Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Hospital São Camilo

Período de férias aumenta em 50% o atendimento do serviço pediátrico do Hospital São Camilo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

13 de junho de 2019

Acidentes e doenças que envolvem vômitos e diarréia são os principais motivos do aumento de atendimento neste período

Dormir até mais tarde, fazer passeios diferentes, tomar banho de piscina, se divertir com os coleguinhas as mais variadas brincadeiras. Essas são algumas das melhores atividades de férias. Mas, além de diversão, esse período pode trazer também, algumas preocupações para os pais da criançada, pois como elas acabam saindo do ambiente escolar e consequentemente da rotina, acabam ficando mais expostas a possíveis problemas de saúde.

O Hospital São Camilo – Cura d’Ars possui UTI pediátrica, serviço de Pediatria 24 horas no Pronto Atendimento, Internação Clínica em apartamento (privativo) e enfermaria (semi-privativo), serviços indispensáveis para atender toda a demanda do dia a dia e das férias escolares. Segundo a pediatra do Hospital, Dra. Carolina Parente, o setor aumenta seus atendimentos em 50% durante este período. Isso se deve além dos acidentes, à mudanças de rotina, de clima e hábitos alimentares.

Os acidentes vão desde uma queda, até doenças que envolvem vômito e diarréia. A exposição dos pequenos em viagens, passeio a parques de diversões, parques aquáticos, restaurantes, podem justificar algumas intercorrências. As crianças menores de 5 anos são as que mais sofrem com tais mudanças de hábitos.

Para a Dra. Carolina, os pais precisam permitir que as crianças curtam as férias, mas que estejam seguros de um adulto sempre por perto. Como a criançada fica mais solta, é necessário escolher bem os restaurantes, observar cada tipo de alimento que está sendo ingerido, analisar o aspecto e cheiro das comidas, ter sempre cuidado com a higiene nos ambientes exteriores, como praia, espaços infantis e no caso de piscinas, tentar evitar a ingestão da água do banho.

“Tanto os acidentes como os casos de vômito e diarréia, deixam a criança abatida de um modo geral. A providência é procurar o hospital para atendimento pediátrico devido, ver o estado de hidratação e fazer alguns exames para analisar o quadro.” Finaliza Dra. Carolina.

Publicidade

Hospital São Camilo e Instituto Meraki fazem parceria em prol do bem estar de pacientes e funcionários

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de Fevereiro de 2019

O Instituto Meraki é uma Organização não governamental que tenta gerar um maior bem estar na sociedade por meio das ações que realiza, através de trabalho voluntário com crianças, idosos, animais, meio ambiente, campanhas de conscientização, trabalho social em hospitais, como é o caso da nova parceria com o Hospital São Camilo Fortaleza.

A palhaçoterapia é o grande instrumento dessa parceria, que tem por finalidade levar alegria e bem estar ao ambiente hospitalar. O instituto dispõe de 180 voluntários que se dividem e se preparam para desempenhar com habilidade e competência esse trabalho. É uma atividade proveitosa para pacientes e profissionais, onde o riso é contagioso e terapêutico.

A ação envolve carinho, afeto, sensibilidade, motivação e acima de tudo alegria. Todos do ambiente são embalados por essa onda de sentimentos e compartilham desse momento e dessa energia positiva, que auxilia tanto no dia a dia dos profissionais, quanto no tratamento dos pacientes.

As atividades do Instituto se estendem desde repartições até as ruas, com trabalhos humanitários e corpo a corpo. Além disso, o Meraki também desenvolve projetos educacionais e voltados ao empreendedorismo que são implantados em comunidades

Publicidade

Hospital São Camilo e Instituto Meraki fazem parceria em prol do bem-estar de pacientes e funcionários

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de Fevereiro de 2019


O Instituto Meraki é uma Organização não governamental que tenta gerar um maior bem-estar na sociedade por meio das ações que realiza, através de trabalho voluntário com crianças, idosos, animais, meio ambiente, campanhas de conscientização, trabalho social em hospitais, como é o caso da nova parceria com o Hospital São Camilo Fortaleza.

A palhaçoterapia é o grande instrumento dessa parceria, que tem por finalidade levar alegria e bem estar ao ambiente hospitalar. O instituto dispõe de 180 voluntários que se dividem e se preparam para desempenhar com habilidade e competência esse trabalho. É uma atividade proveitosa para pacientes e profissionais, onde o riso é contagioso e terapêutico.

A ação envolve carinho, afeto, sensibilidade, motivação e acima de tudo alegria. Todos do ambiente são embalados por essa onda de sentimentos e compartilham desse momento e dessa energia positiva, que auxilia tanto no dia a dia dos profissionais, quanto no tratamento dos pacientes.

As atividades do Instituto se estendem desde repartições até as ruas, com trabalhos humanitários e corpo a corpo. Além disso, o Meraki também desenvolve projetos educacionais e voltados ao empreendedorismo que são implantados em comunidades.

Publicidade

Período de férias aumenta em 50% o atendimento do serviço pediátrico do Hospital São Camilo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de dezembro de 2018

Acidentes e doenças que envolvem vômitos e diarreia são os principais motivos do aumento de atendimento neste período

Dormir até mais tarde, fazer passeios diferentes, tomar banho de piscina, se divertir com os coleguinhas as mais variadas brincadeiras. Essas são algumas das melhores atividades de férias. Mas, além de diversão, esse período pode trazer também, algumas preocupações para os pais da criançada, pois como elas acabam saindo do ambiente escolar e consequentemente da rotina, acabam ficando mais expostas a possíveis problemas de saúde.

O Hospital São Camilo – Cura d’Ars possui UTI pediátrica, serviço de Pediatria 24 horas no Pronto Atendimento, Internação Clínica em apartamento (privativo) e enfermaria (semi-privativo), serviços indispensáveis para atender toda a demanda do dia a dia e das férias escolares. Segundo a pediatra do Hospital, Dra. Carolina Parente, o setor aumenta seus atendimentos em 50% durante este período. Isso se deve além dos acidentes, à mudanças de rotina, de clima e hábitos alimentares.

Os acidentes vão desde uma queda, até doenças que envolvem vômito e diarréia.  A exposição dos pequenos em viagens, passeio a parques de diversões, parques aquáticos, restaurantes, podem justificar algumas intercorrências. As crianças menores de 5 anos são as que mais sofrem com tais mudanças de hábitos.

Para a Dra. Carolina, os pais precisam permitir que as crianças curtam as férias, mas que estejam seguros de um adulto sempre por perto. Como a criançada fica mais solta, é necessário escolher bem os restaurantes, observar cada tipo de alimento que está sendo ingerido, analisar o aspecto e cheiro das comidas, ter sempre cuidado com a higiene nos ambientes exteriores, como praia, espaços infantis e no caso de piscinas, tentar evitar a ingestão da água do banho.

“Tanto os acidentes como os casos de vômito e diarréia, deixam a criança abatida de um modo geral. A providência é procurar o hospital para atendimento pediátrico devido, ver o estado de hidratação e fazer alguns exames para analisar o quadro.” Finaliza Dra. Carolina.

Publicidade

Hospital São Camilo realizou atendimento gratuito para moradores da Sabiaguaba

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de julho de 2018

A ação contou com atendimento médico, jurídico, oficina de curativos e ainda doação e plantio de mudas

Moradores da Sabiaguaba receberam atendimento gratuito no último dia 07 de julho, no Seminário São Camilo. A ação foi uma iniciativa do Seminário e desde 2016 conta com o apoio do Hospital São Camilo Cura d’Ars. O Hospital ofereceu consulta médica com clínico geral, atendimento ginecológico e preventivo, pediátrico, orientação nutricional, verificação de pressão arterial e glicemia. No momento ainda houve sorteio de cestas básicas entre os moradores presentes.

Além do atendimento médico, o Hospital São Camilo também ofereceu uma oficina de curativos e orientações jurídicas à comunidade. Profissionais da área estiveram disponíveis para esclarecimento de pendências judiciais durante todo o período de atendimento, que reuniu cerca de 200 pessoas.

Assim como várias outras Instituições, o Seminário e o Hospital São Camilo já adotam estratégias de responsabilidade socioambientais na medida em que avaliam que a sociedade percebe, valoriza e necessita dessas iniciativas. Pensando nisso, em paralelo aos atendimentos na Sabiaguaba, o Hospital São Camilo realizou o plantio de algumas mudas dentro do Seminário, como ipê roxo; ipê rosa; jambo e abacate. Também doou para a comunidade outras mudas como cidreira e boldo. A ação está diretamente ligada ao projeto de obtenção da Certificação Empresa Amiga do Meio Ambiente que ajuda a desenvolver novas mentalidades e a difundir boas práticas ambientais, construindo uma visão integrada, onde a produção e outras atividades possam acontecer em consonância com o meio ambiente.

 

Publicidade

Período de férias aumenta em 50% o atendimento do serviço pediátrico do Hospital São Camilo

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de julho de 2018

Acidentes e doenças que envolvem vômitos e diarréia são os principais motivos do aumento de atendimento neste período

Dormir até mais tarde, fazer passeios diferentes, tomar banho de piscina, se divertir com os coleguinhas as mais variadas brincadeiras. Essas são algumas das melhores atividades de férias. Mas, além de diversão, esse período pode trazer também, algumas preocupações para os pais da criançada, pois como elas acabam saindo do ambiente escolar e consequentemente da rotina, acabam ficando mais expostas a possíveis problemas de saúde.

O Hospital São Camilo – Cura d’Ars possui UTI pediátrica, serviço de Pediatria 24 horas no Pronto Atendimento, Internação Clínica em apartamento (privativo) e enfermaria (semi-privativo), serviços indispensáveis para atender toda a demanda do dia a dia e das férias escolares. Segundo a pediatra do Hospital, Dra. Carolina Parente, o setor aumenta seus atendimentos em 50% durante este período. Isso se deve além dos acidentes, à mudanças de rotina, de clima e hábitos alimentares.

Os acidentes vão desde uma queda, até doenças que envolvem vômito e diarréia.  A exposição dos pequenos em viagens, passeio a parques de diversões, parques aquáticos, restaurantes, podem justificar algumas intercorrências. As crianças menores de 5 anos são as que mais sofrem com tais mudanças de hábitos.

Para a Dra. Carolina, os pais precisam permitir que as crianças curtam as férias, mas que estejam seguros de um adulto sempre por perto. Como a criançada fica mais solta, é necessário escolher bem os restaurantes, observar cada tipo de alimento que está sendo ingerido, analisar o aspecto e cheiro das comidas, ter sempre cuidado com a higiene nos ambientes exteriores, como praia, espaços infantis e no caso de piscinas, tentar evitar a ingestão da água do banho.

“Tanto os acidentes como os casos de vômito e diarréia, deixam a criança abatida de um modo geral. A providência é procurar o hospital para atendimento pediátrico devido, ver o estado de hidratação e fazer alguns exames para analisar o quadro.” Finaliza Dra. Carolina.

 

Publicidade

Parceria entre São Camilo Cura d’Ars e Incor Criança pretende atender 15 crianças por mês pelo SUS

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

25 de Abril de 2018

Com a inauguração do Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital  São Camilo será possível cumprir a meta de 15 atendimentos por mês. O evento de inauguração será prestigiado por representantes da Instituição Americana Children’s HeartLink, e professores voluntários do Seattle Children’s Hospital

Será inaugurado nesta quinta-feira, às 17hs, o Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital São Camilo. Com a inauguração desse novo espaço, o Hospital e o Instituto do Coração, da Criança e do Adolescente – InCor Criança – poderão proporcionar a um grupo de crianças carentes já atendidas pelo Sistema Único de Saúde – SUS – e que estão em filas aguardando por cirurgias, a oportunidade de atendimento por uma Instituição filantrópica. Com o objetivo de acelerar esse processo, a meta dessa parceria é que em um mês sejam atendidas duas crianças por convênio ou particular e quinze crianças pelo SUS.

No evento de inauguração estarão presentes representantes da Instituição americana Children’s HeartLink, e professores voluntários do Seattle Children’s Hospital, ambos irão prestigiar a solenidade acompanhados por um tradutor. Além das personalidades, a ocasião conta com os grandes idealizadores desta parceria: o Superintendente Norte Nordeste do Hospital São Camilo Fortaleza, Padre Francisco Gomes da Silva; o Diretor Administrativo, Aldenis Machado; o Diretor Técnico Madison Mont’Alverne; o Diretor Técnico do Hospital do InCor Criança, Valdester Pinto Júnior e o Presidente do InCor Criança, Francisco Stonio.

As crianças atendidas pelo SUS receberão atendimento ambulatorial no InCor Criança e o tratamento cirúrgico na Unidade do Hospital São Camilo. A UTI Pediátrica recentemente inaugurada, foi o diferencial para a concretização desse projeto. A Unidade que conta com cinco leitos independentes, é fundamental para melhor atender as crianças que passam por algum processo cirúrgico e necessitam de uma Unidade de Terapia Intensiva.

Segundo o Diretor Técnico do Hospital do InCor Criança, Valdester Pinto Júnior, a inauguração do Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital São Camilo proporcionará um alcance social incalculável. “É um presente que a população cearense está recebendo na área da saúde. No momento de crise que o país está passando, o Hospital São Camilo abre suas portas para uma parceria que vai proporcionar a crianças do SUS, atendimento especializado e todos os benefícios de suas instalações, que agora não recebem apenas crianças através de convênios ou particular”, afirma.

Serviço:

Hospital São Camilo Cura D’ars

Rua: Costa Barros, 833 – Centro / Fortaleza, Ce – Fone: 3464.7000

site: www.saocamilofortaleza.org.br

Responsável Técnico: Dr. Madison Mont’Alverne. CRM: 3794

Coordenadora Médica da UTI Pediátrica: Dra. Débora Mont’Alverne

 

leia tudo sobre

Publicidade

Hospital São Camilo registra aumento de 26% dos atendimentos no primeiro mês do ano

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Janeiro de 2018

Período chuvoso aumenta a incidência de viroses gastrointestinais, levando mais pessoas às emergências do Hospital São Camilo – Cura d’Ars

Com o início do período chuvoso, Hospital São Camilo registra aumento de 26% nos atendimentos. Os casos de viroses são responsáveis pela crescente demanda, que é considerada natural, mas é importante ter cuidado para evitar agravamentos. Apesar de estarem presentes durante todo o ano, nesta época, encontram o ambiente propício a circular mais ainda.

Dentre os diagnósticos estabelecidos, observa-se que as infecções gastrointestinais ou gastroenterites se mostram mais incidentes neste início de ano, com 652 casos confirmados, superando as infecções respiratórias.

Segundo o Coordenador Médico do Pronto Atendimento do Hospital São Camilo, Dr. Pedro Thiago Frota, apesar de estar relacionada ao período chuvoso, a doença não é causada diretamente pela precipitação. A chuva faz com que as pessoas se aglomerem mais em ambientes fechados. Isso favorece a circulação e a transmissão desses vírus que já estão presentes nos dias normais. O turismo da Região, e a questão higiênica também são grandes fatores de risco para a proliferação dos vírus.

O quadro infeccioso caracteriza-se por dor e distensão abdominal, náuseas, vômitos, febre e mialgia. Tais sinais e sintomas são decorrentes no processo inflamatório gerado pelo vírus no trajeto do sistema digestivo, acometendo estômago, gerando dor e náuseas, já no intestino, causando disabsorção alimentar e diarréia. “É importante salientar que devemos estar atentos à desidratação, a idade e comorbidades do paciente, sonolência excessiva, sangramentos gastrointestinais, vômitos incoercíveis e ausência de melhora (dentro de 3 dias em média) são características e sinais potencializadores da gravidade do quadro”, alerta Dr. Pedro Thiago.

As ações preventivas e cuidados compreendem o aumento da ingestão de líquidos, mudanças na dieta, evitando alimentos gordurosos e derivados do leite, repouso adequado, medicações sintomáticas e atenção aos sinais de alerta de piora ou gravidade da infecção. É imprescindível procurar a consulta médica para adequada orientação e seguimento de cada caso, especialmente para idosos, gestantes e crianças.

Dr. Pedro Thiago garante que o Hospital São Camilo dispõe de uma emergência com fluxo totalmente estruturado para a qualidade e eficiência do atendimento prestado aos pacientes acometidos, desde o acolhimento à entrega de exames. “Para contingências como picos de gastroenterites ou arboviroses, dispomos de uma equipe atenta às necessidades crescentes da população, reforçando de imediato o atendimento clínico e pediátrico sempre que a demanda surgir”, Reforça.

Quem deseja trabalhar no Hospital São Camilo, basta cadastrar seu currículo em site: www.saocamilofortaleza.org.br na área ‘’Trabalhe Conosco’’. Responsável Técnico: Dr. Madison Mont’Alverne. CRM: 3794

Serviço:

Hospital São Camilo Cura D’ars

Rua: Costa Barros, 833 – Centro / Fortaleza, Ce – Fone: 3464.7000

site: www.saocamilofortaleza.org.br

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Centro Cardiológico do Hospital São Camilo é referência no tratamento de doenças cardíacas no Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de novembro de 2017

Além de uma equipe com mais de 20 profissionais da área, o Centro Cardiológico do São Camilo ainda oferece avaliação cardiológica esportiva

Mesmo na correria que a população vive atualmente, ninguém espera ser internado em um hospital, vítima de um ataque cardíaco, principalmente porque, muitas vezes, a doença aparece de forma silenciosa. Embora o problema seja considerado um grande causador de morte no Brasil, nem todo ataque cardíaco é fatal. Se identificado e tratado a tempo, o paciente se recupera totalmente do ocorrido. Entretanto, todas as vítimas de infarto estão em maior risco de sofrer um novo infarto ou outras doenças cardiovasculares.

O Hospital São Camilo – Cura d’Ars possui um Centro Cardiológico de referência no Estado do Ceará, que conta com mais de 20 profissionais das mais diversas sub especialidades dentro da própria cardiologia. Neste Centro são realizados em média, 700 atendimentos por mês e os pacientes podem fazer qualquer tipo de exame da área cardiológica e mais de 500 exames complementares. Lá ainda é oferecido atendimento ambulatorial,  para aqueles pacientes que não estão internados.

Além do Centro Cardiológico, o Hospital oferece também cardiologia hospitalar. Este setor dispõe de cardiologistas 24 horas de forma presencial; um Centro de Hemodinâmica, um dos mais modernos do Norte Nordeste que também funciona 24 horas, sendo referência no tratamento de infarto; enfermaria de cardiologia com uma média de internação de 20 pacientes diariamente e UTI cardiológica.

O São Camilo possui uma equipe de cirurgia cardiovascular que tanto atende no Centro especializado, como no próprio hospital. Hoje, é o único centro de reabilitação cardíaca dentro de um hospital, um diferencial no atendimento desses pacientes que podem ser acometidos por algumas intercorrências e nesse caso, esse fator é fundamental para que haja  um suporte mais rápido e adequado nessas eventualidades.

Outro diferencial é a avaliação cardiológica esportiva, direcionada para pacientes que são atletas, maratonistas e triatletas. Eles passam por uma avaliação de desempenho físico chamada ergoespirometria ou teste cardiopulmonar, que alia o teste ergométrico com a análise dos gases expirados durante o exercício. A partir desse exame entende-se melhor o comportamento dos sistemas: cardiovascular, respiratório, vascular pulmonar e muscular esquelético ao estresse físico. Através do resultado pode ser programado o treino desses pacientes, baseado na frequência cardíaca e desempenho físico dele.

Segundo o cardiologista do Hospital São Camilo, Dr. Rafael Macedo, infarto é uma doença multifatorial, possui vários fatores de risco que podem estar presentes no estilo de vida ou na herança genética. Esses fatores levam à obstrução das artérias do próprio coração, as quais vão acumulando gordura, num processo de aterosclerose, quando a gordura se acumula podendo chegar ao ponto de entupir, fechando a artéria coronariana, ou acumular ao ponto de inflamar e romper essa artéria. Esse rompimento causa uma trombose na artéria do coração, resultando no infarto. Nesse caso o paciente vai sentir uma dor no peito muito forte, irradiando para o pescoço ou para os braços, geralmente pode ter suor frio, palidez, queda de pressão, mal estar, sensação de desmaio e até ânsia de vômito. É imprescindível que ao detectar esses sintomas, o paciente procure uma emergência médica para passar por um eletrocardiograma e uma avaliação médica.

Dr. Rafael Macedo garante que para prevenir o infarto é necessário que, a partir dos 25 anos, sejam realizados exames periódicos, inclusive avaliação cardiológica todos os anos, ou a cada dois anos. Fundamental uma dieta balanceada, que evite problemas como a obesidade, o colesterol e a diabetes. É importante, por exemplo, o consumo de frutas, verduras, legumes, cereais e alimentos ricos em fibras, pois ajudam a garantir o bom funcionamento do coração. Também é recomendável que se evite comidas gordurosas, cigarro, bebidas alcoólicas e o uso excessivo de sal. Além de atividade física pelo menos quatro vezes por semana, por no mínimo 30 minutos.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Hospital São Camilo é referência regional em transplante de medula óssea

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de Fevereiro de 2017

Pacientes que precisam do transplante autólogo de medula óssea podem ser atendidos no Hospital São Camilo Fortaleza, através de convênios e particulares.

O transplante autólogo de medula óssea é uma opção de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como os linfomas e o mieloma múltiplo. Consiste na substituição da medula óssea doente, ou deficitária, por células normais com o objetivo de reconstruir uma nova medula saudável. Essa é a modalidade do transplante de medula na qual não há necessidade de doador. O Ceará é um dos nove estados do país capazes de realizar esse tipo de tratamento, que é considerado um dos mais complexos e importantes para as doenças do sangue.

O Hospital São Camilo Fortaleza é referência regional quando se trata de transplante de medula óssea. Conta com uma equipe multidisciplinar, formada por médicos hematologistas com vasta experiência na realização de transplante de medula. Além de equipe de enfermagem capacitada e experiente, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, dentistas e toda equipe de apoio do Hospital que tem mais de 200 leitos.

Segundo o Diretor Administrativo, Aldenis Machado, o espaço destinado ao Transplante de Medula Óssea oferece segurança e qualidade na assistência prestada aos pacientes em todas as etapas do tratamento. “Os pacientes adultos portadores de doenças onco-hematológicas com indicação médica para o transplante podem ser atendidos por convênios e particulares. A estrutura conta com seis apartamentos confortáveis e que garantem o isolamento necessário ao paciente submetido a esse tipo de tratamento”.

Além do transplante autólogo de medula óssea o Hospital planeja ampliar ainda mais os serviços. “O objetivo é ser referência em todas as áreas de atuação, desenvolvendo atividades com excelência e de alta complexidade como os transplantes. Por isso, pretendemos realizar a partir de 2018 o transplante alogênico de medula óssea e estamos em fase de credenciamento para transplantes de órgãos como fígado, pâncreas, rins e coração”, enfatizou.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Hospital São Camilo é referência regional em transplante de medula óssea

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de Fevereiro de 2017

Pacientes que precisam do transplante autólogo de medula óssea podem ser atendidos no Hospital São Camilo Fortaleza, através de convênios e particulares.

O transplante autólogo de medula óssea é uma opção de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como os linfomas e o mieloma múltiplo. Consiste na substituição da medula óssea doente, ou deficitária, por células normais com o objetivo de reconstruir uma nova medula saudável. Essa é a modalidade do transplante de medula na qual não há necessidade de doador. O Ceará é um dos nove estados do país capazes de realizar esse tipo de tratamento, que é considerado um dos mais complexos e importantes para as doenças do sangue.

O Hospital São Camilo Fortaleza é referência regional quando se trata de transplante de medula óssea. Conta com uma equipe multidisciplinar, formada por médicos hematologistas com vasta experiência na realização de transplante de medula. Além de equipe de enfermagem capacitada e experiente, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, dentistas e toda equipe de apoio do Hospital que tem mais de 200 leitos.

Segundo o Diretor Administrativo, Aldenis Machado, o espaço destinado ao Transplante de Medula Óssea oferece segurança e qualidade na assistência prestada aos pacientes em todas as etapas do tratamento. “Os pacientes adultos portadores de doenças onco-hematológicas com indicação médica para o transplante podem ser atendidos por convênios e particulares. A estrutura conta com seis apartamentos confortáveis e que garantem o isolamento necessário ao paciente submetido a esse tipo de tratamento”.

Além do transplante autólogo de medula óssea o Hospital planeja ampliar ainda mais os serviços. “O objetivo é ser referência em todas as áreas de atuação, desenvolvendo atividades com excelência e de alta complexidade como os transplantes. Por isso, pretendemos realizar a partir de 2018 o transplante alogênico de medula óssea e estamos em fase de credenciamento para transplantes de órgãos como fígado, pâncreas, rins e coração”, enfatizou.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti