Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

A ascensão das mulheres

A ascensão das mulheres em cargos de liderança

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de Março de 2019

A importância da mulher no mercado de trabalho é um tema que tem conquistado espaço nos últimos anos. No entanto, o assunto continua extremamente atual com a proximidade da data que mais ilustra a força feminina no mundo – o Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje, dia 8 de março. “O dia da mulher vai muito além da data, é uma jornada para conquistar seus objetivos pessoais e coletivos e o merecido espaço de relevância no mercado de trabalho. Temos a honra de ser um exemplo em ações que reconheçam a força e a presença da mulher”, afirma Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos do McDonald’s.

Na empresa, essa jornada feminina para alcançar posições de destaque se mostra cada vez mais efetiva e cerca 60% dos cargos de liderança nos restaurantes são ocupados por elas. Dentro da rede McDonald’s o plano de carreira é apresentado desde o início – que, para muitos, significa o primeiro emprego. Prova disso é o número elevado de Gerentes que começaram na função de Atendentes de Restaurante e foram se desenvolvendo ao longo do tempo, crescendo diversas posições, o que significa que todos têm a mesma importância e chances de crescimento.

Exemplo dessa realidade, Lívia Fernandes, Diretora de Operações do McDonald’s Brasil, é responsável por 450 restaurantes e 15.000 colaboradores. Lívia começou na companhia com apenas 15 anos, como Atendente. Atualmente, há 27 anos na empresa, ela acumula passagem por diversas funções, uma graduação em Marketing e muita história para contar – principalmente dos tempos em que trabalhava todos os dias no restaurante. Desde o segundo semestre de 2018 ocupa o cargo de Diretora, posição que conquistou por meio de muita dedicação e estudo.

Confira abaixo os principais conselhos de Lívia para o sucesso na carreira:

Hoje nós temos algumas mulheres que são referência no mundo dos negócios. O que você pensa sobre isso? Você já passou por um grande desafio por ser mulher?

Eu fui promovida à Gerente de Operações sete meses depois que minha segunda filha nasceu e um mês depois que voltei de licença. Era a oportunidade que eu mais queria na vida e precisei me organizar para dar conta destes dois momentos tão importantes ao mesmo tempo. E eu consegui. Ser mulher é poder tudo: trabalhar, ser mãe, viajar, liderar uma equipe. Somos extremamente competentes, fazemos bem feito e conseguimos resultados duradouros quando nos dedicamos. Hoje, das 15 mil pessoas que estão abaixo do meu “guarda-chuva”, na gerência das unidades, 60% são mulheres. E são mulheres guerreiras, que estão à frente de negócios grandiosos. O restaurante da rede que mais vende no Brasil, por exemplo, é comandado por uma mulher.

O que te inspirou a se tornar quem você é hoje na empresa?

As pessoas sempre me inspiraram. Aqui nós lidamos com pessoas de diferentes perfis e realidades: que moraram na rua, que não têm uma geladeira em casa, que fazem sua principal refeição no McDonald’s. É tão bom poder ajudar a desenvolve-las, vê-las crescendo, mudando de vida. E tudo o que me inspira aqui eu levo para a casa, como a disciplina e esse espírito de equipe que faz qualquer resultado acontecer.

Alguma dica para outras mulheres que estão começando ou mesmo no meio do caminho?

Nunca desista de seus sonhos e sempre seja você mesma, em total transparência com a sua essência. Não existe idade para começar, por isso sempre aprenda coisas novas e se voluntarie nos projetos mais difíceis, porque o processo de desenvolvimento é uma espiral que não tem fim. A competência é algo valioso e pessoal, então é muito importante sempre se dedicar ao máximo para entregar o melhor que pode. E nunca esqueça de conciliar a vida profissional com a vida pessoal, porque se cuidar, fazer academia, meditar, ler e estar com a família nos faz mais felizes e bem-humorados.

Como equilibrar as rotinas em casa e no trabalho?

Tenho usado muito a tecnologia ao meu favor. O objetivo é estar sempre perto: do time, dos clientes e da família. Sou mãe, sou esposa e sou mulher. Faço questão de participar do dia a dia dos meus filhos, Luan, de 16 anos, e da Mel, de 10 anos, e nem por isso deixo nada a desejar no meu trabalho. Mas isso requer um planejamento rígido de horários, agendas pré-estabelecidas e, inclusive, o dom de saber falar “não” quando necessário.

Publicidade

A ascensão das mulheres em cargos de liderança

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de Março de 2019

A importância da mulher no mercado de trabalho é um tema que tem conquistado espaço nos últimos anos. No entanto, o assunto continua extremamente atual com a proximidade da data que mais ilustra a força feminina no mundo – o Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje, dia 8 de março. “O dia da mulher vai muito além da data, é uma jornada para conquistar seus objetivos pessoais e coletivos e o merecido espaço de relevância no mercado de trabalho. Temos a honra de ser um exemplo em ações que reconheçam a força e a presença da mulher”, afirma Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos do McDonald’s.

Na empresa, essa jornada feminina para alcançar posições de destaque se mostra cada vez mais efetiva e cerca 60% dos cargos de liderança nos restaurantes são ocupados por elas. Dentro da rede McDonald’s o plano de carreira é apresentado desde o início – que, para muitos, significa o primeiro emprego. Prova disso é o número elevado de Gerentes que começaram na função de Atendentes de Restaurante e foram se desenvolvendo ao longo do tempo, crescendo diversas posições, o que significa que todos têm a mesma importância e chances de crescimento.

Exemplo dessa realidade, Lívia Fernandes, Diretora de Operações do McDonald’s Brasil, é responsável por 450 restaurantes e 15.000 colaboradores. Lívia começou na companhia com apenas 15 anos, como Atendente. Atualmente, há 27 anos na empresa, ela acumula passagem por diversas funções, uma graduação em Marketing e muita história para contar – principalmente dos tempos em que trabalhava todos os dias no restaurante. Desde o segundo semestre de 2018 ocupa o cargo de Diretora, posição que conquistou por meio de muita dedicação e estudo.

Confira abaixo os principais conselhos de Lívia para o sucesso na carreira:

Hoje nós temos algumas mulheres que são referência no mundo dos negócios. O que você pensa sobre isso? Você já passou por um grande desafio por ser mulher?

Eu fui promovida à Gerente de Operações sete meses depois que minha segunda filha nasceu e um mês depois que voltei de licença. Era a oportunidade que eu mais queria na vida e precisei me organizar para dar conta destes dois momentos tão importantes ao mesmo tempo. E eu consegui. Ser mulher é poder tudo: trabalhar, ser mãe, viajar, liderar uma equipe. Somos extremamente competentes, fazemos bem feito e conseguimos resultados duradouros quando nos dedicamos. Hoje, das 15 mil pessoas que estão abaixo do meu “guarda-chuva”, na gerência das unidades, 60% são mulheres. E são mulheres guerreiras, que estão à frente de negócios grandiosos. O restaurante da rede que mais vende no Brasil, por exemplo, é comandado por uma mulher.

O que te inspirou a se tornar quem você é hoje na empresa?

As pessoas sempre me inspiraram. Aqui nós lidamos com pessoas de diferentes perfis e realidades: que moraram na rua, que não têm uma geladeira em casa, que fazem sua principal refeição no McDonald’s. É tão bom poder ajudar a desenvolve-las, vê-las crescendo, mudando de vida. E tudo o que me inspira aqui eu levo para a casa, como a disciplina e esse espírito de equipe que faz qualquer resultado acontecer.

Alguma dica para outras mulheres que estão começando ou mesmo no meio do caminho?

Nunca desista de seus sonhos e sempre seja você mesma, em total transparência com a sua essência. Não existe idade para começar, por isso sempre aprenda coisas novas e se voluntarie nos projetos mais difíceis, porque o processo de desenvolvimento é uma espiral que não tem fim. A competência é algo valioso e pessoal, então é muito importante sempre se dedicar ao máximo para entregar o melhor que pode. E nunca esqueça de conciliar a vida profissional com a vida pessoal, porque se cuidar, fazer academia, meditar, ler e estar com a família nos faz mais felizes e bem-humorados.

Como equilibrar as rotinas em casa e no trabalho?

Tenho usado muito a tecnologia ao meu favor. O objetivo é estar sempre perto: do time, dos clientes e da família. Sou mãe, sou esposa e sou mulher. Faço questão de participar do dia a dia dos meus filhos, Luan, de 16 anos, e da Mel, de 10 anos, e nem por isso deixo nada a desejar no meu trabalho. Mas isso requer um planejamento rígido de horários, agendas pré-estabelecidas e, inclusive, o dom de saber falar “não” quando necessário.