Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Stella Artois

AMBEV TRAZ CHOPP STELLA ARTOIS A FORTALEZA

Por Oswaldo Scaliotti em Novos Produtos

27 de Abril de 2019

A cerveja Stella Artois tem uma novidade para os cearenses: a chegada do Chopp Stella Artois. O lançamento acontece no dia 29 de abril, no Boteco Praia, e a previsão é de que chegue a outros pontos de venda da capital cearense ao longo de 2019.

Stella Artois é uma cerveja que carrega uma história de mais de 600 anos. É levemente amarga e traz em sua fórmula lúpulo especial vindo da República Tcheca e uma levedura exclusiva vinda da Bélgica, que só existe em sua fórmula.

O Chopp Stella Artois requer Ritual para ser servido com perfeição: um banho de água fria para esfriar o cálice e manter o colarinho do chope. As primeiras gotas são sacrificadas; um pequeno preço para garantir o sabor mais fresco. O cálice é inclinado a 45 graus para obter a combinação perfeita entre espuma e líquido. Nesse momento, o colarinho perfeito é formado, prendendo o frescor.

“Stella Artois sabe como tornar cada momento com quem gostamos em uma ocasião ainda mais especial por meio de um líquido de alta qualidade com mais de 600 anos de tradição cervejeira”, afirma Lucas de Oliveira, gerente de marketing de Stella Artois.

Publicidade

A Cervejaria Ambev renova seu programa de trainee e abre inscrições para jovens autênticos e apaixonados por empreender

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de Março de 2019

Reformulado, o processo de seleção da cervejaria se divide agora em três categorias e busca candidatos para as áreas de Supply, Business e Tecnologia

Março, 2019 – A Cervejaria Ambev, dona de marcas como Budweiser, Stella Artois e Corona, acaba de abrir seu programa de Trainee 2019. Para este ano, a empresa decidiu reestruturar o processo seletivo, reunindo as portas de entrada para os trainees, que antes eram duas, em um único programa, subdividido em três categorias: Supply, Business e Tech. Outra mudança importante é que o programa se dispõe a capacitar todos os candidatos que se inscreverem e não apenas aqueles aprovados, como forma de contribuir com o desenvolvimento profissional dos interessados em ingressar na cervejaria. As vagas têm um salário inicial de R$6,4 mil e as inscrições podem ser feitas até o dia 7 de abril pelo site: https://www.ambev.com.br/carreiras/trabalhe-conosco/trainee-ambev/.

O novo programa consiste em um treinamento de quatro meses. Neste período, os jovens transitam por diferentes áreas e os executivos de cada setor – Supply, Business e Tech – compartilham suas experiências cervejeiras com os selecionados. Além disso, a Cervejaria Ambev proporciona seu conhecimento em gestão e liderança desde o primeiro dia, acelerando o desenvolvimento da carreira dos trainees. Com essa formação, os aprovados constroem uma visão holística do negócio, que os prepara para assumirem funções em diferentes áreas ao longo de suas trajetórias na empresa.

Na edição 2019 do programa, mesmo aqueles que não passarem na seleção vão participar de discussões e aprender sobre práticas do mercado de trabalho, durante o processo seletivo. “Com as mudanças comportamentais das novas gerações, as empresas precisam adaptar suas práticas para atração e retenção de talentos. Por isso, a Cervejaria Ambev optou por escutar os jovens que estão entrando no mercado de trabalho e entender quais são as suas preocupações e prioridades ao escolher uma empresa para se trabalhar. A nova estrutura do programa de trainee é uma forma de atender ao perfil destes jovens e, assim, continuar atraindo nossos futuros líderes”, comenta Renato Biava, diretor de Gente e Gestão da Ambev.

A Cervejaria Ambev procura candidatos autênticos, curiosos, mão na massa, resilientes e que se identifiquem com a cultura de empreendedorismo e inovação. Para se inscrever, é necessário ter até dois anos de formado ou previsão de conclusão do curso para até julho de 2019, conhecimento em inglês e interesse em morar em qualquer estado. O processo é aberto a todas as áreas de formação e para jovens do país inteiro.

As etapas do processo de seleção serão realizadas entre os meses de março e junho e incluem testes online de inglês, perfil e raciocínio lógico, seguidos pela apresentação de uma análise de case e entrevistas, também online. Quando aprovados, começam, então, as etapas presenciais. Os candidatos passam pela realização de um painel de negócios, para o qual precisam desenvolver um case em equipe e, finalmente, as últimas entrevistas acontecem com os vice-presidentes e o presidente da Cervejaria Ambev. No encerramento, os selecionados serão admitidos como funcionários.

Sobre a Cervejaria Ambev

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão. A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro. Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

Publicidade

MÊS DA CERVEJA:  Barraca Atlantidz amplia cartela de rótulos e oferece mais de 10 opções aos clientes 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

04 de outubro de 2018

Localizada na Praia do Futuro, a Barrca Atlantidz tem um leque variado de cervejas como Heineken, Stella Artois, Budweiser, entre outras

A cerveja é uma paixão nacional e nada melhor do que aproveita-la a beira-mar em um dia de praia. Pensando em atender todos os públicos e gostos da famosa bebida, a Barraca Atlantidz ampliou a cartela de rótulos e oferecer aos seus clientes um cardápio completo da bebida com amplas várias de marcas, como Skol, Stella, Bohemia, Budweiser, Premium, Heineken, Origial, Serra Malte, Itaipava Pilsen, Itaipava Premium.

“Temos aqui cervejas para todos os gostos. A ideia é agradar desde o público que prefere a cerveja do dia-a-dia até que procura algo mais sofisticado”, explica o sócio da barraca Gustavo Amaral. As cervejas podem ser harmonizadas com os pratos da barraca que possui uma variedade em frutos do mar como o Trio Atlantidz (lagosta + lula + camarão), casquinha de caranguejo, além do famoso Caranguejo Atlantidz, preparado com uma receita secreta do chef e molho especial.

Com uma estrutura completa, a Barraca Atlantidz é uma pioneiras na Praia do Futuro, em Fortaleza. Com cardápio e estrutura pensados para proporcionar aos fortalezenses e turistas momentos cada vez mais agradáveis e experiências incríveis, o empreendimento é opção para quem procura uma boa opção de lazer e gastronomia na orla da capital cearense. “O nosso objetivo é que a visita a Barraca seja prazerosa em todos os aspectos e que o cliente fique satisfeito com tudo que oferecemos, desde a estruta até o cardápio”, completa Gustavo.

Além do cardápio, a Atlantidz investe em decoração e é a primeira e única barraca de praia temática de Fortaleza. Ornamentos e esculturas enfeitam e fazem remeter ainda mais o público ao encantado e misterioso reino de Atlântida. A ideia é continuar atraindo o público e tornar a experiencia na praia única.

Serviço – Barraca Atlantidz

Horário: Abertura da casa partir das 8h | Almoço a partir das 11h

Endereço: Av. Clóvis Arrais Maia, 5695 – Praia do Futuro

Site: https://atlantidz.com.br/

Facebookhttps://www.facebook.com/atlantidzoficial/

Instagram: @atlantidzoficial

Publicidade

Cervejaria Ambev coleta mais de 10 milhões de garrafas retornáveis no Ceará 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

03 de outubro de 2018

 

Desde 2016, mais de 174 milhões de vasilhames foram recolhidos em todo o Brasil

Desde 2016, a Cervejaria Ambev coletou mais de 10 milhões de garrafas de vidro retornáveis no Ceará, o equivalente a cerca de 1.9 milhão de toneladas de vidro. Isso representa quase cinco estádios do Morumbi, localizado em São Paulo, cheios do material. As garrafas retornáveis podem ser reutilizadas no processo produtivo cerca de 20 vezes. Atualmente, uma em cada quatro garrafas vendidas pela fabricante de bebidas nos mercados já segue esse padrão e o número deve aumentar nos próximos anos. Para facilitar a troca dessas embalagens, a Cervejaria Ambev investiu na instalação de mais de mil máquinas de coleta por todo o país, que, no período, coletaram mais de 174 milhões de vasilhames.

Esses números indicam a mudança de comportamento do consumidor brasileiro, que já vê nessa opção o melhor custo-benefício, por serem até 30% mais baratas e representarem um impacto menor no meio ambiente. Para encontrar a máquina mais próxima, os consumidores podem acessar o site www.miniretornaveis.com.br. “Temos investido cada vez mais nesse modelo de embalagem, pois além de serem mais sustentáveis, trazem vantagens para o consumidor. É uma relação em que todos saem ganhando”, afirma Filipe Barolo, gerente de Sustentabilidade da Cervejaria Ambev.

A sustentabilidade empresarial é um pilar central do negócio da Ambev. Nos últimos cinco anos, a cervejaria destinou mais de R$ 1 bilhão para projetos voltados a esse fim em sua operação. O montante contribuiu para a superação de seis das sete metas ambientais anunciadas em 2013 para serem atingidas em 2017. Agora, a cervejaria anunciou mais um passo importante nesse trabalho, com novos compromissos, que têm previsão de atingimento até 2025. As metas, definidas pela AB InBev globalmente, são divididas em quatro pilares, sendo que um deles se refere especificamente às embalagens retornáveis:

 

  • Embalagem Circular: 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.
  • Ações Climáticas: 100% da eletricidade comprada pela Cervejaria Ambev deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria vai reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da sua cadeia de valor.
  • Gestão de Água: melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.
  • Agricultura Inteligente: 100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.

Sobre a Cervejaria Ambev

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão.

A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

Publicidade

Mercadinhos São Luiz e Stella Artois lançam promoção nas lojas do Cocó e Cambeba

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de dezembro de 2017

Para o Mercadinhos São Luiz, o melhor presente é ter o cliente sempre presente e satisfeito. Pensando nisso, o Mercadinhos, em parceria com a Stella Artois, lança promoção especial para que o cliente se faça cada vez mais presente. Ao comprar dois packs de Stella Artois, referente a doze unidades, o consumidor ganha uma taça personalizada com o nome que desejar. Pode ser o próprio nome, de um amigo ou familiar que deseje presentear.

A promoção é válida para a loja da Cocó, do dia 22 à 24 de dezembro e para a loja do Cambeba, durante os dias 29 e 30 de dezembro. Para receber sua taça, é só levar o cupom fiscal até uma promotora de vendas da Stella. Garanta já o seu brinde de natal e réveillon com uma taça personalizada.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev reforça investimentos em plataformas comerciais no segundo semestre

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

31 de julho de 2016

Para superar cenário macroeconômico desafiador no Brasil, companhia mantém foco em inovação e vai lançar primeira campanha sobre garrafas de vidro retornáveis

 

A Ambev iniciou o segundo semestre de 2016 reforçando ainda mais os investimentos em suas plataformas comerciais. Um exemplo disso é a aposta da companhia para aumentar ainda mais a oferta das garrafas de vidro retornáveis nos supermercados de todo o País. Além de ampliar seu portfólio com as minirretonáveis, como são chamadas as garrafas de 300 ml, a cervejaria lançará uma campanha de marketing para destacar as principais vantagens desse tipo de embalagem: sustentabilidade e economia. Uma única garrafa de vidro retornável pode ser reutilizada mais de 20 vezes antes de virar resíduo e, quando descartada, ainda pode ser reciclada. Ganha o meio ambiente e ganha também o consumidor que, ao trocar o vasilhame por uma nova bebida, pode pagar até 30% mais barato no preço final da cerveja ou do refrigerante.

Apesar de um cenário desafiador, a Ambev segue confiante em suas estratégias. O volume de vendas das cervejas em garrafas retornáveis nos supermercados, por exemplo, já apresenta crescimento de 100% no ano, prova de que a companhia está no caminho certo. “Nosso resultado está melhorando sequencialmente, ainda não na velocidade esperada, mas isso não muda nossa estratégia para o ano. Vamos continuar focando naquilo que está sob o nosso controle”, afirma Ricardo Rittes, vice-presidente financeiro e de relações com investidores da Ambev.

O volume de cerveja comercializado pela Ambev no Brasil recuou 4,5% no segundo trimestre de 2016 diante do mesmo período do ano passado, impactado, principalmente, pelo ambiente macroeconômico. A inflação alta e o desemprego crescente pressionam a renda disponível dos consumidores, reduzindo o poder de compra. Diante desse cenário, além de reforçar suas plataformas comerciais, a empresa também aposta nas estratégias de relacionamento com os consumidores e mantém os investimentos em inovação. Depois de realizar a maior ativação da história nas festas de São João, a cervejaria se prepara agora para ativar os consumidores durante a Olimpíada com a Skol. A marca, que é hoje a mais consumida em todo o País, também inovou e foi a primeira da companhia a apoiar a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

O lançamento da nova garrafa de 600 ml de Budweiser é outro destaque entre as inovações da Ambev. A marca é líder entre as cervejas premium da companhia, que conta ainda com rótulos como Corona, Stella Artois e Original. Ao todo, o segmento premium apresentou crescimento de dois dígitos ao longo do primeiro semestre do ano. O volume de vendas da categoria near beer, como são chamadas as bebidas produzidas à base de malte, também aumentou dois dígitos no período. Formado pelas variantes da Skol Beats e Brahma 0,0%, esse novo segmento já representa cerca de 2% das vendas de cerveja no Brasil. Mais uma prova do sucesso das estratégias e inovações da companhia, o Fusion tornou-se a segunda marca mais consumida no segmento de energéticos no País dois anos após o seu lançamento e já concorre para ser a líder do mercado.

 

Fora do Brasil, os investimentos da Ambev também se mostram acertados. No Canadá, a receita líquida da companhia em moeda local subiu 11,8% entre abril e junho, resultado que foi impulsionado pelas recentes aquisições feitas no país. Já no Caribe, destaque para as ativações durante festivais musicais da República Dominicana e expansão da marca Corona na Guatemala.

 

Resultado 2T16 X 2T15

 

Ambev consolidado (operações em 19 países)

No segundo trimestre de 2016, o Ebitda ajustado da Ambev somou R$ 4,2 bilhões, o que representa um crescimento orgânico de 1,8% frente ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida da companhia avançou 3,2% entre abril e junho, para R$ 10,4 bilhões. Já o lucro líquido ajustado da companhia no consolidado foi de R$ 2,2 bilhões no período, queda de 22,4%. O volume total de vendas da Ambev no trimestre alcançou 35,667 milhões de hectolitros, um recuo de 6,7% na comparação com o mesmo período de 2015.

 

Ambev Brasil

Considerando apenas as operações da Ambev no Brasil, o Ebitda ajustado da companhia caiu 2,7% no período, para R$ 2,5 bilhões. A receita líquida no País totalizou R$ 5,5 bilhões, um aumento de 1,7% na comparação anual. O volume total de vendas da Ambev no Brasil foi de 24,121 milhões de hectolitros no segundo trimestre, o que representa retração de 4,7% ante o mesmo período de 2015. Desse total, foram comercializados 17,659 milhões de hectolitros de cerveja, uma redução de 4,5%. Já a venda de refrigeNANC (refrigerantes, bebidas não-alcóolicas e não-carbonatadas) teve queda de 5,2%, para 6,462 milhões de hectolitros entre abril e junho.

 

As demonstrações completas dos resultados financeiros da Ambev no segundo trimestre de 2016 estão disponíveis no site: www.ambev.com.br/investidores

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ambev investe R$ 400 milhões para ampliar cervejaria em Pernambuco

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de setembro de 2015

A Ambev anuncia hoje a expansão de sua cervejaria na cidade de Itapissuma (PE) com a presença do governador do Estado, Paulo Câmara, e do prefeito do município, Cal Volia. O investimento para ampliar a operação da cervejaria, que já é a maior planta da companhia nas regiões Norte e Nordeste, será de R$ 400 milhões. Após a conclusão das obras, cerca de 200 pessoas serão contratadas para trabalhar na unidade, que atualmente emprega 834 funcionários diretamente.

Com o investimento, a Ambev irá construir uma nova linha para garrafas long neck e ampliar a capacidade de produção e de envase da cervejaria em 30%. Além disso, novas marcas e embalagens passarão a fazer parte do portfólio da unidade. Com a ampliação, a cervejaria de Itapissuma se tornará a primeira planta da Ambev no Nordeste a produzir as cervejas do segmento premium Budweiser e Stella Artois, e do segmento near beer, com a Skol Beats Senses. Essas são duas das mais importantes frentes da atual estratégia de negócios da empresa.

“Com essa ampliação, passaremos a atender a demanda local por produtos premium a partir de cervejas produzidas na própria região. Além de uma óbvia diminuição de custos com transporte, haverá também um grande ganho com a redução da emissão de CO2, atualmente gerado pela transferência dessas cervejas a partir do Sudeste”, afirma Bernardo Paiva, presidente  da Ambev. “O mercado nordestino é bastante representativo para o nosso negócio. Com esse investimento, reforçamos nossa aposta no potencial de crescimento da região e no nosso compromisso com o desenvolvimento econômico e social do Nordeste”, completa Bernardo.

Além de ser escolhido o Estado para produção local de Budweiser e Stella Artois, Pernambuco também passa a ser a porta de entrada no Nordeste para a cerveja Corona. A marca chega direto do México ao Porto de Suape para ser distribuída nos Estados da região. A estratégia da Ambev de ampliar a oferta de seus produtos premium tem apresentado resultados importantes. Em 2014, o crescimento das vendas no Brasil foi de cerca de 20%. Hoje, as vendas das premium já respondem por 8,5% do volume total de cervejas vendido pela Ambev em todo o país.

Já na categoria “near beer”, como são chamadas as bebidas produzidas à base de malte, a novidade é a produção da Skol Beats Senses. Lançada pela Ambev no final de 2014, a marca foi um sucesso no Carnaval nordestino desse ano. “Inovação está no nosso dia a dia e é prioridade na Ambev. Com a Skol Beats Senses oferecemos ao consumidor a primeira e única bebida à base de cerveja que pode ser consumida com gelo. Isso faz com que ela seja caracterizada como um líquido ainda mais exclusivo e versátil”, afirma o diretor regional fabril da Ambev, Eduardo Soares.

Além dos R$ 400 milhões que serão aplicados na sua expansão, a cervejaria de Itapissuma já recebeu R$ 500 milhões desde o início de sua construção, em 2011. Com a ampliação, a planta passará de oito para nove linhas de produção e também aumentará seu portfólio de embalagens. Além dos vasilhames com os quais já trabalha, a filial produzirá cervejas em garrafas long neck de 275ml, 340ml e 355ml e também em latas de 269ml. A cervejaria abastece os Estados de Pernambuco, Maranhão, Ceará, Paraíba, Alagoas, Pará, Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe. O portfolio de bebidas da filial Itapissuma conta com as principais marcas da companhia de refrigerante e cerveja, como Skol, Antarctica, Brahma, Guaraná Antarctica, Soda, Sukita, H2Oh e também chopp Brahma.

 

Meio Ambiente

Além de atuar com os mais modernos equipamentos da indústria para produzir suas bebidas, a cervejaria de Itapissuma, localizada a aproximadamente 40 quilômetros da capital Recife, possui tecnologia de ponta no que se refere à ecoeficiência operacional.

A estação de tratamento de efluentes industriais (ETEI) da unidade, por exemplo, tem capacidade para tratar 3.942 milhões de m³ de efluentes por ano, o equivalente ao tratamento de esgoto diário de uma cidade de quase 300 mil habitantes, doze vezes maior do que a população de Itapissuma.

O trabalho contínuo para a redução do índice de consumo de água na cervejaria de Itapissuma já tem trazido resultados muito relevantes. O índice médio de água necessária para a produção de 1 litro de bebida já caiu 33% desde que a unidade começou a operar.

Além disso, no ano passado, a planta de Itapissuma fechou parceria com a Usina São José. Os efluentes tratados na cervejaria são enviados para irrigação de 18 hectares de plantação de cana. Com esse projeto, é possível economizar 1,2 mil m³ de água por dia que deixam de ser captados pela Usina São José do rio Botafogo. Esse volume é capaz de abastecer uma cidade de oito mil habitantes por dia.

A cervejaria de Itapissuma também tem investido para tornar suas fontes de energia cada vez mais sustentáveis. Atualmente, a matriz energética para geração de vapor já é composta em 30% por biomassa renovável, substituindo combustível fóssil.

A cervejaria também é referência no que se refere ao reaproveitamento e reciclagem dos subprodutos gerados no processo de fabricação das bebidas. Atualmente 99,16% de todo o resíduo sólido gerado na fábrica é reaproveitado e reciclado. Ou seja, podemos dizer que praticamente não existe lixo na cervejaria de Itapissuma.

Em maio de 2014, a Ambev também instalou e doou um PEV (Ponto de Entrega Voluntária de Resíduos) para a Prefeitura de Itapissuma, localizado na Praça José Apolinário. Os resíduos coletados no PEV beneficiam a ACMRPJ – Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Padre José Sevat (Itapissuma – PE).

A ACMRPJS é apoiada pelo projeto Ambev Recicla, plataforma que reúne todas as iniciativas da companhia voltadas ao descarte correto e à reciclagem de embalagens pós-consumo. Com parceira da Ambev, a associação recebe assessoria técnica de gestão financeira e operacional, investimentos em equipamentos e doação de insumos (como itens de segurança no trabalho, bags, material de comunicação visual). O objetivo é melhorar a qualidade de vida de seus associados e aumentar o volume coletado e comercializado.

A Ambev em Pernambuco

Presente em Pernambuco desde 1929, além da cervejaria em Itapissuma, a Ambev trabalha com três revendas e possui mais quatro centros de distribuição direta no Estado, nas cidades de Olinda, Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Salgueiro. A companhia emprega 1390 pessoas diretamente em Pernambuco. Além disso, são mais de 42 mil postos de trabalho em toda a cadeia produtiva mobilizada pela empresa no Estado, onde gerou R$ 494 milhões em impostos em 2014.

De 2010 a 2014, a Ambev investiu mais de R$ 1 bilhão em sua operação em Pernambuco. Só em 2015, sem considerar os R$ 400 milhões que serão investidos na expansão da cervejaria de Itapissuma, os investimentos da companhia em Pernambuco chegarão a R$ 60 milhões. De acordo com o IBGE, a indústria de bebidas possui o maior efeito multiplicador da economia brasileira. O instituto aponta que para cada R$ 1 investido por uma cervejaria, outros R$ 2,5 são gerados na economia do país.

Segundo cruzamento de dados do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas, o setor de cerveja representa 14% da indústria de Pernambuco. O levantamento mostra que o total de postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos gerados pelo setor cervejeiro no Estado chega a 64 mil, o que representa uma massa salarial de R$ 525 milhões. No Brasil, o impacto da contribuição econômica da indústria da cerveja também é expressivo: corresponde a 2% do PIB, representa 14% da indústria do país, emprega quase 2,3 milhões pessoas em toda a cadeia e gera uma massa salarial de R$ 23,6 bilhões.

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Ambev investe R$ 400 milhões para ampliar cervejaria em Pernambuco

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de setembro de 2015

A Ambev anuncia hoje a expansão de sua cervejaria na cidade de Itapissuma (PE) com a presença do governador do Estado, Paulo Câmara, e do prefeito do município, Cal Volia. O investimento para ampliar a operação da cervejaria, que já é a maior planta da companhia nas regiões Norte e Nordeste, será de R$ 400 milhões. Após a conclusão das obras, cerca de 200 pessoas serão contratadas para trabalhar na unidade, que atualmente emprega 834 funcionários diretamente.

Com o investimento, a Ambev irá construir uma nova linha para garrafas long neck e ampliar a capacidade de produção e de envase da cervejaria em 30%. Além disso, novas marcas e embalagens passarão a fazer parte do portfólio da unidade. Com a ampliação, a cervejaria de Itapissuma se tornará a primeira planta da Ambev no Nordeste a produzir as cervejas do segmento premium Budweiser e Stella Artois, e do segmento near beer, com a Skol Beats Senses. Essas são duas das mais importantes frentes da atual estratégia de negócios da empresa.

“Com essa ampliação, passaremos a atender a demanda local por produtos premium a partir de cervejas produzidas na própria região. Além de uma óbvia diminuição de custos com transporte, haverá também um grande ganho com a redução da emissão de CO2, atualmente gerado pela transferência dessas cervejas a partir do Sudeste”, afirma Bernardo Paiva, presidente  da Ambev. “O mercado nordestino é bastante representativo para o nosso negócio. Com esse investimento, reforçamos nossa aposta no potencial de crescimento da região e no nosso compromisso com o desenvolvimento econômico e social do Nordeste”, completa Bernardo.

Além de ser escolhido o Estado para produção local de Budweiser e Stella Artois, Pernambuco também passa a ser a porta de entrada no Nordeste para a cerveja Corona. A marca chega direto do México ao Porto de Suape para ser distribuída nos Estados da região. A estratégia da Ambev de ampliar a oferta de seus produtos premium tem apresentado resultados importantes. Em 2014, o crescimento das vendas no Brasil foi de cerca de 20%. Hoje, as vendas das premium já respondem por 8,5% do volume total de cervejas vendido pela Ambev em todo o país.

Já na categoria “near beer”, como são chamadas as bebidas produzidas à base de malte, a novidade é a produção da Skol Beats Senses. Lançada pela Ambev no final de 2014, a marca foi um sucesso no Carnaval nordestino desse ano. “Inovação está no nosso dia a dia e é prioridade na Ambev. Com a Skol Beats Senses oferecemos ao consumidor a primeira e única bebida à base de cerveja que pode ser consumida com gelo. Isso faz com que ela seja caracterizada como um líquido ainda mais exclusivo e versátil”, afirma o diretor regional fabril da Ambev, Eduardo Soares.

Além dos R$ 400 milhões que serão aplicados na sua expansão, a cervejaria de Itapissuma já recebeu R$ 500 milhões desde o início de sua construção, em 2011. Com a ampliação, a planta passará de oito para nove linhas de produção e também aumentará seu portfólio de embalagens. Além dos vasilhames com os quais já trabalha, a filial produzirá cervejas em garrafas long neck de 275ml, 340ml e 355ml e também em latas de 269ml. A cervejaria abastece os Estados de Pernambuco, Maranhão, Ceará, Paraíba, Alagoas, Pará, Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí e Sergipe. O portfolio de bebidas da filial Itapissuma conta com as principais marcas da companhia de refrigerante e cerveja, como Skol, Antarctica, Brahma, Guaraná Antarctica, Soda, Sukita, H2Oh e também chopp Brahma.

 

Meio Ambiente

Além de atuar com os mais modernos equipamentos da indústria para produzir suas bebidas, a cervejaria de Itapissuma, localizada a aproximadamente 40 quilômetros da capital Recife, possui tecnologia de ponta no que se refere à ecoeficiência operacional.

A estação de tratamento de efluentes industriais (ETEI) da unidade, por exemplo, tem capacidade para tratar 3.942 milhões de m³ de efluentes por ano, o equivalente ao tratamento de esgoto diário de uma cidade de quase 300 mil habitantes, doze vezes maior do que a população de Itapissuma.

O trabalho contínuo para a redução do índice de consumo de água na cervejaria de Itapissuma já tem trazido resultados muito relevantes. O índice médio de água necessária para a produção de 1 litro de bebida já caiu 33% desde que a unidade começou a operar.

Além disso, no ano passado, a planta de Itapissuma fechou parceria com a Usina São José. Os efluentes tratados na cervejaria são enviados para irrigação de 18 hectares de plantação de cana. Com esse projeto, é possível economizar 1,2 mil m³ de água por dia que deixam de ser captados pela Usina São José do rio Botafogo. Esse volume é capaz de abastecer uma cidade de oito mil habitantes por dia.

A cervejaria de Itapissuma também tem investido para tornar suas fontes de energia cada vez mais sustentáveis. Atualmente, a matriz energética para geração de vapor já é composta em 30% por biomassa renovável, substituindo combustível fóssil.

A cervejaria também é referência no que se refere ao reaproveitamento e reciclagem dos subprodutos gerados no processo de fabricação das bebidas. Atualmente 99,16% de todo o resíduo sólido gerado na fábrica é reaproveitado e reciclado. Ou seja, podemos dizer que praticamente não existe lixo na cervejaria de Itapissuma.

Em maio de 2014, a Ambev também instalou e doou um PEV (Ponto de Entrega Voluntária de Resíduos) para a Prefeitura de Itapissuma, localizado na Praça José Apolinário. Os resíduos coletados no PEV beneficiam a ACMRPJ – Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Padre José Sevat (Itapissuma – PE).

A ACMRPJS é apoiada pelo projeto Ambev Recicla, plataforma que reúne todas as iniciativas da companhia voltadas ao descarte correto e à reciclagem de embalagens pós-consumo. Com parceira da Ambev, a associação recebe assessoria técnica de gestão financeira e operacional, investimentos em equipamentos e doação de insumos (como itens de segurança no trabalho, bags, material de comunicação visual). O objetivo é melhorar a qualidade de vida de seus associados e aumentar o volume coletado e comercializado.

A Ambev em Pernambuco

Presente em Pernambuco desde 1929, além da cervejaria em Itapissuma, a Ambev trabalha com três revendas e possui mais quatro centros de distribuição direta no Estado, nas cidades de Olinda, Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Salgueiro. A companhia emprega 1390 pessoas diretamente em Pernambuco. Além disso, são mais de 42 mil postos de trabalho em toda a cadeia produtiva mobilizada pela empresa no Estado, onde gerou R$ 494 milhões em impostos em 2014.

De 2010 a 2014, a Ambev investiu mais de R$ 1 bilhão em sua operação em Pernambuco. Só em 2015, sem considerar os R$ 400 milhões que serão investidos na expansão da cervejaria de Itapissuma, os investimentos da companhia em Pernambuco chegarão a R$ 60 milhões. De acordo com o IBGE, a indústria de bebidas possui o maior efeito multiplicador da economia brasileira. O instituto aponta que para cada R$ 1 investido por uma cervejaria, outros R$ 2,5 são gerados na economia do país.

Segundo cruzamento de dados do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas, o setor de cerveja representa 14% da indústria de Pernambuco. O levantamento mostra que o total de postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos gerados pelo setor cervejeiro no Estado chega a 64 mil, o que representa uma massa salarial de R$ 525 milhões. No Brasil, o impacto da contribuição econômica da indústria da cerveja também é expressivo: corresponde a 2% do PIB, representa 14% da indústria do país, emprega quase 2,3 milhões pessoas em toda a cadeia e gera uma massa salarial de R$ 23,6 bilhões.

* postado por Oswaldo Scaliotti