homenagem Archives - News Maranguape 
Publicidade

homenagem

Releia entrevista de Monsenhor Mauro ao News Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Entrevistas

19 de Março de 2016

Em 22 de dezembro de 2012, dia em que comemorou 91 anos de vida, o maranguapense Mauro Gurgel Braga Herbster (In memoriam) recebeu Dadynha Saturnino na casa dos sobrinhos Bernadete e Marcelo. Ele contou sobre a sua trajetória religiosa no Estado do Ceará (à época 67 anos de ordenação sacerdotal) e fortaleceu em mensagem o desejo que os maranguapenses e leitores do blog “sejam sempre fieis guardando a sua fé”. À medida que o tempo passava, parentes e amigos chegavam para felicitá-lo. Popularmente conhecido Monsenhor Mauro, Padre Mauro ou Santo maranguapense, ele faleceu no último dia 13 de março de 2016 aos 94 anos de idade, comovendo toda a cidade que tem como Padroeira Nossa Senhora da Penha.

 

Dadynha Saturnino entrevista Monsnehor Mauro. Foto Dadynha Saturnino

Dadynha Saturnino entrevista Monsnehor Mauro. Foto Dadynha Saturnino

 

2012

 

O Blog News Maranguape entrevistou Mauro Gurgel Braga Herbster – Monsenhor Mauro (ou o Padre Mauro dos maranguapenses) na casa dos seus sobrinhos Bernardete e Marcelo, no dia do seu aniversário de 91 anos de vida, completados no último dia 22 de dezembro. 67 destes dedicados ao Sacerdócio com muito amor pelo seu próximo nas diversas Paróquias que foi Vigário: Mucuripe, São Gerardo, Mulungu, Pedra Branca entre outras e mais de 40 anos somente ao povo de Maranguape, que além de estimular a prática religiosa (catolicismo) tão presente neste município, também educou quando foi Professor no Colégio Estadual Anchieta.

Atualmente, vive em um Sítio no Distrito de Tabatinga e ainda celebra a “Santa Missa” na saleta de casa aos domingos. Algumas poucas vezes podemos encontrá-lo na casa dos sobrinhos, no Centro da cidade, quando temos a oportunidade de ser abençoados por “Ele”, irmão do Médico humanitário Dr. Argeu Herbster (In memoriam) e também considerado por muitos como um “Santo Vivo.”

 

Confira a entrevista realizada por Dadynha Saturnino

 

BNM – O Senhor é considerado pelos maranguapenses como um “Santo Vivo”. A que atribui esta devoção?

Padre Mauro – É bondade do povo (inicia com um tímido sorriso). Como sacerdote, tive muita alegria e nesta idade, 91 anos completados hoje, alegria de nunca ter deixado um enfermo morrer sem ser sacramentado, sem receber a confissão de forma que todos, graças a deus, puderam ser atendidos, ainda mais quando eu fui vigário em Paróquia de Interior, paróquias difíceis e grandes como Pedra Branca, por exemplo. Não posso dar as impressões porque fazem um elogio desses descabido, risos, um povo muito bom de Maranguape. Ainda me lembro, lendo o livro onde se escrevem as impressões dos ex-Vigários que passaram por aqui, que havia um Padre Bruno, Monsenhor Bruno, que dizia: “o povo de Maranguape é um povo bom, trate-o bem que consegue tudo o que quiser.” Isso me edifica muito.

 

BNM – Quais as dificuldades que o Senhor precisou vencer para ajudar a fortalecer a fé das pessoas?

Padre Mauro – Bem, as dificuldades que encontrei quando era vigário do interior para atender os enfermos. Às vezes, fora de hora, em lugares distantes, passando a noite toda andando a cavalo para no outro dia atender e às vezes quando chegava dia de sábado ainda tinha atendimento, uma confissão para fazer neste dia, no retorno a paróquia e era bem cansativo, era muito cansativo. Quando era vigário em São Gerardo, havia um bairro lá, Pan Americano, onde construímos a Igreja de São Pio Décimo que no começo era Santa Cecília, mas, a minha mãe, pediu pra ser São Pio Décimo porque ela cada vez mais cultivava a devoção a Eucaristia a este Papa que fez milagre em vida, de forma que em vez de Santa Cecília ficou São Pio Décimo que ainda hoje está como Padroeiro. E eu sempre dizia: aqui vai ser uma Paróquia, vamos levantar as torres, mas, de vez em quando, muita gente chegou a dizer: o Padre fazer uma igreja, num tamanho desses e num lugar desses? E vieram me pedir desculpa: “seu vigário, falta de bom senso, é a nossa.” Tá vendo? Fui vigário naqueles bons tempos. “Hoje essa Igreja já tá construída, já foi inaugurada com os sinos que o senhor sonhava colocar aqui, é pequena para o povo que se apresenta hoje aqui, diziam que o senhor não tem bom senso, quem não tinha bom senso éramos nós.” Falam os fiéis. O Povo de São Gerardo é um Povo muito bom, muito religioso.

 

BNM – Há algo em especial que o Senhor gostaria de compartilhar conosco?

Padre Mauro – Nunca, nenhum dos meus enfermos por quem procurei entrar em contato para receber o sacramento, nunca rejeitou o Padre. Sempre aceitaram o Padre. Uma vez um chegou a dizer que não queria se confessar, mas, a Senhora dele disse: o que? Chame o Padre Mauro. Eu fui, nem perguntei se queria confessar, fui só sentar. Conversei, nem perguntei, ele recebeu o sacramento, ficou muito satisfeito e perguntei: está satisfeito? Ele respondeu: satisfeitíssimo e isso conforta muito o padre. Às vezes a pessoa pobre diz: vem me ouvir Padre, peço pro Senhor rezar por mim, eu nunca procurei fazer questão de atender pois a intenção era pura, predestinada por deus e contribuiu para fortalecer a minha fé. (em relação a pessoa estar precisando da oração e não ter recursos.)

 

BNM – Maranguape tem dois Padroeiros, Nossa Senhora da Penha e São Sebastião. Qual a explicação?

Padre Mauro – A Padroeira é Nossa Senhora da Penha, ela é a nossa Padroeira. O gesto de devoção à São Sebastião é desde o tempo do cólera, para o povo agradecer a graça de não ter morrido, pois morreu muita gente nesse tempo, e não faltaram pessoas caridosas para atendê-los, principalmente médicos. Por atender ao pedido de fé dos maranguapenses, tornou-se oSanto de devoção, passando a ser considerado o Padroeiro também.

Leia mais sobre a devoção a São Sebastião em  Maranguapense recebe Moção de parabéns por sua aprovação no Doutorado em História.

 

BNM – Seu irmão e Médico Dr. Argeu Gurgel Braga Herbster (In Memórian), serviu ao povo através dos seus conhecimentos na medicina, ajudou a salvar muitas vidas e até hoje é considerado um Santo Popular e à ele atribuídos vários milagres. Porque?

Padre Mauro – Porque praticou sempre a caridade. Argeu olhava para o doente sem saber se era rico ou se era pobre. Se era doente, atendia logo. E se não tinha dinheiro, se prontificava logo para atender. Ainda perto de morrer, ele tava no Hospital Albanisa Sarasate e vieram chamá-lo para confissão (risos pela troca), ou melhor, para atender um chamado. Acontece que era hora avançada, uma hora já e não tinha nem jantado, todo tempo atendendo aquele pessoal. Então, Ele não tinha transporte, não tinha nada. Como as pessoas vinham de caminhão, “aproveito e vou no caminhão, aproveito esse transporte de vocês”contou-me Argeu. Depois que atendeu o doente, perguntaram quanto era e ele disse: não é nada e o dinheiro que iria pagar já serve pra comprar de remédio. Ainda me lembro também que pra atender os doentes, Argeu não se importava de ir de cavalo. Eu fui Vigário de Pedra Branca, paróquia difícil, as estradas muito ruins, na cega, tinha que usar o transporte, o cavalo. Me chamaram pra confessar um doente, era no cimo dum pico e tava lá o sujeito enfermo. Quando o homem olhou pra mim, perguntou: “você é irmão do Dr Argeu?” Respondi: sou. Pois, é, até naquele local, ele foi atender esse doente, sem visar pagamento, sem saber se ele podia pagar transporte, foi a cavalo também, de forma que esses gestos assim cativaram muito o povo, por isso todo o povo o venera pela caridade, esse amor ao próximo, sem procurar saber as posições deles, se era doente, atendia logo. Argeu também passou por inúmeras dificuldades para atender os apelos do povo quando precisava atender fora de hora em situação as vezes difíceis, porque não tinha transporte a mão, mas, ele sempre atendia. Quando um doente sabia que podia ser atendido pelo Dr Argeu, podia ficar tranqüilo que ele atendia, nunca fez questão para isso, para voltar um doente, sempre atendia a todos. O pessoal, interessante, me achava muito parecido com ele, muitas vezes me abraçava e dizia: Dr. Argeu, o senhor é muito parecido com o nosso Vigário, o Padre Mauro, mas, o Vigário era eu (risos).

 

BNM – Qual a mensagem que o Senhor deixa para o Povo de Maranguape e para os leitores do Blog News Maranguape?

Padre Mauro –Procurem sempre perseverar na fé para não perdê-la pois o justo vive a sua fé. Que sejam bem felizes e vivam sempre a sua fé que Deus não faltará quando vocês pedirem. Estou morando na Serra, resido num sitiozinho que comprei e celebro sempre na saleta da casa, aos domingos. Qualquer um pode vir à Missa. Às vezes sou chamado e atendo porque atualmente, a tontura (não sei proveniente de que, talvez da idade mesmo) não me permite sair a pé, mas, tem aqui o meu sobrinho, Marcelo, que se prontifica pra qualquer chamado, e me leva com todo prazer.  Qualquer pessoa que estiver morrendo eu ainda vou e confesso. A minha família me ajuda. O Marcelo, a Bernaderte e a Carmita. Sejam sempre fieis guardando a sua fé.

 

Making Off

Enquanto realizávamos a entrevista na varanda da casa do casal Bernardete e Marcelo (sobrinhos do Monsenhor Mauro), os parentes chegavam para parabenizá-lo pelo seu aniversário de 91 anos.

 

Publicidade

Homenagem do Blog News Maranguape às mães maranguapenses

Por Dadynha Saturnino em homenagem

08 de Maio de 2015

Confira abaixo a homenagem do Blog News Maranguape por Dadynha Saturnino para todas as mães maranguapenses através destas fotos mensagens enviadas por alguns dos seus filhos que aqui declaram e publicizam o amor nesse dia tão especial, o Dia das Mães. Parabéns e feliz dia para todas vocês!

Hadna deseja a d. Iracema um Feliz Dia das Mães. Arquivo pessoal

Hadna deseja a d. Iracema um Feliz Dia das Mães. Arquivo pessoal

 

Mãe Elita, maior exemplo de ternura e compaixão, sem você não existiríamos! Leanderson

Mãe Elita, maior exemplo de ternura e compaixão, sem você não existiríamos! Leanderson

 

Homenagem da filha Jaira (mora na Bahia) para a mãe Helena:  Homenagear d. Helena é tão simples e ao mesmo tempo tão sincero.Sua vida é puro sentimento e doação. Quero ser um pouco que nem ela. Meu pai dizia: não é possível que ao morrer ela não vá para o céu de tão boa que é. Acho que não precisa morrer para experimentar o céu, ela é o próprio céu.

Homenagem da filha Jaira (mora na Bahia) para a mãe Helena: Homenagear d. Helena é tão simples e ao mesmo tempo tão sincero.Sua vida é puro sentimento e doação. Quero ser um pouco que nem ela. Meu pai dizia: não é possível que ao morrer ela não vá para o céu de tão boa que é. Acho que não precisa morrer para experimentar o céu, ela é o próprio céu.

 

Hoje é um dia mais que especial para mim, é o dia das mães, da minha rainha, da minha mãe. Parabéns mãe, que Deus te conceda muitos e muitos anos para que você venha sempre alegrar as nossas vidas! Te amo, mamãe Socorro. Sua filha Raquel.

Hoje é um dia mais que especial para mim, é o dia das mães, da minha rainha, da minha mãe. Parabéns mãe, que Deus te conceda muitos e muitos anos para que você venha sempre alegrar as nossas vidas! Te amo, mamãe Socorro. Sua filha Raquel.

 

Mãe Ivete, Você é o maior de todos os presentes, passar mais um dia ao seu lado mostra como Deus é misericordioso. Desejo que esse dia seja especial e que possamos ter vários pela frente. Te amo. Cintia

Mãe Ivete, Você é o maior de todos os presentes, passar mais um dia ao seu lado mostra como Deus é misericordioso. Desejo que esse dia seja especial e que possamos ter vários pela frente. Te amo. Cintia

Mãe Fátima, Feliz Dia das Mães! Roberta

Mãe Fátima, Feliz Dia das Mães! Roberta

Mãe Angela. Que Deus te conserve sempre! Minha Rainha, meu melhor presente, Feliz Dia das Mães! Tarliana

Mãe Angela. Que Deus te conserve sempre! Minha Rainha, meu melhor presente, Feliz Dia das Mães! Tarliana

 

Mãe Gorete, "Tudo aquilo que sou ou pretendo ser devo a um anjo: você, minha mãe." Com carinho, Miguel Adler

Mãe Gorete, “Tudo aquilo que sou ou pretendo ser devo a um anjo: você, minha mãe.” Com carinho, Miguel Adler

 

 

"Mamãe EdnaMara linda do meu coração. Te amo!" Marina

“Mamãe EdnaMara linda do meu coração. Te amo!” Marina

Mãe Auria, Feliz Dia das Mães! Ana

Mãe Auria, Feliz Dia das Mães! Ana

Mãe Socorro, "Nem todas as palavras do mundo poderiam ser suficientes para expressar o imensurável amor, gratidão e respeito que sinto por você, agora e sempre. Feliz Dia das Mães!" Eloy

Mãe Socorro, “Nem todas as palavras do mundo poderiam ser suficientes para expressar o imensurável amor, gratidão e respeito que sinto por você, agora e sempre. Feliz Dia das Mães!” Eloy

Mãe Vanda! Que dizer sobre alguém tão especial? A que palavras recorrer para retribuir o mais puro do amor de todos os amores? Ainda que todas as palavras do mundo não sejam suficientes, eu te declaro o meu amor: Mãe Vanda, eu te amo! Você é a melhor mãe do mundo! Feliz Dia das Mães!!! Dadynha Saturnino

Mãe Vanda! Que dizer sobre alguém tão especial? A que palavras recorrer para retribuir o mais puro do amor de todos os amores? Ainda que todas as palavras do mundo não sejam suficientes, eu te declaro o meu amor: Mãe Vanda, eu te amo! Você é a melhor mãe do mundo! Feliz Dia das Mães!!! Dadynha Saturnino

Publicidade

Pais maranguapenses em destaque no Blog News Maranguape

Por Dadynha Saturnino em homenagem

10 de agosto de 2014

Desejamos um FELIZ DIA DOS PAIS a todos os pais, em especial aos maranguapenses aqui representados pelos jovens Alexandre Pinho, Dermeson Barbosa, Paulo Gurgel, Renan Dorta, Maurício Oliveira e Domingos Saturnino (in memoriam). Que este seja um dia cheio de alegria e muita confraternização familiar. E aos filhos de pai já falecidos, assim como eu, fica o mesmo sentimento para nós: da saudade e da gratidão a Deus pelo PAI que em vida tivemos.

 

Pai Alexandre Pinho com as filhas Thais e Livia

Simpatia em dose tripla: Alexandre Pinho e as filhas Thais e Livia

 

Pai Dermeson com a filhota Marina

Tal filha, tal pai: Dermeson com a filhota Marina

 

Pai Paulo Gurgel e as filhas Marisa e Ana Luiza

Amor em dose tripla: Paulo Gurgel e as filhas Marisa e Ana Luiza

 

Pai Renan Dorta e o filhote João Leandro

Estilo duplo: Renan Dorta e o filhote João Leandro

 

Pai Mauricio Oliveira e os filhos Adrya e Vinicius. Laura nasce próximo mês.

Mauricio Oliveira e os filhos Adrya e Vinicius. Laura nasce próximo mês.

 

Meu pai Domingos Saturnino (In Memoriam): saudades dele e do som de sua sanfona

Domingos Saturnino (In Memoriam): saudades dele e do som de sua sanfona.

 

 

Publicidade

Domingos Filho, novo cidadão maranguapense

Por Dadynha Saturnino em Política

08 de Maio de 2014

Vice-Governador do Ceará e Advogado Domingos Gomes de Aguiar Filho, natural de Fortaleza, foi diplomado como o mais novo cidadão maranguapense, através da Lei Nº 2450/2013 de oito de novembro de 2013, sancionada pelo Prefeito Átila Cordeiro Câmara. A autoria do Projeto de Lei é do Edil Luis Vitoriano Carvalho de Nojoza, o Vereador Nojoza. A solenidade, realizada no Maranguape Clube na noite do último dia seis de maio do ano em curso, contou com a presença de representantes do Legislativo municipal e estadual, políticos de diversas regiões do estado além de secretários e representantes da iniciativa privada e sociedade civil.

 

Solenidade de entrega do Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha

Solenidade de entrega do Titulo Cidadão Maranguapense ao Vice-Governador do Ceará Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino

 

Bastante emocionado, o Vereador Nojoza assim pontuou a sua iniciativa: “O agraciado Domingos Filho merece este Título por ser um homem de bem, oriundo dos mais longínquos e sofridos municípios que este estado tem, mas, com crescimento porque tem um representante digno e correto e fez com que tornasse sua esposa prefeita e o filho o deputado federal mais votado. É acima de tudo um batalhador, um trabalhador da política e vem fazendo isso com muita maestria. Gostaria de saudar maranguapenses que fizeram parte da história: abolicionista Elvira Pinho, proclamador da república Jaime Benévolo, historiador Capistrano de Abreu e humorista Chico Anysio. Hoje, V.Exa une-se a estes maranguapenses. Olhe a história e o quadro que está incluso.”

 

Solenidade de entrega do Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino5

Vereador Nojoza, Vice-Governador Domingos Filho, Prefeito Átila Câmara. Foto Dadynha Saturnino

 

O Prefeito justificou a concessão da honraria que vislumbra reconhecer os serviços prestados ou desenvolvidos no município: “É uma responsabilidade. Pela história que tem, nada fácil, militante de oposição durante muitos anos, homem que veio do sertão do Ceará e com muita habilidade e seriedade trilhou um caminho que hoje o faz Vice-Governador, temos essa satisfação de homenageá-lo por esta história sem mácula e esse legado por onde passou; pelos laços que existem entre Tauá e Maranguape e benefícios traçados pelo governo Cid Gomes que tem a marca do Vice Domingos Filho, que sempre esteve atuando para que nossa Maranguape fosse atendida e faz política de um jeito diferente. Por isso, assino embaixo da propositura do Vereador Nojoza.

 

Em seu discurso, o homenageado disse: “Não sei se a Câmara Municipal de Maranguape fez a melhor avaliação, talvez eu ainda não me sinta merecedor deste Título, mas, mesmo que seja precipitada, motivada pelo Nojoza e pela confiança dos vereadores, posso assegurar uma coisa: vou fazer tudo para merecer, respeitar e poder abraçar cada vez mais a causa do povo de Maranguape.”

 

Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino

Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino

 

Perguntamos qual a importância do recebimento desta honraria e ele respondeu: “Eu posso dizer que estou muito tocado e não há nada mais sublime do que a gente ser escolhido pelas pessoas para ser seu irmão de terra, isso é um convite para entrar na casa da gente, eu entro para o convívio dos maranguapenses com muita honra, muito entusiasmo, um sentimento apurado de gratidão.” Ainda,  “vou procurar fazer de tudo pra que, este reconhecimento que a Câmara Municipal e o Prefeito Átila nos coloca através da iniciativa do Vereador Nojoza e aprovação dos vereadores, seja cada vez mais motivador para que eu possa ajudar Maranguape” disse finalizando.

 

Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino

Titulo Cidadão Maranguapense a Domingos Filho. Foto Dadynha Saturnino

 

O homenageado

 

Domingos Filho nasceu em Fortaleza em 09 de outubro de 1963, mas, suas raízes estão fortemente ligadas ao município de Tauá, no Sertão dos Inhamuns. Formou-se em Direito na Universidade Federal do Ceará – UFC, casou-se com a também advogada Patrícia Gomes Aguiar e tem dois filhos: o Deputado Federal Domingos Neto e a estudante de medicina Gabriela Pequeno Aguiar

. Iniciou suas atividades profissionais como servidor público na função de Agente Administrativo da Fundação de Saúde do Estado, e  posteriormente, como Assessor Parlamentar. Em 1994 foi eleito Deputado Estadual e em 2007, no quarto mandato, como Presidente do Legislativo Estadual e em 2010 como Vice-Governador de Cid Gomes.

 

 

Outros agraciados

 

Desde a sua criação, diversas personalidades também foram diplomadas com esta que é considerada uma das maiores honrarias do município, cito o Ex-Prefeito de Maranguape Antônio Gonçalves Moreira (In Memórian), o Ex Senador da República e Deputado Federal Mauro Benevides, o Vereador de Fortaleza Deodato Ramalho, o Vereador licenciado e Secretário de Turismo de Fortaleza Salmito Filho, Escritor Juarez Leitão, o Jornalista/Apresentador Luiz Antonio Esteves Araripe Júnior – Luiz Esteves – , entre outros cidadãos.

 

Cobertura completa no link facebook Dadynha Saturnino

Publicidade

Personalidade: humorista Eltom Andrade é destaque no Blog News Maranguape

Por Dadynha Saturnino em PersonalidadeMaranguapense

22 de Abril de 2014

No último dia 12 de abril comemoramos o Dia Nacional do Humor, dia de nascimento do saudoso maranguapense Chico Anysio – maior comediante que este país já teve – falecido em 23 de março de 2012 e que se estivesse vivo teria completado 83 anos e através dos seus programas de televisão deu oportunidades, incentivou e descobriu talentos cearenses além de sempre divulgar sua terra natal. Conhecido como o “Estado do humor,” o Ceará é berço de ótimos humoristas, alguns já alcançaram a sonhada fama, outros ainda estão no anonimato, mas, todos tem algo em comum: a facilidade em fazer o outro rir. E, como conterrânea de Chico, apresentamos uma homenagem ao humorista Eltom Andrade. 

 

Humorista Eltom Andrade. Arquivo pessoal.

Humorista Eltom Andrade. Arquivo pessoal.

 

Francisco Eltom Alves de Andrade, o Eltom Andrade, natural de Cascavel, há oito anos adotou a terra do gênio como a sua de coração e em todos os seus shows leva o público às gargalhadas com ótimas apresentações de mágica e humor. Tem 27 anos e há quase uma década descobriu o seu talento e vocação: fazer graça! Pode parecer uma tarefa fácil, mas, engana-se quem assim pensa. Aos seis anos de idade, morando na rua, fez apresentações em Praças Públicas de Fortaleza (cito José de Alencar, Leões, Ferreira entre outras). Aos 15 saiu das ruas, fez cursos de teatro e fortaleceu mais e mais a vocação para as artes: foi mágico e durante dois anos trabalhou como ator na Companhia Elétrica do Ceará – Coelce. Posteriormente fez parte do quadro de profissionais de vários circos atuando como mágico e palhaço no Circo Mágico Show, Europeu, do Motoca. Foi professor de teatro  na Agência de Modelos Elenco & Cia e durante um ano apresentou o Programa de rádio Café com Riso na Maranguape FM. É criador dos personagens Paitinga, Seu Neo, Zé do Bar, Valdiney, Chiquita Bacana, Palhaço Titolé entre outros e já participou do Programa “Tudo é possível” e “Astros.”Durante dois anos integrou o elenco da Vila do Riso numa TV local. Atualmente se apresenta no “Restaurante Beira Mar Grill” uma famosa casa de shows que concentra os maiores nomes do humor cearense. Confira abaixo uma rápida entrevista que o humorista nos concedeu:

 

Humorista Eltom Andrade. Arquivo pessoal.

Humorista Eltom Andrade. Arquivo pessoal.

 

BNM – Qual o maior desafio que os humoristas enfrentam para sobreviver da profissão? O que é o Laboratório do Riso e qual objetivo principal?

EA – A desvalorização e a desunião entre a classe sem falar, principalmente, que tem dono de casas de show que querem dar mixaria de R$60 a R$100 pra uma hora de show. O Laboratório do Riso serve pros humoristas encontrarem-se para troca de experiências,  debater sobre novidades (editais direcionados ao humor) e a cada encontro temos o direito de subir no palco pra poder testar novas piadas, novos textos e pegar novas opiniões. 

 

BNM – Quem é seu ídolo?

EA –  Tenho três em especial: Jessier Quirino, Leandro Hassum e claro, o grande e inesquecível Chico Anysio.

 

BNM – Qual aprendizado você teve e o que gostaria de ter aprendido com Chico?

EA – Que nunca devemos desistir de um sonho e sempre estar em constante pesquisa pra fazer um bom trabalho. Gostaria de ter divido palco com Ele e aprendido a entender as mulheres, rsrsrsrsr. No meu ponto de vista, Maranguape deve muito a Chico. Não só deve muito ao nosso grande mestre como também deixa muito a desejar com os artistas da terra como músicos, atores, dançarinos e etc. Infelizmente a cidade ainda não se deu conta dos tesouros que ela guarda, temos muito que aprender sobre nossa terra.

 

BNM – Qual seu sonho profissional e que mensagem você deixa sobre o Dia Nacional do Humor?

EA – Ir pro Programa do Faustão e me apresentar no Teatro José de Alencar, rsrsrsrsrs… O Dia Nacional do Humor é um dia único e sem igual, pois nesse dia sabemos que fazemos algo pelas pessoas, como tirar um sorriso daquele que está passando por um problema em casa ou no trabalho e já é uma grande recompensa: “Senso de humor é o sentimento que faz você rir daquilo que o deixaria louco de raiva se acontecesse a você.” rsrsrss.

 

 

Contato:

 

Humorista Eltom Andrade

(85) 8818-7087/ 8818-7455/ 9960-9738

Link para o Site do humorista Eltom Andrade

 

Publicidade

Malga Di Paula recebe Medalha da Abolição concedida ao marido, o maranguapense Chico Anysio (in memoriam)

Por Dadynha Saturnino em homenagem

26 de Março de 2013

Na noite da última segunda-feira (25) Malga Di Paula recebeu das mãos do Governador Cid Gomes a Medalha da Abolição concedida pelo Governo do Estado do Ceará ao esposo, o maranguapense Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, o Chico Anysio (in memoriam). A homenagem também foi concedida aos Empresários Ivens Dias Branco, Yolanda Queiroz e para a Jornalista Adísia Sá, numa solenidade ocorrida no Palácio da Abolição. 

Malga Di Paula com a Medalha da Abolição concedida pelo Governo do Estado do Ceará ao saudoso Chico Anysio. Foto de Dadynha Saturnino

Malga Di Paula com a Medalha da Abolição concedida pelo Governo do Estado do Ceará ao maranguapense Chico Anysio (in memoriam). Foto de Dadynha Saturnino

André Lucas (filho do homenageado), d. Udila Agnol (sogra de Chico), Prefeito de Maranguape Átila Câmara, a noiva Suzana Nóbrega, a Secretaria de Turismo e Cultura de Maranguape Isla Márcia Vidal, o Deputado Federal Raimundo Gomes de Matos, o Humorista Jader Soares (Zebrinha) e Sra. Socorro, a Jornalista maranguapense Ingrid Freitas, o cerimonialista Waldgleison e o Empresário Everardo Ferreira Telles marcaram presença a esta importante homenagem que ocorre há 50 anos no Estado do Ceará. 

DSC02588
DSC02629
DSC02614
DSC02604
DSC02599
DSC02596

Confira a cobertura fotográfica completa no facebook Dadynha Saturnino

Publicidade

Chico Anysio será homenageado neste domingo (24), em Maranguape.

Por Dadynha Saturnino em Notícias

23 de Março de 2013

Há exatamente um ano faleceu Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, o Chico Anysio, Mestre do Humor brasileiro e maior comediante que este país já teve. A esposa, Malga Di Paula, virá à Maranguape no domingo (24) acompanhada da mãe, Sra Udila, prestar a sua homenagem ao saudoso esposo.

Às 16hs, partindo do Marina Park Hotel, em Fortaleza, Malga sobrevoará a Serra de Maranguape de helicóptero e jogará pétalas de rosas sobre a mata atlântica. O pouso será no Estádio Moraisão, em Outra Banda, onde será recebida por autoridades e sociedade civil e de lá seguirão juntos para uma visita ao Museu da Cidade, no Bairro do Centro. A Banda de Música Municipal Maestro João Inácio Fonseca fará uma homenagem, além do Prefeito Átila Câmara e dos Embaixadores do Instituto Chico Anysio no Ceará, Dadynha Saturnino e Jader Soares, o humorista Zebrinha. Ali mesmo no Museu, Malga receberá a imprensa antes de seguir para a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha onde participará da Missa Comunitária das 19hs e na sequência retornará para Fortaleza.

Mais homenagem

Na segunda (25), Malga também participará da Solenidade de entrega da Medalha da Abolição. Chico Anysio (in memoriam) será um dos homenageados com a mais alta comenda concedida pelo Governo do Estado do Ceará. O filho André Lucas também estará presente.

Medalha da Abolição. Foto Divulgação

Medalha da Abolição. Foto Divulgação

Publicidade

Maranguapense Chico Anysio (In Memoriam) receberá homenagem dupla no Ceará

Por Dadynha Saturnino em homenagem

20 de Março de 2013

Um ano após o seu falecimento, o maranguapense Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho (In Memoriam) ou simplesmente Chico Anysio, representado por sua esposa Sra. Malga Di Paula, será homenageado com a Medalha da Abolição, mais alta comenda concedida pelo Governo do Estado do Ceará.  A Professora e Jornalista Maria Adísia Barros de Sá e os Empresários Francisco Ivens de Sá Dias Branco e Yolanda Vidal Queiroz também serão agraciados. A solenidade está marcada para as 19hs do próximo dia 25 de março do ano em curso, no Palácio da Abolição em Fortaleza. Somente para convidados.

Na ocasião também será realizada a abertura da Exposição “Luz”, de Sérvulo Esmeraldo.

 

Medalha da Abolição. Foto Divulgação

Medalha da Abolição. Foto Divulgação

 

O dia 25 de março é símbolo da Abolição da Escravatura, quando em 1884 o Ceará entrou para a História do Brasil como o primeiro Estado a abolir o trabalho escravo e desde 2012 tornou-se feriado através de Emenda Constitucional de autoria do Deputado Lula Morais (PcdoB), aprovada pela Assembléia Legislativa em 2011.

 

 

Maranguape

 

Um dia antes (domingo, 24), Malga Di Paula irá especialmente à Maranguape (terra onde nasceu o maior comediante que este país já teve) e fará um sobrevoo de helicóptero sobre a Serra (local onde foram jogadas partes das cinzas do humorista falecido em 23 de março de 2012) e jogará pétalas de rosas sobre a mata atlântica. Em seguida, participará da Missa comunitária na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha, às 19hs e da homenagem póstuma que a Banda de Música Municipal Maestro João Inácio Fonseca fará ao humorista após a Missa, na Praça Francisco Colares Filho, ou Praça da Matriz, como é popularmente conhecida. Será recepcionada pelo Prefeito de Maranguape Átila Câmara.

O Diretor do Teatro Chico Anysio e amigo da família Jader Soares, já confirmou presença.

Esta JornalistaEmbaixatriz do Instituto Chico Anysio em Maranguape (na foto com o saudoso humorista) participará de todas as homenagens a convite da viúva Malga Di Paula.

 

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do II Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

 

Publicidade

Filho de Maranguape, Chico Anysio será homenageado no carnaval carioca com o samba enredo “Ao mestre do riso com carinho: as caras do Brasil”.

Por Dadynha Saturnino em carnaval

16 de Janeiro de 2013

Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, carioca de São Cristovão pertencente ao grupo Série A no Carnaval do Rio de Janeiro 2013, homenageará o cearense de Maranguape Chico Anysio, com o samba enredo “Ao mestre do riso com carinho: as caras do Brasil.” A apresentação será no sábado, nove de fevereiro, prevista para às 22:00hs.

GRES Grêmio Recreativo Escola de Samba Paraíso do Tuiuti. Folder Divulgação

Sinopse 

Quis Deus que Chico Anysio descansasse, para alegria de todo o céu e tristeza nossa! Mas este, definitivamente, não é um enredo de morte ou homenagem póstuma, mas um enredo de vida! Porque muito, muito além da despedida terrena, há uma vida inteira de dedicação ao humor, à alegria e ao entretenimento. Uma vida inteira em celebração à gaiatice e ao fazer rir com criações únicas e sem apelações gratuitas, aproveitando-se apenas da inteligência e da sensibilidade de um gênio.

Hoje, nesta merecida homenagem, vamos vencer a tristeza e fazer da alegria o nosso troféu. No lugar da dor e do lamento, vamos imaginar, neste momento, a chegada de Chico Anysio no céu! Se aqui na Terra o nordeste vestiu luto e o Brasil todo sofreu, em contraste houve uma festa na Mansão Superior. Muitos risos e gargalhadas, uma euforia danada para a chegada do mestre do humor.

Sim, porque no céu houve imensa alegria quando correu o aviso: “Afinem os clarins e trombetas, porque está chegando ao paraíso o grande gênio do riso”. Vocês não imaginam o rebuliço que a notícia causou. Eram tantos anjos, arcanjos, querubins e, assim meio de mansinho, também foram chegando Oscarito, Grande Otelo, Zezé Macedo e Nair Belo. Eram tantas almas agradecidas, uma alegria sem igual, que o céu parecia um carnaval.

E o humorista querido, cearense reluzente, não chegou sozinho, veio com ele muita gente. Havia personagens de montão, cada um mais diferente, todos filhos legítimos do coração. Azambuja, Coalhada e Pantaleão. Painho, Salomé e Bozó. Bento carneiro, Justo Veríssimo, Haroldo, Tavares e Popó. Nem mesmo os anjos do céu conseguiam explicar como que tanta gente era filho de um homem só. Certamente os anjos não sabiam ou ainda não haviam descoberto, que apesar da saudade deixada na Terra, Chico ainda vive entre nós.

Chico vive em cada sorriso estampado no rosto do nosso povo, na irônica abordagem, no humor inteligente e na riqueza das imagens dos seus 209 personagens. Chico vive porque não se limitou a viver, mas a montar vidas diversas, raramente parecidas, geralmente às avessas. Não apenas tipos de corpo inteiro, materializados através de suas diferentes faces, mas outros tantos memoráveis criados em parcerias infindáveis com o povo brasileiro. E vive o escritor, o compositor, o pintor, a genialidade; porque o talento é a nossa alma, é o espírito que nos faz imortal e, dessa forma, sobrevive ao corpo porque pertence à eternidade.

Hoje, querido Chico, deixe que o céu fique um pouco mais triste sem sua presença e venha matar nossas saudades! Venha para receber deste povo, que sempre foi sua inspiração, esta merecida homenagem e os legítimos aplausos. Chico vive!

Agradecimentos à:

Rodrigo Ferreira pela pesquisa e apoio, Elano Paula e Rouxinol do Rinaré pela inspiração.

Obs: Já li algumas vezes e ouvi outras tantas que Chico Anysio era Ateu.
Mas vejam se não tenho razão: quem viveu transmitindo alegria, morrendo não estará com Deus?

Cid Carvalho

Carnavalesco

Fonte:  Samba Rio Carnaval 2013

“Ao mestre do riso com carinho: as caras do Brasil”

Samba enredo de autoria de André Kaballa, Leandro Kfé, Júnior Santana, Thiago Meiners e Sônia Cabral.

O céu está em festa

Milhões de acordes vão anunciar
Os anjos a receber
O professor que acabou de chegar
Em Maranguape, a história traçada
Sua voz ecoou nas madrugadas
Sucesso nos palcos, venham ver
A Escolinha ganha as telas da TV
A alegria é o seu dom, um ideal
A marca do meu Carnaval

A comédia está no ar… quero ver que tá aí
Coalhada e Bozó para nos divertir (bis)
Azambuja diz no pé, Salomé vai te levar (ô)
E o Painho traz axé pra nos guiar

Chico… Vem “compor” o meu sorriso
Um artista genial a encantar o “Paraíso”
Um talento verdadeiro
A alma do brasileiro
Sonha Tuiuti…
É no seu sonho que eu vou viajar
Seu espírito imortal
É mais uma estrela a brilhar
Receba os aplausos dessa gente
Ao mestre com carinho, vou cantar

Escola de samba, raiz de verdade
Sou comunidade, eu sou Tuiuti (bis)
A força do povo… me leva
É Chico Anysio na Sapucaí

SERVIÇO

GRES Grêmio Recreativo Escola de Samba Paraíso do Tuiuti – Série ALocalizada no bairro do São Cristovão, no Rio de Janeiro/RJ, a Escola foi fundada em cinco de abril de 1954. Tem como Escola-madrinha a Mangueira, é presidida pelo carnavalesco Renato Ribeiro Martins (Thor). Seu símbolo é a coroa e as suas cores são o azul-escuro e o amarelo. Seu carnavalesco é Cid Carvalho (da Mangueira) e a Rainha da bateria a modelo, apresentadora e ex-BBB Mayra Cardi.

Carnaval do Rio de Janeiro 2013

Sábado 09/02/13 às 22:00hs

Sambódromo – Marquês de Sapucaí

Publicidade

FEQUAJUCE homenageará maranguapense em “Noite das Estrelas” no Passeio Público de Fortaleza

Por Dadynha Saturnino em Eventos

26 de dezembro de 2012

A FEQUAJUCE – Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará promoverá a terceira “Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite” em Solenidade marcada para acontecer no próximo dia 28 de dezembro, a partir das 20:00hs, na charmosa Praça do Passeio Público, no Centro de Fortaleza.

Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite. Foto divulgação

Durante a cerimônia serão premiados os grupos vencedores do X Festival Cearense de Quadrilhas, as personalidades do meio artístico como também serão homenageados os vinte melhores juradores desta competição, escolhidos pelos Presidentes das quadrilhas participantes por seus importantes serviços prestados à Instituição, conforme listas abaixo relacionadas.

Maranguapense homenageado

Iury Torquato é morador do Distrito de Umarizeiras, neste município. Será homenageado com uma medalha de honra por seus serviços de Jurado dos Festivais. Produtor, Consultor e Gestor Cultural. Estudante do Curso de Administração pela FAK – Faculdade Kurios de Maranguape, membro Suplente da Comissão Cearense de Folclore, ex-dançarino da Quadrilha Arraiá da Tradição, Produtor do Festival de Quadrilhas Juninas de Umarizeiras. Jurado de Festivais Juninos promovidos pela FEQUAJUCE, do Festejo Ceará Junino, promovido pela SECULT – Secretaria de cultura do Estado do Ceará e Proponente do XIV Edital Ceará Junino (2012) com o projeto “Maranguape Junino – Humor e Tradição, tudo é festa no São João”  aprovado em 1º lugar na categoria Festival de Quadrilhas Juninas da Região Metropolitana de Fortaleza.

Produtor cultural maranguapense Iury Torquato e Lourdes Macena, Presidenta da Comissão Nacional de Folclore. Foto do Arquivo pessoal

Veja a lista completa dos Premiados

Categoria – Quadrilhas Juninas

  1. Campeã do Festival Cearense: Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  2. Vice- Campeã do Festival Cearense: Junina Babaçu – CE
  3. Terceiro Lugar: Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  4. Marcador: Aldenízio Lopes – Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  5. Rainha: Roberta Lima – Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  6. Noivo:Nelson de Castro – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  7. Noiva: Cida Salles – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  8. Repertório Musical: Junina Babaçu – CE

Personalidades

  1. Lourdes Macena: Presidente da Comissão Nacional de Folclore
  2. Henrique Rocha: Presidente da Comissão Cearense de Folclore

Jurados

  1. Adriano Silva de Melo (Maracanaú)
  2. Ana Lucia Botelho (Fortaleza)
  3. Emilson Ferreira Lira Junior (Fortaleza)
  4. Eracyldo Viana Pessoa (Fortaleza)
  5. Francisco Carlos Pereira (Fortaleza)
  6. Francisco Jackson Maia (Fortaleza)
  7. Iury Torquato (Maranguape)
  8. José Claudio Correia  (Fortaleza)
  9. Jose Maria de Paula Almeida  (Maracanaú)
  10. Josyane G. Siqueira (Fortaleza)
  11. Lindon Johson Gutemberg (Limoeiro do Norte)
  12. Luciano de Carvalho Silva (Fortaleza)
  13. Marta Iralice de Oliveira  (Fortaleza)
  14. Marcio Franco Soares (Fortaleza)
  15. Marcos Evangelista de Sousa (Fortaleza)
  16. Regina Celia Santiago (Fortaleza)
  17. Renato Remigio (Limoeiro do Norte)
  18. Shirley Alencar (Fortaleza)
  19. Valmir de Sousa Lima (Fortaleza)
  20. Weslley Araújo da Silva (Fortaleza)

Serviço

“Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite”

28 de dezembro de 2012  a partir das 20:00hs

Praça do Passeio Público – Centro

Fortaleza – Ceará

Passeio completo

Somente convidados – convite exibível

Publicidade

FEQUAJUCE homenageará maranguapense em “Noite das Estrelas” no Passeio Público de Fortaleza

Por Dadynha Saturnino em Eventos

26 de dezembro de 2012

A FEQUAJUCE – Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará promoverá a terceira “Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite” em Solenidade marcada para acontecer no próximo dia 28 de dezembro, a partir das 20:00hs, na charmosa Praça do Passeio Público, no Centro de Fortaleza.

Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite. Foto divulgação

Durante a cerimônia serão premiados os grupos vencedores do X Festival Cearense de Quadrilhas, as personalidades do meio artístico como também serão homenageados os vinte melhores juradores desta competição, escolhidos pelos Presidentes das quadrilhas participantes por seus importantes serviços prestados à Instituição, conforme listas abaixo relacionadas.

Maranguapense homenageado

Iury Torquato é morador do Distrito de Umarizeiras, neste município. Será homenageado com uma medalha de honra por seus serviços de Jurado dos Festivais. Produtor, Consultor e Gestor Cultural. Estudante do Curso de Administração pela FAK – Faculdade Kurios de Maranguape, membro Suplente da Comissão Cearense de Folclore, ex-dançarino da Quadrilha Arraiá da Tradição, Produtor do Festival de Quadrilhas Juninas de Umarizeiras. Jurado de Festivais Juninos promovidos pela FEQUAJUCE, do Festejo Ceará Junino, promovido pela SECULT – Secretaria de cultura do Estado do Ceará e Proponente do XIV Edital Ceará Junino (2012) com o projeto “Maranguape Junino – Humor e Tradição, tudo é festa no São João”  aprovado em 1º lugar na categoria Festival de Quadrilhas Juninas da Região Metropolitana de Fortaleza.

Produtor cultural maranguapense Iury Torquato e Lourdes Macena, Presidenta da Comissão Nacional de Folclore. Foto do Arquivo pessoal

Veja a lista completa dos Premiados

Categoria – Quadrilhas Juninas

  1. Campeã do Festival Cearense: Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  2. Vice- Campeã do Festival Cearense: Junina Babaçu – CE
  3. Terceiro Lugar: Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  4. Marcador: Aldenízio Lopes – Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  5. Rainha: Roberta Lima – Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  6. Noivo:Nelson de Castro – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  7. Noiva: Cida Salles – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  8. Repertório Musical: Junina Babaçu – CE

Personalidades

  1. Lourdes Macena: Presidente da Comissão Nacional de Folclore
  2. Henrique Rocha: Presidente da Comissão Cearense de Folclore

Jurados

  1. Adriano Silva de Melo (Maracanaú)
  2. Ana Lucia Botelho (Fortaleza)
  3. Emilson Ferreira Lira Junior (Fortaleza)
  4. Eracyldo Viana Pessoa (Fortaleza)
  5. Francisco Carlos Pereira (Fortaleza)
  6. Francisco Jackson Maia (Fortaleza)
  7. Iury Torquato (Maranguape)
  8. José Claudio Correia  (Fortaleza)
  9. Jose Maria de Paula Almeida  (Maracanaú)
  10. Josyane G. Siqueira (Fortaleza)
  11. Lindon Johson Gutemberg (Limoeiro do Norte)
  12. Luciano de Carvalho Silva (Fortaleza)
  13. Marta Iralice de Oliveira  (Fortaleza)
  14. Marcio Franco Soares (Fortaleza)
  15. Marcos Evangelista de Sousa (Fortaleza)
  16. Regina Celia Santiago (Fortaleza)
  17. Renato Remigio (Limoeiro do Norte)
  18. Shirley Alencar (Fortaleza)
  19. Valmir de Sousa Lima (Fortaleza)
  20. Weslley Araújo da Silva (Fortaleza)

Serviço

“Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite”

28 de dezembro de 2012  a partir das 20:00hs

Praça do Passeio Público – Centro

Fortaleza – Ceará

Passeio completo

Somente convidados – convite exibível