Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

o Caboré

Shows gratuitos do humorista Gil Soares, o Caboré, chegam a Baturité e Pacoti a partir desta sexta (31) e sábado (1°)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Maio de 2019

O projeto, que visa tornar itinerante e acessível o espetáculo “As Caras do Cabra”, já contemplou comunidades da periferia de Fortaleza e agora diverte cidades do interior com pouco acesso ao humor

Na próxima sexta-feira (31), o humorista cearense Gil Soares, o Caboré, dá continuidade ao seu projeto de shows gratuitos no interior do Estado em municípios com pouco acesso a esse tipo de entretenimento. O artista, que já levou o seu espetáculo “As Caras do Cabra” à Viçosa do Ceará, Meruoca e a comunidades da periferia de Fortaleza, chega agora a Baturité e Pacoti. As apresentações em Baturité acontecem nesta sexta-feira (31), no IFCE Baturité, às 15h30, e, no mesmo dia, no Balneário Itamaracá Clube de Baturité, às 19h30. A turnê segue depois para Pacoti, onde o humorista realiza os dois últimos shows do projeto, no Pátio Público Restaurante Mineiro, no sábado, 1° de junho, às 21 horas, e na Praça da Feira Livre de Pacoti, no domingo, 2 de junho, às 9 horas. A iniciativa tem o apoio do Governo do Estado do Ceará, através do XI Edital de Incentivo às Artes – Humor.

Em “As Caras do Cabra”, Gil Soares satiriza algumas situações do cotidiano e apresenta seus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens são feitas em palco e com interação da plateia. Assim, o público tem a oportunidade de se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos. Jovens, adultos, idosos, LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural são o público-alvo do show gratuito e livre de apelações.

Além desse amplo público-alvo, das apresentações em locais com pouco acesso ao humor e da gratuidade, o projeto diferencia-se por contar com um tradutor de libras em todos os shows, uma novidade nesse tipo de espetáculo, tornando-o ainda mais acessível.

“Por onde temos passado, a receptividade tem sido muito grande ao nosso projeto e isso nos motiva a querer continuar tornando o humor um entretenimento cada vez mais democrático e prazeroso para todos. Ver o sorriso estampado no rosto de uma forma geral na plateia, seja de crianças, adultos ou idosos, e a grande interação nas apresentações é um excelente balizador de que estamos no caminho certo e atingindo um público muito amplo com o remédio da alma, que é o riso”, analisa o humorista Gil Soares.

ESPETÁCULO “AS CARAS DO CABRA”

FICHA TÉCNICA

Texto/Direção: Gil Soares

Produção: Caboré Produções

Produção executiva: Carlos Araújo

Sonoplastia: Daniel Soares

Contra-Regra: Daniel Soares

Adereços: Cristiano Castro

Figurino: Mariana Carneiro

Fotografia: Márcia Melo

Projeto Gráfico: Jonny Santos

Assessoria de Comunicação: Carolina Lopes – (85) 98200 4855

Serviço:

Evento: Show de Humor “As Caras do Cabra”

Datas, locais e horários:

BATURITÉ

– 31 de Maio – Local: IFCE Baturité – Av. Ouvidor Vitóriano Soares Barbosa, 160 – às 15h30

– 31 de Maio – Local: Balneário Itamaracá Clube de Baturité – Rua Del. de Pol, R. Srg. Sebastião, 400 – às 19h30

PACOTI

– 01 de Junho – Pátio Público Restaurante do Mineiro – às 21h

– 02 de Junho – Praça da Feira Livre de Pacoti – às 9h

Entrada gratuita

Publicidade

Humorista Gil Soares, o Caboré, levará espetáculo inclusivo e democrático ao interior cearense

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Maio de 2019

Jovens, adultos, idosos, LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural são público-alvo do show gratuito e livre de apelações

Quem nunca ouviu a famosa piada do “pavê” nos almoços e ceias em família? Ou não lembra do Joãozinho, garoto atrevido que costumava figurar as anedotas dos anos 90? Nessa mesma época, piadas com mulheres, negros e gays eram comuns e ninguém questionava sobre isso, pelo contrário, riam e as repassavam sem o menor pudor. Porém o cenário mudou. O combate ao machismo, ao racismo e à homofobia fizeram com que esse tipo de piada não arranque mais os risos de outrora. A forma de “fazer humor” também mudou. Se antes os personagens eram os protagonistas do humor, há algum tempo o stand-up, o “humor de cara limpa”, é o que domina os palcos.

