Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues

Fábio Eugênio profere palestra sobre na IX Jornada Cearense de Videocirurgia e Robótica

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de junho de 2019

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, especialista em reprodução humana assistida, participa amanhã (13), às 16h, da IX JORNADA CEARENSE DE VIDEOCIRURGIA E ROBÓTICA. Na oportunidade, o médico vai proferir palestra com o tema “Vale a pena operar pacientes inférteis que irão para a FIV”?

O Evento, que está na 9ª edição, acontece no Hotel Sonata de Iracema nos dias 13 e 14 de junho e se configura como uma importante atividade científica.  Participam da ação cerca de 250 participantes, entre Médicos, Residentes e Estudantes das área de Cirurgia Bariátrica, Urológica, Ginecológica e Cirurgia geral.

Os tópicos abordados no evento são relevantes e atuais, envolvendo todos os aspectos da cirurgia robótica, laparoscópica ou minimamente invasiva integrando experiências entre colegas, fomentando a interdisciplinaridade e estabelecendo importante contato entre as gerações de especialistas em programas da mais alta qualidade.

Dr. Fábio Eugênio é Ginecologista, especialista em reprodução humana assistida, atuante há mais de 20 anos nesta especialidade. É Mestre em Tocoginecologia (UFC), Fellow clínico em Medicina Reprodutiva (Universidade de Roma-Itália), Fundador e Diretor da Clínica Medicina Reprodutiva Doutor Fábio Eugênio, e Diretor Clínico do Centro de Medicina Reprodutiva BIOS. Membro atual da diretoria da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), American Society of Reproductive Medicine (EUA), e membro e ex-presidente seção Ceará da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH). Participou da equipe do primeiro bebê de proveta de Fortaleza e é considerado uma das grandes referências nacionais na especialidade, ministrando, inclusive, aulas e palestras pelo Brasil.

Publicidade

Médico Cearense participa do 3º Congresso Internacional Huntington de Reprodução Humana

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Maio de 2019

O evento discute as novas técnicas em reprodução humana, práticas de laboratório e genética.

 

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, especialista em reprodução humana assistida, participa nos dias 24 e 25 de maio, do no 3º Congresso Internacional Huntington de Reprodução Humana, no Tivoli Mofarrej Hotel, em São Paulo.

 

Pesquisadores e especialistas em reprodução humana, do Brasil e do mundo são aguardados para compartilhar os mais recentes progressos de investigação, diagnóstico e tratamento das infertilidades masculina e feminina.

 

Este ano, a programação científica abordará temas relevantes que envolvem as novas técnicas em reprodução humana, práticas de laboratório e genética. O Congresso contará com a presença de especialistas reconhecidos nacional e internacionalmente por suas publicações e contribuições para o crescimento e aprimoramento da reprodução humana no Brasil e no mundo.

 

[BOX] Dr. Fábio Eugênio é Ginecologista, especialista em reprodução humana assistida, atuante há mais de 20 anos nesta especialidade. É Mestre em Tocoginecologia (UFC), Fellow clínico em Medicina Reprodutiva (Universidade de Roma-Itália), Fundador e Diretor da Clínica Medicina Reprodutiva Doutor Fábio Eugênio, e Diretor Clínico do Centro de Medicina Reprodutiva BIOS. Membro atual da diretoria da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), American Society of Reproductive Medicine (EUA), e membro e ex-presidente seção Ceará da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH). Participou da equipe do primeiro bebê de proveta de Fortaleza e é considerado uma das grandes referências nacionais na especialidade, ministrando, inclusive, aulas e

palestras pelo Brasil.

 

Serviço:

O quê: 3º Congresso Internacional Huntington de Reprodução Humana;
Quando: 24 e 25 de maio;
Onde:Tivoli Mofarrej Hotel,  São Paulo.

Publicidade

40 anos da Fertilização In Vitro e a demanda no Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de julho de 2018

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, especialista em medicina reprodutiva, fala sobre a FIV e como ela vem ganhando importância nos últimos anos
Há 40 anos, chegou ao mundo o primeiro “bebê de proveta”. O nascimento da menina inglesa conferiu realidade a todo o potencial e mistério que envolviam as técnicas de Fertilização In Vitro (FIV). Hoje, com a disseminação do procedimento, a reprodução assistida se tornou uma especialidade da medicina mundial com métodos extremamente desenvolvidos, inúmeras possibilidades e cuja aceitação social já é bem consolidada.
Com o nascimento de Louise Brown em julho de 1978, abriu-se um mundo de possibilidades para aqueles que desejavam ter filhos, mas que não obtinham sucesso sem intervenção médica. Conforme divulga a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no Brasil, foram feitas cerca de 40 mil fertilizações in vitro somente em 2017. A FIV consiste na estimulação do ovário e a coleta dos óvulos da paciente para a fertilização em laboratório com sêmem do futuro pai. Após a formação do embrião, ele é implantado no útero da mulher. As chances de sucesso chegam a 70% por cada tentativa.
No Ceará, já são mais de 3 mil procedimentos bem sucedidos. O primeiro bebê concebido in vitro do Estado, cuja fertilização foi realizada pela BIOS – da qual é sócio o especialista em reprodução assistida, Dr. Fábio Eugênio Rodrigues – completa 20 anos em 2019. “Somente aqui na Clínica Medicina Reprodutiva, em 2017, foram realizados 650 procedimentos de Fertilização In Vitro. Este ano, acredito que chegaremos a 750”, diz o médico, que é um dos destaques locais deste ano no XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida.
Importância da FIV
Para ele, o papel da FIV vem se transformando e ganhando mais importância, sendo uma alternativa cada vez mais possível para as pessoas que desejam constituir família. Diversas doenças relacionadas diretamente à infertilidade, como a endometriose ou a síndrome do ovário micropolicístico; as uniões homoafetivas e até mesmo o planejamento familiar ou a decisão tardia de ter filhos,são consideradas as principais motivações pelas quais se busca os tratamentos de reprodução assistida.
“A sociedade se torna mais complexa a cada dia, com necessidades e desejos diversos. A medicina reprodutiva vem avançando no sentido de se adaptar a estas situações e aumentando as chances de se ter um bebê”, explica o Dr. Fábio, destacando ainda técnicas como a análise genética embrionária, que identifica quais embriões formarão crianças saudáveis, e o próprio congelamento de óvulos, que possibilita gestações em idades mais avançadas.
Este último caso foi o vivido pela odontóloga Blue Bird Weyne, de 40 anos. Movida pela vontade de se tornar mãe, ela procurou a Clínica Medicina Reprodutiva em maio de 2017, mas ainda não tinha encontrado o parceiro ideal para o crescimento da família. “Desejo ter o meu primeiro filho ainda em 2018, e por isso decidi congelar meus óvulos. Será a realização de um sonho”, conta.
Sobre o Dr. Fábio Eugênio Rodrigues
Fábio Eugênio Rodrigues (CRM 5676 – RQE 5570) é ginecologista, com mestrado em tocoginecologia pela UFC, titulado em Reprodução Assistida pela AMB e Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA). Fellow em Reprodução Humana do serviço do Prof. Dr. Cesare Aragona (Roma-Itália). Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana Secção Ceará, e atual membro da diretoria da SBRA. É também membro da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, e da American Society of Reproductive Medicine (EUA).  Atualmente é diretor Clínico e um dos quatro sócios da “BIOS – Centro de Medicina Reprodutiva” que atua há 20 anos em reprodução humana no Ceará e estados vizinhos, sendo a clínica responsável pelo nascimento do primeiro bebê de proveta do Ceará e Rio Grande do Norte.
Publicidade

Reprodução humana: médico cearense é destaque em congresso de Ginecologia no Pará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Maio de 2018

O médico cearense especialista em reprodução assistida continua sendo destaque nos eventos sobre medicina reprodutiva pelo Brasil. Desta vez, o Dr. Fábio Eugênio Rodrigues foi convidado pela Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH) para palestrar no XX Congresso Paraense de Ginecologia e Obstetrícia. A participação do médico acontece no dia 1 de junho, às 12h, durante Lunch Meeting. O evento científico acontece nos dias 1 e 2 no Hotel Princesa Louçã, em Belém, no Pará. Na última semana, o Dr. Fábio também foi presença marcante na XXVI Jornada Piauiense de Ginecologia e Obstetrícia, em Teresina, em mesa redonda que abordou temas relacionados à questão da infertilidade.

 

Sobre o Dr. Fábio Eugênio Rodrigues

 

Fábio Eugênio Rodrigues (CRM 5676 – RQE 5570) é ginecologista, com mestrado em tocoginecologia pela UFC, titulado em Reprodução Assistida pela AMB e Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA). Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana Secção Ceará, e atual membro da diretoria da SBRA. É também membro da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, e da American Society of Reproductive Medicine (EUA).  Atualmente é diretor Clínico e um dos quatro sócios da “BIOS – Centro de Medicina Reprodutiva” que atua há 20 anos em reprodução humana no Ceará e estados vizinhos, sendo a clínica responsável pelo nascimento do primeiro bebê de proveta do Ceará e Rio Grande do Norte.

 

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

O sonho da maternidade facilitado pelas técnicas de fertilização

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

12 de Maio de 2018

 
 
Fortaleza vem se destacando no país devido a alta procura de casais por tratamentos de fertilidade
Em comemoração ao dia das mães, a Clínica Medicina Reprodutiva traz esclarecimentos sobre assuntos como infertilidade, planejamento familiar e doenças genéticas, levando às mulheres a solução de tais condições por meio das técnicas e principais tendências atuais da medicina reprodutiva.
Uma das principais dificuldades sanadas com o auxílio das novas tendências é a ​subfertilidade. As tentativas em vão de gravidez frustram casais diariamente. Felizmente, a área vem sendo cada vez mais aprimorada, atendendo, só na clínica especializada, cerca de ​150 casais por mês. Fortaleza vem se fortalecendo internacionalmente nesse sentido, tendo procura de pacientes vindos de países como Portugal e Cabo Verde.
“A maioria dos pacientes que nos procuram desejam tratar a infertilidade. Nossa
​principal ​técnica consiste na fertilização in vitro​ (FIV)​, na qual captamos os gametas de ambas as partes e proporcionamos a fecundação em ​laboratório, transferindo em seguida o embrião ao útero. Dessa forma, a possibilidade da gravidez é maior em relação ao método tradicional, já que a fecundação é garantida. Assim, é possível tornar sonhos em realidade”, explica o dr. Fábio Eugênio, diretor da clínica Medicina Reprodutiva.
​O Brasil apresenta um dos melhores resultados em técnicas de reprodução​, em relação aos índices mundiais​. ​Em pacientes até 35 anos, a chance de gravidez pode chegar a 60 a 70% por tentativa.
Além de cuidar da ​subfertilidade em si, ​a avaliação do casal pode tratar das possíveis origens dessa condição. Doenças como endometriose, por exemplo, podem ser identificadas com antecedência. Além disso, a mãe não é a única beneficiada com diagnósticos precoces. ​Doenças genéticas, como a Síndrome de Down, ​podem ​também ​ser detectadas pelas técnicas da medicina reprodutiva.
Planejamento familiar
Ainda existe outro cenário. Com a inserção da mulher no mercado de trabalho, a maternidade tem vindo cada vez mais tarde. Segundo estudos do United States Census Bureau, mulheres que tiveram o primeiro filho após os 35 anos de idade apresentam menor disparidade salarial em relação ao parceiro quando comparadas às demais, devido ao período permitir uma maior consolidação da carreira.
Dessa forma, técnicas como o congelamento de óvulos têm sido o indicado para quem deseja controlar a vinda de um bebê. A conservação de gametas saudáveis possibilita a preservação da fertilidade,​ e a posterior implantação do ​embrião no útero da futura mãe.
Sobre o Dr. Fábio Eugênio Rodrigues
​Membro da equipe responsável pelo primeiro bebê de fertilização in-vitro do Ceará, em 1999, o Dr. ​Fábio Eugênio (CRM 5676 – RQE 5570) é ginecologista com mestrado em tocoginecologia pela UFC, especialista em Reprodução Assistida pela AMB e ​ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana Secção Ceará. É também membro da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia, e Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida. Atualmente é diretor Clínico e um dos quatro sócios da “BIOS – Centro de Medicina Reprodutiva”.
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Diretor da Clínica Medicina Reprodutiva acompanha inovações na especialidade em evento em SP

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de Abril de 2018

O especialista em medicina reprodutiva, Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, participará do Panorama UIT – Updates in Infertility Tratament (Atualizações em Tratamentos de Infertilidade, em livre tradução do inglês) – Especial 2018. O evento vai contar com diversas palestras e discussões sobre as novidades da medicina reprodutiva no Brasil e no mundo. Apenas médicos destaques na especialidade são convidados para o evento, que acontece nos dia 14 de abril, em São Paulo. Referência em medicina reprodutiva no Ceará, o Dr. Fábio Eugênio trabalha desde 1995 com fertilização utilizando as técnicas científicas mais atualizadas.

 

Sobre o Dr. Fábio Eugênio Rodrigues

Membro da equipe responsável pelo primeiro bebê de fertilização in-vitro do Ceará, em 1999, o Dr. Fábio Eugênio (CRM 5676 – RQE 5570) é ginecologista com mestrado em tocoginecologia pela UFC, especialista em Reprodução Assistida pela AMB e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana Secção Ceará. É também membro da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia, e Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida. Atualmente é diretor Clínico e um dos quatro sócios da “BIOS – Centro de Medicina Reprodutiva”.

 

Publicidade

Sócios das Clínicas Medicina Reprodutiva e Femini comemoram 19 anos de união

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de Março de 2018

Esta semana, completou 19 anos de união o casal de empresários Dr. Fábio Eugênio Rodrigues e Cristiane Holanda. Juntos, eles são sócios da Bios: Centro de Medicina Reprodutiva, Clínica de Medicina Reprodutiva – Dr. Fábio Eugênio e da Clínica Femini Imagem. O ginecologista especialista em reprodução assistida e a administradora financeira das clínicas, pais de dois meninos e uma menina, celebraram quase duas décadas juntos ao lado de pessoas queridas. Bem sucedidos profissionalmente e na vida pessoal!

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues palestra no Congresso Nordestino de Ginecologia e Obstetrícia

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de novembro de 2016

 Dr.Fábio Eugênio Rodrigues

Fortaleza sediará, entre os dias 17 e 19 de novembro, o 29º Congresso Nordestino de Ginecologia e Obstetrícia. O evento, que congrega também a quarta edição do Congresso Cearense de Ginecologia e Obstetrícia, terá como um dos palestrantes o médico especialista em reprodução humana e diretor da clínica Medicina Reprodutiva, Fábio Eugênio Rodrigues. Através de cursos, mesas redondas, simpósios e conferências com grandes profissionais, o Congresso abordará a medicina fetal, reprodução humana, endometriose, mastologia, infecções obstetrícias e entre outros assuntos de interesse do universo ginecológico e obstetrício.

 

Compondo a mesa do curso sobre tratamentos em reprodução humana, o médico Fábio Eugênio discutirá, no dia 17 de novembro, às 16h30, com os participantes o tema “Ética em reprodução assistida”. Com experiência com mais de 20 anos na área, o especialista explicará que essa questão não pode ser deixada de lado na atuação do profissional. “Será uma grande honra compartilhar um pouco da minha carreira com os demais residentes, médicos e outros especialistas, abordando principalmente a ética que permeia toda a nossa conduta ao conduzir cada caso, não apenas os de reprodução assistida”, adianta.

 

O Congresso será realizado no Centro Universitário Christus – Campus Parque Ecológico e conta com a realização Associação Cearense de Ginecologia e Obstetrícia (Socego) e Federação Brasileira de Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). O público esperado é de 600 pessoas, entre acadêmicos, residentes, especialistas e outros profissionais de saúde.

Serviço: 

29º Congresso Nordestino de Ginecologia e Obstetrícia

Data: 17 a 19 de novembro

Dia Palestra Fábio Eugênio: 17 de novembro, às 16h30

Local: Centro Universitário Christus – Campus Parque Ecológico, localizado na Rua João Adolfo Gurgel, 133 – Bairro Cocó, Fortaleza – CE.

Programação completahttp://socego.com.br/

Publicidade

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues ministra curso para jornalistas sobre medicina reprodutiva

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Abril de 2016

 Dr. Fábio Eugênio e participantes do curso

Na última terça-feira (12), jornalistas de diferentes meios de comunicação receberam capacitação sobre Medicina Reprodutiva. Ministrada pelo Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, especialista na área há mais 18 anos, a primeira edição do curso “Medicina Reprodutiva para jornalistas” teve como objetivo orientar os profissionais acerca dos assuntos referentes ao universo da reprodução humana, capacitando-os para a cobertura do tema em futuras pautas jornalísticas. Os participantes receberam ainda um guia rápido exclusivo sobre o tema, com principais dúvidas e glossário.

 

Em sua apresentação, Dr. Fábio Eugênio abordou a saúde reprodutiva de maneira geral, falando também sobre os fatores que podem comprometer a fertilidade masculina e feminina. Em seguida, o médico caracterizou os tratamentos da reprodução assistida, os métodos auxiliares e as taxas de sucesso de cada um deles. Os jornalistas presentes puderam tirar as dúvidas sobre regulamentação das doações de óvulos no Brasil e outros questionamentos acerca dos tratamentos adequados para cada tipo de caso.

Segundo o especialista, o objetivo do trabalho é capacitar os profissionais da mídia, convidando cada vez mais jornalistas para participar. “Como a reprodução humana trata-se de um tema muito amplo, é necessário saber determinadas especificações para uma cobertura mais apurada sobre o assunto nos meios de comunicação.  Esta primeira edição do curso foi uma ótima experiência, acontecendo de maneira muito proveitosa e participativa. E a segunda edição está prevista para ser realizada daqui a três meses”, adianta Dr. Fábio Eugênio.

Publicidade

Dr. Fábio Eugênio Rodrigues ministra curso para jornalistas sobre medicina reprodutiva

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Abril de 2016

 Dr. Fábio Eugênio e participantes do curso

Na última terça-feira (12), jornalistas de diferentes meios de comunicação receberam capacitação sobre Medicina Reprodutiva. Ministrada pelo Dr. Fábio Eugênio Rodrigues, especialista na área há mais 18 anos, a primeira edição do curso “Medicina Reprodutiva para jornalistas” teve como objetivo orientar os profissionais acerca dos assuntos referentes ao universo da reprodução humana, capacitando-os para a cobertura do tema em futuras pautas jornalísticas. Os participantes receberam ainda um guia rápido exclusivo sobre o tema, com principais dúvidas e glossário.

 

Em sua apresentação, Dr. Fábio Eugênio abordou a saúde reprodutiva de maneira geral, falando também sobre os fatores que podem comprometer a fertilidade masculina e feminina. Em seguida, o médico caracterizou os tratamentos da reprodução assistida, os métodos auxiliares e as taxas de sucesso de cada um deles. Os jornalistas presentes puderam tirar as dúvidas sobre regulamentação das doações de óvulos no Brasil e outros questionamentos acerca dos tratamentos adequados para cada tipo de caso.

Segundo o especialista, o objetivo do trabalho é capacitar os profissionais da mídia, convidando cada vez mais jornalistas para participar. “Como a reprodução humana trata-se de um tema muito amplo, é necessário saber determinadas especificações para uma cobertura mais apurada sobre o assunto nos meios de comunicação.  Esta primeira edição do curso foi uma ótima experiência, acontecendo de maneira muito proveitosa e participativa. E a segunda edição está prevista para ser realizada daqui a três meses”, adianta Dr. Fábio Eugênio.