Dunkirk Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

Dunkirk

Confira os pitacos sobre as principais categorias do Oscar 2018

Por Thiago Sampaio em Oscar

04 de Março de 2018

Acontece na noite deste domingo (4) a principal premiação do cinema, da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o Oscar 2018. A cerimônia acontece no Teatro Dolby, em Los Angeles, com apresentação de Jimmy Kimmel.

Como é tradição do blog Cena Cultural, deixo aqui meus dois centavos de palpites nas principais categorias, quem acredito que vai ganhar e quem, abrindo mão da imparcialidade mesmo, gostaria que levasse (afinal, todos somos humanos e temos nossas torcidas).

A cerimônia acontece à partir das 22 horas (horário de Brasília). O tapete vermelho começa um pouco mais cedo, as 20h30.

Leia mais

Publicidade

“A Forma da Água” lidera em indicações ao Oscar 2018

Por Thiago Sampaio em Cinema

23 de Janeiro de 2018

Montagem/Divulgação

Saiu nesta terça-feira (23) a lista de indicados ao Oscar de 2018! Apresentados pela atriz Tiffany Haddish e pelo ator Andy Serkis, os indicados não tiveram tantas surpresas em relação aos demais prêmios. “A Forma da Água” foi o longa com maior número de indicações, de Guillermo del Toro, 13 no total.

Além dele, “Três Anúncios Para um Crime”, “Corra!”, “Dunkirk” e “Lady Bird – É Hora de Voar” também figuram bem entre as principais categorias.

Uma novidade foi a indicação de “Logan” a Melhor Roteiro Adaptado, sendo o primeiro filme de super-heróis mainstream a concorrer numa categoria de roteiro.

A cerimônia de entrega acontece no dia 4 de março, no Teatro Dolby, em Los Angeles, com apresentação de Jimmy Kimmel.

Confira a lista completa de indicados:

Leia mais

Publicidade

Crítica: “Dunkirk” compensa o fraco roteiro com um espetáculo audiovisual

Por Thiago Sampaio em Crítica

10 de agosto de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O diretor Christopher Nolan, com apenas 10 longas no currículo, já atingiu o status de colocar o seu nome nos materiais de divulgação como principal referência a cada nova produção. Amem ou odeiem, fica a curiosidade pelo o que está por vir. Pela primeira vez ele se arrisca num filme de guerra e “Dunkirk” (idem, 2017) já nasce pretensioso por sair do lugar comum dos demais longas do gênero. É fato que ele entrega um show audiovisual inédito, o que já torna a experiência especial. É possível ver e ouvir o talento! Mas também tem abertura para aqueles que adoram tirar o seu valor.

A trama narra a Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, em que soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.

Leia mais

Publicidade

Crítica: “Dunkirk” compensa o fraco roteiro com um espetáculo audiovisual

Por Thiago Sampaio em Crítica

10 de agosto de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O diretor Christopher Nolan, com apenas 10 longas no currículo, já atingiu o status de colocar o seu nome nos materiais de divulgação como principal referência a cada nova produção. Amem ou odeiem, fica a curiosidade pelo o que está por vir. Pela primeira vez ele se arrisca num filme de guerra e “Dunkirk” (idem, 2017) já nasce pretensioso por sair do lugar comum dos demais longas do gênero. É fato que ele entrega um show audiovisual inédito, o que já torna a experiência especial. É possível ver e ouvir o talento! Mas também tem abertura para aqueles que adoram tirar o seu valor.

A trama narra a Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, em que soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.

(mais…)