Publicidade

Le Chef Coxinha

por Ariane Cajazeiras

petiscos

Um boteco para chamar de seu!

Por Iury Costa em Experiências Gastronômicas

18 de Abril de 2017

Gente, está rolando em Fortaleza desde a sexta-feira, dia 14, a sétima edição do Comida di Buteco, que vai premiar as melhores comidas de raiz do Fortaleza, os petiscos mais originais, e, é claro, o melhor boteco da cidade, que também pode ser eleito o melhor do Brasil. São avaliados quesitos como tira-gosto, atendimento, temperatura das bebidas, e higiene do espaço. Por aqui, 16 estabelecimentos participam:

Alma Gêmea – Rua Dragão do Mar, 30 – Praia de Iracema

Concorre com o Camarão Sertanejo, camarão empanado em carne de sol desfiada e farinha de mandioca servido com couve, paçoca e molho tártaro.

Alpendre – Rua Torres Câmara, 181 lj 1. – Aldeota

Concorre com o Kibeer, um kibe feito com cevada, acompanhado com molho de iogurte caseiro, lúpulo e hortelã. Uma cerveja para mastigar!

Bar Chá da Égua – Avenida Gomes de Matos, 302 – Montese

Concorre com o Velas do Mucuripe, um filé de tilápia na crosta de aveia com molhos especiais da casa.

Bar do Helano – Rua Carlos Vasconcelos, 2310 – Joaquim Távora

Concorre com o Bolinho do Cazuza, feito de arroz e recheado com queijo muçarela.

Bar do Nem – Rua General Clarindo de Queiroz, 1745 – Mercado São Sebastião

Concorre com o elaborado A Esperança da Jeriquita e suas Cumades, são bolinhos feitos de purê de jerimum, batata doce, batata inglesa, macaxeira, leite de coco, manteiga da terra e queijo gorgonzola, maionese de barbecue, barbecue de tamarindo e molho de pimenta caseira.

Bar O Camocim – Rua Padre Mororó, 1012 – Centro

Concorre com o Mestre Lucas, um filé de peixe branco ao molho agridoce de maracujá.

Boozer’s – Rua Carlos Vasconcelos, 834 – Meireles

Concorre com o Pastel Celestino, feito com massa de farinha de quinoa, recheado com carne do sol, feijão verde e queijo coalho.

Boteco do Arlindo – Rua Carlos Gomes, 83 – José Bonifácio

Concorre com o Três meninas, que são três panquecas recheadas, uma de carne de sol, outra de creme de arraia e uma de frango caipira.

Canto do Baião –  Rua Capitão Uruguai, 56 – Aerolândia

Concorre com uma coxa com sobrecoxa desossada e grelhada no molho de laranja.

Carneiro do Tércio – Rua Gonçalves Ledo, 1123 – Aldeota

Concorre com a Coxinha de Frango da Tia, que é uma coxinha apimentada de frango, acompanhada de um molho especial

Espaço Casa da Sogra – Rua Vasco da Gama, 1072, Fundos – Montese

Concorre com a Sogra Alada, meio da asa levemente picante empanada, acompanhada de molho barbecue, geleia de pimenta e farofa crocante.

Kina do Feijão Verde – Rua João Cordeiro, 1697 – Aldeota

Concorre com o Cordeiro da Filhota, que é um cordeiro trinchado com cerveja

Outras Palavras – Rua Ana Bilhar, 1470 b – Varjota

Concorre com as Coxinhas Sem Massa, três coxinhas sem massa, servidas com molhos especiais da casa.

Picanha Iracema – Rua Joaquim Alves, 104 – Meireles

Concorre com o Camarão com ervas a Doritos, são camarões empanados com Doritos, e servidos com geleia de pimenta.

Teresa & Jorge – Rua João Cordeiro, 540 – Praia de Iracema

Concorre com o Joaquim Manoel, que é um Pastel com recheio de bacalhau cremoso e temperos especiais.

Varandão da Vila (Mariaaaaaaaana!) – Avenida Osório de Paiva, 1612 – Parangaba

Concorre com o Munguzá de Buteco, uma receita de munguzá salgado, e temperado com ingredientes regionais.

Esta é a sétima edição do Comida di Buteco em Fortaleza, mas o concurso também acontece em outras 19 cidades brasileiras desde 2000. A seleção do melhor boteco acontece no dia sete de maio. Daí, o estabelecimento escolhido passa a concorrer para se tornar o melhor do Brasil. Vale o voto do público, e de um júri especializado. Como começou na Sexta-feira da Paixão, o embalo começa a partir desta semana. O Blog Le Chef Coxinha vai tentar ir em todos. Os resultados vão aparecer por aqui.

 

Foto: reprodução internet

leia tudo sobre

Publicidade

De food truck a restaurante: testamos o novo Hey Joe Food’N’Bar

Por Ariane Cajazeiras em Experiências Gastronômicas

12 de Março de 2017

Sanduíches artesanais, comida vegetariana, petiscos, sucos, bebidas, arte, música… tudo isso em um só lugar. Essa é a proposta que a gente captou no novo espaço do Hey Joe Food’N’Bar. O restaurante já era conhecido nas feirinhas de food trucks  da cidade e há um mês ampliou cardápio e se fixou em um local que aos poucos ganha novos ares, a conhecida Vila Pita, na Aldeota.  O local já teve vida noturna agitada e vem se destacando novamente com a abertura de bares e restaurantes.

Fachada do Hey Joe, na rua Norvinda Pires (Foto: Ariane Cajazeiras)

A gente bateu um papo com o Fabiano Pedon, sócio-proprietário que assina os pratos da casa, e ele nos disse que a proposta continuava a mesma: apostar na “comida de verdade”, aquela feita com ingredientes frescos, feita a mão, com pouco ou nada de industrial.  O menu está bem amplo e criativo. Tem opções tradicionais e vegetarianas que vão de petiscos a entradas. Você pode levar uma turma variada que vai ter comida tanto para quem gosta de bacon e fritura, por exemplo, quanto para quem prefere comidas mais leves ou para vegetarianos e intolerantes a glúten ou lactose. É tudo muito plural!

Batata Rústica Nordestina, com queijo artesanal e bacon fritinho (Foto: Ariane Cajazeiras)

Falafel (bolinho de grão de bico) com vinagrete picante (Foto: Divulgação)

 

Petiscos variados

Os petiscos para dar aquela beliscada enquanto se espera o prato principal, incluem essas batatas rústicas com molho de queijo, iscas de frango, salsichas artesanais e filé, lasanha de berinjela, bruschettas, entre outros. O nosso destaque vai para o maravilhoso Ceviche Tropical com peixe branco e tempero especial (e olha que nem curto muito ceviche) com peixe branco, cebola roxa, manga, pimentão vermelho e limão… É uma delícia e a apresentação lindona, pena que não deu tempo fotografar.

Por falar em apresentação, os copinhos de tapioca vem numa apresentação diferente, pendurados em copinhos numa estrutura metálica. Eles podem vir recheados de palmito ou ragu de cordeiro. Provei os dois, mas prefiro sempre ragu :).  O recheio também inclui cream cheese e crispy de couve manteiga. Vale bem a pena, o tempero é leve e gostoso! Foge da mesmice dos famosos dadinhos de tapioca. As coxinhas podem ser de frango, palmito ou cordeiro. São crocantes, vem em duas unidades (tamanho médio) e tem um toque de gergelim na casquinha. As entradas variam entre 20 e 45 reais.

Copinhos de tapioca (foto: Divulgação)

Copinho de tapioca (foto: Ariane Cajazeiras)

Coxinha de Cordeiro (Foto: Ariane Cajazeiras)

Uma coisa interessante do cardápio é que cada prato vem com uma legenda que informa se aquele prato pode vir assado ao invés de frito, se é light, vegetariano, sem lactose ou sem glúten. Bacana, né?

Bebidas

Tem uma lista grande de drinks alcoólicos, cervejas, sucos e sodas italianas. Eu, que não bebeo nada com álcool, indico a soda italiana de maçã verde e a pink lemonade, como limão siciliano, limão tahiti e amora. Muito refrescante!

Pink lemonade (Foto: Ariane Cajazeiras)

Sanduíches

Além dos famosos hambúrgueres lights já conhecidos no food truck ( tem burger de frango, burger de salmão, burger vegetariano e ainda sanduba de camarão), o Hey Joe Food’N’Bar também apresenta os sanduíches tradicionais em sua versão artesanal, como o Cheeseburger clássico, filé mignon suíno e o Joe Burger, com cheddar, bacon e molho da casa. Os pães são artesanais e cada sanduíche tem sua versão, com australiano, baguete ou artesanal da casa, por exemplo.

Cheddar, bacon e carne pra quem quer aquele clássico (Foto: Divulgação)

Burger de quinoa, soja e temperos frescos, o veggie burger (Foto: Divulgação)

Espaço e arte

O espaço também está bem interessante. No térreo é fechado, com ar-condicionado e exposição de quadros. Subindo as escadas o local é bem aberto e informal, com sofás de pallets, mesas de carretel e intervenções artísticas lindas o artista plástico Narcélio Grud. Vale a visita!

(Foto: Ariane Cajazeiras)

Alana, eu e a intervenção do Narcélio Grud (Foto: selfie hahaha)

Térreo (Foto: Ariane Cajazeiras)

Hey Joe Food’N’Bar
Endereço: Rua Norvinda Pires, 32 – Aldeota
Horário de Funcionamento: terça a quinta e domingos: entre 18h e 23h/ sexta e sábado: entre 18h e meia noite.

Publicidade

De food truck a restaurante: testamos o novo Hey Joe Food’N’Bar

Por Ariane Cajazeiras em Experiências Gastronômicas

12 de Março de 2017

Sanduíches artesanais, comida vegetariana, petiscos, sucos, bebidas, arte, música… tudo isso em um só lugar. Essa é a proposta que a gente captou no novo espaço do Hey Joe Food’N’Bar. O restaurante já era conhecido nas feirinhas de food trucks  da cidade e há um mês ampliou cardápio e se fixou em um local que aos poucos ganha novos ares, a conhecida Vila Pita, na Aldeota.  O local já teve vida noturna agitada e vem se destacando novamente com a abertura de bares e restaurantes.

Fachada do Hey Joe, na rua Norvinda Pires (Foto: Ariane Cajazeiras)

A gente bateu um papo com o Fabiano Pedon, sócio-proprietário que assina os pratos da casa, e ele nos disse que a proposta continuava a mesma: apostar na “comida de verdade”, aquela feita com ingredientes frescos, feita a mão, com pouco ou nada de industrial.  O menu está bem amplo e criativo. Tem opções tradicionais e vegetarianas que vão de petiscos a entradas. Você pode levar uma turma variada que vai ter comida tanto para quem gosta de bacon e fritura, por exemplo, quanto para quem prefere comidas mais leves ou para vegetarianos e intolerantes a glúten ou lactose. É tudo muito plural!

Batata Rústica Nordestina, com queijo artesanal e bacon fritinho (Foto: Ariane Cajazeiras)

Falafel (bolinho de grão de bico) com vinagrete picante (Foto: Divulgação)

 

Petiscos variados

Os petiscos para dar aquela beliscada enquanto se espera o prato principal, incluem essas batatas rústicas com molho de queijo, iscas de frango, salsichas artesanais e filé, lasanha de berinjela, bruschettas, entre outros. O nosso destaque vai para o maravilhoso Ceviche Tropical com peixe branco e tempero especial (e olha que nem curto muito ceviche) com peixe branco, cebola roxa, manga, pimentão vermelho e limão… É uma delícia e a apresentação lindona, pena que não deu tempo fotografar.

Por falar em apresentação, os copinhos de tapioca vem numa apresentação diferente, pendurados em copinhos numa estrutura metálica. Eles podem vir recheados de palmito ou ragu de cordeiro. Provei os dois, mas prefiro sempre ragu :).  O recheio também inclui cream cheese e crispy de couve manteiga. Vale bem a pena, o tempero é leve e gostoso! Foge da mesmice dos famosos dadinhos de tapioca. As coxinhas podem ser de frango, palmito ou cordeiro. São crocantes, vem em duas unidades (tamanho médio) e tem um toque de gergelim na casquinha. As entradas variam entre 20 e 45 reais.

Copinhos de tapioca (foto: Divulgação)

Copinho de tapioca (foto: Ariane Cajazeiras)

Coxinha de Cordeiro (Foto: Ariane Cajazeiras)

Uma coisa interessante do cardápio é que cada prato vem com uma legenda que informa se aquele prato pode vir assado ao invés de frito, se é light, vegetariano, sem lactose ou sem glúten. Bacana, né?

Bebidas

Tem uma lista grande de drinks alcoólicos, cervejas, sucos e sodas italianas. Eu, que não bebeo nada com álcool, indico a soda italiana de maçã verde e a pink lemonade, como limão siciliano, limão tahiti e amora. Muito refrescante!

Pink lemonade (Foto: Ariane Cajazeiras)

Sanduíches

Além dos famosos hambúrgueres lights já conhecidos no food truck ( tem burger de frango, burger de salmão, burger vegetariano e ainda sanduba de camarão), o Hey Joe Food’N’Bar também apresenta os sanduíches tradicionais em sua versão artesanal, como o Cheeseburger clássico, filé mignon suíno e o Joe Burger, com cheddar, bacon e molho da casa. Os pães são artesanais e cada sanduíche tem sua versão, com australiano, baguete ou artesanal da casa, por exemplo.

Cheddar, bacon e carne pra quem quer aquele clássico (Foto: Divulgação)

Burger de quinoa, soja e temperos frescos, o veggie burger (Foto: Divulgação)

Espaço e arte

O espaço também está bem interessante. No térreo é fechado, com ar-condicionado e exposição de quadros. Subindo as escadas o local é bem aberto e informal, com sofás de pallets, mesas de carretel e intervenções artísticas lindas o artista plástico Narcélio Grud. Vale a visita!

(Foto: Ariane Cajazeiras)

Alana, eu e a intervenção do Narcélio Grud (Foto: selfie hahaha)

Térreo (Foto: Ariane Cajazeiras)

Hey Joe Food’N’Bar
Endereço: Rua Norvinda Pires, 32 – Aldeota
Horário de Funcionamento: terça a quinta e domingos: entre 18h e 23h/ sexta e sábado: entre 18h e meia noite.