Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Selo Casa Azul

C. Rolim Engenharia recebe Selo Casa Azul da Caixa Econômica Federal

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de outubro de 2018

A C. Rolim Engenharia é a primeira construtora cearense a receber o Selo Casa Azul Nível Ouro da Caixa Econômica Federal. A honraria, concedida a projetos habitacionais financiados pelo banco que adotam soluções sustentáveis, foi entregue nesta sexta-feira (28) em reconhecimento ao trabalho realizado no empreendimento residencial Terraços do Bosque. Na ocasião também foi firmado o financiamento da Caixa para a construção do imóvel, localizado no bairro São Gerardo.

A sustentabilidade é um dos pilares da estrutura de negócio da C. Rolim Engenharia, que realiza diversos projetos nesse sentido. “Nós não fizemos nenhum esforço adicional ou que tenha custos adicionais para nos encaixarmos nos critérios do Selo. Portanto foi uma ratificação do nosso procedimento. Nós não tivemos que criar ou refazer nossa maneira de agir, pensar e construir para se adaptar ao selo, apenas o Selo identificou que a maneira como nós efetivamente trabalhamos já merece reconhecimento”, explica Pio Rodrigues Neto, presidente da construtora.

O Selo Casa Azul soma-se a outras certificações que a C. Rolim Engenharia acumula com as ações em prol do meio ambiente realizadas ao longo dos anos. O empreendimento Paço das Águas foi o primeiro residencial do Brasil a receber a certificação LEED for Core&Shell, do U.S Green Building Council e, pelo trabalho conjunto realizado pela construtora, a C. Rolim foi a primeira empresa a receber o certificado Fator Verde Construção, concedido pela Prefeitura de Fortaleza.

Com o Selo Casa Azul, 0,5% da taxa de financiamento da Caixa para o empreendimento é abatida ao ano, o que contribui para a manutenção do ciclo sustentável da C. Rolim Engenharia. É o que explica Pio Rodrigues Neto, ao reforçar que a sustentabilidade é necessária e não é onerosa: “A C. Rolim entende a sustentabilidade não como um modismo, mas como uma tendência inexorável do mundo moderno que o cliente vai cada vez mais cobrar. E como a sustentabilidade é um dos nossos pilares enquanto empresa, esse valor abatido do Selo Casa Azul, em termos financeiros, cobre todas as despesas do ano do nosso compromisso verde com a cidade”.

Desde 2009, o programa Compromisso Verde planta uma árvore a cada metro quadrado de terreno adquirido para edificação das obras e, em comemoração ao aniversário de 40 anos da construtora, em 2017, a C. Rolim Engenharia comprometeu-se a efetuar o plantio de 40.000 árvores nativas do parque às margens do rio Cocó. Onze mil já foram plantadas. Além disso, a C. Rolim Engenharia integra o programa de adoção de espaços verdes da Prefeitura de Fortaleza, e já adotou e revitalizou diversas áreas da cidade.

O que é o Selo Casa Azul

O Selo Casa Azul CAIXA é um instrumento de classificação socioambiental de projetos de empreendimentos habitacionais, que busca reconhecer os empreendimentos que adotam soluções mais eficientes aplicadas à construção, ocupação e manutenção das edificações, objetivando incentivar o uso racional de recursos naturais e a melhoria da qualidade da habitação e de seu entorno. São avaliados critérios dentro de seis categorias, e o nível de gradação varia de acordo com a quantidade de critérios atendidos. As categorias são: Qualidade Urbana, Projeto e Conforto, Eficiência Energética, Conservação de Recursos Materiais, Gestão da Água e Práticas Sociais.

“Para a Caixa Econômica é extremamente importante ter a C. Rolim no portfólio das empresas da construção civil que trabalham com o crédito Caixa, por ser uma empresa de referência no mercado cearense e nacional. Inauguramos agora com a C. Rolim uma nova era em relação a empresas que trabalham com o conceito de sustentabilidade em suas obras, e isso tem um reflexo importante tanto para a empresa como para seus clientes futuros”, celebra George Gress, superintendente da Caixa Econômica.

Sobre o Terraços do Bosque

Com entrega prevista para 2019, o Terraços do Bosque fica localizado em um dos principais corredores de comércio da cidade, próximo à Bezerra de Menezes. Alinhada com o ideal de cuidado com o meio ambiente, a C. Rolim Engenharia trabalha a tecnologia verde no empreendimento, possibilitando, inclusive, mais economia na taxa de condomínio por meio de recursos como os medidores individuais de água e gás, sistema de irrigação automatizada, equipamentos redutores de vazão de água além da construtora trabalhar sob a filosofia Lean Construction (construção enxuta), o que permite reduzir desperdícios durante a execução da obra. O Terraços possui ainda placas de energia solar, instaladas para gerar energia para as áreas comuns do prédio.

Publicidade

Fortaleza recebe primeiro empreendimento com certificação Selo Casa Azul

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de Janeiro de 2017

O selo é referência em sustentabilidade de projetos habitacionais

 

O residencial Liberdade, do Complexo For Life Maraponga, construído pela MRV Engenharia em Fortaleza, acaba de receber o Selo Casa Azul Nível Ouro da Caixa Econômica Federal. É o primeiro empreendimento do Ceará a obter a certificação, concedida pela Caixa a projetos habitacionais, que priorizam a economia de recursos naturais. O projeto também é o primeiro da MRV a conquistar a certificação que foi obtida com o trabalho conjunto das áreas de Inovação, Crédito Imobiliário, Engenharia e Saúde, Segurança e Meio Ambiente da construtora.

Para receber o Selo Casa Azul, o projeto deve obedecer a 19 critérios obrigatórios e, de acordo com o número de critérios opcionais atendidos, o projeto recebe o selo nível bronze, prata ou ouro. No caso do Residencial Liberdade, foram 32 itens atendidos, sendo 13 itens de livre escolha, além dos obrigatórios, o que garantiu a mais alta certificação.

Entre os itens opcionais atendidos pelo empreendimento, estão a execução de melhorias no entorno da obra, a instalação de bicicletário, a utilização de escada pré-moldada e laje içada, com objetivo de reduzir a perda de materiais e a geração de resíduos, o uso de madeira de reflorestamento; a instalação de elevadores que promovam redução no consumo de energia, a utilização de torneiras com arejadores para reduzir o consumo de água, entre outros itens sustentáveis.

 

Economia

No projeto do residencial Liberdade que conta com 380 unidades, a MRV priorizou itens que visam a economia do consumo materiais, de energia e de água, garantido que o empreendimento seja viável economicamente, socialmente justo e ecologicamente correto, como explicou o gestor executivo de Planejamento, Controle, Assistência Técnica, Qualidade e Inovação, Flávio Vidal. Além dos diversos itens sustentáveis a construtora optou ainda pela instalação de medidores de água individualizados, que permitem a redução de até 50% no consumo mensal para os condôminos, descargas econômicas em sistema dual flush, com opção de fluxos de água de acordo com a necessidade. O sistema conta com bacias com caixa acoplada à descarga, que permitem economia de até 20 litros de água por acionamento, quando comparada ao modelo convencional. Será instalado ainda sensores de presença que controlam o sistema de luz para que quando não houver pessoas trafegando no local, as lâmpadas permaneçam apagadas, economizando  energia.

A MRV Engenharia é uma empresa que investe em projetos sociais, ações ambientais, assim pensando em novas perspectivas na qualidade de vida dos brasileiros. Além da certificação do Selo Casa Azul da Caixa Econômica Federal, em janeiro a empresa passou a integrar a carteira do ISE da BM&F Bovespa devido ao compromisso com o desenvolvimento Sustentável.

“Essa certificação reforça ainda mais as características sustentáveis do empreendimento e sua qualidade. Além disso, será possível garantir benefícios econômicos para os nossos clientes, contribuindo para uma maior satisfação com suas moradias”, afirma Flávio Vidal.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Fortaleza recebe primeiro empreendimento com certificação Selo Casa Azul

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de Janeiro de 2017

O selo é referência em sustentabilidade de projetos habitacionais

 

O residencial Liberdade, do Complexo For Life Maraponga, construído pela MRV Engenharia em Fortaleza, acaba de receber o Selo Casa Azul Nível Ouro da Caixa Econômica Federal. É o primeiro empreendimento do Ceará a obter a certificação, concedida pela Caixa a projetos habitacionais, que priorizam a economia de recursos naturais. O projeto também é o primeiro da MRV a conquistar a certificação que foi obtida com o trabalho conjunto das áreas de Inovação, Crédito Imobiliário, Engenharia e Saúde, Segurança e Meio Ambiente da construtora.

Para receber o Selo Casa Azul, o projeto deve obedecer a 19 critérios obrigatórios e, de acordo com o número de critérios opcionais atendidos, o projeto recebe o selo nível bronze, prata ou ouro. No caso do Residencial Liberdade, foram 32 itens atendidos, sendo 13 itens de livre escolha, além dos obrigatórios, o que garantiu a mais alta certificação.

Entre os itens opcionais atendidos pelo empreendimento, estão a execução de melhorias no entorno da obra, a instalação de bicicletário, a utilização de escada pré-moldada e laje içada, com objetivo de reduzir a perda de materiais e a geração de resíduos, o uso de madeira de reflorestamento; a instalação de elevadores que promovam redução no consumo de energia, a utilização de torneiras com arejadores para reduzir o consumo de água, entre outros itens sustentáveis.

 

Economia

No projeto do residencial Liberdade que conta com 380 unidades, a MRV priorizou itens que visam a economia do consumo materiais, de energia e de água, garantido que o empreendimento seja viável economicamente, socialmente justo e ecologicamente correto, como explicou o gestor executivo de Planejamento, Controle, Assistência Técnica, Qualidade e Inovação, Flávio Vidal. Além dos diversos itens sustentáveis a construtora optou ainda pela instalação de medidores de água individualizados, que permitem a redução de até 50% no consumo mensal para os condôminos, descargas econômicas em sistema dual flush, com opção de fluxos de água de acordo com a necessidade. O sistema conta com bacias com caixa acoplada à descarga, que permitem economia de até 20 litros de água por acionamento, quando comparada ao modelo convencional. Será instalado ainda sensores de presença que controlam o sistema de luz para que quando não houver pessoas trafegando no local, as lâmpadas permaneçam apagadas, economizando  energia.

A MRV Engenharia é uma empresa que investe em projetos sociais, ações ambientais, assim pensando em novas perspectivas na qualidade de vida dos brasileiros. Além da certificação do Selo Casa Azul da Caixa Econômica Federal, em janeiro a empresa passou a integrar a carteira do ISE da BM&F Bovespa devido ao compromisso com o desenvolvimento Sustentável.

“Essa certificação reforça ainda mais as características sustentáveis do empreendimento e sua qualidade. Além disso, será possível garantir benefícios econômicos para os nossos clientes, contribuindo para uma maior satisfação com suas moradias”, afirma Flávio Vidal.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti