Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Ecofor Ambiental

Grupo Marquise e Ecofor Ambiental lançam a Revistinha Ecocidadão

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

25 de julho de 2019

Uma mistura de entretenimento e educação. Essa é a proposta da Revistinha Ecocidadão, que será lançada na Livraria Cultura, no dia 03 de agosto, a partir das 16h. A iniciativa, que é da ECOFOR Ambiental – uma empresa do Grupo Marquise, contará ainda com os personagens da trama fantasiados no local, além da roteirista Clarisse Ilgenfritz e a ilustradora Meg Banhos dos quadrinhos.

A publicação, por ter o público alvo crianças e jovens, é toda em quadrinhos, já que o objetivo é explicar, de forma lúdica e criativa, a importância de todos os munícipes serem um agente ecocidadão – aquela pessoa que colabora com o Meio Ambiente, que não agrega apenas os mares, rios e florestas. O meio ambiente é a casa do indivíduo, sua rua, bairro e também a escola.

A cartilha contém joguinhos e informações que explicam a diferença entre lixo seco e molhado e como separar e limpar os resíduos. ”Nosso intuito é plantar a semente da responsabilidade socioambiental nas crianças. Queremos que elas sejam multiplicadoras da mensagem de que é preciso agir hoje para garantir o amanhã, e que entendam seus direitos e responsabilidades nesse processo”, ressalta Hugo Nery, presidente da Marquise Ambiental.

A ação faz parte do programa Ecocidadão, que realiza um trabalho contínuo de educação ambiental. Ombro a ombro com lideranças de bairro. Junto com a comunidade são desenvolvidas e soluções técnicas e operacionais que melhoram o dia a dia da população. Por meio do programa, são identificados polos geradores de lixo, é feita a educação porta a porta e em escolas públicas e privadas com atividades lúdicas.

Publicidade

Ecofor abre vagas para pessoas com deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de Maio de 2019

A Ecofor Ambiental está selecionando pessoas com deficiência. As vagas disponíveis são para as seguintes funções: auxiliar mecânico, lavador, assistente administrativo, gari varredor e operador ambiental. Sendo uma vaga para cada função. Os interessados devem enviar currículo para ecoforinforma@marquise.com.br, até o dia 20/05/2019. Qualquer dúvida pode ser tirada pelo telefone (85) 3474-5800, das 8 às 17h.

Publicidade

Ecofor Ambiental recebe homenagem na Assembleia Legislativa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de novembro de 2018

A Ecofor Ambiental se engajou na campanha do “Outubro Rosa”. Em reconhecimento ao trabalho realizado, a Assembleia Legislativa do Ceará homenageou a empresa, em solenidade que celebrou os 10 anos de luta contra o câncer no Estado. A Ecofor será representada pelo diretor operacional Paulo Studart.
A empresa recebe o reconhecimento na categoria “Iniciativa Inovadora”, já que, para alertar a população na campanha, caminhões da Ecofor Ambiental foram adesivados com mensagens de alerta sobre o câncer de mama, sendo destaque em várias ações em prol da causa na cidade. A Ecofor promoveu ainda campanhas internas de conscientização com os funcionários, incluindo instruções para o autoexame das mamas e palestras

 

Publicidade

Ecofor Ambiental realiza ação para mães em Caucaia 

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de Maio de 2018

Durante toda essa semana, vinte mães da comunidade de Campo Grande, localizada no entorno do Aterro Sanitário, em Caucaia, estão sendo contempladas com uma ação promovida pela Ecofor Ambiental – elas estão participando de um Curso de Escovista, ministrado por profissionais do SENAC. A atividade faz parte das comemorações para o Dia das Mães.

O curso começou no dia 07 e prossegue até sábado, dia 12. No último dia, outras atividades estão programadas com todas as mães do Campo Grande. Elas serão beneficiadas com serviços de: massagem, aula de zumba, design de sobrancelhas, manicure e corte.

“A ideia é proporcionar para essas mães atividades em que elas – que cuidam sempre de todos – voltem-se mais para elas, para zelar por elas. Bem como lhes apresentar a possibilidade de uma nova habilidade, outra profissão”, explica João Júlio, superintendente da Ecofor Ambiental.

Publicidade

GNR Fortaleza deve começar a produzir biometano em agosto

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de Abril de 2017

Diariamente, a Ecofor Ambiental recolhe cerca de 5.500 toneladas de resíduos, que têm como destino final o Aterro Sanitário Municipal Oeste de Caucaia (ASMOC). A partir de agosto, o gás produzido a partir desses materiais será captado e tratado pela Gás Natural Renovável (GNR Fortaleza)  Fortaleza, fruto de sociedade entre a Ecometano e o Grupo Marquise, através da Ecofor. A expectativa é de que sejam produzidas até 150 mil metros cúbicos (m³) de biometano por dia. A usina será a segunda maior do País, adequando-se à Política Nacional de Resíduos Sólidos, aprovada e sancionada em 2010.

 

A Companhia de Gás do Ceará (Cegás) é responsável pela construção do gasoduto de 24 quilômetros de extensão, que deve ser concluído entre setembro e outubro de 2017, e pela posterior distribuição do biogás, que já tem como primeiro cliente a empresa Cerbras.

 

Além da geração de energia, com a Gás Natural Renovável Fortaleza também será possível evitar que mais de 610 toneladas de CO² sejam lançadas na atmosfera anualmente, equivalentes à retirada diária de mais de 150 mil litros de diesel do setor de transportes.

 

O gerente de implantação de projetos da Ecometano, Thales Motta, apresentou o projeto na última semana, durante reunião do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema).

 

Thales lembrou que a iniciativa está em consonância com a proposta  apresentada pelo Brasil durante a 21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP21), em 2015, de se comprometer com a redução de emissões de gases de efeito estufa para conter o aquecimento global.

 

O gestor apresentou um estudo recente, elaborado pela Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) entre 2015 e 2016, que comprova que o biometano é seguro para os consumidores. A pesquisa demonstrou também que a mistura de gás natural e biometano minimizaria a concentração de compostos perigosos presentes.

Segundo dados da RNG Coalition, associação que atua no mercado dos Estados Unidos e Canadá, mais de 30 projetos oriundos de aterros sanitários já injetam biometano em redes comuns de distribuição de gás natural há mais de uma década, sem impactos negativos à saúde humana.

Publicidade

Artistas realizam grafitagem nos muros da Ecofor para celebrar o mês da mulher

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

07 de Abril de 2017

Kel, Vivi e Ane são mulheres que têm em comum o amor pelo grafitti e as mensagens de empoderamento feminino nos trabalhos realizados. As artistas grafitaram os muros da Ecofor Ambiental com ilustrações relacionadas ao protagonismo feminino, cuidado com o meio ambiente e descarte correto dos resíduos sólidos.

Para o superintendente da Ecofor Ambiental, João Júlio Sombra, a iniciativa teve como objetivo reforçar a relação da empresa com a cidade e com as mulheres. “A Ecofor faz parte do cotidiano dos fortalezenses. Escolhemos artistas que tenham laços fortes com a cidade em seus trabalhos e que se preocupam com o empoderamento feminino”, explica.

A grafiteira Vivi foi uma das das responsáveis pelo fortalecimento da cena feminina no graffiti cearense. A artista já desenvolveu trabalhos relacionados à Lei Maria da Penha e teve trabalhos publicados no livro “A arte urbana do Nordeste do Brasil”.

Ane trabalha com graffiti desde 2009 e tem lutado desde então pela inserção de mais mulheres nessa arte, participando de diversos intercâmbios com grafiteiras do Brasil e demais países da América Latina.

A supervisora de cobranças Ana Rachel (Kel), é autodidata e apaixonada por desenho e arte desde criança. Kel é integrante da R.AM. Crew (Revolução através dos muros) e busca dar vida e alegria a cidade através de sua arte.
Juntaram-se a elas Bianca, Ceci e Dinha na missão de transformar e dar vida e alegria aos muros da Ecofor Ambiental.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Artistas realizam grafitagem nos muros da Ecofor para celebrar o mês da mulher

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

07 de Abril de 2017

Kel, Vivi e Ane são mulheres que têm em comum o amor pelo grafitti e as mensagens de empoderamento feminino nos trabalhos realizados. As artistas grafitaram os muros da Ecofor Ambiental com ilustrações relacionadas ao protagonismo feminino, cuidado com o meio ambiente e descarte correto dos resíduos sólidos.

Para o superintendente da Ecofor Ambiental, João Júlio Sombra, a iniciativa teve como objetivo reforçar a relação da empresa com a cidade e com as mulheres. “A Ecofor faz parte do cotidiano dos fortalezenses. Escolhemos artistas que tenham laços fortes com a cidade em seus trabalhos e que se preocupam com o empoderamento feminino”, explica.

A grafiteira Vivi foi uma das das responsáveis pelo fortalecimento da cena feminina no graffiti cearense. A artista já desenvolveu trabalhos relacionados à Lei Maria da Penha e teve trabalhos publicados no livro “A arte urbana do Nordeste do Brasil”.

Ane trabalha com graffiti desde 2009 e tem lutado desde então pela inserção de mais mulheres nessa arte, participando de diversos intercâmbios com grafiteiras do Brasil e demais países da América Latina.

A supervisora de cobranças Ana Rachel (Kel), é autodidata e apaixonada por desenho e arte desde criança. Kel é integrante da R.AM. Crew (Revolução através dos muros) e busca dar vida e alegria a cidade através de sua arte.
Juntaram-se a elas Bianca, Ceci e Dinha na missão de transformar e dar vida e alegria aos muros da Ecofor Ambiental.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti