Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Jucá Máximo

Em passagem por Chicago, Juca Máximo se uniu a galeristas renomados e expôs suas obras na The Other Art Fair

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de junho de 2019

Uma das maiores feiras de arte contemporânea do mundo aconteceu no Centro Cultural Mana Contemporary

 

Em turnê pelo mundo, visitando países das América do Norte, Europa e Ásia, o artista plástico Juca Máximo voltou de Chicago, nos Estados Unidos, encantado e empolgado. “Chicago é uma cidade incrível, que respira arte, muita arte, com esculturas gigantes pela cidade, de até 5 metros, cheia de prédios arranha-céus. É lindo de ver”, afirma. Durante a passagem pela cidade, Juca expôs suas obras no Centro Cultural Mana Contemporary, na The Other Art Fair da SaatchiArt, realizado por um grupo de galeristas renomados e bem sucedidos do mundo. “Esse evento me trouxe oportunidades incríveis. Uma das situações que me deixou mais lisonjeado foi ter vendido todas as minhas obras da série Portrait Colors para Sean Lewis, apresentador da WGN TV, uma emissora local”, completa.

 

Juca dedicará este mês de junho à família, depois seguirá pela turnê. A próxima parada será em Nova Iorque, na exposição Visions na Saphira & Ventura Gallery.

Publicidade

Artista cearense Juca Máximo faz turnê pelo mundo passando por 3 continentes

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Maio de 2019

Juca irá expor em galerias que já foram palco artístico de grandes nomes como Jackson Pollock, Keith Haring, Frida, Salvador Dalí e Banksy, levando em sua bagagem obras de alto valor para o expressionismo

O ano de 2019 está sendo especial para a carreira de Juca Máximo. O artista cearense, consagrado em mais de 20 países, está saindo em turnê por três continentes: Ásia, Europa e América do Norte. O palco de suas composições serão galerias reconhecidas mundialmente e que também já foram hall artístico de grandes nomes como Jackson Pollock, Keith Haring, Frida, Salvador Dali e Banksy.

A sua primeira parada foi na famosa Saphira & Ventura Gallery, que fica localizada na 5ª Avenida com a Times Square, em Nova York e possui sede em outros polos de arte rna no mundo como Singapura, Paris e São Paulo. Nos dias 5 a 16 de abril, ficar expostas telas das séries Retalhos, Pele que sinto e Portraits Colors, as obras Retalhos 2, Escreva sua História, Portrait Colors 5 e A livre criança. Carregadas de sentimento e sensibilidade, as obras vão compor a exposição Symbols of Expression.

O convite partiu de curadores que compõem um grupo administrativo de galerias renomadas mundialmente. “É uma honra para qualquer artista chegar neste patamar em que o mundo inteiro volta os olhos para o seu trabalho e reconhece suas obras como algo a mais, que passa para cada um, um sentimento diferenciado do que se está vendo”, declara Juca Máximo.

Maior prêmio de arte da Ásia

Logo em seguida, Juca viajou para Taipei expondo no continente asiático como um dos finalistas do maior prêmio de arte da cidade e da Ásia, o “Art Revolution Taipei-Taiwan” que acontece entre os dias 25 a 29 de abril. Tendo sido escolhido ainda como o único cearense para tal feito.

The Other Art Fair Chicago

E em sua viagem mais recente, Juca participou da The Other Art Fair Chicago uma das maiores feiras contemporâneas de arte do mundo, organizada pela SaatchiArt, um grupo de galeristas renomados e bem-sucedidos que atuam dando destaque a artistas líder e promissores de todos os lugares. A exposição de suas obras foi de 16 a 19 de maio, no Mana Contemporary, centro que concentra vários eventos do hall artístico.

Mais cidades

Sua obras vão passar ainda por Nova York (01/06) e (19/09), em Londres (15/10),  Paris (19/10) no Caroussel du Louvre, Oakland, Milão, RedWood, Hamburgo, San Diego, San Francisco e Los Angeles. Após essa viagem pelo mundo, ele deve retornar a Fortaleza e estrelar uma exposição com todas as obras que rodaram os três continentes. A expectativa é que esse momento ocorra no mês de novembro.

“O ano promete bastantes emoções. Estar em lugares que foram ocupados por grandes nomes e que hoje são reconhecidas como cidades efervescentes da arte contemporânea é motivo de muito orgulho. E para encerrar da maneira que mais amo, volto para minha terra natal, Fortaleza, reunindo todas essas telas que serão apreciadas pelo mundo inteiro em mais uma exposição do meu trabalho aqui na capital”, comemora.

Mais sobre Juca

Com muito trabalho consagrou-se e hoje é o cearense que mais esteve na revista Archive, com 9 peças publicadas no periódico austríaco, mais conceituada e aclamada por ilustradores e publicitários do mundo. Foi também classificado entre os 200 Best Illustrator Worldwide 18/19, tendo seus trabalhos considerados como tendência durante dois anos.

Outras consagrações que Juca carrega são: Obras expostas na International Gallery of Arts, em Toronto, no Canadá, onde as peças Expressionism 1 e Expressionism 2 foram premiadas no festival “Art of humanity”; finalista no Jackson Jopp em Londres; Campeão do Prêmio Displate/Ello e Daylighted nos EUA e top 4 da América Latina pela AdForum.us. Em breve, o cearense terá suas ilustrações publicadas no livro da Hiiibrand Illustration, que tem sede na China.

Publicidade

Juca Máximo conquista mais um prêmio e leva exposição para 5 Estados Americanos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Fevereiro de 2019

Com muito talento para explorar no mundo, Juca Máximo, artista cearense premiado em mais de 20 países, agora soma mais uma conquista: o Prêmio Daylighted Artist Contest organizado pela Ello.co. Voltado ao universo da expressão artística retratado em artes visuais, a seletiva contou com a participação de mais de 4 mil profissionais do mundo todo. Desse total, somente 20 foram selecionados e o cearense Juca Máximo é um dos agraciados.

Com a conquista, ele se prepara para expor nas cidades de Chicago, San Francisco, San Diego, Los Angeles, Redwood, Oakland e nos Hotéis Hilton, Hyatt, Accor e Marriott – sendo estes locais uma vitrine para o mundo e que representa muito reconhecimento do trabalho de apostas do universo artístico contemporâneo. As telas que vão brilhar os olhos do mundo são das séries: Retalhos, Portrait Colors e Pele Que Sinto; esta última com uma essência voltada ao universo feminino que explora a espontaneidade e o drama das mulheres.

Juca, que já soma consagrações importantes para sua carreira, o que leva ao topo do mundo todo seu talento, fala sobre mais esta oportunidade de explorar seu trabalho no mundo. “É uma grande oportunidade vencer um prêmio que vai colocar minhas obras em cidades e locais tão importantes para curadores e colecionadores da arte contemporânea nos EUA”, comemora o artista.

Publicidade

Me Tenha, Distância: exposição de artista cearense mundialmente premiado chega a Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de outubro de 2018

Me Tenha, Distância: exposição de artista cearense mundialmente premiado chega a Fortaleza

Juca Máximo apresenta aos cearenses o seu trabalho que figura no topo das premiações em mais de 20 países do mundo, no próximo 16 de outubro, no Sotão Moleskine

 

Viver entre o sonho e a realidade, o possível e o impossível, o distante e o perto, questões antônimas que perpassam na vida dos seres humanos e que serão retratadas na exposição premiada “Me Tenha, Distância”, com obras consagradas em mais de 20 países do artista cearense Juca Máximo. A exposição parte de uma provocação do artista visual que apresenta a ideia de perseguir oportunidades para romper a invisibilidade e o silêncio, estabelecendo um diálogo próprio com o mercado, com o público, com a crítica e a arte em sí.

 

No dia 16 de outubro, a partir das 19h30 a exposição chegará em Fortaleza, no Sótão Moleskine, e trará 17 obras premiadas de Juca. As obras ficarão expostas no local até o dia 16 de novembro.

 

Este será o momento que o artista considera como o abraço a sua cidade, sua Fortaleza, onde sempre teve o desejo de consagrar seu trabalho. “São obras que passam sentimentos, sensações, ideias e sonhos. Quando a gente sonha, temos a opção de estar perto ou distante. Eu quero ter o desejo de estar mais perto de onde eu me projeto para o mundo”, explica Juca.

 

Estar perto da cidade é uma realidade cada vez mais presente, mas permanecer conquistando o mundo é um caminho que Juca Máximo quer estar perto também. Sua inspiração veio do amigo que morava ao lado, Mychel Távora, ainda com 13 anos. Este mesmo colega que inspirou traços que já foram expostos em galerias consagradas, como na Espanha, é o curador da Exposição em que Juca Máximo apresenta ao mercado cearense seu talento. “Me tenha, Distância”.

 

Em suas obras, o artista apresenta muito mais que imagens, Juca convida a uma apreciação que permite reflexões sobre sentimentos expostos. Prova disso são suas obras intituladas “Dança 1 e Dança 2” que demonstra o sonho de crianças moradoras de rua em dançar e “Risque a pele” que transmite uma mensagem bem atual ao sugerir, por exemplo, riscar a pele e não os sonhos.

 

Uma das obras de mais destaque do artista é a dupla Expressionism Woman e Expressionism Man. Ambas foram premiadas no Festival Art of Humanity em Toronto-Canadá e vêm sendo aplaudidas na capital como obras que não apenas “mostram”, mas “falam” através de pinceladas dramáticas e extremamente expressivas.

 

O ARTISTA

Na adolescência, chegou a cursar artes plásticas e design gráfico, mas foi na publicidade que se formou e trilhou carreira por longos 10 anos. Filho, pai de família, adora praia e pratica esportes sobre às águas. Com muito trabalho consagrou-se hoje como o cearense que mais esteve na revista Archive, publicação austríaca mais conceituada e aclamada por ilustradores e publicitários do mundo.

 

Em pouco mais de dois anos, o artista tomou para sua vida profissional uma decisão: trabalhar com arte que não ficasse restrito ao apelo comercial, pela formação em publicidade e a experiência que carrega em diversas agências do Estado. Para Juca, as inúmeras conquistas representam que a arte pintada está ganhando a mente e os corações do segmento.

 

Países que o artista cearense teve sua arte em destaque

 

Expressionismo I e II

Canadá e EUA.

 

Dança I e II

Itália, Áustria, EUA, Espanha, Coreia, Venezuela.

 

Risque a pele

EUA, Alemanha, França, Itália, Indonésia, Japão, Paquistão, Índia , Budapeste, Portugal, Guiana.

 

Ausências

Inglaterra e EUA.

 

Rejeições

Áustria, EUA e Coreia.

 

Portrait Colors

Áustria, EUA e Brasil.

 

Liber

Itália e EUA.

 

Sensuality

Áustria e EUA.

 

Sem Conexão

China e EUA.

 

Serviço

Exposição “Me Tenha, Distância” do artista cearense Juca Máximo

Data: 16 de outubro (terça)

Local: Sótão Moleskine (Rua Professor Dias da Rocha, 578 – Meireles)

Horário: 19h30

Publicidade

Finalista: artista cearense disputa prêmio asiático de ilustração

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Maio de 2018

O artista cearense, Juca Máximo, acaba de se tornar finalista de um dos mais importantes prêmios de ilustradores do mundo. Concedido pela Hiiibrand, com sede na Ásia, o concurso recebeu 1329 obras de mais de 50 países e regiões ao redor do mundo, porém, somente 43 trabalhos passaram para a final. Juca Máximo é o único brasileiro a disputar o prêmio com ilustradores da China, Alemanha, Estados Unidos e México.

 

Intitulada “Sem Conexão”, a obra que passou para a semifinal é resultado de um misto criativo que envolve arte e publicidade. A peça foi feita para a campanha “Não se irrite, vá tocar”, feita para a 88Music, loja de música de Fortaleza. “A ideia é que no lugar de se estressar com situações cotidianas como ficar “sem conexão” ou “cartão não autorizado”, a pessoa tente relaxar e vá tocar algum instrumento.

 

Publicidade

Lançamento: galeria reúne principais nomes cearenses da arte contemporânea

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de dezembro de 2017

Com o objetivo de trazer mais um espaço cultural e artístico para Fortaleza, Juca Máximo idealizou o projeto e abriu a sua primeira galeria de arte

Quadrinhos, cotidiano, pessoas, aquarela e urbanismo são as pinturas encontradas na galeria MaisArte, que será lançada neste sábado (16/11), a partir das 17h, no Shopping Salinas. A Escola MaisDesign, responsável pela criação do espaço, traz como destaque os artistas cearenses que apresentam versatilidade em suas obras e perpassam pela arte contemporânea. A exposição fica por conta dos artistas Jucá Máximo, Raisa Christina, Mychel Távora, Lui Duarte, Daniel Chastinet e Isleudo Soares.

Com o objetivo de trazer mais um espaço cultural e artístico para Fortaleza, Juca Máximo idealizou o projeto e abriu dentro da Escola MaisDesign a sua primeira galeria de arte. “É o que sempre falo para minha equipe: a arte vende. Com esse pensamento, tivemos a ideia de abrir uma galeria dentro de uma Escola de Design, pois isso também possibilita aos alunos da escola não apenas o acesso aos conceitos mercadológicos e de ensino, mas também a liberdade criativa das artes plásticas”, explica Máximo.

O artista Jucá Máximo pode ser definido como um expressionista contemporâneo por sua pintura dramática, explosão de sentimentos e cores fortes. Raisa Christina trabalha com diversas técnicas de desenho e gosta de explorar o conteúdo humano que pode advir de uma imagem das cidades, já Mychel Távora, que começou a desenhar ainda criança inspirado por revistas em quadrinhos, retrata em sua pintura pessoas e a cidade de Fortaleza utilizando a própria experiência e memórias afetivas.

Completando o time de artistas cearenses, a galeria traz Lui Duarte, artista versátil que trabalha desde papel a arte mural, bem como Daniel Chastinet que leva em suas ilustrações temas musicais, esportes, quadrinhos, ciência, horror e sci-fi. O lado surreal das obras da galeria fica por conta do artista plástico Isleudo Soares, que passeia entre o universo onírico e a realidade urbana.

Mais sobre os artistas

Jucá Máximo
Atua em pintura a óleo, pintura acrílica, aquarela, gravuras, nanquim, lápis, digital arte, escultura em clay e escultura digital. Seu trabalho transita com facilidade entre a arte pura e aplicada. Sua pintura tem traços fortes, contrastes, com muito impasto e pinceladas a amostra.

Raisa Christina
É artista visual e escritora. Reside em Fortaleza, onde cursa o Mestrado em Artes (PPGArtes) do Instituto de Cultura e Arte da UFC. A artista investiga o desenhar e as poéticas na criação de mapas de percursos errantes de jovens skatistas na cidade de Fortaleza. É autora do livro “mensagens enviadas enquanto você estava desconectado” (2014, Editora Substânsia).

Mychel Távora
A banalidade e o ordinário convivem na cena imagética de Mychel Távora. A pintura surgiu na vida adulta, no início dos anos 90, quando já criava fanzines quando ingressou nos grupo Seres Urbanos. Em 2009, Mychel entrou para o Coletivo Monstra e realizou exposições coletivas. Em 2015 publicou, com Seres Urbanos, a Antologia do Quadrinho Underground Cearense, escolhido o melhor livro de HQ na edição 2015 do Prêmio Miolo(s). 

Lui Duarte
Bacharel em Pintura pela Escola de Belas Artes/UFRJ. Foi membro do coletivo MONSTRA, onde produziu trabalhos que versam sobre a História da Arte e Design, acrescentando alguma discussão e humor, dialogando com as mitologias da
Cultura Pop. Professor de Desenho e Artes em Cursos Livres, Escolas e Institutos.

Daniel Chastinet
As criações do ilustrador cearense geram uma experiência psicodélica em quem vê. É possível entrar em mundo totalmente fantasioso devido a produção visionária de Chastinet. O artista tenta compartilhar o desejo pelo mistério, que é instigar em quem vê a busca pelas possibilidades que a imagem traz. Chastinet assume o que encontra de bizarro, tosco, fantástico, vivo e cru.

Isleudo Soares
É artista, educador, fotografo, desenhista e grafiteiro. 
 Foi um dos artistas a pintar os muros da Rua Agerson Tabosa, considerada a primeira rua adotada de Fortaleza.

Sobre a Escola MaisDesign
A Escola surgiu em 2008 e tem como objetivo treinar e capacitar profissionais que trabalham com design. A escola apresenta cursos de design de interiores, arquitetura e outros.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Lançamento: galeria reúne principais nomes cearenses da arte contemporânea

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de dezembro de 2017

Com o objetivo de trazer mais um espaço cultural e artístico para Fortaleza, Juca Máximo idealizou o projeto e abriu a sua primeira galeria de arte

Quadrinhos, cotidiano, pessoas, aquarela e urbanismo são as pinturas encontradas na galeria MaisArte, que será lançada neste sábado (16/11), a partir das 17h, no Shopping Salinas. A Escola MaisDesign, responsável pela criação do espaço, traz como destaque os artistas cearenses que apresentam versatilidade em suas obras e perpassam pela arte contemporânea. A exposição fica por conta dos artistas Jucá Máximo, Raisa Christina, Mychel Távora, Lui Duarte, Daniel Chastinet e Isleudo Soares.

Com o objetivo de trazer mais um espaço cultural e artístico para Fortaleza, Juca Máximo idealizou o projeto e abriu dentro da Escola MaisDesign a sua primeira galeria de arte. “É o que sempre falo para minha equipe: a arte vende. Com esse pensamento, tivemos a ideia de abrir uma galeria dentro de uma Escola de Design, pois isso também possibilita aos alunos da escola não apenas o acesso aos conceitos mercadológicos e de ensino, mas também a liberdade criativa das artes plásticas”, explica Máximo.

O artista Jucá Máximo pode ser definido como um expressionista contemporâneo por sua pintura dramática, explosão de sentimentos e cores fortes. Raisa Christina trabalha com diversas técnicas de desenho e gosta de explorar o conteúdo humano que pode advir de uma imagem das cidades, já Mychel Távora, que começou a desenhar ainda criança inspirado por revistas em quadrinhos, retrata em sua pintura pessoas e a cidade de Fortaleza utilizando a própria experiência e memórias afetivas.

Completando o time de artistas cearenses, a galeria traz Lui Duarte, artista versátil que trabalha desde papel a arte mural, bem como Daniel Chastinet que leva em suas ilustrações temas musicais, esportes, quadrinhos, ciência, horror e sci-fi. O lado surreal das obras da galeria fica por conta do artista plástico Isleudo Soares, que passeia entre o universo onírico e a realidade urbana.

Mais sobre os artistas

Jucá Máximo
Atua em pintura a óleo, pintura acrílica, aquarela, gravuras, nanquim, lápis, digital arte, escultura em clay e escultura digital. Seu trabalho transita com facilidade entre a arte pura e aplicada. Sua pintura tem traços fortes, contrastes, com muito impasto e pinceladas a amostra.

Raisa Christina
É artista visual e escritora. Reside em Fortaleza, onde cursa o Mestrado em Artes (PPGArtes) do Instituto de Cultura e Arte da UFC. A artista investiga o desenhar e as poéticas na criação de mapas de percursos errantes de jovens skatistas na cidade de Fortaleza. É autora do livro “mensagens enviadas enquanto você estava desconectado” (2014, Editora Substânsia).

Mychel Távora
A banalidade e o ordinário convivem na cena imagética de Mychel Távora. A pintura surgiu na vida adulta, no início dos anos 90, quando já criava fanzines quando ingressou nos grupo Seres Urbanos. Em 2009, Mychel entrou para o Coletivo Monstra e realizou exposições coletivas. Em 2015 publicou, com Seres Urbanos, a Antologia do Quadrinho Underground Cearense, escolhido o melhor livro de HQ na edição 2015 do Prêmio Miolo(s). 

Lui Duarte
Bacharel em Pintura pela Escola de Belas Artes/UFRJ. Foi membro do coletivo MONSTRA, onde produziu trabalhos que versam sobre a História da Arte e Design, acrescentando alguma discussão e humor, dialogando com as mitologias da
Cultura Pop. Professor de Desenho e Artes em Cursos Livres, Escolas e Institutos.

Daniel Chastinet
As criações do ilustrador cearense geram uma experiência psicodélica em quem vê. É possível entrar em mundo totalmente fantasioso devido a produção visionária de Chastinet. O artista tenta compartilhar o desejo pelo mistério, que é instigar em quem vê a busca pelas possibilidades que a imagem traz. Chastinet assume o que encontra de bizarro, tosco, fantástico, vivo e cru.

Isleudo Soares
É artista, educador, fotografo, desenhista e grafiteiro. 
 Foi um dos artistas a pintar os muros da Rua Agerson Tabosa, considerada a primeira rua adotada de Fortaleza.

Sobre a Escola MaisDesign
A Escola surgiu em 2008 e tem como objetivo treinar e capacitar profissionais que trabalham com design. A escola apresenta cursos de design de interiores, arquitetura e outros.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti