Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Aedes Aegypti

Leituristas da Enel Distribuição Ceará ajudarão Governo do Estado a monitorar focos do Aedes aegypti

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2017

437 leituristas da distribuidora de energia darão apoio ao combate ao mosquito

 

A Enel Distribuição Ceará e Secretaria da Saúde (Sesa) assinaram um acordo de cooperação para reforçar o combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika através do trabalho dos 437 leituristas de medidores residenciais em todos os municípios do Estado. A partir da sexta-feira (02), os leituristas passarão a identificar imóveis fechados ou abandonados, possíveis focos de proliferação do Aedes aegypti e casos de arboviroses entre os moradores das ruas que percorrem diariamente.

Durante a visita domiciliar, os leituristas perguntarão aos moradores sobre a ocorrência de casos de dengue, chikungunya e zika na vizinhança, o que também pode ser indicativo da existência de criadouros do Aedes aegypti. A cada dois dias, um relatório com as informações dos leituristas será repassado pela distribuidora de energia para o Núcleo de Controle de Vetores da Sesa (NUVET), que fará análise e acionará as prefeituras para as providências.

 

Para a realização desse serviço, os leituristas da Enel estão sendo treinados durante esta semana pelo NUVET, para a identificação de potenciais focos de proliferação do mosquito. Cada leiturista visita em média 390 unidades consumidoras, fazendo a leitura dos medidores de energia. Isso significa que, diariamente, pelo menos 170 mil unidades consumidoras dos municípios cearenses serão monitoradas para identificação da presença do mosquito transmissor. Constatados focos do mosquito, as prefeituras acionarão seus agentes de endemias para as ações de controle.

 

“Como empresa responsável socialmente, sentimos a necessidade de auxiliar da melhor forma possível o poder público no combate ao mosquito. Sabemos que essa luta é de toda a sociedade e colocamos à disposição todos os nossos leituristas para o trabalho. Por meio deles, temos acesso a praticamente toda a população do Ceará e poderemos ser mais um braço no combate às doenças”, explica Ronaldo Freire, responsável pela Área de Governo da Enel Distribuição Ceará.

 

Além da ação com os leituristas, a Sesa realizou este ano 33 visitas técnicas de apoio aos municípios, com fornecimento de material de apoio aos agentes de controles de endemias municipais, distribuição de dez mil rolos de telas para depósitos de água e pulverização espacial UBV (fumacê). O cenário de cada município é avaliado e, a depender do caso, pode contar com visitas técnicas da equipe da Sesa e monitoramento do plano de ação para o combate ao mosquito. Um total de 130 municípios cearenses recebeu cartas de alerta da Secretaria sobre risco de epidemia em relação às arboviroses, dos quais 86 (66,1%) encaminharam plano emergencial para combate ao mosquito.

 

Cuidados com o Aedes aegypti

 

A maioria dos focos do Aedes aegypti é encontrada dentro de casa. É preciso manter os quintais sempre limpos, recolher, eliminar ou guardar longe da chuva todo objeto que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas, copos descartáveis e até cascas de ovos. O lixo doméstico deve ser acondicionado em sacos plásticos e descartado adequadamente, em depósitos fechados.

 

Uma outra opção de descarte é o Ecoenel, programa de sustentabilidade da companhia que troca resíduos sólidos por bônus na conta de energia. Qualquer cliente da Enel pode procurar um dos postos de atendimento no estado para promover a destinação correta do lixo reciclável, além de contribuir ainda com o meio ambiente.

 

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no dia 26 de maio, o Ceará confirmou, até a semana epidemiológica 21, 9.047 casos de dengue, com 3 óbitos, 31.482 casos de chikungunya, com 14 óbitos, e 144 casos de zika.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Prefeitura intensifica combate ao Aedes aegypti no Jardim Guanabara e Barra do Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Março de 2017

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional I e Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove, durante as manhãs do mês de março, ação de combate às Arboviroses (doenças virais transmitidas pelo Aedes aegypti) no Jardim Guanabara e Barra do Ceará, bairros com altos índices de infestação do mosquito e transmissão das doenças. O objetivo é sensibilizar as comunidades sobre a importância do envolvimento nas ações educativas e na adoção de práticas contínuas de prevenção e controle.

Como parte da ação, as equipes de Educadores em Saúde Pública do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social (NESMS) e de Agentes de Combate a Endemias da Regional I realizam exposição do ciclo biológico do mosquito nos postos de Saúde Casemiro Filho e Rebouças Macambira; visitas domiciliares de sensibilização nos quarteirões com maior presença doAedes; entrega de panfletos e cartazes educativos em casas e pontos comerciais. Além disso, as equipes estão implantando Brigadas em escolas, comércios, associações e revitalizando as já existentes.

As Brigadas são grupos de pessoas treinados pelo NESMS para identificar os focos do mosquito transmissor das Arboviroses. Estes colaboradores fazem a busca por focos de contaminação, bem como debatem sobre formas de prevenção e diminuição dos riscos. “Estas pessoas são em excelentes multiplicadores das práticas de educação em saúde. Uma vez por semana, supervisionam seus locais, se encontram foco, fazem a eliminação e enviam, mensalmente, relatório à Regional”, explicou a supervisora geral do NESMS da Regional I, Edilene de Araújo.

A dona de casa Amália Mesquita, 53 anos, moradora do Jardim Guanabara, ficou satisfeita por receber as orientações dos agentes. “É muito importante estar informada sobre estas doenças e como combatê-las diariamente em nossa casa e em nossa vizinhança, só assim, com informação e mudança de hábitos, conseguiremos reduzir os casos de Dengue, Chikungunya e Zika”, avaliou Amália.

Estão sendo repassadas informações, por exemplo, sobre o destino e armazenamento correto de lixo e orientações sobre reserva inadequada de água. Na Regional I, são encontrados focos de Dengue principalmente em tanques, tambores, cisternas e cacimbas. Além do Jardim Guanabara e Barra do Ceará, outros bairros da Regional com manifestação da doença são Vila Velha, Farias Brito e Ellery.

“É importante deixar nossas comunidades sempre atentas às atitudes mais simples e essenciais, como limpar o tambor antes de enchê-lo, manter baldes e potes fechados, conservar caixas d’águas teladas e tampadas e realizar limpeza nelas a cada seis meses. A maneira mais eficaz de prevenir estas doenças é não deixar o mosquito nascer”, salientou o secretário da Regional I, Gilberto Bastos.

Serviço: Prefeitura intensifica combate ao Aedes aegypti

Data: segunda a sexta-feira do mês de março

Horário: durante as manhãs

Local: bairros Jardim Guanabara e Barra do Ceará

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev realiza mutirão nacional contra o Aedes Aegypti

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de Março de 2016

Letícia Providello Pigatto (Supervisora) e Bernardo Paiva (Presidente) visitam bares

Mobilização ] Em Fortaleza, a ação acontece a partir das 09 horas no Centro de Distribuição da Barra do Ceará

 

Nesta sexta-feira (4), a Ambev vai promover uma mobilização nacional pelo combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor dos vírus da Zika, Dengue e Chikungunya. A ação faz parte de uma ampla campanha da empresa, que tem como mote a hashtag #naoficoparado. Os mais de 32 mil funcionários, que trabalham nas 34 fábricas e mais de cem centros de distribuição da cervejaria pelo país, estão envolvidos na ação. Durante o dia, eles visitarão casas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais para entregar à população mais de dois milhões de folhetos, além de cartazes educativos.

“Essa ação é um retrato de como unimos as pessoas por um mundo melhor”, afirma Pedro Mariani, vice-presidente Jurídico e de Relações Corporativas da Ambev. “O maior objetivo é alertar para que todos façam a diferença tomando ações simples e eficazes para combater o Zika. Só não pode ficar parado. Afinal, quanto mais gente participar, mais rápido é possível virar o jogo contra o mosquito”, explica.

Para aumentar ainda mais o engajamento de seus funcionários, a Ambev lançou o “Incentivo Não Fico Parado”. Todas as suas fábricas, centros de distribuição e de excelência terão que realizar uma série de tarefas para combater o Zika e registrá-las em um aplicativo especialmente criado para computá-las. A unidade que realizar o melhor trabalho e acumular mais pontos será reconhecida com troféu e prêmios. Além disso, para garantir que todas as nossas unidades se mantenham livres do mosquito, estão sendo realizadas auditorias semanais.

Nas redes sociais, a campanha da Ambev também vem ganhando força com o apoio de personalidades como Sabrina Sato, Preta Gil, Ticiane Pinheiro, Aviões do Forró, entre outras celebridades. Com posts informativos no Instagram e no Facebook, eles mostram o que pode ser feito para eliminar focos do mosquito transmissor do Zika vírus. Além disso, eles estão desafiando outros famosos a fazerem o mesmo, divulgando a hashtag #naoficoparado.

A movimentação é grande também dentro dos gramados. Pelos campeonatos estaduais, no último sábado, São Paulo FC (SP), Cruzeiro (MG), Remo (PA) e Náutico (PE) entraram em campo carregando faixas com mensagens de combate ao mosquito Aedes aegypti. Já no domingo foi a vez de Flamengo (RJ), Botafogo (RJ), Vasco (RJ), Internacional (RS) e Vitória (BA) se engajarem.

Durante o mês de fevereiro, a Ambev distribuiu 150 mil cartazes e 200 mil flyers educativos do Ministério da Saúde. Uma rede de 60 cooperativas de catadores de materiais recicláveis e 22 organizações não governamentais, parceiros da empresa em projetos socioambientais, já foi convidada a compartilhá-lo. Outros 20 grupos do programa de voluntariado da companhia estão engajados em disseminar informações em diversas cidades do Brasil.
As peças de conscientização produzidas pela cervejaria estão disponíveis para download no site www.ambev.com.br.

 

Sobre a Ambev

“Ser a melhor empresa de bebidas, unindo as pessoas por um mundo melhor”. Esta é a missão da Ambev, empresa de capital aberto, sediada em São Paulo, no Brasil, com operações em 18 países das Américas (Argentina, Brasil, Bolívia, Canadá, Chile, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Nicarágua, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Dominica, Antigua e St. Vincent).

Dona de um portfólio de “estrelas” como Antarctica, Brahma, Bohemia, Budweiser, Skol, Original, Stella Artois; os refrigerantes Guaraná Antarctica, Soda, Pepsi, Sukita, Antarctica Citrus e H2OH!; o isotônico Gatorade e o chá Lipton, além do energético Fusion e da Brahma 0,0%, totalmente sem álcool, a Ambev é líder no ranking das cervejarias na América Latina.

Reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar, a Ambev tem em seus funcionários – mais de 32 mil só no Brasil – sua maior fortaleza. Por isso, investe continuamente no desenvolvimento e sucesso de sua Gente, que é incentivada a se sentir dona da companhia e pensar grande.

Pioneira, a companhia desenvolve o Programa Ambev de Consumo Responsável desde 2003, fazendo campanhas de conscientização sobre o uso indevido do álcool, norteadas pelas premissas da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entre seus principais projetos estão o Papo em Família, o Na Responsa!, o Bar de Responsa e o Supermercado de Responsa. Todos voltados a evitar o consumo de álcool por menores de idade.

Sua reconhecida excelência em gestão gera retorno aos seus acionistas e garante atuação sustentável. No ano de 2015, o volume de vendas da companhia chegou a quase 170 milhões de hectolitros de bebidas e a receita líquida foi de R$ 46,7 bilhões – crescimento de 12% em relação ao ano de 2014.

Referência em práticas ambientais, a Ambev criou o Movimento CYAN – Quem vê água enxerga seu valor (www.movimentocyan.com.br), uma ampla iniciativa de mobilização e conscientização da sociedade para o uso racional desse recurso natural. Um dos principais destaques de maior impacto do Movimento é o Projeto Bacias, que atua em conjunto com as ONGs WWF e The Nature Conservancy para preservar bacias hidrográficas. E, para estimular a reciclagem de resíduos pós-consumo, a companhia desenvolve inúmeras ações por meio do Ambev Recicla.

 

Dia da Virada Ambev

Quando: 04 de Março

Onde: Centro de Distribuição Barra – Rua Jerônimo de Albuquerque, 590, próximo a Avenida Francisco Sá – Barra do Ceará

Horário: 9h

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev realiza mutirão nacional contra o Aedes Aegypti

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de Março de 2016

Letícia Providello Pigatto (Supervisora) e Bernardo Paiva (Presidente) visitam bares

Mobilização ] Em Fortaleza, a ação acontece a partir das 09 horas no Centro de Distribuição da Barra do Ceará

 

Nesta sexta-feira (4), a Ambev vai promover uma mobilização nacional pelo combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor dos vírus da Zika, Dengue e Chikungunya. A ação faz parte de uma ampla campanha da empresa, que tem como mote a hashtag #naoficoparado. Os mais de 32 mil funcionários, que trabalham nas 34 fábricas e mais de cem centros de distribuição da cervejaria pelo país, estão envolvidos na ação. Durante o dia, eles visitarão casas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais para entregar à população mais de dois milhões de folhetos, além de cartazes educativos.

“Essa ação é um retrato de como unimos as pessoas por um mundo melhor”, afirma Pedro Mariani, vice-presidente Jurídico e de Relações Corporativas da Ambev. “O maior objetivo é alertar para que todos façam a diferença tomando ações simples e eficazes para combater o Zika. Só não pode ficar parado. Afinal, quanto mais gente participar, mais rápido é possível virar o jogo contra o mosquito”, explica.

Para aumentar ainda mais o engajamento de seus funcionários, a Ambev lançou o “Incentivo Não Fico Parado”. Todas as suas fábricas, centros de distribuição e de excelência terão que realizar uma série de tarefas para combater o Zika e registrá-las em um aplicativo especialmente criado para computá-las. A unidade que realizar o melhor trabalho e acumular mais pontos será reconhecida com troféu e prêmios. Além disso, para garantir que todas as nossas unidades se mantenham livres do mosquito, estão sendo realizadas auditorias semanais.

Nas redes sociais, a campanha da Ambev também vem ganhando força com o apoio de personalidades como Sabrina Sato, Preta Gil, Ticiane Pinheiro, Aviões do Forró, entre outras celebridades. Com posts informativos no Instagram e no Facebook, eles mostram o que pode ser feito para eliminar focos do mosquito transmissor do Zika vírus. Além disso, eles estão desafiando outros famosos a fazerem o mesmo, divulgando a hashtag #naoficoparado.

A movimentação é grande também dentro dos gramados. Pelos campeonatos estaduais, no último sábado, São Paulo FC (SP), Cruzeiro (MG), Remo (PA) e Náutico (PE) entraram em campo carregando faixas com mensagens de combate ao mosquito Aedes aegypti. Já no domingo foi a vez de Flamengo (RJ), Botafogo (RJ), Vasco (RJ), Internacional (RS) e Vitória (BA) se engajarem.

Durante o mês de fevereiro, a Ambev distribuiu 150 mil cartazes e 200 mil flyers educativos do Ministério da Saúde. Uma rede de 60 cooperativas de catadores de materiais recicláveis e 22 organizações não governamentais, parceiros da empresa em projetos socioambientais, já foi convidada a compartilhá-lo. Outros 20 grupos do programa de voluntariado da companhia estão engajados em disseminar informações em diversas cidades do Brasil.
As peças de conscientização produzidas pela cervejaria estão disponíveis para download no site www.ambev.com.br.

 

Sobre a Ambev

“Ser a melhor empresa de bebidas, unindo as pessoas por um mundo melhor”. Esta é a missão da Ambev, empresa de capital aberto, sediada em São Paulo, no Brasil, com operações em 18 países das Américas (Argentina, Brasil, Bolívia, Canadá, Chile, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Nicarágua, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Dominica, Antigua e St. Vincent).

Dona de um portfólio de “estrelas” como Antarctica, Brahma, Bohemia, Budweiser, Skol, Original, Stella Artois; os refrigerantes Guaraná Antarctica, Soda, Pepsi, Sukita, Antarctica Citrus e H2OH!; o isotônico Gatorade e o chá Lipton, além do energético Fusion e da Brahma 0,0%, totalmente sem álcool, a Ambev é líder no ranking das cervejarias na América Latina.

Reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar, a Ambev tem em seus funcionários – mais de 32 mil só no Brasil – sua maior fortaleza. Por isso, investe continuamente no desenvolvimento e sucesso de sua Gente, que é incentivada a se sentir dona da companhia e pensar grande.

Pioneira, a companhia desenvolve o Programa Ambev de Consumo Responsável desde 2003, fazendo campanhas de conscientização sobre o uso indevido do álcool, norteadas pelas premissas da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entre seus principais projetos estão o Papo em Família, o Na Responsa!, o Bar de Responsa e o Supermercado de Responsa. Todos voltados a evitar o consumo de álcool por menores de idade.

Sua reconhecida excelência em gestão gera retorno aos seus acionistas e garante atuação sustentável. No ano de 2015, o volume de vendas da companhia chegou a quase 170 milhões de hectolitros de bebidas e a receita líquida foi de R$ 46,7 bilhões – crescimento de 12% em relação ao ano de 2014.

Referência em práticas ambientais, a Ambev criou o Movimento CYAN – Quem vê água enxerga seu valor (www.movimentocyan.com.br), uma ampla iniciativa de mobilização e conscientização da sociedade para o uso racional desse recurso natural. Um dos principais destaques de maior impacto do Movimento é o Projeto Bacias, que atua em conjunto com as ONGs WWF e The Nature Conservancy para preservar bacias hidrográficas. E, para estimular a reciclagem de resíduos pós-consumo, a companhia desenvolve inúmeras ações por meio do Ambev Recicla.

 

Dia da Virada Ambev

Quando: 04 de Março

Onde: Centro de Distribuição Barra – Rua Jerônimo de Albuquerque, 590, próximo a Avenida Francisco Sá – Barra do Ceará

Horário: 9h

  • postado por Oswaldo Scaliotti