Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

prevenção

ICC e Instituto Avon se unem pela saúde do homem e da mulher neste domingo (29)

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

24 de outubro de 2017

Desta vez, o ICC fecha outubro com ação de conscientização sobre o câncer de mama e de próstata no Parque do Cocó, a partir das 8h30, com programação gratuita

Diferentemente dos anos anteriores, quando unia milhares de pessoas numa caminhada pela conscientização sobre o câncer de mama, o Instituto do Câncer do Ceará (ICC), em parceria com o Instituto Avon, resolveu terminar o mês com mais uma manhã de atividades no Parque do Cocó, neste domingo (29), a partir das 8h30.

Manhã inteira de informação

Em campanha inédita, que unifica a cons​cientização sobre o câncer de mama e de próstata, o Instituto de maior referência no tratamento contra o câncer no Norte e Nordeste programou uma manhã de Bate-papos com o mastologista Antônio de Pádua e o urologista Érico Diógenes, ambos profissionais da instituição. Os especialistas abordarão as questões que envolvem os dois tipos de cânceres, como diagnóstico, prevenção e tratamento, além de responderem a perguntas do público.

Também como parte da programação, o ‘Cocó Rosa & Azul: juntos por mais saúde!’ trará especialistas para abordar o tema ‘Autoestima & Qualidade de Vida & Enfrentamento do Câncer de mama e de próstata’ e um excelente Bate-papo sobre inspiração e superação com os pacientes que fazem parte do projeto Guerreiros ICC, programa voltado ao bem-estar de pacientes e ex-pacientes da instituição, além da realização de ações especialmente voltadas para o público infantil, como o “Jogo da Saúde”. E em conjunto, o Sesc disponibilizará, durante toda a manhã, a Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher, com profissionais que darão orientações sobre o exame de mamografia.

Lazer e entretenimento

Além de uma tenda preparada para expor e vender as novas t-shirts da campanha de modelos dryfit e com proteção UV, fará parte da programação um aulão de Dance Hits, e logo após, às 11 horas, um momento de descontração e muita alegria com a banda The Dillas, que promete colocar para dançar as milhares de pessoas esperadas.

Além da vasta programação do ‘Cocó Rosa & Azul: juntos por mais saúde!’, o evento se unirá às atividades oficiais do próprio parque que abrange aulas de zumba, yoga, biodança, capoeira, aeróbica, dança de salão e tai chi chuan, além de recreação infantil, contação de história, oficina de brinquedos recicláveis, gincanas e camas elásticas.

Segundo Vanessa Benigno, gerente de Marketing do ICC, o Cocó foi escolhido por ser um local que une famílias e atividades saudáveis. “Começamos o mês de outubro fazendo diferente, e terminaremos repetindo o sucesso. Nossa primeira experiência no Parque do Cocó foi maravilhosa, pois o ICC conseguiu passar esclarecimentos sobre o diagnóstico precoce com qualidade e para um público atento. O local, além de seguro e agradável, acolhe todas as pessoas que desejam curtir o domingo unindo família, lazer e informação”, explica a gerente.

Pedalando pela saúde

Para quem gosta de pedalar, a Pedal Fênix organizou o ‘Pedal – Juntos por mais saúde’, que partirá, às 7 horas, da rua Padre Guerra com Professor Anacleto (no estacionamento do Frangolândia da Parquelândia), fazendo uma parada no Parque do Cocó para hidratação e para participar das atividades organizadas pelo ICC, encerrando o percurso no mesmo local de partida. Para mais informações e aluguel de bike, pelo telefone 9.8547-9804.

Campanha continua durante novembro com atividades no ICC

A campanha unificada de conscientização sobre o câncer de mama e de próstata no Instituto do Câncer do Ceará envolverá ações com pacientes e acompanhantes durante o mês de novembro. Ações internas, como dicas de maquiagem, atividades que elevam a autoestima de pacientes, banco de perucas, coral e oficinas de lenço, dentre outras, estão programadas durante o período de conscientização.

Dados do câncer de mama e próstata

O Câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 28% dos novos casos a cada ano. É o segundo tipo mais frequente no mundo, depois do de pele não melanoma O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.

Já o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama e próstata continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados.

Câncer de Mama – Estimativa 2017 (Instituto Nacional de Câncer – INCA)

  • 57.960 novos casos no Brasil
  • 4.050 no Nordeste
  • 2.160 no Ceará
  • 860 em Fortaleza

Câncer de Próstata – Estimativa 2017 (Instituto Nacional de Câncer – INCA)

  • 61.200 novos casos no Brasil
  • 14.290 Nordeste
  • 2.550 no Ceará
  • 590 em Fortaleza

Centro de excelência em oncologia com atuação integral e multidisciplinar


Reunindo ensino, pesquisa e assistência, o Instituto do Câncer do Ceará (ICC) é um moderno centro de excelência para o tratamento integral do câncer, onde o paciente encontra uma rede de cuidados que abrange a Oncologia Clínica, a Cirurgia, a Radioterapia e a Quimioterapia, juntamente com serviços diagnósticos como Patologia, Biologia Molecular e Análises Clínicas, Radiologia e Diagnóstico por Imagem. Atualmente, o ICC conta com uma equipe de 150 médicos e 33 residentes, que fazem, junto com os colaboradores das diversas áreas, 24.000 atendimentos mensais.

A instituição é formada pelo Hospital Haroldo Juaçaba (HHJ), a Escola Cearense de Oncologia (ECO), o Centro Oncológico SãoMateus – ICC, o ICC BioLabs, – HUB de inovação tecnológico voltado para a área da saúde -, e a Casa Vida, que abriga pacientes vindos de outras cidades para realizar tratamento. No Hospital Haroldo Juaçaba, a assistência vai desde os exames preventivos e diagnósticos até os Cuidados Continuados, passando por terapêuticas individualizadas, com o apoio da mais avançada tecnologia.

Numa busca incessante pelo aprimoramento, as equipes multiprofissionais, enxergam o paciente em toda a sua complexidade, abordando, em cada caso, as dimensões físicas, sociais, emocionais e psicológicas. Isso significa que, ao entrar no ICC, o paciente é conectado a uma cadeia de médicos, enfermeiras, nutricionistas, assistentes sociais, fonoaudiólogas, psicólogos e fisioterapeutas – profissionais que o acompanham ao longo do tratamento, todo este feito em um só lugar.

ICC em números

Considerado um Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON), o Hospital Haroldo Juaçaba fechou o ano de 2016 com um total de 172.410 consultas realizadas, ou 14.368 consultas/mês. Foram 48.912 exames de imagem, sendo 4.076/mês, e 6.677 cirurgias/ano, com média mensal de 599, bem acima do ano anterior. Na Radioterapia, um total de 73.647 pacientes foram tratados, somando 6.137 sessões/mês. Para se ter uma ideia da cobertura oferecida ao longo dos 12 meses, o HHJ realizou 32.925 quimioterapias/ano, sendo 25.127 em benefício dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que perfazem 70% do público do ICC, uma instituição privada sem fins lucrativos, cuja missão é garantir o acesso ao que há de mais moderno, eficaz e seguro na área oncológica.

Serviço

‘Cocó Rosa & Azul: juntos por mais saúde!’

Data: 29 de outubro de 2017

Horário: a partir das 8h30

Local: Parque Ecológico do Cocó –  avenida Padre Antonio Tomás, s/n.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

HAPVIDA PROMOVE AÇÃO PELO FIM DA VIOLÊNCIA NESTE SÁBADO

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

25 de Janeiro de 2017

Com uma programação especial de exercícios físicos do Hapvida +1k, a ação busca promover o combate à violência em suas mais diversas formas

Até 2014, o Brasil registou 59.624 mil homicídios, um crescimento de mais de 20% em relação ao ano de 2003, de acordo com o Atlas da Violência 2016, desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FPSP). O estudo também destacou que a região Nordeste, seguida pela região Norte, possui as cidades com a maior escalada de violência no País.

Outro dado revelado pelo mesmo estudo é que, somente no ano de 2014, a violência contra a mulher resultou na morte de, pelo menos,  treze mulheres por dia, em todo o Brasil. Números que, de acordo com a pesquisa, infelizmente tendem a crescer e se agravar com os anos.

Para conscientizar toda a sociedade sobre a importância e urgência do empenho de todos no combate pacifico às mais diversas formas de violência, o projeto de assessoria esportiva gratuita Hapvida + 1k realiza, na manhã do próximo sábado (28), no Aterro da Praia de Iracema (próximo ao Ideal Clube), um circuito de atividades ao ar livre que contará com aulas ritmos, treinos de corridas, um profissional de psicologia, nutricionista e muitas outras atividades.

Ações como esta lembram que é possível combater a violência, que hoje está impregnada na sociedade de diversas formas, seja ela psicológica, social ou física. De acordo com Simone Varella, diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, lutar por uma cultura de paz é dever de todos e a mudança de comportamento deve ser diária. “A proposta desta ação é fomentar essa cultura de paz e combater as diversas formas de violência na sociedade, tendo consciência que o esporte também é um meio de socialização e harmonia entre as pessoas e contribui para um mundo mais pacífico”.

BENEFÍCIOS DA CORRIDA

Fortaleza foi a primeira cidade do país a receber a iniciativa do Hapvida +1k, atendendo cerca de 1.800 pessoas, com turmas pela manhã e noite, sempre com o acompanhamento de profissionais. O projeto também possui vagas para cadeirantes. Todos os praticantes têm o acompanhamento gratuito de profissionais de educação física para garantir melhor resultado e segurança na prática dos exercícios.

Correr fortalece o sistema imunológico e eleva a produção de células que atacam bactérias e vírus. O trabalho dessas células também é mais eficaz no momento em que o corpo está em atividade, quando elas circulam mais depressa pelo organismo. Há mais ligações de receptores de endorfina, um analgésico natural, em quem corre do que em praticantes de outras atividades físicas. Sem contar que o fato de conseguir evoluir um pouquinho a cada dia faz muito bem para a autoconfiança.

Em Fortaleza são seis pontos de encontro, distribuídos pela cidade:  Avenida Beira-Mar, Aeroporto, Avenida Bezerra de Menezes, Cambeba, Lago Jacarey e Parque do Cocó. A ideia é que cada pessoa comece do zero e chegue aos 5km de corrida, conquistando mais saúde e qualidade de vida. Mais informações: www.hapvida.com.br/mais1k.

SOBRE O HAPVIDA

Com 3,3 milhões de beneficiários, o Hapvida hoje se posiciona como a maior operadora de saúde do Norte e Nordeste. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente, são mais de 15 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 21 hospitais, 69 clínicas médicas, 18 unidades de prontos atendimentos, 66 unidades de diagnóstico por imagem e 58 postos de coleta laboratorial distribuídos em 11 estados onde a operadora atua com rede própria.

Serviço

Data: 28 de janeiro de 2017.

Local: Aterro da Praia de Iracema.

Horário: 06h as 09h da manhã.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Magis realiza palestras de prevenção ao câncer de próstata

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

06 de novembro de 2016

  Em parceria com o Sinduscon, a Construtora Magis realiza nos dias 09 e 11 de Novembro uma série de palestras preventivas para colaboradores sobre o câncer de próstata. As palestras ocorrem nas obras dos empreendimentos Moma e Lafitte.

A ação tem o intuito de conscientizar os colaboradores sobre a importância do diagnóstico precoce. Durante as palestras os colaboradores com mais de 40 anos receberão autorização para realizar consulta e exame preventivo com o urologista.

 

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Sinduscon-CE e Secretaria Municipal de Saúde firmam parceria para ações de combate à dengue

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

26 de Fevereiro de 2016

Prevenção ] Entidades lançam a Campanha Construção Unida Contra o Mosquito, que será realizada nas oficinas do Programa Qualidade de Vida do Sinduscon-CE

O setor da construção, através de suas entidades representativas, vem empreendendo diversos esforços no combate à dengue. Tendo em vista que os canteiros de obras estão presentes nos principais bairros, o Sindicato das Construtoras (Sinduscon-CE), em parceria com a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), lança a Campanha “Construção Unida Contra o Mosquito”, iniciativa de combate ao Aedes aegypti nos mais de 300 canteiros de obras espalhados pela Capital e Região Metropolitana.

A ação faz parte do calendário de atividades do Programa Qualidade de Vida na Construção (PQVC), projeto idealizado pelo Sinduscon-CE que há 13 anos para levar saúde, segurança, educação, capacitação, cultura e lazer aos trabalhadores da construção civil. O lançamento da edição 2016 acontece no próximo dia 1º de março, a partir das 07h30min, no empreendimento Esquina das Silvas, do Grupo BSPAR.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), será formada uma equipe de brigadistas dentro de cada canteiro, que atuarão como multiplicadores das instruções recebidas para a eliminação de focos da doença aos demais trabalhadores. A orientação inclui a inspeção dos locais de reprodução do mosquito, bem como dos sintomas e das medidas a serem tomadas em casos de suspeita de dengue, chikungunya e zika.

A campanha contará com um exército de mais de 80 mil homens que trabalham na construção civil na capital. “A ideia é mobilizar todo o setor para essa luta que só será vencida com a união de toda a sociedade”, declara o presidente do Sinduscon-CE, André Montenegro de Holanda.

Em 2016, além de ações de combate à dengue, o PQVC disponibiliza, em parceria com o SESI, oficinas de Motivação, Higiene Pessoal, Circuito Saúde e Ginástica Laboral. As ações acontecem dentro dos canteiros de obras, durante o horário de trabalho, com 1h de duração cada uma. “A preocupação da saúde no Programa Qualidade de Vida na Construção é tema primordial para os nossos operários. Queremos criar entre eles o hábito da prevenção de doenças, melhorando assim a qualidade de vida”, afirma Paula Frota, vice-presidente de Sustentabilidade do Sinduscon-CE.

Na Ginástica Laboral são oferecidas atividades físicas específicas para a função de cada trabalhador; a Motivação mostra a trajetória de atletas olímpicos que superaram as dificuldades e alcançaram o sucesso; o Circuito Saúde disponibiliza aferição de pressão e teste de glicemia, gratuitos; e a Higiene Pessoal aborda, através do teatro, a importância da limpeza para evitar doenças.

Copa da Construção e Dia Nacional da Construção Social 2016

Em março, começam as inscrições para a Copa da Construção 2016, campeonato de futebol 7 dos trabalhadores da construção civil. O evento esportivo é uma realização do Sinduscon-CE, através do Programa Qualidade de Vida, em parceria com a Federação Cearense de Futebol Sete, e reúne anualmente mais de 50 equipes formadas por operários-atletas. A competição segue com partidas semanais, durante as terças, quintas e sextas, de 19 às 21h. Cada empresa associada ao Sinduscon pode inscrever gratuitamente até três equipes, mas o atleta não pode participar em mais de uma equipe da mesma empresa. Em 2015 a equipe vencedora foi a da Sert Engenharia. O segundo lugar ficou com a construtora Mota Machado e, em terceiro lugar, a JSC Engenharia. Assim como nos anos anteriores, a final está prevista para acontecer durante o Dia Nacional da Construção Social, agendado para o dia 27 de agosto, no SESI da Parangaba.

Sobre o Programa Qualidade de Vida na Construção

O Programa Qualidade de Vida na Construção foi criado em 2003 para levar saúde, segurança, educação, capacitação, cultura e lazer aos trabalhadores da construção civil. Visa ainda valorizar os operários, desenvolvendo sua autoestima através de ações focadas na melhoria da qualidade de vida. Em 13 anos, a iniciativa já realizou aproximadamente 1200 oficias, beneficiando mais de 100 mil operários.

Ao longo dos anos, foram realizadas apresentações de teatro de bonecos, oficinas e palestras com enfoque no uso correto de equipamentos de segurança, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, combate à dengue, autoestima, orçamento familiar, preservação do meio ambiente, atividades esportivas, atendimentos médicos, dentre outros.

SERVIÇO:

Lançamento do Programa Qualidade de Vida na Construção 2016

Dia 1º de março (terça-feira)

Às 07h30min

Empreendimento Esquina das Silvas: Rua Silva Jatahy, 85 – Meireles.

Informações: Suyane Melo (85) 98765-8946

Publicidade

Sede do Sistema FIEC está iluminada de rosa em alusão ao Outubro Rosa

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

06 de outubro de 2015

predio fiec outubro rosa 2015

O prédio da Casa da Indústria, sede do Sistema FIEC, será iluminado todas as noites com a cor rosa durante o mês de outubro em alusão ao movimento mundial Outubro Rosa, que chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Como forma de contribuir para o tema, o SESI/CE lançou dia 25 de setembro, na FIEC, a Campanha Outubro Rosa e Novembro Azul. A iniciativa promoverá nas indústrias cearenses ações de prevenção do câncer de mama e próstata, nos meses de outubro e novembro. O trabalho será feito por meio de unidades móveis equipadas para o atendimento ginecológico (mais exame de prevenção) e de urologia (com exame do toque) com médicos e enfermeiros. Haverá, ainda, nas empresas, ações educativas e de conscientização com palestras, oficinas e  distribuição de material informativo.

Para a médica do trabalho do SESI/CE, Edilma Mendonça, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 20,8% dos casos novos a cada ano. No Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, em razão da doença ainda ser diagnosticada em estágios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos da doença é de 61%. “Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom”, destaca.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa para 2014 de incidência de novos casos de câncer de mama no Ceará era de cerca de 44,78 para cada grupo de 100 mil mulheres, o que representa 2.060 casos.

Já o câncer de próstata, no país, é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. “É considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos”, destaca Edilma. Para 2014, no Ceará, a estimativa do INCA era de 53,69 homens acometidos com a doença para cada grupo de 100 mil, um total de 2.350.

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Sede do Sistema FIEC está iluminada de rosa em alusão ao Outubro Rosa

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

06 de outubro de 2015

predio fiec outubro rosa 2015

O prédio da Casa da Indústria, sede do Sistema FIEC, será iluminado todas as noites com a cor rosa durante o mês de outubro em alusão ao movimento mundial Outubro Rosa, que chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Como forma de contribuir para o tema, o SESI/CE lançou dia 25 de setembro, na FIEC, a Campanha Outubro Rosa e Novembro Azul. A iniciativa promoverá nas indústrias cearenses ações de prevenção do câncer de mama e próstata, nos meses de outubro e novembro. O trabalho será feito por meio de unidades móveis equipadas para o atendimento ginecológico (mais exame de prevenção) e de urologia (com exame do toque) com médicos e enfermeiros. Haverá, ainda, nas empresas, ações educativas e de conscientização com palestras, oficinas e  distribuição de material informativo.

Para a médica do trabalho do SESI/CE, Edilma Mendonça, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 20,8% dos casos novos a cada ano. No Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, em razão da doença ainda ser diagnosticada em estágios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos da doença é de 61%. “Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom”, destaca.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa para 2014 de incidência de novos casos de câncer de mama no Ceará era de cerca de 44,78 para cada grupo de 100 mil mulheres, o que representa 2.060 casos.

Já o câncer de próstata, no país, é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. “É considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos”, destaca Edilma. Para 2014, no Ceará, a estimativa do INCA era de 53,69 homens acometidos com a doença para cada grupo de 100 mil, um total de 2.350.

* postado por Oswaldo Scaliotti