De Chico Anysio, Dercy Gonçalves, Mazzaropi, Jô Soares, Tom Cavalcante, passando pelos Os Trapalhões, Casseta e Planeta, Hermes e Renato, até chegar ao CQC, Portas dos Fundos, Tá no Ar, o humor viveu grandes momentos e profundas transformações, sendo alvo até mesmo de polêmicas e reflexões sobre o limite de suas abordagens. Recentemente, o humorista Danilo Gentili foi condenado a seis meses e 28 dias de detenção em regime semiaberto pelo crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) por publicar um vídeo em que, segundo a decisão do caso, ofendeu “a dignidade ou o decoro, atribuindo-lhe [a Maria do Rosário], alcunha ofensiva, bem como expôs, em tom de deboche, a imagem dos servidores públicos federais e a Câmara dos Deputados”. A opinião popular ficou dividida.

 “O humor é uma arte em constante evolução. Piadas de cinco anos atrás já não são consideradas engraçadas atualmente. Qual adulto de hoje não se divertiu pedindo para o amigo repetir várias vezes e rapidamente três palavras que resultavam numa frase engraçada? Hoje, as crianças não se divertem mais assim. E, dessa forma, o humor precisa ir evoluindo, junto com a realidade, com os valores, rotinas e bandeiras em que está inserido. É aquela história: se alguém se sente incomodado com uma piada, ela não vale mais. Parafraseando Chico Anysio, com o qual concordo plenamente: o melhor estilo de humor é o que faz rir”, reflete o humorista cearense Gil Soares, o “Caboré”, que no novo show apresenta-se também na versão stand-up e busca uma forma democrática e inclusiva de humor.

Em “As Caras do Cabra”, Gil satiriza algumas situações do cotidiano, e apresenta seus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens são feitas em palco e com interação da plateia. Assim, o público tem a oportunidade de se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos. O novo projeto do humorista, por meio de apoio do Governo do Estado do Ceará, através do XI Edital de Incentivo às Artes – Humor, torna esse espetáculo itinerante e levará para municípios cearenses com pouco acesso a esse tipo de arte, shows gratuitos e abertos à população.

Quatro cidades serranas do Ceará serão contempladas ao longo do mês de maio e início de junho: Viçosa do Ceará (16 de maio), Meruoca (17, 18 e 19 de maio), Baturité (31 de maio) e Pacoti (1 e 2 de junho). Além delas, Fortaleza já recebeu dois shows gratuitos, também abertos à comunidade. Ao todo, serão 11 apresentações, favorecendo um público estimado de 4 mil pessoas.

O humorista garante que conseguirá arrancar boas gargalhadas do público com artifícios que constituem um humor acessível e livre de apelação. “O bacana desse projeto é que pretendemos fomentar a cultura do humor cearense com recursos que não passam pela apelação ou conteúdos pornográficos, mas sim, pela utilização de piadas conectadas com os assuntos do momento, “tiradas”, anedotas e expressões populares. Esse é um dos motivos que faz com que o nosso público-alvo seja bastante amplo: são adolescentes (12-18 anos), adultos, idosos, jovens (15-29 anos), LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural”, destaca Gil.

“As Caras do Cabra” foi concebido a partir de experimentos, pesquisas e observações do cotidiano que Gil Soares vem fazendo ao longo de mais de 20 anos de sua empreitada cultural. Apresentando-se de cara limpa (estilo stand up comedy), e sem deixar de lado seus personagens, o humorista transita pelo universo cômico de vários tipos no seu espetáculo, renovado e atualizado. Dessa forma, antenado com as tendências e sem perder o foco, o artista mostra que é o “Cabra” e apresenta suas “Caras” e facetas no show que leva a molecagem cearense em sua essência.

ESPETÁCULO “AS CARAS DO CABRA”

FICHA TÉCNICA

Texto/Direção: Gil Soares

Produção: Caboré Produções

Produção executiva: Carlos Araújo

Sonoplastia: Daniel Soares

Contra-Regra: Daniel Soares

Adereços: Cristiano Castro

Figurino: Mariana Carneiro

Fotografia: Márcia Melo

Projeto Gráfico: Jonny Santos

Assessoria de Comunicação: Carolina Lopes – (85) 98200 4855

Serviço:

Show de Humor “As Caras do Cabra”

Datas, locais e horários:

VIÇOSA

– 16 de maio – Teatro Municipal de Viçosa – às 17h30

– 16 de maio – na Praça de Eventos da Igreja do Céu – às 20h30

MERUOCA

– 17 de maio – Clube do Distrito de Anil –  às 19h30

– 18 de maio – Auditório do Centro de Feiras e Eventos – às 20h30

– 19 de maio – Casa da Juventude do Distrito de São Francisco –  às 19h30

BATURITÉ

– 31 de Maio – Local: IFCE Baturité – Av. Ouvidor Vitóriano Soares Barbosa, 160 – às 15h30

– 31 de Maio – Local: Balneário Itamaracá Clube de Baturité – Rua Del. de Pol, R. Srg. Sebastião, 400 – às 19h30

PACOTI

– 01 de Junho – Pátio Público Restaurante do Mineiro – às 21h

– 02 de Junho – Praça da Feira Livre de Pacoti – às 9h

Entrada gratuita

Publicidade

Humorista Gil Soares, o “Caboré”, lança projeto de humor itinerante e gratuito

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de Abril de 2019


A iniciativa visa contemplar municípios do interior cearense com pouco acesso aos shows de humor

Democratizar o acesso ao humor, levando para o interior do Ceará shows que retratam o jeito alegre de ser do povo cearense, com a mesma estrutura e qualidade das apresentações realizadas para o público e turistas de Fortaleza e nas turnês Brasil afora. Essa é a proposta do novo projeto do humorista cearense Gil Soares, que, por meio de apoio do Governo do Estado do Ceará, através do XI Edital de Incentivo às Artes – Humor, tornou a sua apresentação “As Caras do Cabra” itinerante e levará, para municípios cearenses com pouco acesso a esse tipo de arte, shows gratuitos e abertos à população. Quatro cidades serranas do Ceará serão contempladas: Baturité, Pacoti, Meruoca e Viçosa do Ceará. Além delas, serão realizados dois shows gratuitos em Fortaleza, também abertos à comunidade. Ao todo, serão 10 apresentações, sendo duas em cada município, favorecendo um público estimado de 4 mil pessoas.

As apresentações iniciais acontecerão na capital: a primeira, no dia 2 de abril, no Cuca Mondubim, às 19 horas; e a segunda, no dia 3 de abril, no Centro Cultural do Bom Jardim (Teatro Marcos Miranda) , no mesmo horário. Ao longo do mês de maio, acontecerão os shows em Pacoti, Baturité, Meruoca e Viçosa.

“As Caras do Cabra” foi concebido a partir de experimentos, pesquisas e observações do cotidiano que Gil Soares vem fazendo ao longo de mais de 20 anos de sua empreitada cultural. Apresentando-se de cara limpa (estilo “stand up comedy”), e sem deixar de lado seus personagens, o humorista transita pelo universo cômico de vários tipos no seu espetáculo, renovado e atualizado. Dessa forma, antenado com as tendências e sem perder o foco, o artista mostra que é o “Cabra” e apresenta suas “Caras” e facetas no show que leva a molecagem cearense em sua essência.

Em “As Caras do Cabra”, Gil Soares satiriza algumas situações do cotidiano, e apresenta seus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens serão feitas em palco e com interação da plateia. Assim, o público irá se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos.

O humorista garante que conseguirá arrancar boas gargalhadas do público com artifícios que constituem um humor acessível e livre de apelação. “O bacana desse projeto é que pretendemos fomentar a cultura do humor cearense com recursos que não passam pela apelação ou conteúdos ponográficos, mas sim, pela utilização de piadas conectadas com os assuntos do momento, “tiradas”, anedotas e expressões populares. Esse é um dos motivos que faz com que o nosso público-alvo seja bastante amplo: são adolescentes (12-18 anos), adultos, idosos, jovens (15-29 anos), LGBT, mulheres, pessoas com deficiência e a população da zona rural”, destaca Gil.

O “Cabra”: Gil Soares

Ator, comediante, jornalista, redator, produtor. Tem mais vinte anos dedicados ao humor, dez destes, com a dupla Falido e Mal Pago. Gil tem experiências acumuladas no teatro e no audiovisual, incluindo televisão, passagem pelo cinema, campanhas publicitárias e participações em programas nacionais (Show do Tom, O Melhor do Brasil, Silvio Santos, Tudo é Possível, Domingo Legal, Programa da Sabrina, entre outros). Durante sete anos, trabalhou na TV Jangadeiro (afiliada ao SBT no Ceará) com o quadro “Os Malas” (em parceria com Bené Barbosa – o “Papudim”). Na mesma emissora, participou do programa humorístico “Botando Boneco” e do quadro “As Peripécias do Caboré” (no qual era responsável pela produção dos textos, roteiro, atuação e direção).

ESPETÁCULO “AS CARAS DO CABRA”

FICHA TÉCNICA

Texto/Direção: Gil Soares

Produção: Caboré Produções

Produção execuiva: Carlos Araújo

Sonoplastia: Daniel Soares

Contra-Regra: Daniel Soares

Adereços: Cristiano Castro

Figurino: Mariana Carneiro

Fotografia: Márcia Melo

Projeto Gráfico: Jonny Santos

Assessoria de Comunicação: Carolina Lopes – (85) 98200 4855

Serviço:

Evento: Show de Humor “As Caras do Cabra”

Data: 2 e 3 de abril

Horário: 19 horas

Local: 2 de abril – Cuca Mondubim

3 de abril – Centro Cultural do Bom Jardim (Teatro Marcos Miranda)

Entrada gratuita

Mais informações: (85) 99961 0065

Publicidade

Um espetáculo do riso

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

04 de julho de 2016

DSC_0323 - Cópia

Depois de rodar o Brasil fazendo o público rir, Gil Soares, o Caboré, lança o seu mais novo projeto intitulado “As Caras do Cara”. O ator e humorista cearense, que completará 20 anos de carreira em julho, celebrará esse momento apresentando-se de cara limpa, estilo stand up comedy, sem deixar de lado seus personagens. O evento, que contará com a participação especial de Jardeson Cavalcante (Titela), Edson Santo (Super Edson), Juan Bustamente (Juanito) e Talita Sá, será realizado no dia 12/07, a partir das 19h, no Cineteatro São Luiz. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Cineteatro, no valor de R$20,00 reais inteira e R$10,00 meia, mais 1Kg de alimento não perecível que será doado para a Associação O Pequeno Nazareno, que acolhe crianças e adolescentes em situação de rua.

O show “As Caras do Cabra” concebido a partir de experimentos, pesquisas e observações do cotidiano que o artista vem fazendo ao longo de mais de 20 anos de sua empreitada cultural, pretende  mostrar, sem perder o foco, que o artista é o “Cabra” e apresenta suas “Caras” e facetas no show que leva a molecagem cearense em sua essência, com os personagens, Caboré, Mestre Clarimundo e Suzana Pandora que marcaram a sua carreira. “Para essa apresentação busco satirizar algumas situações do cotidiano, e apresento meus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens serão feitas em palco, e com interação da plateia. Assim, o público irá se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos. Uma explícita e muito bem humorada manifestação do riso e da molecagem genuinamente cearense”, afirma Gil Soares.

Sem perder o humor Gil Soares pretende levar alegria também para os jovens da Associação O Pequeno Nazareno, doando parte do valor e alimentos arrecadados com o show.  “Minha relação com o social não cai de paraquedas na ocasião em que comemoro meus 20 anos de humor. Sempre estive contribuindo de forma direta ou indireta para uma sociedade mais igualitária e justa. Ao longo da minha trajetória artística, fiz inúmeras doações, eventos filantrópicos e trabalhei durante cinco anos como arte educador em uma Organização Não Governamental (ONG). Com missão de proporcionar às crianças e adolescentes, em situação de rua, meios para construção de sua cidadania, percorríamos alguns espaços em Fortaleza, em especial a Avenida Beira Mar, na época tinha a maior concentração desse público, fazíamos abordagem artística, lúdica e pedagógica. Com isso refletíamos sobre suas vidas, sobre seus deveres e direitos”, relata Gil Soares.

