Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Sem categoria

Cervejaria Ambev leva idosas que fizeram tatuagem cervejeira para ver de perto as etapas de criação da bebida

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

14 de junho de 2019

As senhoras, unidas pela paixão por cerveja, visitaram a Cervejaria Jaguariúna, no interior de São Paulo

Vídeo-case no link aqui

 Ilda Nóboa, de 70 anos, e Therezinha Ribeiro, de 66, são amigas há mais de 30 anos e, para celebrar a amizade, decidiram fazer uma tatuagem que representasse todo esse tempo juntas e a paixão que as une: copinhos de cerveja sorrindo e de mãos dadas.

Curiosas para conhecer mais sobre o universo de que são fãs, as duas visitaram a Cervejaria Jaguariúna, no interior de São Paulo, a convite da Cervejaria Ambev. No local, tiveram a oportunidade de ver de perto todas as fases de criação e produção da cerveja.

Durante mais de duas horas, Ilda e Therezinha passaram por uma experiência cervejeira do início ao fim. Na primeira etapa, puderam acompanhar todo o processo de brassagem, quando o malte e água são misturados. Na sequência, foi possível ver os momentos de fermentação e maturação e, no momento da filtração, provar a cerveja segundos depois de pronta, direto do tanque.

A visita rendeu dois vídeos, que estão disponíveis nas redes sociais da Cervejaria Ambev, o Instagram @cervejariaambev e o Facebook facebook.com/cervejariaambev.

“A cerveja faz parte da nossa amizade há 33 anos pelo menos. Toda a semana nos encontramos na minha casa ou na dela, para bebermos uma cervejinha e conversar. E hoje pudemos passar o dia no meio do que mais gostamos: cerveja”, afirma Therezinha.

Para quem também quer realizar o tour cervejeiro, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco e Paraná oferecem sete opções de cervejarias abertas ao público. Todas informações e formato de inscrição podem ser encontrados em https://www.ambev.com.br/beer-lovers/. A participação é restrita para maiores de 18 anos.

Ficha Técnica

Agência: SUNSETDDB

Título da campanha: Amigas de Copo

Anunciante: Cervejaria Ambev

Produto: Ambev Institucional

CCO: Guilherme Jahara

Co – Presidentes: Guilherme Jahara e Ligia Vulcano

Diretor de Criação: Marcio Juniot

Criação: Gabriel Nogueira, Xan Arakawa, Guigo Oliva, Rafael Britzki e Cesar Russo

Atendimento: Bianca Bizello e Janaina Venhasque

Diretora de Social Media, Content e Influencers: Inaiara Florêncio

Coordenador de Social Media: Fabio Machado

Community ManagerGabriel Nogueira

Head de Produção: Patricia Benetti

RTV: Rodrigo Luchini

Produtora: Casa da Criação

Diretor de Produção: Rodrigo Luchini

Direção: Ciro Neves e German Espiaut

Câmera: Ciro Neves

Montagem / Finalização: German Espiaut

Aprovação do cliente: Bruno Rigonatti e Mariana Taborda

Publicidade

100 Petiscos vence o concurso Comida di Buteco 2019, em Fortaleza  

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

29 de Maio de 2019

O melhor buteco da cidade concorrerá ao prêmio de melhor do país

 

Acabou a expectativa. O 100 Petiscos, com seu prato 101, é o vencedor do Comida di Buteco 2019, em Fortaleza. Completaram o pódio do concurso o Pakato Grill, com o petisco Carne de Sol ao Queijo na Chapa, na segunda colocação, e Fava’s Bar e Petiscos, com o Moquecaxé, em terceiro lugar. A 9ª edição do Comida di Buteco teve 18 estabelecimentos participando. O vencedor do concurso na capital cearense vai concorrer ao prêmio de melhor buteco do Brasil, em julho.

Também participaram do concurso: Bar do Helano, Bar do Nem, Birosca 1500, Boteco da Dani, Bodega da Roça, Brasil Colonial, Carneiro do Tércio, Espaço Casa da Sogra, Esquina do Chef, Kina do Feijão Verde, Nossa Casa Delícias, Quintal 55, Seu Zé – Bodega, Tarântulas Grill, Varandão da Vila e Vilarejo 84.

Na etapa nacional, o 100 Petiscos concorrerá com os vencedores das outras 20 cidades. Uma comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe 3 jurados (um jurado da sua cidade e dois de outras cidades). Elege-se aí o MELHOR BUTECO DO BRASIL, que será conhecido e premiado no mês de julho.

Em 2019, o Comida di Buteco comemora 20 anos. Por causa disso, todos os petiscos tiveram preço fixo de R$ 20,00. O concurso que teve origem em 2000 na cidade de Belo Horizonte, hoje cobre todo o país, é realizado em 21 cidades e desde 2016 elege também o Melhor Buteco do Brasil. Durante o concurso, o público e os jurados compareceram aos botecos para avaliar quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70%  do peso da  nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%. A apuração fica a cargo do instituto Vox Populi.

20 anos de Comida di Buteco

o    21 cidades de Norte a Sul do País

o    5.163 mil butecos

o    4.868 milhões de votos

o    3.534 milhões de petiscos vendidos

o    41.796 mil empregos gerados

o    80 milhões de pessoas impactadas

o    R$ 500.892 milhões em mídia espontânea

 “Eu fico muito impressionado com a capacidade que o Comida di Buteco tem de transformar a realidade das famílias daquele pequeno empreendedor do setor de bares e restaurantes, ajudando a construir um Brasil melhor. ” (Paulo Solmucci – Presidente Nacional da Abrasel/Associação Brasileira de Bares e Restaurantes)

Buteco com “u”, o perfil dos participantes

Os estabelecimentos selecionados para participar são classificados pela organização do concurso como “ESPONTÂNEOS”:  estabelecimentos em que o dono está sempre à frente do negócio, não pertencendo à redes ou franquias e que muitas vezes se originou na própria casa da pessoa. Tem a identidade de seu proprietário e na maioria das vezes, outras pessoas da família do dono trabalham ali também.

Patrocinadores 2019

 

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas, pois nenhum buteco participante paga nada para participar nem é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores.

