Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Rafael Limaverde

Ypióca entra no clima de festa junina com a campanha “Se tem São João, tem Ypióca”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Maio de 2018

 
 
O destaque da campanha é a edição comemorativa das latas de Ypióca com ilustrações de quatro artistas. O artista plástico Rafael Limaverde criou a embalagem que representa o Ceará
O São João é uma das grandes tradições do Nordeste e a Ypióca, marca tradicionalmente nordestina, reforça essa raiz ao lançar a campanha especial de São João. Um dos destaque é a edição comemorativa das latas de Ypióca que contam com ilustrações exclusivas co-criadas entre a agência de branding FutureBrand e quatro artistas regionais: Rafael Limaverde, radicado no Ceará; Chico Shiko, paraibano; Bel Andrade Lima, pernambucano; e Andrea Ebert, do Rio Grande do Norte. 
 
Além disso, a assinatura habitual da marca “Se tem Ypióca, tem história” também se adapta ao momento e será substituída no período por “Se tem São João, tem Ypióca”. Esta irá compor todo o desdobramento da campanha que vai acontecer nos estados do CE, RN, PE e PB com peças para pontos de venda, ambiente digital, outdoors, aeroportos e rádios. A marca também estará presente como patrocinadora dos principais eventos do Nordeste, como o São João de Caruaru e Campina Grande. 
 
Os Estados escolhidos para serem representados nas ilustrações promovem as maiores festas de São João da Região. O Ceará, além de realizar tradicionais festejos, é sede da Ypióca. As latas ilustradas estão disponíveis nos principais pontos de venda do CE, RN, PE e PB; cada uma chega ao mercado com o preço sugerido de R$ 4,00 e contém 350ml de Ypióca Prata. 
 
Nordeste em ilustrações
Rafael Limaverde diz que retratou em sua ilustração o imaginário do Nordeste a partir de símbolos que representam o São João, como a fauna e a flora do sertão e a arquitetura popular. “Tudo isso como cenário para a Banda Cabaçal”, reforça o artista ao mencionar o destaque de sua criação, uma das bandas típicas da região. 
 
Inspirado pelo sentimento que o faz voltar ao sertão paraibano, onde viveu até 20 anos, durante os festejos juninos, Shiko reforça sua inspiração. “Eu posso até sair do sertão, mas o sertão não sai de mim. O forró, o São João, as quadrilhas juninas são elementos formadores da identidade sertaneja. O junino permeia o meu cotidiano paraibano o ano inteiro, na comida, na música, no misticismo e no forró. Ah, o forró … nunca dancei direito”, relata Shiko. 
 
A pernambucana Bel Andrade conta como a festa a inspirou: “Para mim, e para qualquer pernambucano que se preze, São João é sinônimo de música boa, comida gostosa, milho assado, pé-de-moleque, fogueira, quadrilha, bandeirinhas, noite estrelada, cachaça, fogos e muita fumaça. No mês de junho, ninguém consegue ficar alheio aos festejos. Pernambuco respira São João!”. 
 
A saia da moça que se transforma na roda da quadrilha, as bandeirolas e os balões que dão brilho à noite de São João estão entre as inspirações da arte de Andrea Ebert. Bem como a linguagem do cordel nas letras das músicas, o zig zag da costura no tecido e os movimentos da sanfona e dos casais na quadra de dança. Andrea cita ainda a padronagem da palha do chapéu do matuto. “Lembrei também das viagens que fazia pelo interior do Rio Grande do Norte no período das festas juninas. Todas as casas tinham uma fogueira na frente que iluminava a rua e as fachadas coloridas das casas”, ressalta.
 
Evento de lançamento da campanha “Se tem Ypióca, tem São João”
O evento de lançamento da campanha de Ypióca especial de São João “Se tem São João, tem Ypióca” aconteceu ontem (17/05) no Arre Égua Bar e Restaurante – bar e vila temática com aspectos do sertão cearense. Participaram da noite, o cantor Waldonys; o artista plástico Rafael Limaverde, que na oportunidade fez  em painel pintura ao vivo; e o trio pé de serra Forró Os Januários. O cardápio foi assinado pela chef Vangêla Régia, conhecida como Van. 
 
Sobre Diageo 
A DIAGEO é líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de marcas nas categorias de bebidas destiladas, vinhos e cervejas. Essas marcas incluem SMIRNOFF, JOHNNIE WALKER, YPIÓCA, GUINNESS, BAILEYS, CIROC, TANQUERAY e NEGA FULÔ entre outras. A DIAGEO é uma empresa multinacional que opera em 180 países no mundo inteiro. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a DIAGEO, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.DIAGEO.com. Para informações sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas, acessewww.DrinkiQ.com.br.  
 
Para mais informações sobre a DIAGEO, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.DIAGEO.com.br. Saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DrinkiQ.com.br.
 
Se beber não dirija. Não compartilhar com menores de 18 anos.
Publicidade

Artistas pintam e ocupam a cidade de Aracati com oficinas e intervenções urbanas

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

07 de Fevereiro de 2017

 

A 1ª edição do projeto “Conexões Aracati” acontece entre os dias 7 e 11 de fevereiro, em Aracati, com a presença dos artistas Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde, Maíra Ortins e demais convidados para a realização de residência artística 

 

Para colorir e fazer arte no litoral. A 1ª edição do projeto “Conexões Aracati” promete sacudir a cidade de Aracati e demais municípios da região com a realização de diversas atividades entre os dias 7 e 11 de fevereiro. Uma residência artística com a presença dos artistas Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde e demais convidados(as), além de diálogos e formações com os grafiteiros locais, pinturas de murais nas ruas, rodas de conversa e uma noite de música e livepainting (pintura ao vivo). As intervenções artísticas se darão nas ruas da cidade, um encontro da arte urbana com a memória e a história local, uma ação de valorização da riqueza arquitetônica e de fortalecimento da cultura local. A arte promovendo um “novo” olhar da população de Aracati com o seu legado material.

 

A programação conta com a realização de oficina “Arte urbana no grafite” nos dias 07 e 08 de fevereiro (terça e quarta-feira), inicialmente, em Canoa Quebrada no Polo de Lazer de Canoa Quebrada de 08h às 12h e de 13h às 17h e segue em com aulas práticas – os alunos estarão em vivência com os artistas em Aracati. A atividade tem carga horária de 40h/a e a proposta é atender 10 adolescentes/jovens das comunidades periféricas de Canoa Quebrada, locais onde já estão sendo promovidas intervenções pelo artista Stefano Libertini juntamente com o apoio de outros locais.

Além da oficina, a população vivenciará, através de diversas intervenções urbanas, uma explosão de cores etintas, podendo acompanhar, ao vivo e na rua, a construção de grandes murais pela cidade. A ideia é que cada um dos três artistas – Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde – pinte um grande muro e a cidade ganhe esse legado. As intervenções nos murais acontecem nos dias 09, 10 e 11 de fevereiro de (quinta a sábado) nas principais vias da cidade.

E para animar a sexta-feira, vai ter pintura ao vivo nas ruas da cidade – o LIVEPAINTING CONEXÕES acontece no dia 10/02 (Sexta-feira) de 17h às 22h com diversas atividades de graffiti, música, feirinha de artesanato e atividades infantis. Dentro da programação, espaço também para bate-papo e interação com artistas locais. O projeto promove, no dia 11/02 (sábado) às 09h no Jardim da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati, uma roda de conversa sobre “Arte urbana e suas conexões” com a mediação da artista Maíra Ortins.

 

O “Conexões Aracati” conta com a produção do Instituto Assum Preto e Apoio Cultural da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult.

PROGRAMAÇÃO: 7 a 11 de janeiro

OFICINA “ARTE URBANA NO GRAFITE”

Dias: 07 e 08/02 (terça e quarta-feira)

Local: Polo de Lazer de Canoa Quebrada. Rua Dragão do Mar.

Horário: 08h às 12h e 13h às 17h.

Público-alvo: Adolescentes, jovens e artistas de Canoa Quebrada/ Aracati.

INTERVENÇÕES MURAIS

Dias: 09, 10 e 11/02 (quinta a sábado)

Local: Ruas de Aracati

Artistas: Narcélio Grud, Rafael Limaverde e Stefano Libertini.

LIVEPAINTING CONEXÕES

Dia: 10/02 (Sexta-feira)

Horário: 17h às 22h

Atividades: graffiti, música, feirinha de artesanato e atividades infantis.

RODA DE CONVERSA “Arte urbana e suas conexões”

Dia: 11/02 (Sábado)

Horário: 09h

Local: Jardim da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati.

Participantes: Narcélio Grud, Rafael Limaverde e Stefano Libertini

Mediação: Maíra Ortins.

CONHEÇA OS ARTISTAS:

Narcélio GRUD

Narcélio Grud nasceu e vive em Fortaleza, Ceará. Apaixonado pela cinética, seus trabalhos têm uma relação explícita com o movimento que, às vezes é resultado de interações com o ambiente, como no caso das instalações eólicas realizadas pelo artista na orla da praia em Fortaleza. Outras vezes, o movimento da obra é resultado da interatividade com o público, como nas recentes esculturas sonoras. Narcélio é um artista-inventor que cria objetos animados, trabalhando tanto em grandes projetos para parques e praças, como na escala humana dos instrumentos musicais e bicicletas.

Rafael Limaverde

Nascido em Belém e naturalizado cearense, começou sua carreira como cartunista e ilustrador editorial. Paralelo a carreira como ilustrador, passa a trabalhar de forma autodidata como xilogravurista onde, no ano 2000 fez sua primeira exposição de gravura intitulada “Xilofagia” e que contava com 14 impressões cujo o tema eram figuras e manifestações do universo sertanejo. Em 2004 entrou para o IFCE onde formou-se no ano de 2009 em Artes visuais. Fez parte do Grupo Acidum, atualmente trabalha com design, xilogravura, intervenção urbana e ilustração de livros infantis. Participou de várias exposições no Ceará, incluindo Salão de Abril, Salão dos Novos, Salão de Sobral, Bienal Internacional de Gravura do Ceará e Unifor Plástica. Já percorreu a América Latina do México à Argentina de bicicleta, numa jornada solitária de superação e auto-conhecimento. 

Stefano Libertini

Nascido em Pescara em 1963, Diploma de Liceo Artistico em Verona Italia em 1981, Diploma da Academia de belas Artes de Urbino Italia em 1987. Trabalha em Comunicaçao grafica publicitaria em Milao Italia 1987 a 1999 como ilustrador diagramador de revistas e vinhetista satirico. Organizaçao e produçao das exposicoes e representaçoes do Grupo de Performance Artistica RE Action em Milao Italia 1997 \ 1998. Organizaçao e produçao das exposiçoes do Grupo NewPop Milao Italia 1999. Colabora na Produçao e Organizaçao das Jornadas Municipais de Ocio e Cultura de a Ciudade de La Laguna Tenerife Espanha 2002. Produção de Oficinas de Palhaços em Casa SocioCultural Tahime Tenerife Espanha 2003\2004. Colabora no Espectaculo MediaMente di Raul Rosales en La Laguna  2004. Produçao de montagem, representaçao e circulaçao do espectaculo Arrikiclown Tenerife Espanha 2005. Participa de varias oficinas na Espanha entre elas se gradua com dois Master Degrees na Noveau Clown Institute de Barcelona com monitores como Jango Edwards USA, Johnny MelvilleUK, Jeff Johns Mex. Chega no Brasil em 2008 começa com trabalhos de decoração e mural,pintura e alto relevo na cidade de Aracati Ceará.

 

Maíra Ortins

Maíra Ortins, cidade do Recife, 07 de outubro de 1980. Possui Graduação em Letras – Licenciatura em Português/Literatura em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Ceará (2006). De 1995 a 1998, estudou desenho, pintura e escultura em argila pela Escola de Arte do Recife. Tem formação em gravura pelo Instituto Dragão do Mar. De 2005 a 2008 foi diretora da Galeria Antonio Bandeira. Entre 2008 a 2012 foi Coordenadora de Artes Visuais da Secultfor – Secretaria de Cultura de Fortaleza. Participou de vários salões e exposições coletivas e individuais pelo Brasil e exterior. Fez individual em Barcelona e Madrid, Espanha em 2011. Individual em Nürnberg, Alemanha, 2012. Ambivalencia del Cuerpo Imaginário (com Cirenaica Moreira), cidade de Havana, Cuba, 2013. Residência artística em Recife, no Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães – MAMAM, 2012. Residência artística em Valência, Espanha, dezembro a março de 2014-2015, pelo programa de bolsas de intercambio cultural Conexão Cultural Brasil – minc. Residência artística em Recife, na Semana de Artes Visuais – SPA, 2009. Prêmio de pesquisa em artes visuais DERIVA – pelo IX Edital de Incentivo às Artes da Secult -CE- Brasil, 2014. Prêmio desenho Unifor Plástica, 2009. Exposição individual no Espaço Cultural dos Correios de Fortaleza, em 2009. Sua obra consta em acervos importantes de museus brasileiros e em instituições públicas no estrangeiro. Tais como: Galeria Graça Landeira, Belém do Pará -Brasil; Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fortaleza -Brasil; Centro del Estudios Jiloca Teruel – Espanha; Graphic Art Gallery, Varna -Bulgária; Asociacion de artistas graficos Luiza Palácios – Venezuela; Universidade The Iowa – USA; Centre Catolic/ Institut de Cultura de Ciudad D’Olot – Espanha; Art Museum Timisoara -Romênia; Museu Nacional de La Paz – Bolívia.

Publicidade

Artistas pintam e ocupam a cidade de Aracati com oficinas e intervenções urbanas

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

07 de Fevereiro de 2017

 

A 1ª edição do projeto “Conexões Aracati” acontece entre os dias 7 e 11 de fevereiro, em Aracati, com a presença dos artistas Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde, Maíra Ortins e demais convidados para a realização de residência artística 

 

Para colorir e fazer arte no litoral. A 1ª edição do projeto “Conexões Aracati” promete sacudir a cidade de Aracati e demais municípios da região com a realização de diversas atividades entre os dias 7 e 11 de fevereiro. Uma residência artística com a presença dos artistas Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde e demais convidados(as), além de diálogos e formações com os grafiteiros locais, pinturas de murais nas ruas, rodas de conversa e uma noite de música e livepainting (pintura ao vivo). As intervenções artísticas se darão nas ruas da cidade, um encontro da arte urbana com a memória e a história local, uma ação de valorização da riqueza arquitetônica e de fortalecimento da cultura local. A arte promovendo um “novo” olhar da população de Aracati com o seu legado material.

 

A programação conta com a realização de oficina “Arte urbana no grafite” nos dias 07 e 08 de fevereiro (terça e quarta-feira), inicialmente, em Canoa Quebrada no Polo de Lazer de Canoa Quebrada de 08h às 12h e de 13h às 17h e segue em com aulas práticas – os alunos estarão em vivência com os artistas em Aracati. A atividade tem carga horária de 40h/a e a proposta é atender 10 adolescentes/jovens das comunidades periféricas de Canoa Quebrada, locais onde já estão sendo promovidas intervenções pelo artista Stefano Libertini juntamente com o apoio de outros locais.

Além da oficina, a população vivenciará, através de diversas intervenções urbanas, uma explosão de cores etintas, podendo acompanhar, ao vivo e na rua, a construção de grandes murais pela cidade. A ideia é que cada um dos três artistas – Stefano Libertini, Narcélio Grud, Rafael Limaverde – pinte um grande muro e a cidade ganhe esse legado. As intervenções nos murais acontecem nos dias 09, 10 e 11 de fevereiro de (quinta a sábado) nas principais vias da cidade.

E para animar a sexta-feira, vai ter pintura ao vivo nas ruas da cidade – o LIVEPAINTING CONEXÕES acontece no dia 10/02 (Sexta-feira) de 17h às 22h com diversas atividades de graffiti, música, feirinha de artesanato e atividades infantis. Dentro da programação, espaço também para bate-papo e interação com artistas locais. O projeto promove, no dia 11/02 (sábado) às 09h no Jardim da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati, uma roda de conversa sobre “Arte urbana e suas conexões” com a mediação da artista Maíra Ortins.

 

O “Conexões Aracati” conta com a produção do Instituto Assum Preto e Apoio Cultural da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult.

PROGRAMAÇÃO: 7 a 11 de janeiro

OFICINA “ARTE URBANA NO GRAFITE”

Dias: 07 e 08/02 (terça e quarta-feira)

Local: Polo de Lazer de Canoa Quebrada. Rua Dragão do Mar.

Horário: 08h às 12h e 13h às 17h.

Público-alvo: Adolescentes, jovens e artistas de Canoa Quebrada/ Aracati.

INTERVENÇÕES MURAIS

Dias: 09, 10 e 11/02 (quinta a sábado)

Local: Ruas de Aracati

Artistas: Narcélio Grud, Rafael Limaverde e Stefano Libertini.

LIVEPAINTING CONEXÕES

Dia: 10/02 (Sexta-feira)

Horário: 17h às 22h

Atividades: graffiti, música, feirinha de artesanato e atividades infantis.

RODA DE CONVERSA “Arte urbana e suas conexões”

Dia: 11/02 (Sábado)

Horário: 09h

Local: Jardim da Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Aracati.

Participantes: Narcélio Grud, Rafael Limaverde e Stefano Libertini

Mediação: Maíra Ortins.

CONHEÇA OS ARTISTAS:

Narcélio GRUD

Narcélio Grud nasceu e vive em Fortaleza, Ceará. Apaixonado pela cinética, seus trabalhos têm uma relação explícita com o movimento que, às vezes é resultado de interações com o ambiente, como no caso das instalações eólicas realizadas pelo artista na orla da praia em Fortaleza. Outras vezes, o movimento da obra é resultado da interatividade com o público, como nas recentes esculturas sonoras. Narcélio é um artista-inventor que cria objetos animados, trabalhando tanto em grandes projetos para parques e praças, como na escala humana dos instrumentos musicais e bicicletas.

Rafael Limaverde

Nascido em Belém e naturalizado cearense, começou sua carreira como cartunista e ilustrador editorial. Paralelo a carreira como ilustrador, passa a trabalhar de forma autodidata como xilogravurista onde, no ano 2000 fez sua primeira exposição de gravura intitulada “Xilofagia” e que contava com 14 impressões cujo o tema eram figuras e manifestações do universo sertanejo. Em 2004 entrou para o IFCE onde formou-se no ano de 2009 em Artes visuais. Fez parte do Grupo Acidum, atualmente trabalha com design, xilogravura, intervenção urbana e ilustração de livros infantis. Participou de várias exposições no Ceará, incluindo Salão de Abril, Salão dos Novos, Salão de Sobral, Bienal Internacional de Gravura do Ceará e Unifor Plástica. Já percorreu a América Latina do México à Argentina de bicicleta, numa jornada solitária de superação e auto-conhecimento. 

Stefano Libertini

Nascido em Pescara em 1963, Diploma de Liceo Artistico em Verona Italia em 1981, Diploma da Academia de belas Artes de Urbino Italia em 1987. Trabalha em Comunicaçao grafica publicitaria em Milao Italia 1987 a 1999 como ilustrador diagramador de revistas e vinhetista satirico. Organizaçao e produçao das exposicoes e representaçoes do Grupo de Performance Artistica RE Action em Milao Italia 1997 \ 1998. Organizaçao e produçao das exposiçoes do Grupo NewPop Milao Italia 1999. Colabora na Produçao e Organizaçao das Jornadas Municipais de Ocio e Cultura de a Ciudade de La Laguna Tenerife Espanha 2002. Produção de Oficinas de Palhaços em Casa SocioCultural Tahime Tenerife Espanha 2003\2004. Colabora no Espectaculo MediaMente di Raul Rosales en La Laguna  2004. Produçao de montagem, representaçao e circulaçao do espectaculo Arrikiclown Tenerife Espanha 2005. Participa de varias oficinas na Espanha entre elas se gradua com dois Master Degrees na Noveau Clown Institute de Barcelona com monitores como Jango Edwards USA, Johnny MelvilleUK, Jeff Johns Mex. Chega no Brasil em 2008 começa com trabalhos de decoração e mural,pintura e alto relevo na cidade de Aracati Ceará.

 

Maíra Ortins

Maíra Ortins, cidade do Recife, 07 de outubro de 1980. Possui Graduação em Letras – Licenciatura em Português/Literatura em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Ceará (2006). De 1995 a 1998, estudou desenho, pintura e escultura em argila pela Escola de Arte do Recife. Tem formação em gravura pelo Instituto Dragão do Mar. De 2005 a 2008 foi diretora da Galeria Antonio Bandeira. Entre 2008 a 2012 foi Coordenadora de Artes Visuais da Secultfor – Secretaria de Cultura de Fortaleza. Participou de vários salões e exposições coletivas e individuais pelo Brasil e exterior. Fez individual em Barcelona e Madrid, Espanha em 2011. Individual em Nürnberg, Alemanha, 2012. Ambivalencia del Cuerpo Imaginário (com Cirenaica Moreira), cidade de Havana, Cuba, 2013. Residência artística em Recife, no Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães – MAMAM, 2012. Residência artística em Valência, Espanha, dezembro a março de 2014-2015, pelo programa de bolsas de intercambio cultural Conexão Cultural Brasil – minc. Residência artística em Recife, na Semana de Artes Visuais – SPA, 2009. Prêmio de pesquisa em artes visuais DERIVA – pelo IX Edital de Incentivo às Artes da Secult -CE- Brasil, 2014. Prêmio desenho Unifor Plástica, 2009. Exposição individual no Espaço Cultural dos Correios de Fortaleza, em 2009. Sua obra consta em acervos importantes de museus brasileiros e em instituições públicas no estrangeiro. Tais como: Galeria Graça Landeira, Belém do Pará -Brasil; Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fortaleza -Brasil; Centro del Estudios Jiloca Teruel – Espanha; Graphic Art Gallery, Varna -Bulgária; Asociacion de artistas graficos Luiza Palácios – Venezuela; Universidade The Iowa – USA; Centre Catolic/ Institut de Cultura de Ciudad D’Olot – Espanha; Art Museum Timisoara -Romênia; Museu Nacional de La Paz – Bolívia.