12 de outubro de 2018 - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

12 de outubro de 2018

O presente do menininho no dia que é dele

Por Nonato Albuquerque em Sem categoria

12 de outubro de 2018

Quando o sinal fecha no vermelho, o menininho de uns seis ou sete anos, se dirige ao veículo da frente e com um paninho esfarrapado faz gesto de limpar o para-brisa. O vidro do guiador é baixado e uma mão mandando ele afastar-se que não queria o serviço. A criança sai com olhar de quem tem medo e se dirige a outro carro. Mal faz o gesto de passar o pano no vidro e uma voz berra: “sai daí, seu peste! Vai sujar meu carro”.  Assombrado, ele deixa de lado e faz tentativa de pegar o veículo detrás e, com certa reserva e receio, vê que o motorista não se importa de que ele limpe o vidro.

De tão pequeno, ele mal consegue atingir o vidro completo; mas o faz com uma precisão e um ar de contentamento por ter recebido a permissão para dar conta do serviço, nesse 12 de outubro. Corre para trás do carro; faz a limpeza e ao retornar ao guiador na espera de um gesto de gratidão, o homem grita que não vai dar nada não. Que ele não tinha pedido a limpeza.

O garotinho não perde a ocasião e lhe diz: “o senhor não precisa pagar nada. É meu presente ao senhor pelo meu dia”

 

leia tudo sobre

Publicidade

A responsabilidade de quem cuida de criança

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

12 de outubro de 2018

Na corrida diária do Tempo, há uma data para se celebrar a idade de quando se é criança. É este 12 de outubro, pegando carona no feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida. Nela, a meninada é festejada pela família, por instituições sociais que zelam por ela, ao mesmo tempo em que a data serve para alertar os adultos sobre a responsabilidade que se deve aos dessa idade.

A infância representa uma época em que o espírito humano adentra ao mundo material, a fim de cumprir uma etapa de aprimoramento na escola Terra. A primeira sala de aula dessa experiência é o lar. Por isso, importante é o papel de pai e mãe. Eles representam o modelo com que os filhos apreendem os conceitos da vida.

Devido ao nível ainda primário da sociedade humana, a família vive dilemas que acabam replicando entre os pequenos; a ponto de eles serem alvo de violências dentro do próprio reduto do lar. Outros são largados no mundo, abandonados à sua sorte; quando não são usados pelo tráfico em suas ações mais terríveis.

Coitadas das crianças que se tornam vítimas dos adultos inescrupulosos. A inferioridade moral acaba por obrigar crianças a trabalhos infantis, além de vitimá-las a indesejáveis abusos.

Neste dia da criança é preciso lembrar que todos, pais e família, são responsáveis pelo destrato que derem aos filhos. Destrato que representa muito mais negativamente, do que qualquer brinquedo que possa silenciar o angustioso drama vivido por cada um deles.

leia tudo sobre

Publicidade

A responsabilidade de quem cuida de criança

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

12 de outubro de 2018

Na corrida diária do Tempo, há uma data para se celebrar a idade de quando se é criança. É este 12 de outubro, pegando carona no feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida. Nela, a meninada é festejada pela família, por instituições sociais que zelam por ela, ao mesmo tempo em que a data serve para alertar os adultos sobre a responsabilidade que se deve aos dessa idade.

A infância representa uma época em que o espírito humano adentra ao mundo material, a fim de cumprir uma etapa de aprimoramento na escola Terra. A primeira sala de aula dessa experiência é o lar. Por isso, importante é o papel de pai e mãe. Eles representam o modelo com que os filhos apreendem os conceitos da vida.

Devido ao nível ainda primário da sociedade humana, a família vive dilemas que acabam replicando entre os pequenos; a ponto de eles serem alvo de violências dentro do próprio reduto do lar. Outros são largados no mundo, abandonados à sua sorte; quando não são usados pelo tráfico em suas ações mais terríveis.

Coitadas das crianças que se tornam vítimas dos adultos inescrupulosos. A inferioridade moral acaba por obrigar crianças a trabalhos infantis, além de vitimá-las a indesejáveis abusos.

Neste dia da criança é preciso lembrar que todos, pais e família, são responsáveis pelo destrato que derem aos filhos. Destrato que representa muito mais negativamente, do que qualquer brinquedo que possa silenciar o angustioso drama vivido por cada um deles.