MOUSE OU MENOS - por Nonato Albuquerque 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

PRÊMIO ACI PARA ‘CONFLITOS DA MENTE’

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

10 de Maio de 2012

Televisão bem feita sempre é reconhecida. Veja o caso da série ‘Conflitos da Mente’, produzida e exibida pela TV Jangadeiro e que acaba de ganhar o prêmio ACI de Comunicação.

A premiação é na categoria telejornalismo. A reportagem de Juliana Castanho e Leda Borges, sobre os “Conflitos da Mente”, narrada por Camila Rocha, é na verdade um intenso trabalho de produção e edição em quatro episódios exibidos no ano de 2011.

Para Juliana Castanho, foram dois meses de trabalho investigativo a fim de mostrar a realidade dos pacientes e familiares que sofrem com transtornos mentais.

“É um verdadeiro documentário em quatro capítulos que abordou a falta de assistência e a convivência de pessoas com esquizofrenia dividindo espaço nos hospitais com crianças”, lembra a jornalista.

“Conflitos da Mente”, mostrou também o drama de quem se desliga da realidade e vive pelas ruas de Fortaleza. A solidariedade prestada pelos ‘anjos da guarda’ dessas pessoas, além de outros bons exemplos como a terapia do Projeto Quatro Varas, que nasceu no Ceará e se tornou referência no Brasil e no mundo.

FICHA TÉCNICA: 

Reportagem: ‘Conflitos da Mente’

Produção: Juliana Castanho e Leda Borges

Reportagem de Camila Rocha

Imagens Dário Rocha e Isaías Vieira

Edição Juliana Castanho

Emissora: TV Jangadeiro

leia tudo sobre

Publicidade

AQUECIMENTO GLOBAL VAI AFETAR MAIS AS CAPITAIS NORDESTINAS

Por Nonato Albuquerque em curiosidade

07 de Maio de 2012

Fortaleza, que se prepara para a Copa de 2014 e investe tanto dinheiro em projetos como Acquário, devia também se ocupar com um outro ponto de extrema preocupação, o aquecimento global. Ele pode afetar tanto a capital quanto o interior do Estado segundo o professor Alexandre Costa, da Universidade Estadual do Ceará.

Se a seca, que atualmente atinge o Nordeste brasileiro, já é motivo para se preocupar, imagine diante do alerta que, também, técnicos do INPE estão fazendo em relação às mudanças de temperatura.

Um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) revelados agora, aponta que moradores de vários municípios nordestinos são os que estarão mais sujeitos a riscos com as mudanças. O estudo é um alerta para que se tome algumas providências.

Em conversa com o professor da Uece, Alexandre Costa, ele demonstrou que mudanças como a elevação do nível do oceano traria impactos de grande ordem para capitais como Fortaleza, João Pessoa, Recife e Salvador. A Beira Mar é área que mais sofreria com isso.

“E não apenas a capital mas o interior também seria afetado em termos de clima, com a alterações da estrutura de subsistência”, adiantou.

Não seria o caso de as autoridades atentarem mais para isso?

 

leia tudo sobre

Publicidade

SITES RELIGIOSOS OFERECEM MAIS RISCOS QUE OS PORNOGRÁFICOS

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

06 de Maio de 2012

Incrível: em 2011 os sites contendo temas religiosos ofereceram mais riscos de se navegar do que os pornográficos. A afirmação é da empresa de segurança Symantec ao divulgar seu relatório anual, intitulado ‘Internet Security Threat Report‘. O estudo fornece uma visão geral do estado de ‘malware’ (conteúdo malicioso) na Internet.

Neste sentido, os sites e blogs dedicados à comunicação são os mais ameaçados, com 19,8% das pessoas infectadas. Eles são seguidos pelas páginas pessoais, com 15,6% de vítimas de ‘malware’, enquanto que os sites pornográficos estão com um percentual relativamente baixo de conteúdo malicioso. Apenas 2,4% estão infectados. Veja na infografia abaixo:

 

leia tudo sobre

Publicidade

JUSTIÇA DEVOLVE À PM SOLDADO TRAFICANTE

Por Nonato Albuquerque em Sem categoria

05 de Maio de 2012

O que dizer da Justiça que reintegra aos quadros da PM, um policial que havia sido expulso por traficar 425 quilos de maconha?

A história envolve o cabo Francisco Carlos Nogueira da Silva, 50, que depois de ser preso pela Polícia Federal  por tráfico de drogas, foi condenado e expulso, mas – pasmem! – ganhou como prêmio a aposentadoria (foi reformado, no jargão da área).

Depois de o ato de reforma ser publicado no Diário Oficial, o governo desculpou-se dizendo ter sido um equívoco. Pois agora vem a Justiça e o reintegra às funções de policial militar.

É quando se dá pra fazer duas leituras de uma mesma frase: o crime (não) compensa.

 

leia tudo sobre

Publicidade

OUVIR MÚSICA ALTA FAZ CONSUMIR MAIS ÁLCOOL

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO, curiosidade

04 de Maio de 2012

E vem da França a explicação porque música alta e consumo de bebidas alcoólicas têm uma relação em comum.  Estudo científico pesquisou em ambiente de boate e verificou que o consumo de cerveja e uísque aumentava quanto mais se elevava o volume do som.

Os pesquisadores chegaram a conclusão de que os proprietários de casas noturnas utilizam o som alto para ampliar a venda de produtos. Segundo as conclusões da investigação quando a música está muito alta, o consumo de álcool é significativamente maior.

Em uma discoteca onde normalmente se costume demorar 14 minutos para tomar uma garrafa de cerveja pequena, se a música estiver superior os 70 decibéis (com 80 ou mais já é considerável danoso para os ouvidos), esse tempo se reduz a 11 minutos.

O estudo concluiu que se a música estiver com volume normal, a quantidade de garrafas consumidas por uma pessoa nesse tempo é de 2,6 e que se a música estiver alta esse consumo chega a 3,4 .

Fonte: Daily Star

leia tudo sobre

Publicidade

FORTALEZA É AVALIADA PELO EMBAIXADOR DOS EUA

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

03 de Maio de 2012

Os EUA não têm ainda planos para implantar um centro de atendimento em Fortaleza para atender aos solicitantes de visto, mas a cidade está sendo avaliada nesse sentido, segundo o embaixador norte-americano no Brasil.

Em conversa que tive agora há pouco no rádio com o embaixador Thomas Shannon, ele reconheceu ser a capital cearense uma das cidades nordestinas com maior fluxo de turistas para os Estados Unidos, mas ainda não há planos para implementação de um centro aqui na cidade.

Lembrou que os lugares mais procurados pelo brasileiro em seu país são Miami, Nova York e Las Vegas. A demanda, segundo ele, deve aumentar ainda mais com as facilidades anunciadas pelo governo Obama.

leia tudo sobre

Publicidade

CLÁSSICO-REI VAI MOBILIZAR 450 POLICIAIS NO DOMINGO

Por Nonato Albuquerque em SEGURANÇA

03 de Maio de 2012

Um verdadeiro aparato de guerra. É como se pode resumir os preparativos da Polícia Militar para o clássico-rei de domingo no Presidente Vargas. Um total de 450 homens está sendo disponibilizado para o trabalho de segurança dos torcedores, 140 a mais do que o número deslocado para o último encontro de Fortaleza e Ceará.

Conversei com o comandante da Companhia de Eventos da PM, major George Benício, e ele destacou que a partir do meio dia de domingo, a Polícia vai interditar o tráfego de veículos nas avenidas Expedicionários e 13 de maio – indo até a Eduardo Girão. “Todo o fluxo de carros será proibido durante todo o tempo de realização do jogo”, admite.

Policiais vão escoltar torcedores das sedes das associações e nos terminais de ônibus será disponibilizado um efetivo para garantir a segurança no entorno deles.

 

leia tudo sobre

Publicidade

NOVA DROGA ENTRE ADOLESCENTES: DESINFETANTE PARA MÃOS

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

03 de Maio de 2012

No mundo das drogas, o que falta ser inventado? Vi na CNN que a nova tendência entre adolescentes que buscam se drogar é um insólito produto caseiro criado para manter o ambiente  livre dos germes: desinfetante de mãos.

A galera está usando isso como uma droga, de acordo com autoridades de saúde. Os médicos dizem que esses desinfetantes “são, na verdade, produtos que têm 60 por cento de etanol, o que significa que se tem 120 na graduação alcoólica”. Quando ingerido é como se bebessem 88,7 mililitros de uma bebida de 80 graus de álcool.

Para os adolescentes, as conseqüências desse tipo de droga podem ser graves, anunciam os médicos. Relacionam-se problemas de respiração, vômitos e pode levar a quedas perigosas de açúcar no sangue.

 

leia tudo sobre

Publicidade

ATRASOU O PAGAMENTO, APAGARAM A ‘CHAMA ETERNA’

Por Nonato Albuquerque em curiosidade

02 de Maio de 2012

Cortar energia por falta de pagamento, parece não ser problema apenas do cidadão comum. Acontece com as melhores famílias de… Bishkek, a capital do Quirgustão.

Lá tem um monumento dedicado aos mortos da Segunda Guerra Mundial: é a “chama eterna”. Pois, ontem, a empresa concessionária fechou a torneira que fornece o gás para iluminação da chama devido ao não pagamento da fatura pelo governo do País.

 

E saber que a dívida já se acumulava há três anos. Por aí, em torno de 7 mil euros.

Não há eternidade que aguente…

VIA

leia tudo sobre

Publicidade

VIOLÊNCIA ATINGE ‘NÍVEL EPIDÊMICO’

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

01 de Maio de 2012

A violência chegou a um “nível epidêmico”. Essa, a constatação do próprio governo federal. E a dificuldade que atravessam os Estados para controlar esses índices tem levado as autoridades a adoção de um novo modelo, que tiraria dos Estados a autonomia sobre os recursos repassados pela União para a segurança pública.

O Brasil apresenta hoje uma taxa de homicídios 26,2 para cada 100 mil habitantes, numa violência que ultrapassa os índices admissíveis pela própria ONU  (Organização das Nações Unidas). Segundo ela, a partir de 10 assassinatos por cada 100 mil, a violência é considerada em “nível epidêmico”.

O que as polícias têm feito até agora não têm correspondido às expectativas desejadas pelo governo e pela própria sociedade. A criminalidade tem avançado ainda mais. E ela desafia o programa de ação dos próprios órgãos de segurança.

Em março passado, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, manifestou a intenção de que as novas iniciativas devem assegurar que os Estados terão planos individualizados e serão convocados a assinar um novo pacto, além de cumprir metas pré-estabelecidas pelo ministério.

Até aqui, a União tem sido uma mera repassadora de recursos. “Mas […]  sentimos que eles não são utilizados na condição adequada”, justifica o ministro. Há casos em que os governadores retiram a sua parte na aplicação, quando recebem os recursos federais.

A presença do efetivo policial nas ruas  é importante, mas insuficiente para deter a escalada de crimes. A falta de estrutura da Polícia Civil para atender a demanda de casos, investigá-los e e complementar o trabalho da militar, revela em último caso como está difícil vencer essa batalha. E, com isso, a violência explode. E repetindo o bordão do repórter policial Jefferson Abreu, a população fica em pânico.

leia tudo sobre

Publicidade

VIOLÊNCIA ATINGE ‘NÍVEL EPIDÊMICO’

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

01 de Maio de 2012

A violência chegou a um “nível epidêmico”. Essa, a constatação do próprio governo federal. E a dificuldade que atravessam os Estados para controlar esses índices tem levado as autoridades a adoção de um novo modelo, que tiraria dos Estados a autonomia sobre os recursos repassados pela União para a segurança pública.

O Brasil apresenta hoje uma taxa de homicídios 26,2 para cada 100 mil habitantes, numa violência que ultrapassa os índices admissíveis pela própria ONU  (Organização das Nações Unidas). Segundo ela, a partir de 10 assassinatos por cada 100 mil, a violência é considerada em “nível epidêmico”.

O que as polícias têm feito até agora não têm correspondido às expectativas desejadas pelo governo e pela própria sociedade. A criminalidade tem avançado ainda mais. E ela desafia o programa de ação dos próprios órgãos de segurança.

Em março passado, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, manifestou a intenção de que as novas iniciativas devem assegurar que os Estados terão planos individualizados e serão convocados a assinar um novo pacto, além de cumprir metas pré-estabelecidas pelo ministério.

Até aqui, a União tem sido uma mera repassadora de recursos. “Mas […]  sentimos que eles não são utilizados na condição adequada”, justifica o ministro. Há casos em que os governadores retiram a sua parte na aplicação, quando recebem os recursos federais.

A presença do efetivo policial nas ruas  é importante, mas insuficiente para deter a escalada de crimes. A falta de estrutura da Polícia Civil para atender a demanda de casos, investigá-los e e complementar o trabalho da militar, revela em último caso como está difícil vencer essa batalha. E, com isso, a violência explode. E repetindo o bordão do repórter policial Jefferson Abreu, a população fica em pânico.