Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Bruno Girão

Com investimento de R$ 8 milhões, Betânia Lácteos inova com lançamento no Brasil: bebida à base de iogurte que dispensa geladeira 

Por Oswaldo Scaliotti em Novos negócios

19 de junho de 2019

 

A novidade não precisa de refrigeração e destaca-se por sua formulação mais nutritiva, sem conservantes nem corantes artificiais, com baixo teor de açúcar e fonte de proteínas

Com a missão de oferecer uma alimentação mais nutritiva, saudável, prática e saborosa, a Betânia Lácteos, a maior fabricante de laticínios do Nordeste, lança em toda a região o Yogi&Leve – a primeira bebida desenvolvida a partir de iogurte (garantindo todos os seus nutrientes) sem a necessidade de refrigeração,  devido à sua tecnologia inovadora de dupla pasteurização.  Para trazer esse produto ao país, a empresa investiu R$ 8 milhões.

 

Trata-se do primeiro iogurte com essas características a ser lançado no Brasil e na América Latina. A formulação de Yogi&Leve foi desenvolvida na Suécia, a partir de cases de sucesso da China, com as parcerias estratégicas da Christian Hansen, referência mundial em soluções de fermentos lácteos, e da Tetra Pak, líder em soluções no mercado de envase de alimentos.

O Yogi&Leve é excelente alternativa para quem busca uma alimentação mais nutritiva e equilibrada: não contém conservantes nem corantes artificiais, é feito 100% com leite,  fonte de proteínas e possui baixo teor de açúcar.

A novidade chega para os consumidores nos sabores natural e morango, trazendo todas as características de um iogurte, com cremosidade e sabor surpreendentes. Já pode ser encontrado nos principais supermercados do Nordeste a um preço em torno de R$ 2,49. O produto também conta com uma embalagem inovadora, um importante lançamento no Brasil: a Prisma 200 ml, da Tetra Pak.

Segundo Bruno Girão, CEO da Betânia Lácteos, o objetivo é oferecer um produto que proporcione praticidade, conveniência e nutrição ao consumidor. “Hoje as pessoas passam boa parte do dia fora de casa e em trânsito, entre o trabalho, a academia, o lazer e a universidade. E estão cada vez mais preocupadas em se alimentar de maneira mais saudável fora de casa, o que para elas não é fácil. Com Yogi&Leve, elas terão uma opção de lanche nutritivo para consumir em qualquer lugar”, destac

 

Sobre a Betânia Lácteos

Fundada em 1971 na cidade de Quixeramobim, Ceará, a Betânia Lácteos conta com cinco fábricas localizadas no Ceará, Pernambuco, Bahia e Sergipe, além de dez centros de distribuição. Maior indústria de lácteos do Nordeste e líder em leite UHT na região com 41% de share e vice-líder em iogurtes, movimenta uma cadeia produtiva 100% de origem local. Capta mais de 800 mil litros de leite por dia, de mais de 3,5 mil famílias produtoras de leite em 130 municípios nordestinos.  Atualmente, a Betânia Lácteos possui 2 mil colaboradores e está presente em 50 mil pontos de venda. Possui uma linha de produtos com mais de 120 itens, como leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, leite em pó, creme de leite e leite condensado. A companhia tem orgulho de sua origem, de valorizar a família nordestina, alimentando o corpo e inspirando o coração.

 

Sobre a Tetra Pak

A Tetra Pak é líder mundial em soluções para processamento e envase de alimentos. Atuando próximo aos clientes e fornecedores, oferece produtos seguros, inovadores e ambientalmente corretos, que a cada dia satisfazem as necessidades de centenas de milhões de pessoas em mais de 160 países ao redor do mundo. Com mais de 24.000 funcionários, a Tetra Pak acredita na liderança da indústria responsável e na abordagem sustentável dos negócios. O slogan “PROTEGE O QUE É BOM™” reflete a visão de disponibilizar alimentos de forma segura onde quer que seja.

Publicidade

Betânia Lácteos lança nova campanha da marca Betânia

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

22 de julho de 2018

Anúncios veiculados na TV, rádio, mobiliário urbano e mídias sociais reforçam a importância de ter orgulho de sua origem

A Betânia Lácteos, maior indústria de lácteos do Nordeste com cadeia produtiva 100% de origem local, inicia no dia 22 de julho a veiculação da nova campanha da sua principal marca, a Betânia. Fabricante de iogurtes, outros lácteos e líder em leite UHT na região, está presente em mais de 50 mil pontos de vendas e capta mais de 700 mil litros de leite por dia, contando com mais de 3,5 mil famílias produtoras de leite envolvidas neste processo.

