V Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros na terra de Chico Anysio - News Maranguape 
Publicidade

V Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros na terra de Chico Anysio

Por Dadynha Saturnino em Diversão

26 de agosto de 2013

De 19 a 24 de agosto últimos, a serrana Maranguape esteve em total estado de graça com a realização do Pré (19 a 21) e V Festival Nacional de Humor – Uma homenagem à Chico Anysio (de 22 a 24). Talentosos artistas do cenário humorístico e musical subiram ao palco e promoveram dias de muito riso, alegria e descontração as milhares de pessoas que lotaram a Praça Capistrano de Abreu e ainda, aquelas que prestigiaram as apresentações realizadas nos Distritos de Tanques, Lages e Lagoa do Juvenal (Pré-Festival).

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

 

Na quinta (22), primeira noite do Festival, humoristas da Central do Humor apresentaram o Jornal Bem Dizido. O Prefeito de Maranguape, Exmo. Sr. Atila Câmara e a Presidente da FITEC Isla Márcia realizaram a abertura oficial do evento que contou com a presença de Elano de Paula (irmão do saudoso Chico Anysio) e de várias autoridades políticas. Os comediantes André Lucas (filho de Chico), Felipe Pontes (o Plin Plinio do Zorra Total), Jader Soares (Zebrinha) e os Dois Abestados Bené Barbosa (o Papudim) e Everson Silva (o Tirullipa, filho do também comediante Tiririca) com Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) participaram da Mostra de Humor. O artista Paulo Façanha fechou a programação noturna com excelente show musical.

 

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula e autoridades políticas na Abertura oficial V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula, André Lucas, Zebrinha e autoridades políticas na Abertura oficial do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino  

 

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Na sexta (23), Duarte (Dudu) e a dupla Humor de Peso, Eltom Andrade (Paitinga), Aluísio Júnior (Programa É de Graça) e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete das Garras da Patrulha) apresentaram-se com muita irreverência e criatividade, interagindo com o público que deu uma resposta muito boa a todos os artistas, inclusive no show musical do Rei do brega Reginaldo Rossi.

 

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Reginaldo Rossi e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

Reginaldo Rossi com Dadynha Saturnino no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

 

No sábado (24), última noite do evento, os shows de humor foram realizados pela dupla Tony Régio e Edu Dias (Maranguape em Cena). Na sequência, Rapadura, Augusto Bonequeiro e Ery Soares (o Tizil das Garras da Patrulha) realizaram uma excelente Mostra de Humor. O show musical dos emboladores Cajú & Castanha e da Banda de Forró Boca a Boca encerraram a programação.

 

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

 

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

 

Caju & Castanha com o produtor Felipe recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha com o produtor Felipe Furtado recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

A apresentação do evento ficou por conta do também talentoso comediante Alex Nogueira (vencedor da competição “Quem chega lá” do Domingão do Faustão). Cearense de Pacajús, agradou ao público mostrando que artistas de sua grandeza podem atuar de formas múltiplas e sempre com muita qualidade, interagindo e deixando perceptíveis a humildade, carisma e simpatia em cima e fora do palco. Em breve Alex voltará à Terra de Chico Anysio para realizar seu show de humor completo e em companhia de outro grande artista cearense, o Ery Soares.

 

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Bate papo com artistas

 

Durante todos os dias de evento, conversamos e realizamos registros fotográficos com os artistas. Alguns deixaram as suas considerações sobre a importância da participação e/ou realização do Festival como oportunidade de promover Maranguape, a cultura e a arte no país e sobre Chico Anysio, o Mestre do Humor Brasileiro. Confiram abaixo:

 

Felipe Pontes – Plin Plínio do Zorra Total

“Estou muito feliz em estar aqui e por receber tanto carinho do povo de Maranguape. Certamente o grande privilegiado sou eu por estar na terra de Chico Anysio fazendo imitações, divertindo o público e levando o meu trabalho que desenvolvo há quatro anos no Programa Zorra Total. Obrigado.”

 

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Elano de Paula

“Tenho tanta recordação da infância infantil em Maranguape. Lembro que eu estudava na Escola Dona Mariquinha, quando essa Praça foi inaugurada com o nome de João Pessoa e José Nascimento fez um dos maiores discursos que vi em minha vida.” Referindo-se à hoje denominada Praça Francisco Colares Filho (conhecida também como Praça da Matriz) localizada ao lado da Praça Capistrano de Abreu, local onde foi realizado o VFNH e em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha.

 

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Marcos Duarte de Oliveira – Humorista Dudu

“Nasci em Fortaleza, mas, moro em Maranguape e venho contribuindo com a cultura há algum tempo. Participei de importantes programas televisivos como o Ana Hickman e Astros; do Festival de Humor Cearense de Iguatu (com Eltom Andrade, Tony Regio e Rapadura) e agora nos preparamos para participar do Festival de Humor de Baturité, sempre divulgando e levando o nome de Maranguape como a Capital do Humor. Me sinto feliz em respirar o mesmo ar de Chico Anysio, um grande humorista que saiu daqui. Pra mim, todo maranguapense já nasce humorista, uns desenvolvem, outros não, mas, ainda assim sentem-se humoristas. O Festival de Humor acontece só uma vez por ano e é importante para os artistas da terra porque dá visibilidade, mas, pretendo preparar um plano de cultura na linguagem humor junto com Eltom Andrade e a Central de Humor onde lutaremos por várias prioridades para os humoristas locais e pra que a cidade crie mesmo a identidade de terra de Chico Anysio e se sinta de verdade essa cidade. Precisamos buscar recursos para a construção de uma estatua grande na rotatória, com Chico de braços abertos, recebendo os visitantes e que sejam fixados banners com fotos dele e de humoristas da terra, informando aqui é a terra de Chico Anysio. Essa será umas das nossas propostas mesmo que seja implementada somente daqui 5 anos.”

 

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Duarte aproveitou a oportunidade para divulgar o Laboratório do Riso, uma espécie de escola que reunirá na Sociedade Artística Maranguapense, toda quarta, a partir das 18h, pessoas deste município ligadas à arte e/ou aquelas que serão descobertas como novos talentos maranguapenses, trocando ideias, melhorando repertórios, dando o primeiro passo para um futuro melhor. Hoje contam com o apoio do poder público através da liberação do espaço para a realização das reuniões semanais onde desenvolverão trabalho com estudantes, donas de casa, idosos, adolescentes, pessoas verdes na área do humor que tenham apenas uma vontade: ser humorista.

 

Alusio Junior

“Esta é a segunda vez que participo do Festival. Na edição do ano anterior tive apenas uma participação de 20 minutos, mas, desta vez, uma hora de show ao lado de Nana Pinheiro, do cabecinha de coco Julio Cesar, do Ramon que faz a bicha, amigos que participam do meu programa de TV. Apresento no palco pela primeira vez o Copinho. Maranguape pode ser considerada a capital do mundo, do humor, juntamente com fortaleza.

 

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Tony Régio

“Sou filho de Ipu-Ceará, casado com uma maranguapense, há nove anos mora aqui e sempre sonhei em participar do Festival desde a primeira edição no ano de 2009. Queria subir ao palco, mas, sempre fiquei nos bastidores. Somente nesta edição participo e subo no palco como artista pela primeira vez, numa Dobradinha com Edu Dias. Apresentamos show de piadas, paródias, interagindo no palco numa conversa bem descontraída.”

 

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Cleber Fernandes – Froxilda Fofolete

 

“É importante subir ao palco na cidade do mestre Chico Anysio, é bem o meu estilo. A estrutura e o som são de boa qualidade, com público sentado, evento apresentado por Alex Nogueira que deixou tudo a meu favor. Entrei confiante, fiz um show redondo com participação intensa do público de Maranguape, esta terra boa e abençoada que tem tudo haver com humor e é o melhor local para fazer um Festival desse porte. É sempre bom voltar a terra de Chico Anysio onde sempre sou muito bem recebido. Estou no ramo desde 1989. Assisti Chico City, os Trapalhões, Renato Aragão, Dedé Santana, enfim, essa turma boa, mas, por incrível que pareça, não me espelhei, nem me baseei neles nem em Tom Cavalcante, até porque venho muito da escola do desenho animado, sou um cara que faz vozes, entrei pro rádio por causa delas, virei redator e assim me descobri como humorista. Chico é inspiração para todos, me espelhei nas lições que ele deixou como profissional, como humorista, cara versátil, nisso me inspirei, já tenho muitos personagens (estou com 61) mas, vai demorar muito pra chegar ao nível dele que fez mais de 200, pois é insubstituível. Quero fazer o meu trabalho direitinho, sem passar por cima de ninguém, ajudando o fortalecimento da classe e o humor cearense e, claro, idolatrando e respeitando o Mestre Chico Anysio. Espero que apareça outro mas acho muito difícil. Parabenizo a iniciativa e organização do evento e que ano que vem estejamos juntos novamente.”

 

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Ary Rossi – cover de Reginaldo Rossi

“Sou cearense com sotaque carioca misturado com paulista. Radialista, me descobriram há 18 anos e desde então venho ganhando dinheiro como sósia do Reginaldo Rossi. Canto todos os dias no programa da Babalu e a minha relação com Reginaldo é boa, já nos encontramos, subi no palco, cantei com ele e se eu recebesse de moeda de R$1,00 a quantidade de fotos que tirei já teria ficado rico, mas, não engano ninguém, todos sabem que sou cover dele. Aliás, temos anos de diferença, eu tenho 52 e ele 74 anos, e não quero imitá-lo, porém, admiro muito este artista nordestino do estado do Pernambuco.”

 

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista Ery Soares – Tizil 

“Esta é a primeira vez que participo deste evento, uma ocasião muito especial! O povo de Maranguape recebeu um show onde vim para me divertir, ver a reação da galera. Chico Anysio é influente na vida de todo artista brasileiro, sempre que posso me inspiro nele, alem dos personagens, pois desde o começo assistia o Chico Anysio Show, na quinta (o Viva o Gordo era na terça), um programa de humor e não tinha como a gente não se associar e se inspirar nos programas dele. Até hoje, sempre assisto em casa um vídeo dele que eu gosto muito,  inaugurando a TV Tupi em 1960. Dinâmico fazendo show de cara limpa, totalmente diferente do que você vê na televisão, nos personagens, dinamismo do palco, bem jovem, fazendo show de humor mesmo, estes momentos me inspiram. Vir para Maranguape é uma honra. Vou falar uma coisa pra você que todo artista, todo humorista deveria falar: eu me inspirei muito em Tom Cavalcante, depois Alex Nogueira (meu amigo particular) e Wellington Muniz (o Ceará do Programa Pânico). Eu e outros mais nos inspiramos nessa galera, nos nossos amigos e deles tiramos inspiração em suas coragens e brilhos vistos no palco pois são pessoas que a gente sempre tira alguma coisa. É interessante e isso tem que ser dito: nos inspiramos nos amigos da gente, não é feio dizer que temos um amigo assim, é até bonito, porque somos funcionários de uma arte chamada riso/humor e as vezes a gente vê um amigo no palco e pensa: como é bonito! Por que quem gosta da arte gosta do humor e se eu for pro show de um amigo meu, seja do Alex, do Bené, do Tirullipa, do Zebrinha ou de qualquer outro artista do Ceará, eu vou pra rir porque eu gosto de ver o cara no palco, então, isso de certa forma também me inspira.”

 

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

“Devia abrir um Centro de Arte Chico Anysio aqui na cidade pra preservar a sua memória e que seja referencia para o Brasil inteiro, não só na arte do humor,  mas, na área da cultura no geral para formar atores, rádio atores, redatores e humoristas que é o que Chico era, então isto está faltando das autoridades mas acredito que mais na frente alguém vai ter essa ideia e vai fazer um negocio desses. Aliás, o Projeto Festival de Humor é real e já é um bom começo pra que este evento seja referência nacional pra Maranguape tornar-se a Capital do Humor, pois, quando um cara tiver nos Estados do RJ ou SP, por exemplo, ele vai poder dizer “O maior Festival do Humor do Brasil acontece lá em Maranguape, no Ceará, terra do Chico Anysio.” É interessante, né? Aliás, o primeiro passo foi dado, o Festival é sucesso, já estão vindo artistas e humoristas do Brasil inteiro e a tendência é crescer mais e mais e o resultado “taí”: evento lotado, público dando boa resposta nos três dias de evento, fantástico, isso é maravilhoso, é bom demais! E tu vai ver, não vai demorar muito pra esse ser o maior Festival do Brasil. Ano que vem basta trazer o pessoal do stand up, aqueles que estão no foco pois é importante essa rede de relacionamento. Pega um cara desse, que é top e está num momento bom  e trás pra cá. Ele vai divulgar que estará aqui neste evento que valoriza o artista local e do ceará em geral. Esta edição foi muito interessante, pensaram até na música e não só no estilo de piada pois tem show do Reginaldo Rossi, Banda de Forró e num estilo diferente, os emboladores Cajú & Castanha. Achei uma ideia maravilhosa  e a partir dai surgirão outras maravilhosas e cada vez o Festival será melhorado.”

 

Caju & Castanha, os Emboladores

 

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caju: “Agradeço a DEUS e a todos e parabenizo pela realização deste Festival, uma festa muito bonita em homenagem a Chico Anysio pela quinta vez. Trouxemos muitas emboladas, músicas e forró pro povo de Maranguape, com muita alegria, assim como fazia o grande Chico.”

Castanha: “Eu e Caju embolamos no funk nordestino, uma música de Felipe Furtado que gravamos neste ano. Somo isso aí: embolada, funk, rap pois é tudo cultura brasileira. Chico Anysio foi o maior humorista brasileiro e do mundo também, um camarada que espelhou e fez o nordestino ficar alegre com seu humor e trabalho maravilhosos. Estamos felizes aqui e trouxemos um repertorio maravilhoso para brincar com as pessoas, mostrando nosso lado humorístico na embolada que faz o povo rir do mesmo jeito e isso é muito bom pois temos músicas feitas, como “corno conformado” mas, improvisamos quando brincamos com a galera homenageando esta grande festa.”

 

Caju & Castanha improvisaram nesta embolada para homenagear o nosso Blog. Leiam:  

 

“Olá! No News Maranguape você pode acreditar / com a amiga Dadynha uma pessoa popular / A festa é de Chico Anysio / Estamos aqui pra cantar.

Tamos aqui pra cantar / quando um perde o outro ganha / no jogo de improvisar / somos Caju & Castanha / Viemos arrebentar / Vocês esperem ai / Daqui há pouco eu chego lá.”

 

Ainda

 

Artesãos maranguapenses realizaram exposição dos seus produtos durante toda a semana. Bordado, biscuit, confecção entre outras artes foram colocadas à venda para o público local e visitantes. Destaque para o aerografo Nyl, que fazia a arte ao vivo.

 

Artesã maranguapense Rosangela da  Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros no último final de semana na terra de Chico Anysio

Artesã maranguapense Rosangela da Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto de Dadynha Saturnino

 

Joélia Façanha exibe as Toalhas bordadas da Jojó  no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Joélia Façanha exibe as toalhas bordadas do Artesanato da Jojó no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts ao vivo no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura de Chico Anysio feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares exibe camisa com caricatura do personagem Tizil feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares e Eltom Andrade exibem caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Coberturas fotográficas nos links abaixo:

 

1º dia

2º dia

3º dia

 

 

Publicidade aqui

V Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros na terra de Chico Anysio

Por Dadynha Saturnino em Diversão

26 de agosto de 2013

De 19 a 24 de agosto últimos, a serrana Maranguape esteve em total estado de graça com a realização do Pré (19 a 21) e V Festival Nacional de Humor – Uma homenagem à Chico Anysio (de 22 a 24). Talentosos artistas do cenário humorístico e musical subiram ao palco e promoveram dias de muito riso, alegria e descontração as milhares de pessoas que lotaram a Praça Capistrano de Abreu e ainda, aquelas que prestigiaram as apresentações realizadas nos Distritos de Tanques, Lages e Lagoa do Juvenal (Pré-Festival).

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

 

Na quinta (22), primeira noite do Festival, humoristas da Central do Humor apresentaram o Jornal Bem Dizido. O Prefeito de Maranguape, Exmo. Sr. Atila Câmara e a Presidente da FITEC Isla Márcia realizaram a abertura oficial do evento que contou com a presença de Elano de Paula (irmão do saudoso Chico Anysio) e de várias autoridades políticas. Os comediantes André Lucas (filho de Chico), Felipe Pontes (o Plin Plinio do Zorra Total), Jader Soares (Zebrinha) e os Dois Abestados Bené Barbosa (o Papudim) e Everson Silva (o Tirullipa, filho do também comediante Tiririca) com Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) participaram da Mostra de Humor. O artista Paulo Façanha fechou a programação noturna com excelente show musical.

 

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula e autoridades políticas na Abertura oficial V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula, André Lucas, Zebrinha e autoridades políticas na Abertura oficial do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino  

 

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Na sexta (23), Duarte (Dudu) e a dupla Humor de Peso, Eltom Andrade (Paitinga), Aluísio Júnior (Programa É de Graça) e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete das Garras da Patrulha) apresentaram-se com muita irreverência e criatividade, interagindo com o público que deu uma resposta muito boa a todos os artistas, inclusive no show musical do Rei do brega Reginaldo Rossi.

 

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Reginaldo Rossi e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

Reginaldo Rossi com Dadynha Saturnino no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

 

No sábado (24), última noite do evento, os shows de humor foram realizados pela dupla Tony Régio e Edu Dias (Maranguape em Cena). Na sequência, Rapadura, Augusto Bonequeiro e Ery Soares (o Tizil das Garras da Patrulha) realizaram uma excelente Mostra de Humor. O show musical dos emboladores Cajú & Castanha e da Banda de Forró Boca a Boca encerraram a programação.

 

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

 

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

 

Caju & Castanha com o produtor Felipe recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha com o produtor Felipe Furtado recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

A apresentação do evento ficou por conta do também talentoso comediante Alex Nogueira (vencedor da competição “Quem chega lá” do Domingão do Faustão). Cearense de Pacajús, agradou ao público mostrando que artistas de sua grandeza podem atuar de formas múltiplas e sempre com muita qualidade, interagindo e deixando perceptíveis a humildade, carisma e simpatia em cima e fora do palco. Em breve Alex voltará à Terra de Chico Anysio para realizar seu show de humor completo e em companhia de outro grande artista cearense, o Ery Soares.

 

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Bate papo com artistas

 

Durante todos os dias de evento, conversamos e realizamos registros fotográficos com os artistas. Alguns deixaram as suas considerações sobre a importância da participação e/ou realização do Festival como oportunidade de promover Maranguape, a cultura e a arte no país e sobre Chico Anysio, o Mestre do Humor Brasileiro. Confiram abaixo:

 

Felipe Pontes – Plin Plínio do Zorra Total

“Estou muito feliz em estar aqui e por receber tanto carinho do povo de Maranguape. Certamente o grande privilegiado sou eu por estar na terra de Chico Anysio fazendo imitações, divertindo o público e levando o meu trabalho que desenvolvo há quatro anos no Programa Zorra Total. Obrigado.”

 

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Elano de Paula

“Tenho tanta recordação da infância infantil em Maranguape. Lembro que eu estudava na Escola Dona Mariquinha, quando essa Praça foi inaugurada com o nome de João Pessoa e José Nascimento fez um dos maiores discursos que vi em minha vida.” Referindo-se à hoje denominada Praça Francisco Colares Filho (conhecida também como Praça da Matriz) localizada ao lado da Praça Capistrano de Abreu, local onde foi realizado o VFNH e em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha.

 

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Marcos Duarte de Oliveira – Humorista Dudu

“Nasci em Fortaleza, mas, moro em Maranguape e venho contribuindo com a cultura há algum tempo. Participei de importantes programas televisivos como o Ana Hickman e Astros; do Festival de Humor Cearense de Iguatu (com Eltom Andrade, Tony Regio e Rapadura) e agora nos preparamos para participar do Festival de Humor de Baturité, sempre divulgando e levando o nome de Maranguape como a Capital do Humor. Me sinto feliz em respirar o mesmo ar de Chico Anysio, um grande humorista que saiu daqui. Pra mim, todo maranguapense já nasce humorista, uns desenvolvem, outros não, mas, ainda assim sentem-se humoristas. O Festival de Humor acontece só uma vez por ano e é importante para os artistas da terra porque dá visibilidade, mas, pretendo preparar um plano de cultura na linguagem humor junto com Eltom Andrade e a Central de Humor onde lutaremos por várias prioridades para os humoristas locais e pra que a cidade crie mesmo a identidade de terra de Chico Anysio e se sinta de verdade essa cidade. Precisamos buscar recursos para a construção de uma estatua grande na rotatória, com Chico de braços abertos, recebendo os visitantes e que sejam fixados banners com fotos dele e de humoristas da terra, informando aqui é a terra de Chico Anysio. Essa será umas das nossas propostas mesmo que seja implementada somente daqui 5 anos.”

 

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Duarte aproveitou a oportunidade para divulgar o Laboratório do Riso, uma espécie de escola que reunirá na Sociedade Artística Maranguapense, toda quarta, a partir das 18h, pessoas deste município ligadas à arte e/ou aquelas que serão descobertas como novos talentos maranguapenses, trocando ideias, melhorando repertórios, dando o primeiro passo para um futuro melhor. Hoje contam com o apoio do poder público através da liberação do espaço para a realização das reuniões semanais onde desenvolverão trabalho com estudantes, donas de casa, idosos, adolescentes, pessoas verdes na área do humor que tenham apenas uma vontade: ser humorista.

 

Alusio Junior

“Esta é a segunda vez que participo do Festival. Na edição do ano anterior tive apenas uma participação de 20 minutos, mas, desta vez, uma hora de show ao lado de Nana Pinheiro, do cabecinha de coco Julio Cesar, do Ramon que faz a bicha, amigos que participam do meu programa de TV. Apresento no palco pela primeira vez o Copinho. Maranguape pode ser considerada a capital do mundo, do humor, juntamente com fortaleza.

 

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Tony Régio

“Sou filho de Ipu-Ceará, casado com uma maranguapense, há nove anos mora aqui e sempre sonhei em participar do Festival desde a primeira edição no ano de 2009. Queria subir ao palco, mas, sempre fiquei nos bastidores. Somente nesta edição participo e subo no palco como artista pela primeira vez, numa Dobradinha com Edu Dias. Apresentamos show de piadas, paródias, interagindo no palco numa conversa bem descontraída.”

 

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Cleber Fernandes – Froxilda Fofolete

 

“É importante subir ao palco na cidade do mestre Chico Anysio, é bem o meu estilo. A estrutura e o som são de boa qualidade, com público sentado, evento apresentado por Alex Nogueira que deixou tudo a meu favor. Entrei confiante, fiz um show redondo com participação intensa do público de Maranguape, esta terra boa e abençoada que tem tudo haver com humor e é o melhor local para fazer um Festival desse porte. É sempre bom voltar a terra de Chico Anysio onde sempre sou muito bem recebido. Estou no ramo desde 1989. Assisti Chico City, os Trapalhões, Renato Aragão, Dedé Santana, enfim, essa turma boa, mas, por incrível que pareça, não me espelhei, nem me baseei neles nem em Tom Cavalcante, até porque venho muito da escola do desenho animado, sou um cara que faz vozes, entrei pro rádio por causa delas, virei redator e assim me descobri como humorista. Chico é inspiração para todos, me espelhei nas lições que ele deixou como profissional, como humorista, cara versátil, nisso me inspirei, já tenho muitos personagens (estou com 61) mas, vai demorar muito pra chegar ao nível dele que fez mais de 200, pois é insubstituível. Quero fazer o meu trabalho direitinho, sem passar por cima de ninguém, ajudando o fortalecimento da classe e o humor cearense e, claro, idolatrando e respeitando o Mestre Chico Anysio. Espero que apareça outro mas acho muito difícil. Parabenizo a iniciativa e organização do evento e que ano que vem estejamos juntos novamente.”

 

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Ary Rossi – cover de Reginaldo Rossi

“Sou cearense com sotaque carioca misturado com paulista. Radialista, me descobriram há 18 anos e desde então venho ganhando dinheiro como sósia do Reginaldo Rossi. Canto todos os dias no programa da Babalu e a minha relação com Reginaldo é boa, já nos encontramos, subi no palco, cantei com ele e se eu recebesse de moeda de R$1,00 a quantidade de fotos que tirei já teria ficado rico, mas, não engano ninguém, todos sabem que sou cover dele. Aliás, temos anos de diferença, eu tenho 52 e ele 74 anos, e não quero imitá-lo, porém, admiro muito este artista nordestino do estado do Pernambuco.”

 

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista Ery Soares – Tizil 

“Esta é a primeira vez que participo deste evento, uma ocasião muito especial! O povo de Maranguape recebeu um show onde vim para me divertir, ver a reação da galera. Chico Anysio é influente na vida de todo artista brasileiro, sempre que posso me inspiro nele, alem dos personagens, pois desde o começo assistia o Chico Anysio Show, na quinta (o Viva o Gordo era na terça), um programa de humor e não tinha como a gente não se associar e se inspirar nos programas dele. Até hoje, sempre assisto em casa um vídeo dele que eu gosto muito,  inaugurando a TV Tupi em 1960. Dinâmico fazendo show de cara limpa, totalmente diferente do que você vê na televisão, nos personagens, dinamismo do palco, bem jovem, fazendo show de humor mesmo, estes momentos me inspiram. Vir para Maranguape é uma honra. Vou falar uma coisa pra você que todo artista, todo humorista deveria falar: eu me inspirei muito em Tom Cavalcante, depois Alex Nogueira (meu amigo particular) e Wellington Muniz (o Ceará do Programa Pânico). Eu e outros mais nos inspiramos nessa galera, nos nossos amigos e deles tiramos inspiração em suas coragens e brilhos vistos no palco pois são pessoas que a gente sempre tira alguma coisa. É interessante e isso tem que ser dito: nos inspiramos nos amigos da gente, não é feio dizer que temos um amigo assim, é até bonito, porque somos funcionários de uma arte chamada riso/humor e as vezes a gente vê um amigo no palco e pensa: como é bonito! Por que quem gosta da arte gosta do humor e se eu for pro show de um amigo meu, seja do Alex, do Bené, do Tirullipa, do Zebrinha ou de qualquer outro artista do Ceará, eu vou pra rir porque eu gosto de ver o cara no palco, então, isso de certa forma também me inspira.”

 

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

“Devia abrir um Centro de Arte Chico Anysio aqui na cidade pra preservar a sua memória e que seja referencia para o Brasil inteiro, não só na arte do humor,  mas, na área da cultura no geral para formar atores, rádio atores, redatores e humoristas que é o que Chico era, então isto está faltando das autoridades mas acredito que mais na frente alguém vai ter essa ideia e vai fazer um negocio desses. Aliás, o Projeto Festival de Humor é real e já é um bom começo pra que este evento seja referência nacional pra Maranguape tornar-se a Capital do Humor, pois, quando um cara tiver nos Estados do RJ ou SP, por exemplo, ele vai poder dizer “O maior Festival do Humor do Brasil acontece lá em Maranguape, no Ceará, terra do Chico Anysio.” É interessante, né? Aliás, o primeiro passo foi dado, o Festival é sucesso, já estão vindo artistas e humoristas do Brasil inteiro e a tendência é crescer mais e mais e o resultado “taí”: evento lotado, público dando boa resposta nos três dias de evento, fantástico, isso é maravilhoso, é bom demais! E tu vai ver, não vai demorar muito pra esse ser o maior Festival do Brasil. Ano que vem basta trazer o pessoal do stand up, aqueles que estão no foco pois é importante essa rede de relacionamento. Pega um cara desse, que é top e está num momento bom  e trás pra cá. Ele vai divulgar que estará aqui neste evento que valoriza o artista local e do ceará em geral. Esta edição foi muito interessante, pensaram até na música e não só no estilo de piada pois tem show do Reginaldo Rossi, Banda de Forró e num estilo diferente, os emboladores Cajú & Castanha. Achei uma ideia maravilhosa  e a partir dai surgirão outras maravilhosas e cada vez o Festival será melhorado.”

 

Caju & Castanha, os Emboladores

 

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caju: “Agradeço a DEUS e a todos e parabenizo pela realização deste Festival, uma festa muito bonita em homenagem a Chico Anysio pela quinta vez. Trouxemos muitas emboladas, músicas e forró pro povo de Maranguape, com muita alegria, assim como fazia o grande Chico.”

Castanha: “Eu e Caju embolamos no funk nordestino, uma música de Felipe Furtado que gravamos neste ano. Somo isso aí: embolada, funk, rap pois é tudo cultura brasileira. Chico Anysio foi o maior humorista brasileiro e do mundo também, um camarada que espelhou e fez o nordestino ficar alegre com seu humor e trabalho maravilhosos. Estamos felizes aqui e trouxemos um repertorio maravilhoso para brincar com as pessoas, mostrando nosso lado humorístico na embolada que faz o povo rir do mesmo jeito e isso é muito bom pois temos músicas feitas, como “corno conformado” mas, improvisamos quando brincamos com a galera homenageando esta grande festa.”

 

Caju & Castanha improvisaram nesta embolada para homenagear o nosso Blog. Leiam:  

 

“Olá! No News Maranguape você pode acreditar / com a amiga Dadynha uma pessoa popular / A festa é de Chico Anysio / Estamos aqui pra cantar.

Tamos aqui pra cantar / quando um perde o outro ganha / no jogo de improvisar / somos Caju & Castanha / Viemos arrebentar / Vocês esperem ai / Daqui há pouco eu chego lá.”

 

Ainda

 

Artesãos maranguapenses realizaram exposição dos seus produtos durante toda a semana. Bordado, biscuit, confecção entre outras artes foram colocadas à venda para o público local e visitantes. Destaque para o aerografo Nyl, que fazia a arte ao vivo.

 

Artesã maranguapense Rosangela da  Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros no último final de semana na terra de Chico Anysio

Artesã maranguapense Rosangela da Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto de Dadynha Saturnino

 

Joélia Façanha exibe as Toalhas bordadas da Jojó  no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Joélia Façanha exibe as toalhas bordadas do Artesanato da Jojó no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts ao vivo no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura de Chico Anysio feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares exibe camisa com caricatura do personagem Tizil feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares e Eltom Andrade exibem caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Coberturas fotográficas nos links abaixo:

 

1º dia

2º dia

3º dia