Trajetória

Gil Soares estreou sua carreira humorística no inicio da década de 1990, nos festivais de humor de Fortaleza. Formava dupla com seu amigo Didi Marques, interpretando os personagens Falido e Mal Pago. A ideia inicial era satirizar as duplas sertanejas, com paródias e caricaturas dos cantores. Com o passar do tempo, Falido e Mal Pago foi apresentando variadas performances, piadas, músicas, termos e expressões populares. A dupla acabou em 2005 e desde então Gil Soares passou a investir na sua carreira solo.

Personagens

– Caboré: matuto sabido reside na cidade grande há muito tempo, mas não perde suas origens. Com um jeito bem peculiar utiliza seu “cearencês”, ou seja, sotaque, dialeto e expressões populares do povo cearense para contar sua saga, suas peripécias;

– Mestre Clarimundo: se alto intitula de místico, exotérico, terapeuta holístico, mas não passa de um “charlatão” que envolve os “fiéis” com promessas de curas e prosperidades.  Neste show apresenta suas testemunhas para comprovar o quanto ele é poderoso;

– Suzana Pandora: gay emergente, conta sua saga, seus percalços até alcançar o sucesso, conquistado por meio de seu “talento musical”.

Convidados

Titela: figura desajeitada, interpretada pelo artor, humorista e roteirista Jardeson Cavalcante. Há mais de dez anos trabalhando com o riso, o humorista já participou de vários programas nacionais. Já atuou como repórter em programas de tv e se destacou como roteirista em 2013.

Superedson: personagem interpretado pelo bancário, Edson dos Santos Cardoso. Formado em administração pela Universidade Estadual do Ceará, o artista dá vida ao personagem  Superedson que está em cartaz há mais de cinco anos em Fortaleza com o espetáculo “Elas cansam Roberto”, em que apresenta uma sátira do show de Roberto Carlos. Com sua versatilidade ele canta parodias, conta piadas e apresenta hilárias situações do nosso cotidiano.

Juanito: personagem vivido por Juan Bustamente, que imita lindas vozes femininas (Simone, Maria Bethânia e Alcione). Ator, cantor e vencedor de um programa de humor de rede nacional. Em parceria, com o então humorista Edson Cardoso, o artista está há cinco anos em cartaz com o espetáculo “Elas Cansam Roberto”.

Talita Sá: revelação feminina do Stans up comedy, a artista já se apresentou em grandes festivais de humor.

Sobre a Associação O Pequeno Nazareno

A Associação O Pequeno Nazareno é uma organização não governamental sem fins lucrativos, especializada no trabalho com de crianças e adolescentes em situação de moradias nas ruas e suas famílias, com atendimento em Fortaleza, Recife, Manaus e militância em todo Brasil e na Europa.

 

Serviço

Evento: As Caras do Cara

Data: 12/07      Hora: a partir das 19h

Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500)

Ingresso: 20,00 inteira, 10,00 meia + 1Kg de alimento não perecível

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Um espetáculo do riso

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

04 de julho de 2016

DSC_0323 - Cópia

Depois de rodar o Brasil fazendo o público rir, Gil Soares, o Caboré, lança o seu mais novo projeto intitulado “As Caras do Cara”. O ator e humorista cearense, que completará 20 anos de carreira em julho, celebrará esse momento apresentando-se de cara limpa, estilo stand up comedy, sem deixar de lado seus personagens. O evento, que contará com a participação especial de Jardeson Cavalcante (Titela), Edson Santo (Super Edson), Juan Bustamente (Juanito) e Talita Sá, será realizado no dia 12/07, a partir das 19h, no Cineteatro São Luiz. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Cineteatro, no valor de R$20,00 reais inteira e R$10,00 meia, mais 1Kg de alimento não perecível que será doado para a Associação O Pequeno Nazareno, que acolhe crianças e adolescentes em situação de rua.

O show “As Caras do Cabra” concebido a partir de experimentos, pesquisas e observações do cotidiano que o artista vem fazendo ao longo de mais de 20 anos de sua empreitada cultural, pretende  mostrar, sem perder o foco, que o artista é o “Cabra” e apresenta suas “Caras” e facetas no show que leva a molecagem cearense em sua essência, com os personagens, Caboré, Mestre Clarimundo e Suzana Pandora que marcaram a sua carreira. “Para essa apresentação busco satirizar algumas situações do cotidiano, e apresento meus personagens com o requinte de um mestre de cerimônia. A transformação e/ou transição de tais personagens serão feitas em palco, e com interação da plateia. Assim, o público irá se deleitar com um show de piadas, músicas, danças e trejeitos. Uma explícita e muito bem humorada manifestação do riso e da molecagem genuinamente cearense”, afirma Gil Soares.

Sem perder o humor Gil Soares pretende levar alegria também para os jovens da Associação O Pequeno Nazareno, doando parte do valor e alimentos arrecadados com o show.  “Minha relação com o social não cai de paraquedas na ocasião em que comemoro meus 20 anos de humor. Sempre estive contribuindo de forma direta ou indireta para uma sociedade mais igualitária e justa. Ao longo da minha trajetória artística, fiz inúmeras doações, eventos filantrópicos e trabalhei durante cinco anos como arte educador em uma Organização Não Governamental (ONG). Com missão de proporcionar às crianças e adolescentes, em situação de rua, meios para construção de sua cidadania, percorríamos alguns espaços em Fortaleza, em especial a Avenida Beira Mar, na época tinha a maior concentração desse público, fazíamos abordagem artística, lúdica e pedagógica. Com isso refletíamos sobre suas vidas, sobre seus deveres e direitos”, relata Gil Soares.

Trajetória

Gil Soares estreou sua carreira humorística no inicio da década de 1990, nos festivais de humor de Fortaleza. Formava dupla com seu amigo Didi Marques, interpretando os personagens Falido e Mal Pago. A ideia inicial era satirizar as duplas sertanejas, com paródias e caricaturas dos cantores. Com o passar do tempo, Falido e Mal Pago foi apresentando variadas performances, piadas, músicas, termos e expressões populares. A dupla acabou em 2005 e desde então Gil Soares passou a investir na sua carreira solo.

Personagens

– Caboré: matuto sabido reside na cidade grande há muito tempo, mas não perde suas origens. Com um jeito bem peculiar utiliza seu “cearencês”, ou seja, sotaque, dialeto e expressões populares do povo cearense para contar sua saga, suas peripécias;

– Mestre Clarimundo: se alto intitula de místico, exotérico, terapeuta holístico, mas não passa de um “charlatão” que envolve os “fiéis” com promessas de curas e prosperidades.  Neste show apresenta suas testemunhas para comprovar o quanto ele é poderoso;

– Suzana Pandora: gay emergente, conta sua saga, seus percalços até alcançar o sucesso, conquistado por meio de seu “talento musical”.

Convidados

Titela: figura desajeitada, interpretada pelo artor, humorista e roteirista Jardeson Cavalcante. Há mais de dez anos trabalhando com o riso, o humorista já participou de vários programas nacionais. Já atuou como repórter em programas de tv e se destacou como roteirista em 2013.

Superedson: personagem interpretado pelo bancário, Edson dos Santos Cardoso. Formado em administração pela Universidade Estadual do Ceará, o artista dá vida ao personagem  Superedson que está em cartaz há mais de cinco anos em Fortaleza com o espetáculo “Elas cansam Roberto”, em que apresenta uma sátira do show de Roberto Carlos. Com sua versatilidade ele canta parodias, conta piadas e apresenta hilárias situações do nosso cotidiano.

Juanito: personagem vivido por Juan Bustamente, que imita lindas vozes femininas (Simone, Maria Bethânia e Alcione). Ator, cantor e vencedor de um programa de humor de rede nacional. Em parceria, com o então humorista Edson Cardoso, o artista está há cinco anos em cartaz com o espetáculo “Elas Cansam Roberto”.

Talita Sá: revelação feminina do Stans up comedy, a artista já se apresentou em grandes festivais de humor.

Sobre a Associação O Pequeno Nazareno

A Associação O Pequeno Nazareno é uma organização não governamental sem fins lucrativos, especializada no trabalho com de crianças e adolescentes em situação de moradias nas ruas e suas famílias, com atendimento em Fortaleza, Recife, Manaus e militância em todo Brasil e na Europa.

 

Serviço

Evento: As Caras do Cara

Data: 12/07      Hora: a partir das 19h

Local: Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500)

Ingresso: 20,00 inteira, 10,00 meia + 1Kg de alimento não perecível

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti