de tintas do Nordeste. Sua capacidade de produção chega a 100 milhões de litros/ano de tinta líquida. A Hidracor fabrica toda a linha de tintas e complementos para a construção civil, como corantes, tintas látex, esmalte sintético, texturas e solventes. Seu portfólio se completa com a tinta em pó e cal.  Focada no mercado interno, está presente nas regiões Norte e Nordeste e Minas Gerais. Recentemente, a empresa chegou em Goiânia e no Distrito Federal.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Seminário “Amamos e Reciclamos”, em Jericoacoara/CE, recebe palestra do Instituto Brasil Solidário sobre Educação Ambiental com casos premiados no país

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

01 de dezembro de 2017

“Com participação de palestrantes e nomes de referência em estudos voltados para a Política Nacional de Resíduos Sólidos PNRS, o evento será realizado nos próximos dias 7 e 8 de dezembro, em Jijoca de Jericoacoara/CE”

A cidade de Jijoca de Jericoacoara/CE, conhecida por suas belezas naturais, será sede de um evento que traz um debate muito importante para a preservação desse cenário rodeado de obras da natureza. Nos próximos dias 7 e 8 de dezembro, será realizado o Seminário “Amamos e Reciclamos”, contando com palestrantes conceituados e de referência no estudo e prática sobre a gestão de resíduos sólidos e educação ambiental no Ceará e em todo o Brasil.

A programação inclui nomes como o empreendedor social Erich Burguer, que fundou a empresa sustentável Recicleiros, além de uma mesa redonda com foco no debate sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos, contando com a presença da Secretária Executiva da Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará – SEMA, Maria Dias. Outro destaque será a mostra do filme Lixo Extraordinário, do artista plástico Vik Muniz, com participação do ex-catador e protagonista do documentário, Tião Santos.

Entre os convidados, o Diretor Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, estará como palestrante ministrando um painel com o tema “Educação sob a Ótica dos Resíduos Sólidos”, apresentando ações já consolidadas em escolas de várias regiões do Brasil e que contribuíram para fomentar políticas públicas com engajamento não só dos órgãos municipais, mas com participação ativa da escola e comunidade. O painel acontece logo no primeiro dia da programação, dia 7, às 15h, no auditório do NAEC – Núcleo de Arte, Educação e Cultura de Jijoca.

Com um projeto pioneiro no Brasil e que hoje, é uma referência em tecnologia social de sustentabilidade no município de Crateús, a proposta do projeto LEVE (Local de Entrega Voluntária Escolar), idealizado pelo Instituto Brasil Solidário, será uma das ações apresentadas durante a palestra, pontuando as possibilidades de fazer da escola um ponto de interação e mobilização com a comunidade por uma cidade mais limpa e sustentável. O ex-chefe de Gabinete do Município de Crateús, Wanderley Marques, também é um dos convidados para partilhar das estratégias e ações de resíduos sólidos que já foram exitosas no município, incluindo a experiência com o Projeto LEVE.

Para o Presidente do IBS, Luis Salvatore, a iniciativa traz uma grande oportunidade para se debater e compartilhar experiências que podem ser replicadas, além de possibilitar um diálogo aberto e interativo com representantes de instituições que podem disseminar e expandir as ideias fomentadas durante o evento.

“Estamos com 17 anos de estrada, sempre levando essa mensagem de preservação do meio ambiente em todas as atividades que desenvolvemos nas escolas que contam com projetos do IBS, mas sabemos sobre a importância de se debater mais sobre o assunto, seja com a população ou com nossos representantes, mostrando sugestões que são viáveis e podem se tornar política pública fazendo a diferença no município, como o caso do Projeto LEVE, em Crateús”, ressalta Salvatore.

O case de sucesso LEVE é responsável por reciclar 100% dos resíduos da área urbana de Crateús através da colocação de coletores nas escolas. Após a implementação da proposta, que vem trazendo ótimos resultados para o município, a coleta do material depositado nos “Eco pontos escolares” passou a ser realizada pelos veículos da prefeitura, sem custos extras para o município, e está integrada à coleta municipal pela Associação Recicratiú.  A ideia proporcionou uma fonte de renda para 21 famílias de catadores de resíduos que antes moravam no lixão e hoje trabalham nos centros de coleta.

O LEVE foi implantando em 33 escolas do município e nessa capacidade coleta 30 toneladas de papel e garrafas PET por ano. 20% da renda da venda dos recicláveis é revertida em compra de material esportivo, passeios para os alunos das escolas e em trabalho de inclusão social junto aos catadores. Em 2013 a Presidência da República reconheceu a proposta como uma das 4 melhores experiências de inclusão e coleta do Brasil.

Dada a relevância das temáticas que serão abordadas durante os dois dias de evento do Seminário Amamos e Reciclamos, além dos palestrantes convidados, os debates contarão com participação da Prefeitura local, Secretarias Municipais, representantes das instituições de ensino da região, representantes da Funasa, população do município, pessoas engajadas em atividades de gestão sustentável de resíduos sólidos e membros da sociedade acadêmica de diversas regiões do país.

 

PDE no Ceará

Foi em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo IBS na cidade de Crateús e replicado em Tamboril, por meio do Projeto LEVE, que a Secretaria das Cidades do Estado do Ceará, através do Consórcio Municipal para Aterro de Resíduos Sólidos (Comares) – Unidade Cascavel, firmou parceria com o Instituto Brasil Solidário, para desenvolver as atividades do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, nas escolas da rede pública dos municípios de Beberibe, Pindoretama e Cascavel, que vem sendo realizadas desde o início deste ano, com ações de educação ambiental em eixos da arte, cultura, incentivo à leitura, saúde, todos com reutilização e reaproveitamento de materiais recicláveis em vários ambientes da escola.

O Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) é uma realização do Instituto Brasil Solidário, em parceria com empresas e fundações privadas como: Echoenergia, Instituto Samuel Klein, Palmeirinha Ação Social, Machado Meyer Advogados, Tecnisa, OverSeas e Bank of América Merrill Lynch, além do apoio das Prefeituras Municipais dos Municípios de Cascavel, Beberibe e Pindoretama e o Governo do Estado do Ceará – Secretaria das Cidades (Consórcio COMARES). Atualmente, temos apoio de grandes referências em segmentos importantes para o desenvolvimento social como a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade – RAPS, a Comunidade Educativa – CEDAC e a Social Brasilis, de Fortaleza, além do reconhecimento da Rede Folha – Schwab Foundation for Social Entrepreneurship, entre outros.

Sobre Luis Salvatore

Diretor Presidente do Instituto Brasil Solidário, formado em Direito pela Universidade Mackenzie de São Paulo, graduado em fotografia junto a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie e Foto Cine Clube Bandeirante de São Paulo. Autor dos livros “O Brasil na Visão do Brasileiro” e “Caminhos de um Brasil Solidário”/Editora Melhoramentos e ganhador de prêmios como Empreendedor Socioambiental Folha/Schwab 2015; 2010/2011 – Prêmio Jovem Brasileiro e 2007 – JCI TOYP – Premiação Mundial para Jovens Empreendedores de Destaque; Prêmio da JCI (Junior Chamber International) por liderança humanitária e voluntariado. Palestrante anual do Fórum Internacional de Resíduos Sólidos (FIRS), empreendedor social da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), coordena, desde 2001, oficinas e práticas de educação ambiental, educomunicação, incentivo à leitura, artes e economia criativa, com ênfase em ideias para inclusão social por meio da reciclagem, programas de coleta seletiva através de escolas públicas e impacto em políticas públicas, sendo que, em 2013, participou do processo que elevou Crateús, no Ceará, como um dos projetos reconhecidos pelo Prêmio pró Catador, com idealização da proposta LEVE – Local de Entrega Voluntária Escolar.

SERVIÇO

Seminário Amamos e Reciclamos – Jijoca de Jericoacoara/CE

Palestra “Educação sob a Ótica dos Resíduos Sólidos”

Data: 07 de dezembro

Horário: 15h

Local: NAEC – Núcleo de Arte, Educação e Cultura de Jijoca

(R. Ver. Edvá Esmerino, s/n)

Entrada gratuita.

Inscrições: www.amamosereciclamos.com.br

Publicidade

EDP é eleita a Empresa Mais Sustentável do Setor de Energia

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

01 de dezembro de 2017

A Companhia se destacou pelos investimentos inovadores em energia Solar no Brasil

 

A EDP Brasil, companhia com atuação nas áreas de Distribuição, Comercialização e Soluções em energia, Geração e Transmissão, foi eleita a Empresa Mais Sustentável do Setor de Energia Elétrica do Guia Exame de Sustentabilidade na edição de 2017. O levantamento é o maior e mais respeitado sobre as práticas de responsabilidade corporativa do País.

No Ceará, a EDP contra a UTE Pecém, que tem capacidade instalada de 720 MW, correspondente a cerca de 45% da energia consumida no Ceará. A empresa gera 370 empregos diretos e 1.053 empregos indiretos. A atividade da usina é responsável pela transformação do Ceará de estado importador para estado exportador da energia elétrica.

Neste ano, o guia avaliou informações sobre 173 empresas que responderam ao questionário preparado pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (GVces), que analisou os desempenhos na Dimensão Geral, Dimensão Econômica, Dimensão Social e Dimensão Ambiental das empresas. O Guia de Sustentabilidade 2017 contou com um grupo renomado de conselheiros da área, reforçando a credibilidade do prêmio.

Pela primeira vez, a pesquisa incluiu perguntas específicas sobre o nível de adesão das empresas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, que estão em linha com os compromissos do Grupo EDP em relação à Sustentabilidade por meio dos Objetivos EDP 2020, reunidos em quatro categorias: gerar valor econômico, gerir assuntos ambientais e climáticos, desenvolver suas pessoas e melhorar a confiança.  “A EDP já esteve presente em oito edições do Guia Exame de Sustentabilidade e entendemos esse reconhecimento como resultado de um constante amadurecimento de nossa prática de sustentabilidade. A aposta da Energia Solar distribuída, que foi destacada no Guia Exame, constitui uma prioridade estratégica para a Companhia, pelo qual nos sentimos prestigiados por este reconhecimento”, destaca Miguel Setas, presidente da EDP Brasil.

Presente no Brasil há 22 anos, a EDP foi listada no Guia Exame de Sustentabilidade dos anos de 2009, 2010, 2011, 2013, 2014, 2015 e 2016.

Publicidade

Camisa do Acesso autografada por equipe do Ceará será leiloada no evento Filantrópico Amigos em Ação   

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

01 de dezembro de 2017

Uma camisa do Ceará Sporting Club, autografada por todo elenco e comissão técnica que participou da campanha do acesso à Serie A do Campeonato Brasileiro, será leiloada no sábado (9), durante Leilão Filantrópico de Obras de Arte Amigos em Ação, no Hotel Gran Marquise.

Peça considerada rara, uma vez que alguns dos jogadores não deverão permanecer no clube após a subida, a Camisa do Acesso já está disponível para lances a partir de R$ 500,00 pelo telefone (85) 3466.4303 ou por meio do site da Montenegro Leilões (http://www.montenegroleiloes.com.br – lote 78).

Essa será a 14ª edição do tradicional Leilão Filantrópico de Obras de Arte Amigos em Ação, sob a condução do leiloeiro João Paulo Ferreira, da Montenegro Leilões. Durante o evento serão leiloadas as 86 obras de arte que ficaram expostas de 16 de novembro a 27 de novembro na CDL de Fortaleza. Em paralelo ao Leilão Filantrópico, a Campanha Amigos em Ação vem mobilizando os conselheiros e associados para a arrecadação de gêneros alimentícios. A expectativa dos organizadores é atingir a meta de 25 toneladas de alimentos não perecíveis. Neste ano, quatro instituições serão beneficiadas com as doações: Lar Torres de Melo, Oficina do Senhor, Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza e Lar Amigos de Jesus que receberão um troféu de reconhecimento por seus trabalhos durante o Leilão.

Leilão Filantrópico de Obras de Arte Amigos em Ação

Data: 09 de dezembro

Horário: De 12h às 18h

Local: Hotel Gran Marquise (Avenida Beira Mar, 3980, Mucuripe).

Publicidade

McDonald’s irá operar restaurante somente com funcionários PCDs em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

30 de novembro de 2017

Domingo, dia 3 de dezembro, uma das unidades mais movimentados do país funcionará com uma equipe de 47 funcionários PCDs, vindos de várias regiões do Brasil 

Neste domingo, 3 de dezembro, quando é celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o restaurante do McDonald´s localizado na Rua Augusta, próximo à Avenida Paulista, um dos mais movimentados da cidade de São Paulo, será 100% operado por funcionários PCD (Pessoa com Deficiência).

Dos atendentes ao gerente, todos são PCDs. Serão 47 colaboradores já atuam regularmente em restaurantes da marca em vários locais do país (Rio de Janeiro, João Pessoa, Ribeirão Preto, Campo Grande, Curitiba, Salvador, Porto Alegre e Vitória, além de São Paulo e Grande São Paulo) e virão para São Paulo especialmente para mostrar suas habilidades, proporcionando aos clientes a experiência única da marca.

A ação tem o objetivo de mostrar que as limitações geradas por uma deficiência física ou intelectual não impedem o perfeito convívio em sociedade, principalmente no que se refere ao trabalho. Aliás, a ocupação e rotina, muitas vezes, são fatores determinantes para aumentar a autoestima do funcionário e até mesmo proporcionar independência e aumentar a autonomia. “Para isso, é preciso que as empresas estejam, de fato, querendo abraçar essa causa. Com essa ação inédita, queremos trazer uma reflexão sobre o tema para a sociedade”, afirma Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos da Arcos Dourados, operadora da marca McDonald´s no Brasil. “As companhias têm de estar comprometidas com a diversidade. Mais que cumprir cotas, a admissão de um PCD requer uma política verdadeira de inclusão, respeito e focada no desenvolvimento.”

Reconhecida como uma das maiores geradoras de primeiro emprego do Brasil, a Arcos Dourados traz como um dos seus principais focos a inclusão social. ”Dar oportunidade às pessoas com deficiência torna o ambiente de trabalho mais rico. A Arcos Dourados acredita que desta forma também seja possível contribuir para que a sociedade saiba conviver com as diferenças.” A Arcos Dourados recebeu neste ano o Selo Paulista da Diversidade, concedido pela Secretaria Paulista da Diversidade do Governo do Estado e que destaca as boas práticas e os esforços das empresas que realizam a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Felipe Lobo Pereira é de Salvador (BA) e será um dos funcionários que participarão da ação. Com 30 anos, há 12 trabalhando no McDonald’s, ele chegou muito introspectivo e com o passar dos anos se tornou uma pessoa de excelente convívio social, querido por muitos clientes. É bicampeão do prêmio All Star regional na atividade de salão (2016/2017), um programa interno de incentivo do McDonald’s.

Gabriel Reis Machado trabalha no restaurante da avenida Ipiranga, no Centro de São Paulo. Está há seis meses na companhia e já tem uma área preferida de atuação: a cozinha. Está ansioso para participar da ação, “para conhecer pessoas de outros lugares.”

Matheus Soares Mendes, participante que também atua na capital paulista, acredita que a ação será uma grande oportunidade de conhecer pessoas que fizeram carreira independentemente das suas limitações. “Será uma ótima oportunidade para mostrar que somos tão capazes quanto qualquer outra pessoa.”

Serviço: 

Data: 3 de dezembro

Horário: das 10h às 17h

Local: McDonald’s – Rua Augusta, 1.856 – Cerqueira César – São Paulo (SP).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Projeto Tempo de Ser Caminheiro inicia suas atividades no dia 30 de novembro

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

29 de novembro de 2017

 Iniciativa apoiada pela Enel Distribuição Ceará retoma as atividades na ressocialização de egressos no regime aberto e semiaberto

No próximo dia 30 de novembro, às 9h, a iniciativa “Tempo de Ser Caminheiro – Unidades Produtivas e Educativas do Caminho”, dará início a uma nova fase do projeto, retomando o trabalho de inserção de egressos em regime aberto e semiaberto à sociedade. Na próxima quinta-feira, a associação apresentará ações que envolvem o plantio de hortaliças, dentre outras atividades. A iniciativa é da Associação Beneficente São João Eudes (ASBEJE), com apoio da Enel Distribuição Ceará, por meio do programa Luz Solidária.

Na ocasião, a Enel realizará ainda a troca de lâmpadas florescentes ou incandescentes por LED.  O evento acontecerá na sede da Associação, na avenida Alberto Craveiro, 2222, bairro Castelão, em Fortaleza.

Troca de lâmpadas

 

Para realizar a troca os clientes deverão levar a conta de energia recente (último mês), documento com foto, duas lâmpadas florescentes ou incandescentes. Cada participante poderá trocar até 02 lâmpadas.

 

Projeto

 

“Tempo de Ser Caminheiro – Unidades Produtivas e Educativas do Caminho”, é um projeto desenvolvido pela Associação Beneficente São João Eudes (ASBEJE), que oferece oportunidades de ressocialização com egressos em regime aberto e semiaberto. O foco do projeto é contribuir para a inserção desses cidadãos de volta à sociedade, através do resgate da autoestima, autonomia e cidadania, desenvolvendo competências empreendedoras, ajudando a gerar renda para os participantes e sustentabilidade para o desenvolvimento das atividades.

Os impactos esperados são a recuperação da saúde física e psicológica dos participantes e suas famílias, em situação de reabilitação, sem perder de vista as dimensões espirituais, ambientais e educativas.

 

Serviço:

 

Evento: Lançamento da II fase do projeto Tempo de Ser Caminheiro – Unidades Produtivas e Educativas do Caminho

Data: 30/11/2017

Local: Avenida Alberto Craveiro, 2222

Horário: 09h

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev investe R$ 1 bilhão para atingir metas ambientais

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

28 de novembro de 2017

Cervejaria reduziu consumo de água, energia, matéria-prima e emissão de gases de efeito estufa entre 2013 e 2017

 

Em linha com seu compromisso por um mundo melhor, a Ambev chega ao final de 2017 atingindo seis das sete metas ambientais estabelecidas pela AB InBev, grupo do qual faz parte, para todos os 25 países onde o grupo global atua.

Nos últimos cinco anos, a cervejaria investiu cerca de R$ 1 bilhão em diversas iniciativas que incluem redução nas emissões de gases de efeito estufa, no consumo de água, energia e matérias-primas e até mesmo a troca de refrigeradores em bares, lanchonetes e supermercados por modelos ecológicos.

“Nossas metas estão alinhadas ao nosso sonho de unir as pessoas por um mundo melhor. Um mundo melhor engloba sustentabilidade, preservação do meio ambiente e dos recursos hídricos, além do menor consumo de energia. Temos um histórico de busca por excelência que se traduz também em atitudes cada vez mais sustentáveis”, afirma Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

Combatendo o efeito estufa

Um dos resultados mais significativos foi a redução da emissão de gases de efeito estufa. A meta estabelecida consistia em reduzir a emissão em 10% entre 2013 e 2017. Em 2016, no entanto, a Ambev já tinha diminuído as emissões em quase 40% com a implantação de iniciativas de eficiência energética, como redução no consumo de combustíveis e energia elétrica e diversificação da matriz energética. Em termos práticos, a redução de 40% no volume em toneladas de CO2 emitidos equivale ao consumo médio de 18,7 milhões de árvores – ou 10 mil campos de futebol por ano.

Outra meta estabelecia a redução na emissão de gases de efeito estufa na cadeia logística em 15%. A Ambev superou a meta em 7 pontos percentuais, totalizando uma diminuição de 22% nas emissões graças à otimização logística e ao programa Frota Compartilhada, que faz com que veículos que retornariam às cervejarias vazios depois de abastecerem os centros de distribuição realizem os trajetos de volta com cargas de empresas parceiras.

Preservação da água

A água é outra grande preocupação da Ambev – afinal de contas, ela é a principal matéria-prima da cerveja –, que mantém diversos projetos ligados a preservação de bacias hidrográficas, eficiência no uso e aumento no acesso à água potável.

Entre as sete metas estabelecidas pela AB InBev, duas se relacionavam diretamente a esse tema e também foram batidas pela Ambev. Uma delas era reduzir para 3,2 litros de água o volume necessário para envasar 1 litro de bebida. No ano passado, já eram consumidos apenas 3,04 litros de água para cada litro de bebida.

Para isso, a cervejaria investiu em tecnologias como o sistema de reutilização de efluentes, em campanhas de redução, treinamentos e medição contínua em todos os principais pontos de consumo, entre outras iniciativas.

A meta que envolvia a proteção de bacias hidrográficas foi atingida graças ao Projeto Bacias, que atua junto a produtores rurais com o objetivo de oferecer incentivo financeiro aos agricultores que se comprometem com práticas de conservação em suas propriedades. Além de promover o Projeto Bacias, a Ambev é a principal patrocinadora do Coalizão Cidades pela Água, liderada pela ONG The Nature Conservancy, que atua em 243 municípios incorporando a gestão dos recursos hídricos à preservação de rios e nascentes.

 

Matéria-prima e resíduos

A redução do impacto das embalagens no meio ambiente está entre as principais ações de preservação ambiental da Ambev, que foi a primeira empresa brasileira a lançar embalagem feita de PET 100% reciclado, em 2012.

Assim, para contribuir com o atingimento da meta global da AB InBev de reduzir em 100 mil toneladas a matéria-prima na produção de embalagens, a cervejaria brasileiradiminuiu em 34,4 mil toneladas os materiais utilizados – praticamente o dobro do estipulado para a Ambev, que era de 17,5 mil toneladas.

“Essa, sem dúvida, foi uma das frentes mais desafiadoras, já que qualquer mínima mudança no recipiente de uma bebida demanda muito estudo e investimento em tecnologia. Foi um processo construído junto aos fornecedores e as mudanças contribuíram para a evolução de toda a cadeia produtiva, tendo sempre a qualidade dos nossos produtos como premissa número um”, lembra Figueiredo.

Redução no consumo de energia

O grupo AB InBev também estabeleceu a meta global de adquirir anualmente pelo menos 70% de refrigeradores de modelos ecológicos. Esses equipamentos ficam dispostos nos pontos que vendem produtos da companhia, como bares e restaurantes. No Brasil, a Ambev precisava que 95% de seus novos aparelhos fossem ecológicos. Em 2016, 88,2% dos novos refrigeradores adquiridos pela cervejaria foram deste modelo. Até o fim de 2017, o índice chegará a 96,5%. O diferencial é que os novos equipamentos garantem uma economia de até 30% de energia na comparação com os tradicionais.

Das sete metas estabelecidas pela AB InBev, apenas a redução de 10% no consumo de energia dentro das cervejarias ainda não foi alcançada pela Ambev. Até o fim deste ano, a diminuição chegará a cerca de 4,5% em relação à base de 2012.

Vale lembrar que no dia 29 de março deste ano a Ambev anunciou uma nova meta: até 2025, 100% da eletricidade comprada pela companhia deve ser proveniente de fontes renováveis. Além disso, o grupo AB InBev possui ainda uma meta de reduzir o risco de disponibilidade hídrica em regiões-chave de cultivo de cevada. Essa meta, no entanto, não se aplica à Ambev, pois não há risco hídrico nas áreas que produzem cevada para a companhia, no Sul do Brasil.

“Definir e atingir nossas metais ambientais é um ciclo permanente e que beneficia a todos: meio ambiente, empresa e sociedade. Nossos compromissos são renovados sempre, alinhados com nossa cultura de sonhar grande e de unir as pessoas por um mundo melhor”, completa Figueiredo.

 

Saiba mais sobre as metas ambientais da Ambev

 

Foram instituídas globalmente pela AB InBev em 2013 para serem atingidas até 2017. Consistem em:

 

Sobre a Ambev

 

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, mais de 32 mil pessoas dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalham juntas para garantir momentos de celebração e diversão.

A Ambev é uma cervejaria inovadora, que busca sempre novos sabores e formas de surpreender seus consumidores. Além das melhores cervejas, o portfólio conta ainda com refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas como Antarctica, Brahma, Skol, Budweiser, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica e Do Bem, e com a AMA, a primeira água mineral da Ambev, que destina 100% de seu lucro para projetos que levam água às famílias da região do semiárido brasileiro.

Só em 2016, a cervejaria investiu cerca de R$2 bilhões no país. Mas também quer deixar um legado além dos investimentos. Para isso, conta com uma ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois a Ambev acredita que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

MRV Engenharia é destaque no Guia Exame de Sustentabilidade

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de novembro de 2017

A MRV Engenharia, maior construtora da América Latina é destaque no Guia Exame de Sustentabilidade no setor de construção Civil. A publicação destacou o investimento pioneiro e inovador da construtora na instalação de energia solar fotovoltaica em seus empreendimentos. A MRV investirá R$ 800 milhões no maior projeto de energia solar fotovoltaica de uma empresa privada brasileira e tem a expectativa de, em até cinco anos, entregar 220 mil unidades com sistemas de energia solar, o que representará 100% de seus lançamentos, contribuindo para reduzir a emissão de 26 mil toneladas de CO2.

O Guia evidenciou os dois selos criados pela MRV, Obra Verde – que atesta a adoção de práticas sustentáveis durante a fase de construção – e MRV + Verde – que assegura a sustentabilidade dos empreendimentos depois de prontos. Garantido a entrega de residenciais com diferencias de sustentabilidade aos clientes.

Para o presidente da MRV, Eduardo Fischer ser um dos destaques do Guia Exame de Sustentabilidade é motivo de muito orgulho. “Nosso desafio é seguir avançando, buscamos uma integração cada vez maior com todos os nossos públicos de relacionamento, numa construção conjunta da agenda de sustentabilidade sempre equilibrando os pilares econômico, social e ambiental” destaca Fischer.

O Guia Exame de Sustentabilidade, tem metodologia desenvolvida pelo Centro de Estudos da Fundação Getúlio Vargas (GVCes), reconhece boas práticas corporativas para a sustentabilidade e tem o objetivo de estimular modelos inovadores no ambiente de negócios que favoreçam práticas socioambientais.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Campanha da LBV arrecada doações de alimentos não perecíveis

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

14 de novembro de 2017

Mobilização social por um Natal mais feliz a milhares de famílias

 

A Legião da Boa Vontade promove anualmente a Campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, com o objetivo de oferecer um Natal digno e feliz a milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social.

 

Neste ano, a iniciativa visa arrecadar um milhão de quilos de alimentos não perecíveis a serem entregues, em cestas, no mês de dezembro, a 50 mil famílias atendidas pelos programas socioeducacionais da LBV e as apoiadas por organizações parceiras da Instituição em todo o país.

 

Cada cesta é composta de itens de acordo com os costumes de cada região tais como: arroz, feijão, óleo, açúcar, leite em pó, café, macarrão, farinha de mandioca e de trigo, fubá, goiabada, massa para bolo, extrato de tomate, goiabada, gelatina entre outros. As doações para a campanha podem ser feitas pelo site www.lbv.org, pelo telefone 0800 055 50 99 ou em uma das unidades de atendimento da LBV no Brasil (confira o endereço mais próximo acessando www.lbv.org/enderecos).

Colabore! Em Fortaleza/CE, o Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, está localizado, na Rua Alziro Zarur, 275 – Vila Manuel Sátiro – (85) 3484-3533

Natal Permanente da LBV

Movida pelo ideal de Fraternidade Ecumênica que a sustenta, sentimento inspirado nos ensinamentos e exemplos de Jesus, a Legião da Boa Vontade trabalha, desde seus primórdios, para melhorar a qualidade de vida das populações menos favorecidas. Desde a década de 1940, realiza uma campanha diária e ininterrupta contra a fome e a pobreza, instituindo seu Natal Permanente. A partir daí, além do amparo imediato e da constante atuação nos campos da assistência social e da educação, que vêm mudando o destino de milhares de pessoas no Brasil, a LBV tem tradicionalmente mobilizado a população a fim de proporcionar um Natal melhor às famílias em situação de risco social.

 

Publicidade

Localiza adere ao Pacto Global da ONU, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

13 de novembro de 2017

Objetivo do Pacto Global é encorajar o alinhamento das políticas e práticas empresariais com os valores e os objetivos aplicáveis internacionalmente e universalmente acordados

 

A Localiza, maior locadora de carros da América do Sul, agora faz parte do Pacto Global, iniciativa desenvolvida pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, sustentabilidade ambiental e combate à corrupção que são refletidos em 10 princípios. É uma iniciativa voluntária que procura fornecer diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

 

“É prioridade na Localiza contribuir efetivamente com práticas de responsabilidade social, meio ambiente e governança corporativa, que resultem em impactos positivos para a sociedade. As diretrizes do Pacto Global vão de encontro ao que a companhia acredita, que é promover e compartilhar boas práticas para assegurar os direitos humanos e de trabalho, combater a corrupção e proteger o meio ambiente. Estamos dispostos a fazer ainda mais para tornar o mundo um local melhor para se viver”, revela o CEO da empresa, Eugênio Mattar.

 

As empresas participantes do Pacto Global são diversificadas e representam diferentes setores da economia, regiões geográficas e buscam gerenciar seu crescimento de uma maneira responsável, que contemple os interesses e preocupações de suas partes interessadas – incluindo funcionários, investidores, consumidores, organizações militantes, associações empresariais e comunidade.

 

Sustentabilidade na Localiza

 

A Localiza, que possui frota superior a 150 mil carros e utiliza um sistema de lavagem a seco dos veículos. Enquanto uma lavagem normal consome cerca de 83 litros de água por veículo, o sistema de lavagem a seco da empresa utiliza cerca de 100ml de água por carro e o produto utilizado é biodegradável. Além da redução do consumo de água, o sistema de lavagem a seco também gera uma redução no consumo energético e menos resíduos para o esgoto, diminuindo o impacto ao meio ambiente.

 

A nova sede da empresa, localizada em Belo Horizonte, possui 18.600 m² de área verde, sendo o edifício corporativo com maior área verde da capital mineira. A Localiza implantou diversas iniciativas sustentáveis que otimizam a utilização de recursos hídricos e energéticos, como energia solar e a automação inteligente do sistema de iluminação, elevadores, persianas, ar condicionado, irrigação etc. Destaque também para o projeto de reaproveitamento de águas de chuva, estação de tratamento de água e o plantio de 280 mudas de árvores de diferentes espécies.

 

A companhia, ciente de sua responsabilidade social no combate à corrupção, possui um Programa de Compliance aplicável a toda a sua equipe e rede de fornecedores. No ano passado, a empresa foi reconhecida com o prêmio “Ética e Transparência” do Guia Exame de Sustentabilidade. Foi também primeiro lugar nas categorias Responsabilidade Social e Gestão de Pessoas do 15º Prêmio Ser Humano. No âmbito do seu Programa de Compliance, a Localiza aderiu ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, iniciativa do Instituto Ethos que tem como objetivo promover um mercado mais íntegro e ético.

 

Orgulhosa em promover a inclusão e o incentivo à diversidade, a companhia atualmente emprega 302 pessoas com deficiência, 71 imigrantes, possui 309 mulheres em cargos de liderança, além de 50% de colaboradores do sexo feminino.

 

Sobre a Localiza Hertz

 

A Localiza Hertz é a maior rede de aluguel de carros da América do Sul, com 577 agências em 7 países e uma frota superior a 150 mil carros. É referência no atendimento de excelência ao cliente e reconhecida por inúmeros prêmios em sua categoria. Com foco em ser muito mais do que aluguel de carros – e proporcionar mais conveniência para o dia a dia de seus consumidores – a Localiza adquiriu em 2017 as operações da Hertz no território brasileiro. Com a parceria, os clientes tem à disposição uma ampla rede de atendimento com alto nível de excelência. Juntos, Localiza e Hertz oferecem a melhor experiência em aluguel de carros em mais de 10 mil agências em 2 mil cidades de 150 países. Quase um milhão de carros disponíveis em todo o mundo.

 

A capacidade de inovação coloca a Localiza Hertz como protagonista no mercado de aluguel de carros no Brasil. Seus mais de 6 milhões de clientes contam com soluções em aluguel de carros e produtos de ponta para terem uma experiência superior. Destaque para o Localiza Fidelidade, que já distribuiu milhões de diárias grátis e upgrades, o programa oferece mais conveniência, agilidade e um atendimento exclusivo; Localiza Way, um gadget que, oferece GPS, rede wi-fi, música via Spotify e conexão direta com a Assistência a Clientes; Mobile checkout, que possibilita o encerramento do contrato, garantindo mais agilidade e simplicidade ao processo de devolução dos carros; App para reservas, upgrades de carros, acompanhar o trajeto da van, fazer a abertura do contrato usando o “Cheguei”, um pré-atendimento que permite ao cliente agilizar ainda mais o processo de retirada do carro; Localiza Prime, grupo de carros de luxo, como os modelos BMW 320i; e o último lançamento da Localiza, o LOCALIZA FAST, uma tecnologia inédita na América Latina para agilizar retirada do veículo sem passar pelo balcão de atendimento: o cliente só precisa de um aplicativo no celular para abrir a porta do carro e em menos de um minuto sai dirigindo o carro.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Localiza adere ao Pacto Global da ONU, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

13 de novembro de 2017

Objetivo do Pacto Global é encorajar o alinhamento das políticas e práticas empresariais com os valores e os objetivos aplicáveis internacionalmente e universalmente acordados

 

A Localiza, maior locadora de carros da América do Sul, agora faz parte do Pacto Global, iniciativa desenvolvida pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, sustentabilidade ambiental e combate à corrupção que são refletidos em 10 princípios. É uma iniciativa voluntária que procura fornecer diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

 

“É prioridade na Localiza contribuir efetivamente com práticas de responsabilidade social, meio ambiente e governança corporativa, que resultem em impactos positivos para a sociedade. As diretrizes do Pacto Global vão de encontro ao que a companhia acredita, que é promover e compartilhar boas práticas para assegurar os direitos humanos e de trabalho, combater a corrupção e proteger o meio ambiente. Estamos dispostos a fazer ainda mais para tornar o mundo um local melhor para se viver”, revela o CEO da empresa, Eugênio Mattar.

 

As empresas participantes do Pacto Global são diversificadas e representam diferentes setores da economia, regiões geográficas e buscam gerenciar seu crescimento de uma maneira responsável, que contemple os interesses e preocupações de suas partes interessadas – incluindo funcionários, investidores, consumidores, organizações militantes, associações empresariais e comunidade.

 

Sustentabilidade na Localiza

 

A Localiza, que possui frota superior a 150 mil carros e utiliza um sistema de lavagem a seco dos veículos. Enquanto uma lavagem normal consome cerca de 83 litros de água por veículo, o sistema de lavagem a seco da empresa utiliza cerca de 100ml de água por carro e o produto utilizado é biodegradável. Além da redução do consumo de água, o sistema de lavagem a seco também gera uma redução no consumo energético e menos resíduos para o esgoto, diminuindo o impacto ao meio ambiente.

 

A nova sede da empresa, localizada em Belo Horizonte, possui 18.600 m² de área verde, sendo o edifício corporativo com maior área verde da capital mineira. A Localiza implantou diversas iniciativas sustentáveis que otimizam a utilização de recursos hídricos e energéticos, como energia solar e a automação inteligente do sistema de iluminação, elevadores, persianas, ar condicionado, irrigação etc. Destaque também para o projeto de reaproveitamento de águas de chuva, estação de tratamento de água e o plantio de 280 mudas de árvores de diferentes espécies.

 

A companhia, ciente de sua responsabilidade social no combate à corrupção, possui um Programa de Compliance aplicável a toda a sua equipe e rede de fornecedores. No ano passado, a empresa foi reconhecida com o prêmio “Ética e Transparência” do Guia Exame de Sustentabilidade. Foi também primeiro lugar nas categorias Responsabilidade Social e Gestão de Pessoas do 15º Prêmio Ser Humano. No âmbito do seu Programa de Compliance, a Localiza aderiu ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, iniciativa do Instituto Ethos que tem como objetivo promover um mercado mais íntegro e ético.

 

Orgulhosa em promover a inclusão e o incentivo à diversidade, a companhia atualmente emprega 302 pessoas com deficiência, 71 imigrantes, possui 309 mulheres em cargos de liderança, além de 50% de colaboradores do sexo feminino.

 

Sobre a Localiza Hertz

 

A Localiza Hertz é a maior rede de aluguel de carros da América do Sul, com 577 agências em 7 países e uma frota superior a 150 mil carros. É referência no atendimento de excelência ao cliente e reconhecida por inúmeros prêmios em sua categoria. Com foco em ser muito mais do que aluguel de carros – e proporcionar mais conveniência para o dia a dia de seus consumidores – a Localiza adquiriu em 2017 as operações da Hertz no território brasileiro. Com a parceria, os clientes tem à disposição uma ampla rede de atendimento com alto nível de excelência. Juntos, Localiza e Hertz oferecem a melhor experiência em aluguel de carros em mais de 10 mil agências em 2 mil cidades de 150 países. Quase um milhão de carros disponíveis em todo o mundo.

 

A capacidade de inovação coloca a Localiza Hertz como protagonista no mercado de aluguel de carros no Brasil. Seus mais de 6 milhões de clientes contam com soluções em aluguel de carros e produtos de ponta para terem uma experiência superior. Destaque para o Localiza Fidelidade, que já distribuiu milhões de diárias grátis e upgrades, o programa oferece mais conveniência, agilidade e um atendimento exclusivo; Localiza Way, um gadget que, oferece GPS, rede wi-fi, música via Spotify e conexão direta com a Assistência a Clientes; Mobile checkout, que possibilita o encerramento do contrato, garantindo mais agilidade e simplicidade ao processo de devolução dos carros; App para reservas, upgrades de carros, acompanhar o trajeto da van, fazer a abertura do contrato usando o “Cheguei”, um pré-atendimento que permite ao cliente agilizar ainda mais o processo de retirada do carro; Localiza Prime, grupo de carros de luxo, como os modelos BMW 320i; e o último lançamento da Localiza, o LOCALIZA FAST, uma tecnologia inédita na América Latina para agilizar retirada do veículo sem passar pelo balcão de atendimento: o cliente só precisa de um aplicativo no celular para abrir a porta do carro e em menos de um minuto sai dirigindo o carro.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti