dadynha saturnino Archives - Página 3 de 26 - News Maranguape 
Publicidade

dadynha saturnino

Guto Ribeiro puxa trio no 4º Pré-Carnaval de Itapebussu, em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Pré-Carnaval

13 de Janeiro de 2016

Nesse sábado (16), o cantor cearense Guto Ribeiro – o Rei da balada – faz show no trio elétrico no 4º Pré-Carnaval do clube Barraquim Só O Mie, no Distrito de Itapebussu, zona rural de Maranguape. A concentração será na Praça Central, às 20h e de lá Guto segue animando os foliões dos blocos de cima do trio até o clube. “No apagar da luz” é a música de trabalho desta temporada carnavalesca, mas, energia não vai faltar nessa festa: “Estou preparando um repertório pra lá de irreverente e muito percussivo”, garante Guto. O cantor Hélio Araújo e a Banda Forró D’Nome farão o comando no palco e na compra do abadá do barraquim, a entrada no clube é liberada.

 

Tradicional festa carnavalesca acontece nesse sábado (16), em Itapebussu. Divulgação

Tradicional festa carnavalesca acontece nesse sábado (16), em Itapebussu. Divulgação

 

Serviço

 

4º Pré-Carnaval do Clube Barraquim Só O Mie, em Itapebussu, Maranguape-CE

Guto Ribeiro elétrico, Hélio Araújo, D’Nome

16/01/16 às 20h

Preço do abadá (Bloco Barraquim): R$25,00

Vendas: Sede do clube

Informações: (85) 98748-6482 Manú Cavalcante

Publicidade

A Lenda do Gato Preto conquista troféu de ouro em prêmio internacional de Direitos Humanos

Por Dadynha Saturnino em cinema

06 de Janeiro de 2016

A Lenda do Gato Preto. Núcleo cigano. Foto reprodução do site

A Lenda do Gato Preto. Núcleo cigano. Foto reprodução do site

 

A Lenda do Gato Preto, longa-metragem cearense do diretor quixadaense Clébio Viriato Ribeiro, conquistou o Troféu de Ouro “World Human Rights Awards (WHRA) ” – Prêmio Mundial dos Direitos Humanos na Indonésia. Com roteiro assinado pela dupla Caio Quinderé e Kennedy Saldanha e apoio do Governo do Estado do Ceará, o filme é baseado em uma lenda urbana da cidade de Quixadá e aborda positivamente a temática cigana, povos que fazem parte de uma etnia muito discriminada no mundo inteiro, fator que também garantiu prêmio nas categorias platina e prata. Rodado nas cidades de Quixadá e Maranguape, tem em seu elenco principal os atores Emiliano Queiroz, Elke Maravilha, Eduardo Dascar, Jane Azeredo, Katiana Monteiro, Alexandre Mandarino, Aurora Duarte e a estreante Cassia Roberta. Os atores Antonieta Noronha e Sidney Souto (ambos in memoriam) fazem parte do núcleo cigano. 
Entrega
A Lenda do Gato Preto é premiado em Jakarta, Indonésia. Divulgação.

A Lenda do Gato Preto é premiado em Jakarta, Indonésia. Divulgação.

A entrega do prêmio acontecerá próximo dia 18 de janeiro em Jakarta, na Indonésia. “Na ocasião, teremos a oportunidade de participar do debate e de uma coletiva internacional engrandecendo o nome do Ceará para a imprensa mundial, além de ser momento de negócios com distribuidoras nacionais e internacionais”, pontua Viriato.

 

O filme

 

Com direção de Clébio Viriato, A Lenda do Gato Preto é um filme de longa duração e que se destina à exibição no circuito comercial de salas de cinema e salas digitais no Brasil e exterior. O filme exalta a força da cultura cigana e sua contribuição para formação da identidade cultural brasileira. Vai respeitar as diferenças das minorias étnicas, reconhecendo o legado que os povos ciganos (notadamente os que passaram pelo sertão nordestino em meados do século passado) deixaram às futuras gerações.

O filme tem ainda como mote inspirador uma lenda urbana propagada em Quixadá, município do sertão central do Ceará, que diz sobre uma menina tomada pelo desejo súbito e irresistível de subir pela parte mais íngreme da Pedra do Cruzeiro, vencendo seus 90 metros de altura sem a ajuda de qualquer equipamento, afirmando ser atraída por um gato preto que a conduzia até o topo da pedra.

Como resultado, espera-se atingir um público estimado em dois milhões de pessoas entre cinéfilos, remanescentes de comunidades ciganas, jovens e adultos, homens e mulheres das classes sociais A, B e C no Brasil e Exterior.

Por que um filme sobre ciganos? Ao contrário dos índios, hoje também uma minoria, os ciganos nem sequer são citados na Constituição Federal. A defesa dos direitos e interesses ciganos, no entanto, é bem mais difícil e complexa, porque a bibliografia sobre esse grupo no Brasil é muito reduzida e mal chega a uma dúzia de ensaios científicos, dada a quase inexistência de antropólogos e outros cientistas que realizaram ou realizam pesquisas de campo em torno do tema.

Assim, os ciganos constituem uma minoria das menos conhecidas e talvez por isso são vítimas de muitos preconceitos e discriminação no Brasil. Por isso, a pesquisa deste filme foi fundamentada na oralidade de grupos ciganos residentes nas proximidades de Sobral e Juazeiro do Norte, interior do Ceará.

A cultura cigana representa um conjunto de tradições e crenças que desafiam os modelos sociais por defender o direito à diferença. Os ciganos ao longo da história são testemunhas do preconceito social e religioso, exatamente por não reconhecerem um Deus próprio, nem sacerdotes, nem cultos originais. Para os citadinos, cigano muitas vezes é sinônimo de esperto, vagabundo ou ladrão. Esse ranço histórico é cultivado, inclusive, pela literatura em torno de estórias e histórias vividas ou imaginadas. Assim como os judeus, os índios, os negros, ou os pobres, os ciganos são discriminados na sociedade. É sobre discriminação, amor proibido, honra e dignidade que este filme trata.

A Lenda do Gato Preto enfoca os aspectos da cultura cigana e os contrates com a moral social dos anos 70 até os dias atuais, para que a sociedade compreenda o seu valor e mantenha a determinação de preservar a cultura nômade.

Bastidores

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Arquivo pessoal
1/6

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Arquivo pessoal

Emiliano Queiroz com as atrizes Jane Azeredo e Fernanda Quinderé, a produtora Dadynha Saturnino e o amigo Tony Valotão em sua chegada ao Sítio Bela Vista, em Maranguape, set de filmagens do filme A Lenda do Gato Preto. Foto Arquivo pessoal

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino
2/6

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino

Elke Maravilha com equipe técnica no set de filmagens do filme A Lenda do Gato Preto em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino
3/6

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino

Sidney Souto (IM) nos bastidores de gravações do filme A Lenda do Gato Preto em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino
4/6

Bastidores A Lenda do Gato Preto. Foto Dadynha Saturnino

Elke Maravilha com figurantes nos bastidores de gravações do filme A Lenda do Gato Preto em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

A Lenda do Gato Preto. Divulgação
5/6

A Lenda do Gato Preto. Divulgação

A Lenda do Gato Preto. Divulgação

A Lenda do Gato Preto. Divulgação
6/6

A Lenda do Gato Preto. Divulgação

A Lenda do Gato Preto. Divulgação

Sinopse

Sertão do Nordeste brasileiro 1970. Um grupo de ciganos acampa nos arredores de Quixadá, seguindo a previsão de que um novo tempo se anuncia. Ali passam semanas mudando a paisagem, interferindo no cotidiano do pequeno lugarejo. Aos poucos se integram à vida da cidade e usando da habilidade para o comércio fazem da feira seu ponto de negócios.

Lutando pelo direito de serem aceitos, um pequeno grupo de ciganos envolve-se numa grande confusão, após um rico comerciante local atropelar um Gato Preto, animal de estimação de uma Cigana. Conflito que finda por expulsar a todos os ciganos da cidade. Dezoito anos depois, Mariana, filha mais nova da família Amorim, no dia de seu aniversário, sente-se tomada por uma força indômita que a faz correr pelas ruas de Quixadá e subir pela parte mais íngreme da Pedra do Cruzeiro.

A Cigana do gato morto retorna a Quixadá, agora dona do famoso Circo Estrela do Oriente. Seu filho e Mariana têm um romance proibido que mudará o rumo da historia.

Publicidade

Maranguapense Monsenhor Mauro Gurgel completa 94 anos de vida nesta terça (22)

Por Dadynha Saturnino em PersonalidadeMaranguapense

22 de dezembro de 2015

Maranguape está em festa: seu ilustre, importante e querido filho Mauro Gurgel Braga Herbster (Monsenhor/Padre Mauro) completa 94 anos de vida nesta terça (22)14 dias após a comemoração dos seus 70 anos de ordenação sacerdotal. Registramos o nosso afeto, respeito, votos de muita saúde e paz em nome dos nossos leitores e de todos os paroquianos de Nossa Senhora da Penha (padroeira de sua terra natal), do Mucuripe, do São Gerardo, do Mulungu, de Pedra Branca entre outras cidades em que foi vigário. Parabéns, Monsenhor! 

Monsenhor Mauro Gurgel Braga Herbster - 94 anos de vida e 70 de sacerdócio. Foto Dadynha Saturnino

Monsenhor Mauro Gurgel Braga Herbster – 94 anos de vida e 70 de sacerdócio. Foto Dadynha Saturnino

 

Padre Mauro acompanhado do Monsenhor João Jorge, Padre Rafhael Maciel e Ministros da Eucaristia após a Santa Missa em ação de graças pelos seus 70 anos de sacerdócio completados no dia oito de dezembro. Foto Dadynha Saturnino

Padre Mauro acompanhado do Monsenhor João Jorge, Padre Rafhael Maciel e Ministros da Eucaristia após a Santa Missa em ação de graças pelos seus 70 anos de sacerdócio completados no dia oito de dezembro. Foto Dadynha Saturnino

 

Leia mais: Blog News Maranguape entrevista o Monsenhor Mauro Herbster

Publicidade

Conde e Solteirões do Forró são atrações do IV Natal do Povo, em Amanari

Por Dadynha Saturnino em Eventos

19 de dezembro de 2015

Conde e Solteirões do Forró são atrações confirmadas do IV Natal do Povo, evento gratuito que acontece nessa quarta (23), a partir das 21h no estacionamento do Rio Verde Parque Show, localizado no Distrito de Amanari, em Maranguape-CE. A estrutura está sendo montada em uma área de 80mil mt² e contará com palco, pista de dança, praça de alimentação, camarote, estacionamento e segurança para atender o público estimado em mais de 25mil pessoas, conforme informou Martus Teógenes, idealizador e organizador da festa que também pontuou que a importância da realização do evento é “Confraternizar toda a comunidade vizinha do distrito de Amanari e receber quem vem visitar a família no final de ano, gente que mora em toda a parte do Brasil”. A banda Forró D’Nome e o cantor Hélio Araújo também vão se apresentar.

 

Conde e Solteirões do Forró são atrações do IV Natal do Povo em Amanari, Maranguape. Divulgação

Conde e Solteirões do Forró são atrações do IV Natal do Povo em Amanari, Maranguape. Divulgação

 

Serviço

 

IV Natal do Povo

Rio Verde Parque Show – Distrito de Amanari – Maranguape – Ceará

23/12/15 a partir das 21h

Grátis

Publicidade

APAE Maranguape promove jantar beneficente nesse sábado (12)

Por Dadynha Saturnino em Movimentos Sociais

07 de dezembro de 2015

A Associação de Pais e Alunos Excepcionais – APAE de Maranguape promove jantar beneficente nesse sábado (12), em comemoração dos seus 19 anos de fundação e também do Dia Nacional das APAES – 61 anos do movimento no Brasil. O evento acontecerá na sede da instituição localizada à Avenida Stênio Gomes, Nº888, no bairro do Parque Iracema, a partir das 19h, e será animado pelo cantor Lailton Sousa e Trio Bis, cujo objetivo é oferecer um momento de integração APAE/Sociedade, a captação de recursos para pagamentos de despesas com recursos humanos e também para agradecer aos parceiros, apoiadores, colaboradores, amigos e voluntários. Para participar, basta adquirir um ingresso simbólico no valor de R$15,00.

Jantar APAE Maranguape. Divulgação

Jantar APAE Maranguape. Divulgação

 

História da APAE Maranguape

 

É uma organização da sociedade civil, beneficente, que congrega pais e amigos da sociedade, fundada em 02 de setembro de 1996, mediante o desejo de mães que acompanhavam seus filhos aos serviços de Terapia Ocupacional e Fonoaudiologia, oferecidas pelo município de Maranguape, através da Secretaria de Saúde, com o objetivo de oferecer um serviço de atendimento especializado na modalidade de educação especial.  Nasceu com a esperança de promover dias melhores para as pessoas com deficiências e suas famílias.