Empresas patrocinadoras em Fortaleza

Apresentador: Perdigão

Patrocinadores: Coca Cola, Mc Cain

Banco Oficial:  Santander/Getnet

Apoiadores: Reserva 51, Trident, Chandon, Diário do Nordeste, Abrasel, Convention & Visitors Bureau, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Secretaria de Cultura de Fortaleza, Hotel Sonata,  Dickies

Promoção: TV Verdes Mares

 

Banco Oficial: Santander/Getnet

Esta iniciativa faz parte da estratégia de patrocínios do Banco, que tem como objetivo associar a marca Santander a renomados eventos de gastronomia, ser reconhecido como o Banco da Gastronomia e, principalmente, gerar negócios em toda a cadeia, desde o produtor rural, passando pelos restaurantes e bares, até o consumidor final.

“O Comida Di Buteco é um concurso democrático e que valoriza o potencial gastronômico regional presente em diversas cidades do país”, afirma Patricia Audi, vice-presidente executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander. “Dentro de nossa proposta de apoiar inovações empreendedoras e culturais, enxergamos a gastronomia como uma grande forma de expressão de nosso povo, além de representar uma cadeia geradora de empregos e renda. ”

Durante o período do concurso, o Banco realizará diversas ações nos locais participantes, inclusive um jogo americano personalizado do Santander, e presença com destaque nas peças de merchandising presente em todos os “butecos”.

Clientes Santander que efetuarem o pagamento com cartões do banco ou com o Santander Pass terão 10% de desconto no valor da batatafrita participante do concurso.

Perdigão

No ano em que o concurso completa 20 anos, a Perdigão, que tem o alimento como elo importante para reunir família e amigos, seja em ocasiões especiais ou cotidianas, patrocina de forma mais abrangente o Comida di Buteco. Neste ano, a marca lança o Desafio Perdigão, em que bares são convidados a criar um petisco com a calabresa defumada Perdigão. Os petiscos serão avaliados pelos jurados do Comida di Buteco e também por chefs consultores da BRF. Os eleitos em cada cidade recebem uma premiação em dinheiro. “Estamos animados com mais uma edição do Comida di Buteco e com a ação proposta pela marca, que acaba estimulando as relações gostosas em torno da comida que é uma das premissas da Perdigão”, ressalta Luciana Bulau, gerente executiva de marketing da Perdigão.

Publicidade

Produtora Cores Entretenimento é lançada no DFB Festival 2019 com shows nacionais durante o evento; confira o line up

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

09 de Maio de 2019

Com lemas voltados para o respeito à diversidade e compromisso com o público, a Cores Entretenimento, nova produtora de eventos local, chega à Fortaleza junto com a 20ª edição do DFB Festival, maior evento de moda autoral da América Latina.

Sob o comando dos empresários Novack Neto e Edgel Joseph, a produtora surge com o intuito de trazer atrações para a cidade que conversem com todos os públicos, além de oferecer oportunidade para novos talentos locais e nacionais de grande alcance em plataformas virtuais.“Fortaleza precisa conhecer esses artistas que as redes sociais propagam para todo o mundo, mas que, muitas vezes, não têm chances de chegar ao nosso mercado. Amamos forró e sertanejo, mas nosso Brasil é muito mais que isso”, conta Edgel sobre o novo projeto.

Para o lançamento, a Cores Entretenimento  promete animar os quatro dias de festival com muita música no palco “Cores na Praia”. São mais de 12 shows no espaço, misturando os mais diversos ritmos, do alternativo ao funk, do pop ao eletrônico. Entre as atrações, os destaques são a banda Melim e a Mc Pocahontas, sucessos de amplitude nacional. “Vamos aproveitar a oportunidade dada pelo grande Claudio Silveira e mostrar que Fortaleza tem muita gente nova e talentosa que merece reconhecimento. Não vai ser apenas a Cores que vai (re)nascer com este DFB”, afirma Novack.

As apresentações no DFB Festival são uma prévia das diversas novidades que a Cores deve trazer para a capital cearense ao longo do ano, já que, durante o lançamento da produtora, os idealizadores também vão apresentar o calendário 2019, como o lançamento da Revista Com Estilo. “Desde 2016 que realizo o lançamento da revista com o show da Anitta no shopping RioMar. Este ano, queremos tudo novo. E a Cores vai essas novidades em primeira mão Dragão Fashion Brasil 2019”, pontual Edgel.

Confira o line-up completo do palco “Cores na Praia”:

Quarta-feira (15/05)

16h- Banda Reite

18h- Banda Regina George

20h- Two Notty

Quinta-feira (16/05)

16h- Neon Party

18h- DJ Nicolas Abe

20h- MC Pocahontas

Sexta-feira (17/05)

16h- Salve Simpatia

18h- Bloco SandiJunio

20h- DJ Erik Villar

22h- Banda Melim (Festa de Lançamento da Cores Entretenimento)

Sábado (18/05)

16h- Two Folks

18h- DJ Leandro Bueno

20h- DJ FLAR

DFB Festival 2019

 

Mantendo a tradição de 20 anos, o DFB Festival, maior evento de moda autoral da América Latina, apresentará coleções de 36 nomes entre os dias 15 e 18 maio em novo local: no Aterro da Praia de Iracema, lugar pleno de significados em Fortaleza. Os desfiles ocorrerão em três  salas: duas internas, com capacidade para 1.000 pessoas, cada, e uma externa, de frente para o mar, o DFBeach Club, com passarela de 150m de extensão, instalada sobre as areias da praia. O formato de apresentar coleções de moda praia no próprio ambiente para o qual foram criadas é uma experiência única por conta da localização privilegiada do DFB Festival 2019.

 

O diretor do DFB Festival, Claudio Silveira reforça: “para o cearense, a praia é mais do que um acaso geográfico: ela traduz a vocação do nosso povo para o empreendedorismo e a inovação, dado o exemplo dos jangadeiros, das rendeiras e do horizonte vasto do Atlântico à nossa frente”. Além da programação de dança, o DFB Festival 2019 também contará com uma programação que inclui exposições, mostra de curtas-metragens, lançamentos de livros, espetáculos, shows de música e sets de DJs.

 

SERVIÇO

DFB FESTIVAL 2019

15 a 18 de Maio

Aterro da Praia de Iracema

Entrada Gratuita

Classificação Indicativa: 12 anos

#vaidarpraia #dfb2019

Publicidade

Tradicional Pão de Coco da Semana Santa ganha releitura de receita Portuguesa

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

13 de Abril de 2019


*Receita com camadas de coco e cobertura com uma “cocada mole”
foi adaptada para o gosto do cearense e do brasileiro na Semana Santa.*

A gente já sabe que o Pão de Coco é um alimento preferido dos cearenses e quicá dos brasileiros na Semana Santana. Mas a receita da iguaria pode ganhar uma releitura de uma receita tradicional portuguesa com um toque cearense.

A Padaria Romana, da Avenida 13 de Maio em Fortaleza, trouxe das terras lusitanas o Pão de Deus.
O pão de deus é uma receita típica que encontra em todos os cafés e pastelarias lusitanos. Um saboroso pão coberto com coco, doce de ovos e açúcar. Há quem goste de recheá-lo com outros tipos de doces, como geleias, ou mesmo com queijo e fiambre.

O Pão de Deus é bem fácil de aprender para fazê-lo em casa. Se fizer em maior quantidade, também pode congelá-lo, sem perder o paladar.

“Eu sempre trago de Portugal esse pão. Como por lá e trago para comer aqui com as amigas também. Foi o que me motivou a começar a reproduzir aqui esse pão . É de comer se joelho. Casa super bem com a Semana Santa pois o coco é já tradição nessa época “, enaltece Marina de Castro Braga, gerente de atendimento da Padaria Romana.
A receita que compartilhamos abaixo rende entre 10 e 13 pães para saborear mesmo quando acabados de fazer.

Receita do Pão de Deus

Massa :
500g + 100g de farinha;
75g de açúcar;
75g de manteiga;
50ml de leite;
200ml de água;
11g de levedura seca (tipo fermipan);
sal q.b.

– Ingredientes para a cobertura –
1 ovo + 1 gema para pincelar;
80g de coco ralado;
80g de açúcar;
40g de manteiga amolecida.

– Modo de preparação –
Numa taça coloque as 100g de farinha e abra um buraco no meio. Acrescente o sal, a levedura e o leite morno, mas não demasiado quente. Amasse bem até conseguir formar uma bola, tape e deixe repousar cerca de 20 minutos.
Noutra taça coloque as 500g de farinha, o açúcar, a manteiga amolecida e a água tépida. Acrescente também a bola de massa anterior, previamente repousada e amasse bem até obter uma bola de massa elástica e macia. (Pode optar por amassar na máquina de pão, no robot de cozinha ou com uma batedeira e pás próprias).

Forme uma bola, tape e deixe repousar mais 30 minutos. Ao fim desse tempo divida a massa em 12 bolas menores e coloque-as num tabuleiro previamente forrado com papel vegetal, tape com um pano e deixe repousar mais 45 minutos. (Atenção às correntes de ar e cumpra os tempos de levedar ou o resultado não será o melhor.)

Misture agora todos os ingredientes da cobertura (menos a gema) e reserve.
Quando os pãezinhos estiverem levedados, pincele-os com a gema de ovo e cubra generosamente com a cobertura.

Leve depois os pãezinhos ao forno previamente aquecido a 180 graus, durante cerca de 15 minutos. (Não caia na tentação de deixá-los mais tempo no forno.)

Publicidade

Vereadora Priscila Costa recebe, para encontro em Fortaleza, professora e deputada “antifeminista” Ana Caroline Campagnolo

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

20 de Março de 2019

A recém-eleita deputada estadual pelo PSL de Santa Catarina, Ana Caroline Campagnolo, virá pela primeira vez a Fortaleza, para encontro, no próximo sábado (23 de março), promovido pela vereadora Priscila Costa.

Com apenas 28 anos, a também professora Ana Caroline ficou famosa em todo o País ao incentivar a denúncia de “professores doutrinadores”. Definindo-se como “antifeminista, conservadora, cristã e de direita”, ela lançará seu livro “Feminismo: Perversão e Subversão”, que revê a trajetória do feminismo, confrontando as alegadas motivações e supostas conquistas do movimento com suas reais consequências na história cultural do Ocidente e, em especial, do Brasil.

Anfitriã do evento, a vereadora Priscila acredita que o movimento feminista tem assumido compromisso com uma agenda partidária de degeneração, ora defendendo o aborto, ora defendendo a legalização das drogas. Segundo ela, “a política brasileira precisa de mulheres que representem, não um movimento, mas que representem de forma genuína a maioria das mulheres brasileiras, mulheres comuns, com seus anseios comuns enquanto mãe, esposa e profissional, mulheres que guardam sua fé pessoal e preservam valores”.

O lançamento acontecerá sábado (23), às 10 horas, no Café Patriota.

SERVIÇO:


Lançamento do livro: “Feminismo: Perversão e Subversão”- com Ana Caroline Campagnolo.

Data: 23/ 03/ 2019

Horário: 10 horas

Local: Café Patriota- Av. Santos Dumont, 1453

Publicidade

Buscapé amplia promoções do Dia do Consumidor durante toda a semana

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

11 de Março de 2019

Data foi criada pela companhia em 2014 para fomentar vendas em um dos meses menos aquecidos do ano; Celulares são os produtos mais procurados

Criador do Dia do Consumidor Brasil, em 2014, o Buscapé, líder em comparação de preços, foi além e nesta sexta edição estenderá as ofertas para toda a semana. De 11 a 17 de março, será possível encontrar as melhores promoções do e-commerce brasileiro, com descontos de até 50%.

A data foi incluída pelo Buscapé no calendário de promoções do varejo brasileiro para fomentar vendas em um dos meses menos aquecidos do ano, por conta da ausência de datas sazonais. Como nos anos anteriores, o principal dia deverá ser quarta-feira da semana do dia 15 de março, que neste ano cairá no dia 13. “Neste ano decidimos inovar e ampliar nossa campanha, presenteando o nosso consumidor com sete dias de ofertas. Quem pesquisar, certamente fará uma excelente compra”, afirma Fernando Lugó, head de Marketing do Buscapé.

O dia 15 de março foi escolhido, em 1962, por John Kennedy, então presidente dos Estados Unidos, e reconhecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) alguns anos depois, para lembrar e valorizar os direitos dos consumidores do mundo todo.

O Dia do Consumidor Brasil já é o segundo maior faturamento do ano, perdendo apenas para a Black Friday. “A data cresce a cada ano e é uma satisfação para o Buscapé ver que cada vez mais lojistas e cada vez mais consumidores estão aderindo. Dados da Ebit|Nielsen, que é referência em e-commerce, aponta que 43% dos consumidores pretendem comprar na data. Já é bastante, mas mostra que temos muito para crescer”, diz Lugó, que espera movimento quatro vezes maior no Buscapé durante a semana.

Os smartphones devem ser os produtos mais desejados pelos consumidores, especialmente os de valor intermediário, entre R$1.000 e R$2.000, mas itens como SmarTVs, ar condicionado, videogames, geladeiras e máquinas de lavar também devem apresentar aumento de demanda.

Sobre o Buscapé: líder em comparação de preços no Brasil, o Buscapé, que recebe mensalmente mais de 60 milhões de visitas, compara preços de mais de 25 milhões de produtos vendidos por 8,5 mil lojas.

Publicidade

Crefito-6 promove manhã de esclarecimentos sobre Imposto de Renda, na próxima edição do Café com Saber 2019

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

07 de Março de 2019

O encontro será aberto ao público e promete, também, tirar as dúvidas dos participantes sobre prontuários e recibos

No próximo sábado (09.03), o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 6ª região Ceará – Crefito-6 realizará a segunda edição do ano, do projeto Café com Saber. O evento será realizado às 9h na sede do conselho e abordará dois temas: Imposto de Renda Pessoa física e jurídica com o auditor fiscal da Receita Federal, Vitor Carleial de Casimiro; e Prontuários e recibos, com a fisioterapeuta Dra. Ana Cristhina Brasil.

Neste ano a entrega da prestação da declaração do Imposto de Renda 2019 tem início na quinta-feira (07.03) e vai até o dia 30 de abril. Esse é um momento em que muitos profissionais, assim como fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que atuam de forma autônoma têm algumas dúvidas no momento de realizar os procedimentos. Por isso o conselho dedicou essa edição do projeto Café com Saber para tirar dúvidas e dar mais esclarecimentos tanto a quem presta serviços, como para quem os recebe, portanto o encontro desta edição será aberto ao público, devido a abrangência dos temas abordados. Ao final os participantes receberão certificado de participação.

O Café com Saber acontece um sábado por mês e tem como objetivo informar e capacitar os profissionais e acadêmicos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional com temáticas técnico científicas, e de outros conteúdos alinhados ao desempenho profissional como gestão, marketing, entre outros, segundo explica a diretora secretária do conselho e terapeuta ocupacional, Dra. Érika Nobre.

Sobre o conselho

O Crefito 6 é uma Autarquia Pública Federal, instituição de Controle Social, tendo como missão garantir os direitos da população assistida pela Fisioterapia e pela Terapia Ocupacional através da normatização e fiscalização do exercício profissional visando a plena atuação terapêutica com qualidade e humanização.

Serviço

Café com Saber

Palestras:

> Imposto de Renda Pessoa física e jurídica Prontuários e recibos <

com Dra. Ana Cristhina Brasil (Fisioterapeuta)

***Aberto ao público e com certificação para os participantes***

Data: 09 de março

Horário: 9h

Local: Auditório do Crefito-6 – Endereço: Av. Rogaciano Leite, 432 – Salinas

Publicidade

Quinta edição da Kitetrip Iron Macho vai percorrer 1,2 mil quilômetros pelo litoral nordestino

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

11 de Fevereiro de 2019


A aventura terá mais de 130 praias no percurso que inclui os estados Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão

A quinta edição do Iron Macho já tem data marcada: 10 a 22 de setembro de 2019. O evento vai reunir kitesurfistas de diferentes localidades do Brasil e do mundo para 17 dias de desafios, resistência e superação no downwind de 1,2 mil quilômetros pelo litoral nordestino. Os participantes podem escolher entre 6 categorias com distância e períodos diferentes.

A kitetrip vai passar pelos estados Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão, incluindo alguns dos destinos mais cobiçados do país, como São Miguel do Gostoso, Canoa Quebrada, Praia do Futuro, Cumbuco, Icaraizinho de Amontada, Jericoacoara, Barra Grande, Delta do Parnaíba, Atins e Lençóis Maranhenses. Ao todo, são mais de 130 praias da costa nordestina mapeadas pelo Iron Macho.

Podem participar homens e mulheres a partir de 18 anos, com bom preparo físico, que já participaram das versões anteriores e possuem o “Iron Macho-Certification” ou que já tenham realizado downwind de 40 quilômetros de distância por dia, comprovado por plataformas como Garmin Connect e Relive – GPS. Caso não se encaixe nessas duas opções, o (a) kitesurfista deverá realizar o “Iron Macho Certification”, que consiste em um teste para de certificação sobre a experiência com o esporte.

A inscrição dá direito a participação no evento, hospedagem com café da manhã, lanches durante o percurso (água, frutas e sucos), carros e barco de apoio, camisa personalizada, guias com rádio e GPS, fotos e vídeo documentário e certificado de “Cabra Macho” para aqueles que completarem o percurso de 1,2 mil quilômetros. O participante pode escolher entre 6 categorias:

Iron Pivete — 200 km percorridos em 3 dias;

Iron Macho — 400 km percorridos em 5 dias;

Super Macho — 600 km percorridos em 7 dias;

Macho Selvagem — 800 km percorridos em 10 dias;

Macho Extreme — 1000 km percorridos em 13 dias;

Cabra Macho — 1200 km percorridos em 17 dias.

A kitetrip é dividida em três grupos: iniciantes, intermediários e experientes. A distância percorrida por dia pode ser de 40, 70 e 120 quilômetros. O itinerário do downwind inicia por volta das 11h e segue até às 17h no mar. Após a largada são realizadas algumas pausas para alimentação e descanso.

Caso o participante necessite de uma pausa maior, ele pode contar com um dos carros de apoio do evento. Após a chegada de cada dia, os kitesurfistas têm direito a um pernoite em hotéis e pousadas de excelente qualidade como BGK (Barra Grande – PI), Zebra Beach (Uruaú), Casa Janjão (Icaraizinho de Amontada – CE) e Vila Guará (Atins – MA).

O Iron Macho promove o esporte, a saúde e o bem-estar dos atletas, além de contribuir para o desenvolvimento turístico das cidades percorridas pela kitetrip, movimentando a economia local: são mais de 10 pousadas e centenas de empregos diretos e indiretos beneficiados com o projeto. Os participantes têm a oportunidade de conhecer as belezas nordestinas e ter contato com o idioma, a cultura e a gastronomia dos destinos visitados. A expectativa dos kitesurfistas e a hospitalidade das comunidades locais proporcionam grandes experiências culturais.

Sobre o Iron Macho
O Iron Macho é uma equipe especializada em Downwind, com mapeamento de 1,5 mil quilômetros da costa nordestina: Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão. Há cinco anos realiza a Kitetrip Iron Macho, garantindo qualidade e segurança para os participantes. Também é responsável por outros eventos como o Velejo da Capital, Downwind das Emoções, Hawaii Cearense e trips com grupos privados, atendendo o público nacional e internacional.

A experiência no mercado é recomenda por mais de 400 kitesurfistas satisfeitos com o apoio e infraestrutura fornecidos pelo Iron Macho: serviços de guia, kite coach, transfer 4X4 e veículos especializados para os trechos mais extremos do Nordeste do Brasil, como barco e jetski.

Serviço

Iron Macho 2019

Whatsapp: +55 (85) 98753-1049

E-mail: bigkitetrip@gmail.com

Site: www.ironmacho.com.br

Fanpage: https://www.facebook.com/ironmacho.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/ironmacho.kitetrip/

Publicidade

FCDL-CE debate com SEFAZ regras sobre o Módulo Fiscal Eletrônico

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

06 de Fevereiro de 2019


(Foto: Divulgação)

A convite do presidente da Federação das CDLs do Ceará, Freitas Cordeiro, os auditores fiscais da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz), Helder Andrade e Rejane Muniz, participaram, na última segunda-feira, 04, de uma reunião especial da diretoria da entidade para debater e esclarecer as regras da obrigatoriedade de uso do Módulo Fiscal Eletrônico (MFE) para o contribuinte varejista.

A necessidade de diálogo surgiu, de acordo com o presidente Freitas Cordeiro, após relatos de lojistas sobre a morosidade do novo procedimento, que substitui a Escrituração Contábil Fiscal (ECF), causando transtornos aos consumidores. “Mas a secretária Fernanda Pacobahyba, como sempre, sensível às nossas postulações e as nossas reivindicações, disponibilizou uma excelente equipe técnica para sentar com os empresários dos segmentos que mais sofreram para construir uma solução para a lentidão da emissão de notas e também discutir as regras dessa mudança”, pondera.

Entenda o caso

Desde meados de 2016, a Secretaria da Fazenda tem publicado inúmeras legislações a fim de obrigar o uso do equipamento fiscal em substituição ao equipamento emissor do cupom fiscal. No entanto, na época não haviam equipamentos disponíveis no mercado para o cumprimento da lei.

O ambiente de insegurança levou o órgão a postergar, por diversas vezes, o início da obrigatoriedade do MFE. Mas, na última sexta-feira, 01, o Decreto (Nº32.937), que permite a emissão de notas fiscais em sistema anterior ao MFE, foi publicado no Diário Oficial da União e foram estabelecidos novos prazos para o comércio adquirir o novo sistema de emissão e equipamento para as notas fiscais eletrônicas.

Novos prazos

· Para o programa do Módulo Fiscal Eletrônico, que tinha data de adesão até 31 de julho, o empresário terá 60 dias a mais. Já o tempo de troca do maquinário sofreu extensão de 18 meses para dois anos.

· A Sefaz garantiu ainda que ocorrerá a adequação do uso do software para liberar o fluxo e também será criado um novo sistema para interligação de dados. Hoje, a transmissão de dados das empresas para o órgão é feita via um integrador instalado no equipamento.

De acordo com o auditor fiscal da Sefaz, Helder Andrade, o principal motivo da mudança foi a necessidade de um acompanhamento mais efetivo e rápido das empresas por parte do órgão. “Hoje, as informações das empresas que realizam vendas apenas pelo cupom fiscal só chegam a Secretaria por meio das obrigações acessórias. Com a migração de impressoras fiscais para o Módulo Fiscal Eletrônico as informações de vendas serão transmitidas para a Sefaz de acordo com uma periodicidade preestabelecida”, conclui.

leia tudo sobre

Publicidade

VII FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA (7), NO VALE DO JAGUARIBE

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

05 de Fevereiro de 2019


Festival será realizado de quinta a domingo (7 a 10), com ampla e gratuita programação em Alto Santo, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Russas e Tabuleiro do Norte

Cerca de 300 artistas de 10 Grupos de Projeção Folclórica de abrangências local e nacional, Grupo de Etnia e Grupo Internacional se apresentarão e levarão ações formativas para escolas, ginásios, faculdades e centros culturais do Vale do Jaguaribe durante o VII Festival Internacional de Folclore do Ceará, que tem início nesta quinta-feira (7) e segue até domingo (10). Esse ano, o Festival acontecerá nas cidades de Alto Santo, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Russas e Tabuleiro do Norte. Na programação, completamente gratuita, apresentações musicais, de dança folclórica e comercialização de artesanato, literatura de cordel e gastronomia regional.

Além de valorizar as tradições, a pesquisa e a experimentação, o Festival promoverá o encontro entre as mais distintas manifestações culturais e trará reflexões sobre as danças folclóricas em um contexto internacional, por meio do qual será possível conhecer aspectos da trajetória de um povo e ampliar conhecimentos. A população da região também poderá participar das ações formativas, que incluem aulas-show, vivências e exposições, valorizando a cultura popular e fortalecendo o Ceará como cena internacional da dança, arte e cultura.

“Depois de subirmos a serra na edição anterior, decidimos este ano levar o Festival Internacional de Folclore do Ceará para o Vale do Jaguaribe, uma região riquíssima em tradições, cultura, história, turismo e gastronomia. Acreditamos que haverá uma intensa troca cultural entre os grupos convidados e os moradores da região, que poderão desfrutar de ampla programação, gratuita e aberta ao público”, avalia Sheila Fernandes, Coordenadora do Festival. A expectativa é atingir um público de 15 mil pessoas durante os quatro dias de evento, nos diversos espaços ocupados, que terão a oportunidade de desfrutar do rico intercâmbio artístico-cultural.

Entre as atividades que serão desenvolvidas, o Educar com Folclore levará a escolas aulas-show realizadas pelos grupos participantes, que explicarão a origem da dança, a musicalidade regional, os costumes da sua região de origem, a cultura, os adereços e figurinos usados na apresentação, bem como a geografia e história da cidade, possibilitando a troca de conhecimento, a disseminação da cultura, a transmissão de valores, além da fruição. Os Seminários são ideais para aqueles que querem se aproximar, investigar, ouvir e participar de experiências e saberes entre profissionais da cultura popular convidados.

O Folclore Itinerante irá inserir as comunidades na programação de apresentações e aulas-shows do festival, contemplando um público que, geralmente, não tem oportunidade de desfrutar de programações culturais oferecidas nas cidades participantes, democratizando e descentralizando o acesso à cultura. Haverá, ainda, Vivências e Oficinas, promovendo troca de conhecimentos culturais entre os grupos participantes, com roda de conversa, experimentações de dança e instrumentação musical, costumes e expressões da cultura de cada lugar, visando à interação e integração entre os grupos.

Representando o Ceará, participarão do VII Festival Internacional de Folclore do Ceará a Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES, Grupo de Dança Tablado, Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC, Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu) e Txai Cia de Danças Populares, que será homenageada nesta edição. Da Paraíba, virá a Tropa de Danças Regionais; de Pernambuco, o Grupo de Xaxado Cabras de Lampião; do Pará, o Grupo Parafolclórico Asa Branca; de São Paulo, o Grupo Apolo de Danças Gregas; e do Paraguai, o Grupo Paraguay Ete Villa Elisa. Entre as atrações, haverá ainda a Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses : Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Reis de Paus e Vozes da África, todos de Fortaleza.

Em reconhecimento pelos trabalhos de fortalecimento da cultura popular, o Festival irá homenagear em 2019 a Txai Cia de Danças Populares, que acaba de completar 18 anos de atividades; e o pesquisador Clerton Martins, professor-titular do curso de Psicologia da Unifor, doutor em Psicologia pela Universitat de Barcelona e pós-doutorado em Estudos do Ócio pela Universidad de Deusto, na Espanha.

O VII Festival Internacional de Folclore do Ceará é uma realização da EnCena Produções em parceria com as Prefeituras Municipais de Limoeiro do Norte e de Morada Nova, Colégio Diocesano Padre Anchieta, Academia Limoeirense de Letras, Universidade Estadual do Ceará (UECE) / FAFIDAM, Brisanet, Doces Limoeiro e Multiplac; apoio do Conselho Internacional de Dança (Cid-Unesco), Organização Internacional de Folclore e Arte Popular (IOV), Comissão Nacional de Folclore, Comissão Cearense de Folclore e Associação Txai Cultura e Arte; e promoção do Instituto União de Arte, Educação e Culturas Populares. O Festival tem o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, via Secretaria da Cultura (Lei Estadual Nº 13.811 – Mecenato Estadual). Agradecimentos à Enel.

Serviço:

VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

Data: De 7 a 10 de fevereiro de 2019

Local: Vale do Jaguaribe (CE)

Programação* gratuita

07 DE FEVEREIRO DE 2019 (QUINTA-FEIRA)

EDUCAR COM FOLCLORE

09h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: E. E. F. Profª Maria Elvanisa Moura Freitas Silva (Cidade Alta – Limoeiro do Norte – CE)

09h30 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: Escola Normal Rural de Limoeiro (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

SEMINÁRIO

09h00 – SABERES E FAZERES CULTURAIS: Segmentos e Concepções

Local: Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos – FAFIDAM (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

CORTEJO CULTURAL

16h00 – Concentração

Local: Praça Nossa Senhora de Assunção / Praça do Banco do Nordeste (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Abertura VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

– Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses: Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Vozes da África (Fortaleza – CE), Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

08 DE FEVEREIRO DE 2019 (SEXTA-FEIRA)

EDUCAR COM FOLCLORE

09h00 – Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

Local: E. E. F. Joaquim Dono Gadelha – Anexo Piamarta (Cabeça Preta – Limoeiro do Norte – CE)

09h00 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Local: E. E. M. Manoel de Castro Filho (Centro – Quixeré – CE)

09h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Art Clube (Centro – Tabuleiro do Norte – CE)

09h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

Local: Ginásio Coberto Lafaiete Anselmo (Centro – Alto Santo – CE)

15h00 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

Local: E. E. M. Menino Jesus de Praga (Comunidade Lagoinha – Quixeré – CE)

15h00 – Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Associação Unidos para o Progresso (Sítio Espinho – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: E. E. F. Padre Joaquim de Menezes (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: E. E. F. José Hamilton de Oliveira (Luís Alves – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

Local: E. E. M. T. I. Arsênio Ferreira Maia (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

ARENA CULTURA DAS TRADIÇÕES – ENCONTRO COM A MESTRA LÚCIA PEQUENO “ARTESÃ DO BARRO”

15h00 – Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Local: E. E. I. F. Antônio Castro Pereira (Córrego de Areia – Limoeiro do Norte – CE)

ARENA CULTURA DAS TRADIÇÕES – ENCONTRO DAS RAINHAS DOS MARACATUS CEARENSES

15h00 – Maracatu Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

Local: E. E. F. José Alves de Moura (Sítio Arraial – Limoeiro do Norte – CE)

FOLCLORE ITINERANTE – POLO MORADA NOVA

19h30 – Abertura do VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

– Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses: Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Vozes da África (Fortaleza – CE) e Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: Av. Manoel Castro Filho / Av. das Pizzarias (Centro – Morada Nova – CE)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

09 DE FEVEREIRO DE 2019 (SÁBADO)

CORTEJO CULTURAL

09h00 – Concentração

Local: Praça Nossa Senhora de Assunção / Praça do Banco do Nordeste (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

OFICINAS

Local: Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos – FAFIDAM (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

Oficina Carimbó

14h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

Oficina Xaxado

14h00 – Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

Oficina Forró

14h00 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Oficina Maracatu

14h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

VIVÊNCIA CULTURAL

14h00 – Vida São João (E Outras Memórias)

Local: Centro Cultural Carnaubeiras (Flores – Russas – CE)

OFICINA CORPO BRINCANTE

16h00 – Grupos Culturais dos Vale do Jaguaribe

Local: E. E. M. Maria de Lourdes Oliveira (Flores – Russas – CE)

NOITE LITERÁRIA

19h00 – Lançamento do Livro: Lampião e o Sertão do Pajeú

Exibição do Curta Metragem: Lampião e o Fogo da Serra Grande

Local: Academia Limoeirense de Letras – A. L. L. (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

FOLCLORE ITINERANTE – POLO MORADA NOVA

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: Av. Manoel Castro Filho / Av. das Pizzarias (Centro – Morada Nova – CE)

PALCO Principal – Polo Limoeiro do Norte

19h30 – Cerimônia de Homenagens Clerton Martins e Grupo Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

– Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

10 DE FEVEREIRO DE 2019 (DOMINGO)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

* Programação sujeita a alterações

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/festivaldefolcloredoceara

Instagram: @ festivaldefolcloredoceara

Site: www.festivaldefolcloredoceara.com.br

Publicidade

VII FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA (7), NO VALE DO JAGUARIBE

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

05 de Fevereiro de 2019


Festival será realizado de quinta a domingo (7 a 10), com ampla e gratuita programação em Alto Santo, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Russas e Tabuleiro do Norte

Cerca de 300 artistas de 10 Grupos de Projeção Folclórica de abrangências local e nacional, Grupo de Etnia e Grupo Internacional se apresentarão e levarão ações formativas para escolas, ginásios, faculdades e centros culturais do Vale do Jaguaribe durante o VII Festival Internacional de Folclore do Ceará, que tem início nesta quinta-feira (7) e segue até domingo (10). Esse ano, o Festival acontecerá nas cidades de Alto Santo, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Russas e Tabuleiro do Norte. Na programação, completamente gratuita, apresentações musicais, de dança folclórica e comercialização de artesanato, literatura de cordel e gastronomia regional.

Além de valorizar as tradições, a pesquisa e a experimentação, o Festival promoverá o encontro entre as mais distintas manifestações culturais e trará reflexões sobre as danças folclóricas em um contexto internacional, por meio do qual será possível conhecer aspectos da trajetória de um povo e ampliar conhecimentos. A população da região também poderá participar das ações formativas, que incluem aulas-show, vivências e exposições, valorizando a cultura popular e fortalecendo o Ceará como cena internacional da dança, arte e cultura.

“Depois de subirmos a serra na edição anterior, decidimos este ano levar o Festival Internacional de Folclore do Ceará para o Vale do Jaguaribe, uma região riquíssima em tradições, cultura, história, turismo e gastronomia. Acreditamos que haverá uma intensa troca cultural entre os grupos convidados e os moradores da região, que poderão desfrutar de ampla programação, gratuita e aberta ao público”, avalia Sheila Fernandes, Coordenadora do Festival. A expectativa é atingir um público de 15 mil pessoas durante os quatro dias de evento, nos diversos espaços ocupados, que terão a oportunidade de desfrutar do rico intercâmbio artístico-cultural.

Entre as atividades que serão desenvolvidas, o Educar com Folclore levará a escolas aulas-show realizadas pelos grupos participantes, que explicarão a origem da dança, a musicalidade regional, os costumes da sua região de origem, a cultura, os adereços e figurinos usados na apresentação, bem como a geografia e história da cidade, possibilitando a troca de conhecimento, a disseminação da cultura, a transmissão de valores, além da fruição. Os Seminários são ideais para aqueles que querem se aproximar, investigar, ouvir e participar de experiências e saberes entre profissionais da cultura popular convidados.

O Folclore Itinerante irá inserir as comunidades na programação de apresentações e aulas-shows do festival, contemplando um público que, geralmente, não tem oportunidade de desfrutar de programações culturais oferecidas nas cidades participantes, democratizando e descentralizando o acesso à cultura. Haverá, ainda, Vivências e Oficinas, promovendo troca de conhecimentos culturais entre os grupos participantes, com roda de conversa, experimentações de dança e instrumentação musical, costumes e expressões da cultura de cada lugar, visando à interação e integração entre os grupos.

Representando o Ceará, participarão do VII Festival Internacional de Folclore do Ceará a Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES, Grupo de Dança Tablado, Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC, Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu) e Txai Cia de Danças Populares, que será homenageada nesta edição. Da Paraíba, virá a Tropa de Danças Regionais; de Pernambuco, o Grupo de Xaxado Cabras de Lampião; do Pará, o Grupo Parafolclórico Asa Branca; de São Paulo, o Grupo Apolo de Danças Gregas; e do Paraguai, o Grupo Paraguay Ete Villa Elisa. Entre as atrações, haverá ainda a Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses : Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Reis de Paus e Vozes da África, todos de Fortaleza.

Em reconhecimento pelos trabalhos de fortalecimento da cultura popular, o Festival irá homenagear em 2019 a Txai Cia de Danças Populares, que acaba de completar 18 anos de atividades; e o pesquisador Clerton Martins, professor-titular do curso de Psicologia da Unifor, doutor em Psicologia pela Universitat de Barcelona e pós-doutorado em Estudos do Ócio pela Universidad de Deusto, na Espanha.

O VII Festival Internacional de Folclore do Ceará é uma realização da EnCena Produções em parceria com as Prefeituras Municipais de Limoeiro do Norte e de Morada Nova, Colégio Diocesano Padre Anchieta, Academia Limoeirense de Letras, Universidade Estadual do Ceará (UECE) / FAFIDAM, Brisanet, Doces Limoeiro e Multiplac; apoio do Conselho Internacional de Dança (Cid-Unesco), Organização Internacional de Folclore e Arte Popular (IOV), Comissão Nacional de Folclore, Comissão Cearense de Folclore e Associação Txai Cultura e Arte; e promoção do Instituto União de Arte, Educação e Culturas Populares. O Festival tem o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, via Secretaria da Cultura (Lei Estadual Nº 13.811 – Mecenato Estadual). Agradecimentos à Enel.

Serviço:

VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

Data: De 7 a 10 de fevereiro de 2019

Local: Vale do Jaguaribe (CE)

Programação* gratuita

07 DE FEVEREIRO DE 2019 (QUINTA-FEIRA)

EDUCAR COM FOLCLORE

09h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: E. E. F. Profª Maria Elvanisa Moura Freitas Silva (Cidade Alta – Limoeiro do Norte – CE)

09h30 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: Escola Normal Rural de Limoeiro (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

SEMINÁRIO

09h00 – SABERES E FAZERES CULTURAIS: Segmentos e Concepções

Local: Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos – FAFIDAM (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

CORTEJO CULTURAL

16h00 – Concentração

Local: Praça Nossa Senhora de Assunção / Praça do Banco do Nordeste (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Abertura VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

– Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses: Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Vozes da África (Fortaleza – CE), Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

08 DE FEVEREIRO DE 2019 (SEXTA-FEIRA)

EDUCAR COM FOLCLORE

09h00 – Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

Local: E. E. F. Joaquim Dono Gadelha – Anexo Piamarta (Cabeça Preta – Limoeiro do Norte – CE)

09h00 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Local: E. E. M. Manoel de Castro Filho (Centro – Quixeré – CE)

09h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Art Clube (Centro – Tabuleiro do Norte – CE)

09h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

Local: Ginásio Coberto Lafaiete Anselmo (Centro – Alto Santo – CE)

15h00 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

Local: E. E. M. Menino Jesus de Praga (Comunidade Lagoinha – Quixeré – CE)

15h00 – Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Associação Unidos para o Progresso (Sítio Espinho – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: E. E. F. Padre Joaquim de Menezes (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: E. E. F. José Hamilton de Oliveira (Luís Alves – Limoeiro do Norte – CE)

15h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

Local: E. E. M. T. I. Arsênio Ferreira Maia (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

ARENA CULTURA DAS TRADIÇÕES – ENCONTRO COM A MESTRA LÚCIA PEQUENO “ARTESÃ DO BARRO”

15h00 – Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Local: E. E. I. F. Antônio Castro Pereira (Córrego de Areia – Limoeiro do Norte – CE)

ARENA CULTURA DAS TRADIÇÕES – ENCONTRO DAS RAINHAS DOS MARACATUS CEARENSES

15h00 – Maracatu Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

Local: E. E. F. José Alves de Moura (Sítio Arraial – Limoeiro do Norte – CE)

FOLCLORE ITINERANTE – POLO MORADA NOVA

19h30 – Abertura do VII Festival Internacional de Folclore do Ceará

– Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses: Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema, Vozes da África (Fortaleza – CE) e Nação Jaguaribe (Limoeiro do Norte – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC (Fortaleza – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

Local: Av. Manoel Castro Filho / Av. das Pizzarias (Centro – Morada Nova – CE)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza – CE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

09 DE FEVEREIRO DE 2019 (SÁBADO)

CORTEJO CULTURAL

09h00 – Concentração

Local: Praça Nossa Senhora de Assunção / Praça do Banco do Nordeste (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

OFICINAS

Local: Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos – FAFIDAM (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

Oficina Carimbó

14h00 – Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

Oficina Xaxado

14h00 – Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

Oficina Forró

14h00 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

Oficina Maracatu

14h00 – Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

VIVÊNCIA CULTURAL

14h00 – Vida São João (E Outras Memórias)

Local: Centro Cultural Carnaubeiras (Flores – Russas – CE)

OFICINA CORPO BRINCANTE

16h00 – Grupos Culturais dos Vale do Jaguaribe

Local: E. E. M. Maria de Lourdes Oliveira (Flores – Russas – CE)

NOITE LITERÁRIA

19h00 – Lançamento do Livro: Lampião e o Sertão do Pajeú

Exibição do Curta Metragem: Lampião e o Fogo da Serra Grande

Local: Academia Limoeirense de Letras – A. L. L. (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

FOLCLORE ITINERANTE – POLO MORADA NOVA

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

Local: Av. Manoel Castro Filho / Av. das Pizzarias (Centro – Morada Nova – CE)

PALCO Principal – Polo Limoeiro do Norte

19h30 – Cerimônia de Homenagens Clerton Martins e Grupo Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

– Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

10 DE FEVEREIRO DE 2019 (DOMINGO)

PALCO PRINCIPAL – POLO LIMOEIRO DO NORTE

19h30 – Grupo Apolo de Danças Gregas (São Paulo – SP)

– Txai Cia de Danças Populares (Fortaleza – CE)

– Grupo de Dança Tablado (Fortaleza – CE)

– Grupo de Xaxado Cabras de Lampião (Serra Talhada – PE)

– Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu – CE)

– Grupo Paraguay Ete Villa Elisa (Paraguai – PAR)

– Tropa de Danças Regionais (Joca Claudino – PB)

– Grupo Parafolclórico Asa Branca (Belém – PA)

Local: Ginásio Coberto Diocesano Padre Anchieta (Centro – Limoeiro do Norte – CE)

* Programação sujeita a alterações

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/festivaldefolcloredoceara

Instagram: @ festivaldefolcloredoceara

Site: www.festivaldefolcloredoceara.com.br