Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

estagiários

Estudantes cearenses do ITA voltam ao Ceará para estagiarem nas férias

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de Janeiro de 2017

Investir no capital humano tem sido a estratégia da Fortbrasil Administradora de Cartões de Crédito para superar os desafios do mercado. Neste mês de janeiro, por exemplo, quatro estudantes do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) irão estagiar na empresa após serem selecionados para a 2ª edição do programa Summer Job. Desenvolvido em parceria com o ITA, o programa tem como objetivo atrair e desenvolver jovens talentos, proporcionando contato dos estudantes com o ambiente corporativo. O início do estágio para três dos escolhidos foi na segunda-feira (9/1), enquanto outro estudante iniciará no dia 17/1. Os quatro candidatos selecionados são cearenses, com três bolsas de dois meses e uma de seis meses.

Após serem aprovados em um dos vestibulares mais difíceis do país e mudarem-se para São José dos Campos, em São Paulo, os estudantes estarão de volta ao Ceará para atuarem na sede da empresa, em Fortaleza, desenvolvendo projetos desafiadores de curto prazo, e de caráter analítico, nas áreas de Inteligência de Mercado, Tecnologia da Informação, Cobrança e Controladoria. Entre as metas dos projetos estão: promover melhorias de processos; dar suporte ao desenvolvimento e à aplicação de novas ferramentas; aperfeiçoar relatórios de controle de indicadores e resultados; e estimular inovações na estratégia da área.

Os critérios utilizados para a seleção dos jovens foram: afinidade com as áreas dos projetos; perfil inovador; sede de aprender sobre o mundo corporativo; disponibilidade para estagiar em Fortaleza e conhecimentos avançados em Excel. O foco foi predominantemente o aspecto comportamental dos candidatos. No programa, a Fortbrasil pagará uma bolsa estágio aos candidatos, sendo responsável, também, pelos custos com transporte e seguro contra acidentes pessoais.

Oportunidade de aprendizado e crescimento

Pedro Henrique Santiago Costa, 20 anos, foi um dos selecionados para participar da segunda edição do Summer Job, com bolsa de dois meses de duração. Com dois anos de ITA, Pedro estará de volta à Fortbrasil, onde já havia estagiado anteriormente. “Acredito que será uma experiencia de muito aprendizado, sobretudo no que tange à vivência empresarial, trabalhar com prazos bem definidos e desenvolver projetos que tragam resultados palpáveis para a empresa”, explica.

Para o estudante do curso de Engenharia Mecânica-Aeronáutica no ITA, o fato da Fortbrasil estar se destacando no Ceará e no Nordeste e ele ser natural de Fortaleza despertaram o interesse pela oportunidade. “Espero realizar um projeto ou atividade que realmente gere impacto na empresa. Além disso, espero contribuir para uma boa convivência em minha equipe de trabalho e desenvolver bastante meu networking”, destaca Pedro, que estagiará no setor de Controladoria.

Natural do município de Tauá (CE), David Araújo Holanda estará de volta ao Ceará para estagiar no setor de Cobrança da Fortbrasil. “Interessei-me pelo estágio por ser uma empresa cearense que vem crescendo e sendo referência no setor. Ouvi falar da Fortbrasil no ITA através de uns amigos que fizeram o 1º Summer”, conta o estudante do curso de Engenharia Aeroespacial no ITA. “Minha expectativa é de ter um grande aprendizado com os gestores e o pessoal que faz a empresa crescer diariamente através dos desafios propostos”, afirma o estudante de 22 anos.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev busca estudantes para compor seu time de estagiários

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

16 de agosto de 2016

Interessados podem se inscrever até 23 de outubro pelo site www.queroserambev.com.br

Com duração de até dois anos, o Programa oferece oportunidades para diversos cursos de graduação

Reconhecida como uma das cinco melhores empresas para começar a carreira no Brasil, a Ambev está com inscrições abertas para o Programa de Estágio 2017. As oportunidades são para alunos do penúltimo e último ano de diversos cursos de graduação.  A cervejaria é uma empresa jovem, criativa e preza pela autenticidade de sua gente, por isso está em busca de estudantes com esse mesmo perfil: dinâmico, proativo, empreendedor, que saibam trabalhar em equipe e que gostem de desafios. Para se inscrever, basta entrar no site www.queroserambev.com.br até o dia 23 de outubro.

Na Ambev, os estagiários tocam importantes projetos desde o início. Eles têm a missão de desenvolver planos de melhoria em suas áreas de atuação, contribuindo para o crescimento da companhia, com autonomia para execução das atividades de rotina, contando com o suporte da equipe e dos gestores da área. “Costumamos dizer que sonhar pequeno dá o mesmo trabalho de sonhar grande, então sonhamos grande! É isso que queremos dos estagiários, que toquem projetos com brilho nos olhos e sonhem alto”, declara Fabíola Overrath, diretora de desenvolvimento de gente da empresa.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Defensoria Pública aumenta em 56% quadro de estagiários da instituição

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de Fevereiro de 2016

O quadro de estagiários da Defensoria Pública tem sido fortalecido. A proposta de crescimento tem ligação direta com o incentivo institucional à formação acadêmica e a difusão entre os jovens da missão constitucional da Defensoria Pública que é a consolidação do acesso à justiça.

O Núcleo de Estágio da Defensoria Pública do Estado do Ceará, em incentivo à formação acadêmica, está expandindo o quadro de estagiários e bolsistas ligados à instituição. A partir de 1o de março, serão mais 60 estagiários convocados, sendo 35 estudantes lotados na capital e 25 no interior. Este incremento representa um acréscimo de 30% no número de bolsistas remunerados atuais do quadro. Somados com as vagas, o Núcleo abriu edital de seleção para mais 60 estudantes voluntários que, se somados, chega a um crescimento de 56% de vagas de estágios no órgão.

Hoje, a Defensoria Pública conta com 212 estagiários nos diversos núcleos e atuantes em 22 municípios. Com a convocação do novo quadro, três cidades do interior terão, pela primeira vez, a oportunidade de receber estagiários: Acaraú, Ipú e Maranguape. Além delas, Acopiara e Cascavel, que estavam há um ano sem convocar estagiários, agora contarão com a presença dos estudantes.

Por meio do estágio, os defensores públicos tem a oportunidade de apresentar a prática jurídica e a visão institucional da Defensoria Pública, capacitando-os para o exercício da prestação judicial e extrajudicial aos hipossuficientes, no caso dos bolsistas e estagiários da área do Direito. Só nesta área, a Defensoria assiste 140 estudantes de Direito, sendo 102 na Capital e 38 no interior, além de 55 estudantes voluntários. A Defensoria Pública também oportuniza estagiários em outras áreas de formação e também atua como parceira em núcleos de práticas jurídicas das universidades, sempre pautando o compromisso com a excelência na prestação do serviço de orientação jurídica, mediação e promovendo o acesso à justiça para milhares de cearenses.

A defensora pública e supervisora do Núcleo de Estágio, Sâmia Farias, explica que são diversos projetos para a formação e capacitação destes novos estagiários. “Para intensificar o aprendizado, nós realizaremos, junto à Escola Superior da Defensoria Pública, um Curso de Formação para os novos  estagiários, que acontecerá ainda na primeira semana de março”.  É ainda proposta do Núcleo de Estágio promover a capacitação continuada, o acompanhamento e criação de manuais para o programa de estágio da instituição, bem como o incremento no quadro da instituição.

Oportunidade – O programa de estágio é, muitas vezes, a primeira experiência do estudante de pôr em prática a teoria ensinada em sala de aula. Estagiária da DPGE há um ano, Ana Carolina Ramos iniciou sua experiência no Núcleo de Maracanaú, após aparecer a oportunidade de vir à capital, Ana realizou o concurso novamente e conseguiu ser aprovada para atuar em Fortaleza, no Núcleo de Solução Extrajudicial de Conflitos (Nusol). Visando a carreira de defensora pública, ela explica que a formação por meio da prática permeia, até mesmo, na construção do seu caráter: “Minhas primeiras experiências em Maracanaú me ensinaram a ter uma visão diferenciada não só do assistido da Defensoria Pública. Passei a dar mais valor àqueles que são necessitados e, em situações usuais, quando vejo uma injustiça com alguém já fico querendo intervir. Acho que esse é o principio do defensor público: ser presente àquele que necessita de assistência independente da situação”, afirma.

Para participar da seleção de estágio da Defensoria – Esteja atentos aos editais abertos no sitewww.defensoria.ce.def.br. Em regra, o estudante deverá ter concluído 50% das cadeiras curriculares, bem como ter bom histórico acadêmico, que é etapa seletiva no cadastro. Para mais informações: (85) 3101-3436 – email: estagio@defensoria.ce.def.br

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Defensoria Pública aumenta em 56% quadro de estagiários da instituição

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de Fevereiro de 2016

O quadro de estagiários da Defensoria Pública tem sido fortalecido. A proposta de crescimento tem ligação direta com o incentivo institucional à formação acadêmica e a difusão entre os jovens da missão constitucional da Defensoria Pública que é a consolidação do acesso à justiça.

O Núcleo de Estágio da Defensoria Pública do Estado do Ceará, em incentivo à formação acadêmica, está expandindo o quadro de estagiários e bolsistas ligados à instituição. A partir de 1o de março, serão mais 60 estagiários convocados, sendo 35 estudantes lotados na capital e 25 no interior. Este incremento representa um acréscimo de 30% no número de bolsistas remunerados atuais do quadro. Somados com as vagas, o Núcleo abriu edital de seleção para mais 60 estudantes voluntários que, se somados, chega a um crescimento de 56% de vagas de estágios no órgão.

Hoje, a Defensoria Pública conta com 212 estagiários nos diversos núcleos e atuantes em 22 municípios. Com a convocação do novo quadro, três cidades do interior terão, pela primeira vez, a oportunidade de receber estagiários: Acaraú, Ipú e Maranguape. Além delas, Acopiara e Cascavel, que estavam há um ano sem convocar estagiários, agora contarão com a presença dos estudantes.

Por meio do estágio, os defensores públicos tem a oportunidade de apresentar a prática jurídica e a visão institucional da Defensoria Pública, capacitando-os para o exercício da prestação judicial e extrajudicial aos hipossuficientes, no caso dos bolsistas e estagiários da área do Direito. Só nesta área, a Defensoria assiste 140 estudantes de Direito, sendo 102 na Capital e 38 no interior, além de 55 estudantes voluntários. A Defensoria Pública também oportuniza estagiários em outras áreas de formação e também atua como parceira em núcleos de práticas jurídicas das universidades, sempre pautando o compromisso com a excelência na prestação do serviço de orientação jurídica, mediação e promovendo o acesso à justiça para milhares de cearenses.

A defensora pública e supervisora do Núcleo de Estágio, Sâmia Farias, explica que são diversos projetos para a formação e capacitação destes novos estagiários. “Para intensificar o aprendizado, nós realizaremos, junto à Escola Superior da Defensoria Pública, um Curso de Formação para os novos  estagiários, que acontecerá ainda na primeira semana de março”.  É ainda proposta do Núcleo de Estágio promover a capacitação continuada, o acompanhamento e criação de manuais para o programa de estágio da instituição, bem como o incremento no quadro da instituição.

Oportunidade – O programa de estágio é, muitas vezes, a primeira experiência do estudante de pôr em prática a teoria ensinada em sala de aula. Estagiária da DPGE há um ano, Ana Carolina Ramos iniciou sua experiência no Núcleo de Maracanaú, após aparecer a oportunidade de vir à capital, Ana realizou o concurso novamente e conseguiu ser aprovada para atuar em Fortaleza, no Núcleo de Solução Extrajudicial de Conflitos (Nusol). Visando a carreira de defensora pública, ela explica que a formação por meio da prática permeia, até mesmo, na construção do seu caráter: “Minhas primeiras experiências em Maracanaú me ensinaram a ter uma visão diferenciada não só do assistido da Defensoria Pública. Passei a dar mais valor àqueles que são necessitados e, em situações usuais, quando vejo uma injustiça com alguém já fico querendo intervir. Acho que esse é o principio do defensor público: ser presente àquele que necessita de assistência independente da situação”, afirma.

Para participar da seleção de estágio da Defensoria – Esteja atentos aos editais abertos no sitewww.defensoria.ce.def.br. Em regra, o estudante deverá ter concluído 50% das cadeiras curriculares, bem como ter bom histórico acadêmico, que é etapa seletiva no cadastro. Para mais informações: (85) 3101-3436 – email: estagio@defensoria.ce.def.br

* postado por Oswaldo Scaliotti