“… quero muito que minhas filhas estudem. Maranguape não tem uma escola especial para ensinar nossos filhos, precisamos criar uma…” Depoimento da Fundadora – Fátima Braga (Mãe de Sarana e Mariana, filhas com deficiências).

Em 19 anos de caminhada, primou pela sua transparência na gestão do 3º setor, ganhou visibilidade, respeito e excelência nos serviços desenvolvidos, produziu resultados expressivos na construção de uma política educacional e social no que se refere às pessoas com deficiência e família. Hoje é reconhecida como referência, por ter uma interação direta com a comunidade local de confiança e solidariedade. Impulsiona, sobretudo, a sociedade maranguapense na luta contra o preconceito e a discriminação para com as pessoas com deficiência.

“… no momento o que podemos oferecer é um atendimento terapêutico com qualidade para estimular as suas filhas se desenvolverem… mas, posso pensar o quê e como podemos criar uma instituição que ofereça uma escola especial para suas filhas…. Fátima! vamos fundar uma associação? Pesquisei e descobri que uma instituição filantrópica adequada para nossas necessidades, será uma APAE.”  Idealizadora e fundadora – Virginia Queiroz – Terapeuta Ocupacional

Manteve uma escola especial por 12 anos, porém, com a evolução da política educacional nacional, a APAE fecha a escola especial e em 2010 cria um Centro de Atendimento Especializado – CAEPD, hoje com 05 anos, atendendo a 120 usuários com deficiência intelectual, múltipla e transtorno do espectro autista, na faixa etária de 00 a 78 anos, oferecendo serviços educacionais, terapêuticos, socioeducativos e de qualificação profissional.

A instituição acredita e investe no potencial humano e nas transformações sociais, busca inovar sua gestão de fundos e edificar uma base financeira sólida capaz de sustentar e/ou complementar as atividades com recursos gerados por ela própria e por empresas parceiras, para alcançar maior estabilidade financeira, assegurar a viabilidade operacional e crescer de forma sustentável.

Serviço

Jantar beneficente da APAE Maranguape

Atração musical: Lailton Sousa e Trio Bis

Sábado, 12/12/15, a partir das 19h

Valor: R$15,00

Vendas: na sede da Associação ou com funcionários.

Informações: (85) 3341-4191

E-mail: maranguape.ce@apaebrasil.org.br

Publicidade

Lorrane Cabral conhece Erivando Braga, maranguapense exemplo de superação

Por Dadynha Saturnino em Pessoas

26 de novembro de 2015

A apresentadora do Gente na TV Lorrane Cabral esteve com a equipe do programa na comunidade de Jardim, Penedo, localizada na zona rural de Maranguape e conheceu o assistente de mecânico Erivando Braga, um jovem de 26 anos que, apesar de ter o lado direito do rosto deformado por causa de uma doença congênita, é exemplo de superação e estima bastante elevada: carismático e simpático, é muito querido em toda a comunidade e enquanto não realiza o sonho da cirurgia facial vive a vida com muita naturalidade, confiança e distribui alegria por onde passa. A história completa foi apresentada numa reportagem exclusiva exibida nesta quinta (26).

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino.

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino.

Confiram alguns registros feitos no local. 

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
1/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
2/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
3/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
4/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
15-11-24 Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Foto Dadynha Saturnino (15)
15-11-24 Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Foto Dadynha Saturnino (16)
15-11-24 Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Foto Dadynha Saturnino (19)
Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
9/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino
10/11

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Imagens cinematográficas de Ivanildo Bastos. Foto/Produção local Dadynha Saturnino

15-11-24 Lorrane Cabral conta a história de Erivando Braga no Gente na TV. Foto Dadynha Saturnino (14)

 

A reportagem foi exibida hoje (26) no Programa Gente na TV.

.

 

Publicidade

Equipe do Programa Só de H participa de corrida irreverente em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Diversão

24 de novembro de 2015

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção: Dadynha Saturnino

Equipe do Programa Só de H em Maranguape.

Irreverência e bom humor deram o tom da I Corrida de Carrinhos de Mãos realizada no último domingo (26), na comunidade conhecida como Alto dos Pereiras, em Amanari, zona rural de Maranguape. Idealizada pelo promotor de eventos Rogério Rogher, o evento contou com a locução dos artistas Alex Moura e Alexandre Silva, da apresentação do humorista Homem Cajú e de um grupo de capoeira entre outras atrações culturais que divertiram moradores e visitantes do início da manhã ao final do dia.

A equipe do Programa Só de H, formada pelo apresentador Alex Nogueira – interpretando o caipira Alexandrino Severino -, assistente Paulinha Hzete e cinegrafista Rafael Augusto, invadiu o lugar e registrou toda a movimentação ocorrida na localidade. A produção local e fotografia desta reportagem são de Dadynha Saturnino e em breve você confere tudo no Programa. Acompanhem a programação!

 

Confiram alguns cliques:

 

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
11/17

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção: Dadynha Saturnino

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino
16/17

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino

Equipe do Programa Só de H marcando presença na Corrida de carrinhos de mão em Maranguape. Produção/Foto Dadynha Saturnino

 

Publicidade

Maranguape comemora 164 anos nesta terça (17). Confira programação

Por Dadynha Saturnino em Cidades

16 de novembro de 2015

Maranguape, cidade serrana da região metropolitana de Fortaleza, comemora o aniversário de 164 anos nesta terça (17), com apresentação musical de artistas locais, realização de Missa e shows católicos a partir das 18h, na Praça Capistrano de Abreu, localizada no Centro da “terra natal” do comediante Chico Anysio (im), dos historiadores Capistrano de Abreu (im) e Dhenis Maciel, dos irmãos religiosos Monsenhor Mauro Herbster e Argeu Herbster (im), dos músicos Manassés de Sousa, Sirano, Sirino e Vanim, dos humoristas Rapadura Barroada, dos jornalistas Luiz Esteves Júnior Mayara de Araújo, dos Professores Edith Nunes (im), Joélcio Alves Jaira Façanha, dos comerciantes Raimundo Careca, Paulinho Grill e Dedé da Bodega, do jornaleiro Mamão, do ciclista José Lito de Moura, do piloto José Duarte e de várias outras personalidades que foram/são referências positivas em suas áreas de atuação. A data marca o dia em que Maranguape foi elevada à condição de Vila, no ano de 1851. A cidade hoje tem cerca de 122 mil habitantes (IBGE 2013) e é administrada pelo Prefeito Átila Cordeiro Câmara. 

Confira programação:

 

Aniversário de 164 anos de Maranguape-CE. Divulgação Prefeitura Municipal de Maranguape.

Aniversário de 164 anos de Maranguape-CE. Divulgação Prefeitura Municipal de Maranguape.

 

Algumas imagens de Maranguape

 

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
1/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
2/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
3/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
4/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
5/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
6/32

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Igreja Matriz de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino
7/32

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino
8/32

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino
9/32

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Praça Francisco Colares Filho, a Praça da Matriz. Foto Dadynha Saturnino

Casarão onde funcionou a Prefeitura de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
10/32

Casarão onde funcionou a Prefeitura de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Casarão onde funcionou a Prefeitura de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Casa de Cultura Capistrano de Abreu. Foto Dadynha Saturnino
11/32

Casa de Cultura Capistrano de Abreu. Foto Dadynha Saturnino

Casa de Cultura Capistrano de Abreu. Foto Dadynha Saturnino

Lateral da Sociedade Artística Maranguapense. Foto Dadynha Saturnino
12/32

Lateral da Sociedade Artística Maranguapense. Foto Dadynha Saturnino

Lateral da Sociedade Artística Maranguapense. Foto Dadynha Saturnino

Casarão da família Lima Lopes. Foto Dadynha Saturnino
13/32

Casarão da família Lima Lopes. Foto Dadynha Saturnino

Casarão da família Lima Lopes. Foto Dadynha Saturnino

Casa Chico Anysio e a mangueira símbolo dos anos em que viveu com a família nesta casa. Replantada em 2013. Foto Dadynha Saturnino
14/32

Casa Chico Anysio e a mangueira símbolo dos anos em que viveu com a família nesta casa. Replantada em 2013. Foto Dadynha Saturnino

Casa Chico Anysio. Foto Dadynha Saturnino

Rádio Maranguape FM. Foto Dadynha Saturnino
15/32

Rádio Maranguape FM. Foto Dadynha Saturnino

Rádio Maranguape FM. Foto Dadynha Saturnino

Rodoviária de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
16/32

Rodoviária de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Rodoviária de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Por do sol atras da serra de Maranguape, vista da Praça da Guabiraba. Foto Dadynha Saturnino
17/32

Por do sol atras da serra de Maranguape, vista da Praça da Guabiraba. Foto Dadynha Saturnino

Por do sol atras da serra de Maranguape, vista da Praça da Guabiraba. Foto Dadynha Saturnino

Sítio Gonzaga Mota, na Serra de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
18/32

Sítio Gonzaga Mota, na Serra de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Sítio Gonzaga Mota, na Serra de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Complexo Turístico iPark. Arquivo pessoal.
19/32

Complexo Turístico iPark. Arquivo pessoal.

Complexo Turístico iPark. Arquivo pessoal.

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.
20/32

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.
21/32

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.

Restaurante Chico City está localizado no Cascatinha Clube de Serra de Maranguape.

Lago do Cascatinha Clube de Serra, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
22/32

Lago do Cascatinha Clube de Serra, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Lago do Cascatinha Clube de Serra, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Dadynha Saturnino e Chico Anysio, em sua última vinda à Maranguape, dois anos antes de sua morte. Arquivo pessoal.
23/32

Dadynha Saturnino e Chico Anysio, em sua última vinda à Maranguape, dois anos antes de sua morte. Arquivo pessoal.

Dadynha Saturnino e Chico Anysio, em sua última vinda à Maranguape, dois anos antes de sua morte. Arquivo pessoal.

Monsenhor Mauro e Dadynha Saturnino. Arquivo pessoal
24/32

Monsenhor Mauro e Dadynha Saturnino. Arquivo pessoal

Monsenhor Mauro e Dadynha Saturnino. Arquivo pessoal

Casal Façanha: Jaime (im) e Helena. Foto Dadynha Saturnino
25/32

Casal Façanha: Jaime (im) e Helena. Foto Dadynha Saturnino

Casal Façanha: Jaime (im) e Helena. Foto Dadynha Saturnino

Comerciante Domingos Saturnino (im), tocando o acordeon na calçada de casa na Rua Robert Braquehais, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
26/32

Comerciante Domingos Saturnino (im), tocando o acordeon na calçada de casa na Rua Robert Braquehais, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Comerciante Domingos Saturnino (im), tocando o acordeon na calçada de casa na Rua Robert Braquehais, em Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Dadynha Saturnino com Elano de Paula (im), André Lucas e Dep Raimundo Gomes de Matos. O primeiro e o segundo são irmão e filho do saudoso Chico Anysio.
27/32

Dadynha Saturnino com Elano de Paula (im), André Lucas e Dep Raimundo Gomes de Matos. O primeiro e o segundo são irmão e filho do saudoso Chico Anysio.

Dadynha Saturnino com Elano de Paula (im), André Lucas e Dep Raimundo Gomes de Matos. O primeiro e o segundo são irmão e filho do saudoso Chico Anysio.

Associação Deusas da Mama é destaque por promover a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama nas pessoas de Maranguape. Arquivo pessoal.
28/32

Associação Deusas da Mama é destaque por promover a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama nas pessoas de Maranguape. Arquivo pessoal.

Associação Deusas da Mama é destaque por promover a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama nas pessoas de Maranguape. Arquivo pessoal.

Mulheres do Grupo Valor da Vida homenageiam Chico Anysio em dança folclórica. Casa Chico Anysio. Foto Dadynha Saturnino
29/32

Mulheres do Grupo Valor da Vida homenageiam Chico Anysio em dança folclórica. Casa Chico Anysio. Foto Dadynha Saturnino

Mulheres do Grupo Valor da Vida homenageiam Chico Anysio em dança folclórica. Casa Chico Anysio. Foto Dadynha Saturnino

Dadynha e Lampião, personagem do vendedor autônomo Edson Lemos. Arquivo pessoal.
30/32

Dadynha e Lampião, personagem do vendedor autônomo Edson Lemos. Arquivo pessoal.

Dadynha e Lampião, personagem do vendedor autônomo Edson Lemos. Arquivo pessoal.

Alunos da APAE Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
31/32

Alunos da APAE Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Alunos da APAE Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Bata em rechileau, bordado tradicional de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino
32/32

Bata em rechileau, bordado tradicional de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

Bata em rechileau, bordado tradicional de Maranguape. Foto Dadynha Saturnino

 

Publicidade

Forró Di Origi comemora aniversário no LaViola, em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Diversão

12 de novembro de 2015

Para comemorar os quatro (04) anos de existência, a Banda Forró Di Origi realiza uma grande festa nesse sábado (14), no LaViola Music e Restô, em Maranguape. O cantor Davi Lobo e a pagodeira Nossa Relação são atrações convidadas para o evento da revelação de 2015: a banda vem conquistando e atraindo um grande público em suas apresentações que misturam o forró pé de serra ao jovem e mantem as raízes da música nordestina com o carisma e a alegria deste ritmo tão brasileiro. E mesmo tão novinha, Di Origi tem muitos admiradores e seguidores, entre eles os integrantes do grupo do whats app “Fãs Di Origi Oficial”, criado especialmente para apoiar e divulgar a agenda. Esta socialização já ultrapassou as barreiras eletrônicas: os fãs marcam presença em todos os shows da banda que nos vocais é formada pelos cantores Paulo Roberto, Nailson Brás e Alyna Sayme. 

Aniversário da Banda Forró Di Origi no LaViola Music & Restô, em Maranguape-CE. Divulgação

Aniversário da Banda Forró Di Origi no LaViola Music e Restô, em Maranguape-CE. Divulgação

 

Serviço

Aniversário da Banda Forró Di Origi

LaViola Music & Restô Maranguape

A partir das 22h

Ingresso: R$20,00 (somente no local)

Informações: (85) 98934-6434/986704433

Publicidade

Apresentação do espetáculo teatral O Musiclown acontece nesse final de semana em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Diversão

10 de novembro de 2015

O Grupo Bagagem de teatro de Maranguape apresenta nesse sábado (14) e domingo (15), na Sociedade Artística Maranguapense, “O Musiclown”Com os atores Pristley Pereira e Anderson Costa interpretando os palhaços Pillo e Dep, Direção de Anthony Lobo e maquiagem de Daniel Felix, o espetáculo conta a história de Pillo, um palhaço desajeitado que tem uma grande paixão pela música, mas, dela nada entende. Para realizar seu sonho, vai ao encontro de Dep, um palhaço músico que vai enlouquecer tentando ensinar seu novo aluno. Mesmo se esforçando, o professor descobre que, além de desajeitado, Pillo é um aluno travesso, que vai testar a sua paciência aprontando as mais divertidas peripécias. O Musiclown fala de forma cômica e simples sobre o prazer da arte musical e ainda traz uma mensagem de amizade e companheirismo, em uma cena lúdica. Livre para todos os públicos.

 

Espetáculo teatral O MusiClown. Divulgação

 

 

Serviço

Espetáculo teatral “O Muscilown”

Local: Sociedade artística de Maranguape – Rua Mj. Agostinho, Centro.

Sábado (14), às 18h.

Domingo (15), às 20h.

Ingressos: R$5,00 à venda com os integrantes do Grupo bagagem e da Quadrilha Paixão Junina.

Informações: (85) 098799-7056/9873-4296

Realização: Quadrilha Paixão Junina

Publicidade

Apresentação do espetáculo teatral O Musiclown acontece nesse final de semana em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Diversão

10 de novembro de 2015

O Grupo Bagagem de teatro de Maranguape apresenta nesse sábado (14) e domingo (15), na Sociedade Artística Maranguapense, “O Musiclown”Com os atores Pristley Pereira e Anderson Costa interpretando os palhaços Pillo e Dep, Direção de Anthony Lobo e maquiagem de Daniel Felix, o espetáculo conta a história de Pillo, um palhaço desajeitado que tem uma grande paixão pela música, mas, dela nada entende. Para realizar seu sonho, vai ao encontro de Dep, um palhaço músico que vai enlouquecer tentando ensinar seu novo aluno. Mesmo se esforçando, o professor descobre que, além de desajeitado, Pillo é um aluno travesso, que vai testar a sua paciência aprontando as mais divertidas peripécias. O Musiclown fala de forma cômica e simples sobre o prazer da arte musical e ainda traz uma mensagem de amizade e companheirismo, em uma cena lúdica. Livre para todos os públicos.

 

Espetáculo teatral O MusiClown. Divulgação

 

 

Serviço

Espetáculo teatral “O Muscilown”

Local: Sociedade artística de Maranguape – Rua Mj. Agostinho, Centro.

Sábado (14), às 18h.

Domingo (15), às 20h.

Ingressos: R$5,00 à venda com os integrantes do Grupo bagagem e da Quadrilha Paixão Junina.

Informações: (85) 098799-7056/9873-4296

Realização: Quadrilha Paixão Junina