Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

campanha Janeiro Branco

Atitude Serviços apoia Campanha Janeiro Branco

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

22 de Janeiro de 2019

A Campanha Janeiro Branco existe desde 2014 e é dedicada a convidar as pessoas a refletirem sobre suas vidas, pensando na qualidade dos seus relacionamentos e incentivando o autoconhecimento. E a Atitude Serviços, dentro do seu papel de responsabilidade social, apoia e tem divulgado essa ideia entre os colaboradores da empresa. “Esta é uma conscientização sobre a nossa qualidade de saúde mental. Todos nós devemos desenvolver ações para a promoção da saúde psicológica. Tentar melhorar nossa qualidade de vida, investir em atividade física após a jornada diária, passar mais tempo com a família nos fins de semana. Fazer o que nos faz feliz”, afirmou a diretora de Recursos Humanos, Laís Soares.

Publicidade

Hospital São Camilo Cura d’Ars adere a campanha Janeiro Branco

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Janeiro de 2019

Com o objetivo de conscientizar sobre a importância da saúde mental, instituições abraçam a campanha para alertar a população

O Janeiro branco é uma campanha em prol da saúde mental que existe desde 2014. Nasceu em Uberlândia, por psicólogos e estudantes que associaram ao mês de janeiro, o mês do recomeço, da busca por metas, simbologia do novo ano, reforçando o cuidado com a própria saúde mental.

O objetivo da campanha é trabalhar intensivamente durante todo o primeiro mês do ano, a conscientização sobre a mudança de alguns hábitos e posturas; falar abertamente sobre algumas psicopatologias; da necessidade de buscar uma psicoterapia; um acompanhamento psiquiátrico e trabalhar pela diminuição do preconceito com as pessoas que possuem algum transtorno.

Além disso, quebrar tabus é mais um dos desafios do Janeiro Branco, onde se faz necessário entender e cumprir nosso papel como cidadão, fazendo a sociedade compreender que problemas mentais não é uma questão de fraqueza ou falta de fé. Trata-se de um doença que vai além, e que precisa ser tratada com a devida importância.

No Hospital São Camilo, os pacientes internados recebem um atendimento psicológico para que a atenção seja por completo no processo de restabelecimento da saúde. Segundo Elisângela Lima, psicóloga do Hospital São Camilo Cura d’Ars, é importante deixar claro que a busca por ajuda e pelo tratamento adequado é fundamental. “Muitas das psicopatologias tem tratamento, tem cura. Mas por medo, ou por se apegar a mitos, muitas pessoas passam décadas sofrendo com um problema que poderia ter sido rapidamente resolvido. Isso acarreta no comprometimento da qualidade de vida desse paciente e das pessoas que vivem ao redor dele”, reforça Elizangela.

Publicidade

Hospital São Camilo Cura d’Ars adere a campanha Janeiro Branco

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Janeiro de 2019

Com o objetivo de conscientizar sobre a importância da saúde mental, instituições abraçam a campanha para alertar a população

O Janeiro branco é uma campanha em prol da saúde mental que existe desde 2014. Nasceu em Uberlândia, por psicólogos e estudantes que associaram ao mês de janeiro, o mês do recomeço, da busca por metas, simbologia do novo ano, reforçando o cuidado com a própria saúde mental.

O objetivo da campanha é trabalhar intensivamente durante todo o primeiro mês do ano, a conscientização sobre a mudança de alguns hábitos e posturas; falar abertamente sobre algumas psicopatologias; da necessidade de buscar uma psicoterapia; um acompanhamento psiquiátrico e trabalhar pela diminuição do preconceito com as pessoas que possuem algum transtorno.

Além disso, quebrar tabus é mais um dos desafios do Janeiro Branco, onde se faz necessário entender e cumprir nosso papel como cidadão, fazendo a sociedade compreender que problemas mentais não é uma questão de fraqueza ou falta de fé. Trata-se de um doença que vai além, e que precisa ser tratada com a devida importância.

No Hospital São Camilo, os pacientes internados recebem um atendimento psicológico para que a atenção seja por completo no processo de restabelecimento da saúde. Segundo Elisângela Lima, psicóloga do Hospital São Camilo Cura d’Ars, é importante deixar claro que a busca por ajuda e pelo tratamento adequado é fundamental. “Muitas das psicopatologias tem tratamento, tem cura. Mas por medo, ou por se apegar a mitos, muitas pessoas passam décadas sofrendo com um problema que poderia ter sido rapidamente resolvido. Isso acarreta no comprometimento da qualidade de vida desse paciente e das pessoas que vivem ao redor dele”, reforça Elizangela.