As peças, desenvolvidas pela Artplan com o conceito “Para quem valoriza a sua origem”, fazem parte da estratégia da empresa de valorizar a origem nordestina e a cadeia produtiva – desde as dificuldades enfrentadas em uma das regiões mais secas do Brasil, às rotinas do produtor de leite nas suas tarefas diárias e da família nordestina começando o dia com um café da manhã reforçado –, numa narrativa conduzida pela artista Elba Ramalho que busca reforçar a coragem, a emoção e a determinação dos consumidores.

Para a produção de todas as ações, a Betânia Lácteos investiu R$ 5 milhões. “O objetivo da campanha é conectar o consumidor com as famílias produtoras de leite no sertão do Nordeste. Essas famílias fazem deste trabalho a sua morada, seu sustento e, com orgulho, enaltecem a cultura nordestina”, explica Bruno Girão, presidente da Betânia Lácteos.

Todo o trabalho de estudo e entendimento do DNA da companhia teve início em 2016 com a Ana Couto Branding, empresa com mais de 25 anos e especializada na construção de valor para empresas. “Queríamos que a marca assumisse a sua personalidade, ganhando ainda mais valor agregado para se distanciar das concorrentes e se preparar para o futuro”, enfatiza Danilo Cid, sócio e diretor executivo da Ana Couto Branding.

De acordo com Andressa Fernandes, Diretora do Grupo de Contas da Artplan, produzir todo o material para a nova campanha foi um grande desafio, pois foi necessário transmitir de forma autêntica tudo o que a Betânia Lácteos representa para os consumidores nordestinos. “Ouvimos histórias dos pequenos produtores de leite e foram tão enriquecedoras que eles acabaram protagonizando as peças. Já o consumidor tem orgulho da sua origem e valoriza tudo o que é local, perfeitamente alinhado com as mensagens da empresa”, finaliza.

As novas embalagens da Betânia, criadas pela Tátil, também tiveram como ponto de partida o estudo de posicionamento da marca. “Realizamos uma completa imersão na cultura da empresa e pensamos num sistema de linguagem para fácil identificação da marca pelo consumidor”, conta Camila Dias e Bianca Cruz, coordenadoras do projeto.

 

Ainda em 2018, a empresa fará diversos lançamentos de produtos e novos sabores. A primeira novidade será uma linha infantil e a duplicação da capacidade produtiva da empresa. “Queremos consolidar cada vez mais nossa presença no mercado nordestino e, para isso, iremos investir ainda mais”, finaliza Girão.

Sobre a Betânia Lácteos

Fundada em 1971 na cidade de Quixeramobim, Ceará, a Betânia Lácteos conta com cinco fábricas localizadas no Ceará, Pernambuco, Bahia e Sergipe, além de nove centros de distribuição. Maior indústria de lácteos do Nordeste e líder em leite UHT na região com 30% de share, movimenta uma cadeia produtiva 100% de origem local. Capta mais de 700 mil litros de leite por dia, com mais de 3,5 mil famílias produtoras de leite em 130 municípios nordestinos.  Atualmente, a Betânia Lácteos possui 1.800 colaboradores e está presente em 50 mil pontos de venda com as marcas Betânia, Jaguaribe, Lebom e Cilpinho. Possui uma linha de produtos com mais de 120 itens, como leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, doce de leite, leite em pó, creme de leite e leite condensado. A companhia tem orgulho de sua origem, de valorizar a família nordestina, alimentando o corpo e inspirando o coração.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

AJE Fortaleza e Fajece recebem Ari Neto e Bruno Girão no almoço empresarial, nesta quinta-feira (17)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de agosto de 2017

A Associação dos Jovens Empresários (AJE) e Federação das Associações dos Jovens Empresários do Ceará (Fajece) realiza, amanhã (17), mais um almoço empresarial com associados e convidados. Com o propósito de trocar experiências com empresários destacados do Estado, o encontro acontecerá no salão da cobertura da Fiec, às 12 horas. Os debatedores são o sócio-diretor do sistema Ari de Sá, Ari Neto, e o diretor-geral da Betânia, Bruno Girão.

Será um almoço diferenciado, com um bate-papo sobre as trajetórias empresariais de cada um deles e entraves vividos.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Bruno Girão e Severino Ramalho Neto assumem co-presidência da ECR Brasil no Nordeste em cerimônia na CDL no dia 15 de fevereiro

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

13 de Fevereiro de 2016

Viagem a BH e Inhotin 2010 (131)

União ] Bruno Girão (foto), presidente da CBL Alimentos, empresa detentora de marcas de laticínios como Betânia, irá assumir a presidência industrial da Associação ECR Brasil (Resposta Eficiente ao Consumidor) no Ceará, junto com Severino Ramalho Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e dos Mercadinhos São Luiz

 

Comércio e indústria passaram recentemente a unir forças e a prestar mais atenção na mudança do perfil e no grau de exigência do consumidor brasileiro. Essa maior aproximação entre os dois elos da cadeia – produção e venda – traz ganhos para os dois lados e permite minimizar custos e reforçar lucros para industriais e varejistas. Com atuação mundial e sede no Brasil localizada em São Paulo (SP), a Associação ECR Brasil (Resposta Eficiente ao Consumidor) chegou a Fortaleza em 2015 com o intuito de otimizar a relação das indústrias e empresas do Nordeste e locais com seus consumidores. Na próxima segunda-feira (15), às 19 horas, o empresário cearense Bruno Girão, presidente da CBL Alimentos, empresa detentora de marcas de laticínios como Betânia, irá assumir a presidência industrial da entidade no Ceará, junto com Severino Ramalho Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e dos Mercadinhos São Luiz, que irá assumir a presidência de varejo da ECR Brasil. O evento acontecerá na sede da CDL e contará ainda com a presença do superintendente da ECR Brasil, Claudio Czapski.

Indústria com sede em Fortaleza (CE) e com três unidades industriais localizadas no Ceará, Pernambuco e Sergipe, a CBL Alimentos conta com uma linha de mais de 60 produtos entre leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, doce de leite, leite em pó, creme de leite e leite condensado, entre outros, com destaque para a liderança em vendas no Nordeste em Leite Longa Vida (UHT). Com Bruno Girão à frente da presidência industrial, a empresa reforça os princípios de valorização no relacionamento e na colaboração com os parceiros de varejo em toda a região. “Sempre prezamos por uma cadeia em harmonia, desde o produtor, passando pelo supermercadista e chegando até o nosso consumidor final, que leva nosso produto para casa. O consumidor hoje quer respostas rápidas, quer ser ouvido, quer qualidade na logística e disponibilidade do produto no ponto de venda. À frente da ECR no Ceará e tendo um empresário como o Severino Ramalho Neto como parceiro, a tendência é ampliarmos essa qualidade para a cadeia como um todo”, explica Bruno Girão.

 

Cada vez mais perto dos cearenses

O núcleo regional da ECR Brasil tem em seu plano de ações uma série de projetos para melhor se aproximar da cadeia produtiva cearense e para ampliar sua presença no Estado. Para tanto, realizará três workshops ao longo de 2016, sobre temas que mostram as melhores práticas da associação e como aplicá­-las localmente.

A proposta da ECR leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, doce de leite, leite em pó, creme de leite e leite condensado.de trabalhar em conjunto surgiu nos Estados Unidos na década de 1980, liderado, basicamente, pelas principais indústrias e redes de supermercadistas que rapidamente conseguiram reduzir em mais de 10% os custos das cadeias em que operavam. A Resposta Eficiente ao Consumidor é um movimento global, no qual empresas industriais e comerciais, juntamente com os demais integrantes da cadeia de abastecimento (operadores logísticos, bancos, fabricantes de equipamentos e veículos, empresas de informática, etc.) trabalham em conjunto na busca de padrões comuns e processos eficientes que permitam minimizar os custos e otimizar a produtividade em suas relações.

No Brasil, a Associação chegou em 1997 e vem atuando como facilitadora do processo, agregando empresas interessadas, formando comitês de trabalho em cada um dos temas de desenvolvimento prioritários, disponibiliza o local para as reuniões, seleciona consultorias especializadas em cada tema para apoiarem os trabalhos dos comitês, busca experiências de outros países, divulga informações e resultados, promove cursos e palestras para difundir os conceitos e qualificar profissionais e outras atividades afins. A ECR Nordeste é a primeira experiência de ECR regional, após 20 anos de centralização em São Paulo.

A ECR reúne empresas industriais e comerciais, fabricantes e distribuidoras de bens de consumo não duráveis, com o objetivo de desenvolverem processos e melhores práticas que tornem suas relações mais eficientes. “O objetivo é estimular o crescimento de colaboração entre as indústrias e o varejo, buscando maior eficiência e menores perdas, além de medir os resultados das atividades geradas”, explica Simone Cioccolani, consultor que comanda a ECR Nordeste. Cioccolani explica que o sentido da colaboração une objetivos comuns, já que todos buscam a satisfação e fidelidade do shopper e consumidor.

Algumas empresas já associadas ao Núcleo ECR Fortaleza: CBD (varejo alimentar e marca própria Taeq, Casino), CBL (marcas Betânia e Jaguaribe), Cosbel (varejo de Cosméticos), Crusoe Food (marca Robinson Crusoe), DAG (distribuição especializada  de cosméticos), Frosty (marca Frosty), Indaiá (marcas Indaiá, Minalba, Citrus, Refri, Night Power), Infomarket (serviços de pesquisa de mercado), Petruz (marca Petruz , Açaí São Pedro), Pole Alimentos (marcas Granja Regina, Gostosinha), Polibras (soluções para gestão da força de venda), RB (distribuição de alimentos e produtos de limpeza), Tetrapack (packaging bebidas e alimentos), Unilever (marcas Omo, Seda).

 

Estrutura do Núcleo ECR Nordeste:

Co-Presidentes ECR Nordeste

Presidente Indústria: Bruno Girão (CBL Alimentos)

Presidente Varejo: Severino Ramalho Neto (Mercadinhos São Luiz)

 

Estrutura Operacional ECR Nordeste

Superintendente ECR Brasil: Claudio Czapsky

Coordenador ECR Nordeste: Simone Cioccolani

Secretaria e sede ECR Nordeste: Faculdade CDL

Organização/Divulgação e Sede Cursos ECR Nordeste: CDL Fortaleza

Sponsor ECR Nordeste: Grupo Edson Queiroz

Sponsor Comercial: Indaiá

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Bruno Girão e Severino Ramalho Neto assumem co-presidência da ECR Brasil no Nordeste em cerimônia na CDL no dia 15 de fevereiro

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

13 de Fevereiro de 2016

Viagem a BH e Inhotin 2010 (131)

União ] Bruno Girão (foto), presidente da CBL Alimentos, empresa detentora de marcas de laticínios como Betânia, irá assumir a presidência industrial da Associação ECR Brasil (Resposta Eficiente ao Consumidor) no Ceará, junto com Severino Ramalho Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e dos Mercadinhos São Luiz

 

Comércio e indústria passaram recentemente a unir forças e a prestar mais atenção na mudança do perfil e no grau de exigência do consumidor brasileiro. Essa maior aproximação entre os dois elos da cadeia – produção e venda – traz ganhos para os dois lados e permite minimizar custos e reforçar lucros para industriais e varejistas. Com atuação mundial e sede no Brasil localizada em São Paulo (SP), a Associação ECR Brasil (Resposta Eficiente ao Consumidor) chegou a Fortaleza em 2015 com o intuito de otimizar a relação das indústrias e empresas do Nordeste e locais com seus consumidores. Na próxima segunda-feira (15), às 19 horas, o empresário cearense Bruno Girão, presidente da CBL Alimentos, empresa detentora de marcas de laticínios como Betânia, irá assumir a presidência industrial da entidade no Ceará, junto com Severino Ramalho Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e dos Mercadinhos São Luiz, que irá assumir a presidência de varejo da ECR Brasil. O evento acontecerá na sede da CDL e contará ainda com a presença do superintendente da ECR Brasil, Claudio Czapski.

Indústria com sede em Fortaleza (CE) e com três unidades industriais localizadas no Ceará, Pernambuco e Sergipe, a CBL Alimentos conta com uma linha de mais de 60 produtos entre leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, doce de leite, leite em pó, creme de leite e leite condensado, entre outros, com destaque para a liderança em vendas no Nordeste em Leite Longa Vida (UHT). Com Bruno Girão à frente da presidência industrial, a empresa reforça os princípios de valorização no relacionamento e na colaboração com os parceiros de varejo em toda a região. “Sempre prezamos por uma cadeia em harmonia, desde o produtor, passando pelo supermercadista e chegando até o nosso consumidor final, que leva nosso produto para casa. O consumidor hoje quer respostas rápidas, quer ser ouvido, quer qualidade na logística e disponibilidade do produto no ponto de venda. À frente da ECR no Ceará e tendo um empresário como o Severino Ramalho Neto como parceiro, a tendência é ampliarmos essa qualidade para a cadeia como um todo”, explica Bruno Girão.

 

Cada vez mais perto dos cearenses

O núcleo regional da ECR Brasil tem em seu plano de ações uma série de projetos para melhor se aproximar da cadeia produtiva cearense e para ampliar sua presença no Estado. Para tanto, realizará três workshops ao longo de 2016, sobre temas que mostram as melhores práticas da associação e como aplicá­-las localmente.

A proposta da ECR leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, doce de leite, leite em pó, creme de leite e leite condensado.de trabalhar em conjunto surgiu nos Estados Unidos na década de 1980, liderado, basicamente, pelas principais indústrias e redes de supermercadistas que rapidamente conseguiram reduzir em mais de 10% os custos das cadeias em que operavam. A Resposta Eficiente ao Consumidor é um movimento global, no qual empresas industriais e comerciais, juntamente com os demais integrantes da cadeia de abastecimento (operadores logísticos, bancos, fabricantes de equipamentos e veículos, empresas de informática, etc.) trabalham em conjunto na busca de padrões comuns e processos eficientes que permitam minimizar os custos e otimizar a produtividade em suas relações.

No Brasil, a Associação chegou em 1997 e vem atuando como facilitadora do processo, agregando empresas interessadas, formando comitês de trabalho em cada um dos temas de desenvolvimento prioritários, disponibiliza o local para as reuniões, seleciona consultorias especializadas em cada tema para apoiarem os trabalhos dos comitês, busca experiências de outros países, divulga informações e resultados, promove cursos e palestras para difundir os conceitos e qualificar profissionais e outras atividades afins. A ECR Nordeste é a primeira experiência de ECR regional, após 20 anos de centralização em São Paulo.

A ECR reúne empresas industriais e comerciais, fabricantes e distribuidoras de bens de consumo não duráveis, com o objetivo de desenvolverem processos e melhores práticas que tornem suas relações mais eficientes. “O objetivo é estimular o crescimento de colaboração entre as indústrias e o varejo, buscando maior eficiência e menores perdas, além de medir os resultados das atividades geradas”, explica Simone Cioccolani, consultor que comanda a ECR Nordeste. Cioccolani explica que o sentido da colaboração une objetivos comuns, já que todos buscam a satisfação e fidelidade do shopper e consumidor.

Algumas empresas já associadas ao Núcleo ECR Fortaleza: CBD (varejo alimentar e marca própria Taeq, Casino), CBL (marcas Betânia e Jaguaribe), Cosbel (varejo de Cosméticos), Crusoe Food (marca Robinson Crusoe), DAG (distribuição especializada  de cosméticos), Frosty (marca Frosty), Indaiá (marcas Indaiá, Minalba, Citrus, Refri, Night Power), Infomarket (serviços de pesquisa de mercado), Petruz (marca Petruz , Açaí São Pedro), Pole Alimentos (marcas Granja Regina, Gostosinha), Polibras (soluções para gestão da força de venda), RB (distribuição de alimentos e produtos de limpeza), Tetrapack (packaging bebidas e alimentos), Unilever (marcas Omo, Seda).

 

Estrutura do Núcleo ECR Nordeste:

Co-Presidentes ECR Nordeste

Presidente Indústria: Bruno Girão (CBL Alimentos)

Presidente Varejo: Severino Ramalho Neto (Mercadinhos São Luiz)

 

Estrutura Operacional ECR Nordeste

Superintendente ECR Brasil: Claudio Czapsky

Coordenador ECR Nordeste: Simone Cioccolani

Secretaria e sede ECR Nordeste: Faculdade CDL

Organização/Divulgação e Sede Cursos ECR Nordeste: CDL Fortaleza

Sponsor ECR Nordeste: Grupo Edson Queiroz

Sponsor Comercial: Indaiá

  • postado por Oswaldo Scaliotti