Julianne Moore Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

Julianne Moore

Confira a lista de vencedores do Oscar 2015

Por Thiago Sampaio em Oscar

23 de Fevereiro de 2015

Foto: Robyn Beck, AFP

Foto: Robyn Beck, AFP

Aconteceu na noite deste domingo (22) a 87ª edição do Oscar. “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)” e “O Grande Hotel Budapeste” foram os mais vitoriosos, com quatro troféus cada. Porém, Birdman levou os prêmios mais importantes, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor.

Confira a lista completa de ganhadores:

Melhor filme
“Sniper Americano”
“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)” – VENCEDOR
“Boyhood – Da Infância à Juventude”
“O Grande Hotel Budapeste”
“O Jogo da Imitação”
“Selma”
“A Teoria de Tudo”
“Whiplash – Em Busca da Perfeição”

Leia mais

Publicidade

Confira os palpites sobre as principais categorias no Oscar 2015

Por Thiago Sampaio em Oscar

21 de Fevereiro de 2015

Foto: Divulgação/Montagem

Foto: Divulgação/Montagem

A 87ª cerimônia do Oscar será realizada neste domingo (22), no Teatro Dolby, em Los Angeles, Califórnia, com apresentação do ator e humorista Neil Patrick Harris. Em meio a muitas expectativas, o blog Cena Cultural faz uma análise geral dos favoritos para as principais categorias. E claro, com os palpites de quem deve levar o troféu!

Melhor Filme

Indicados

“Sniper Americano”
“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”
“Boyhood: Da Infância à Juventude”
“O Grande Hotel Budapeste”
“O Jogo da Imitação”
“Selma”
“A Teoria de Tudo”
“Whiplash: Em Busca da Perfeição”

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1’ prepara bem o terreno para a grande guerra final

Por Thiago Sampaio em Crítica

04 de dezembro de 2014

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Não é um bom sinal quando a adaptação de um único livro para os cinemas é dividida em duas partes por fins comerciais. Por isso, é inevitável a sensação que “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1” (The Hunger Games: Mockingjay – Part 1, 2014) serve apenas como ponte para o grande desfecho da saga, adaptada da trilogia literária de Suzanne Collins. Ainda assim, o longa mantém o grau de maturidade dos anteriores e, com uma abordagem mais melancólica, prepara bem o terreno para o conflito final.

Sinopse

Após ser resgatada do Massacre Quaternário pela resistência ao governo do presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) está abalada. A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o símbolo que a resistência precisa para mobilizar a população. Após uma certa relutância, Katniss aceita a proposta desde que a resistência se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson) e os demais Vitoriosos mantidos prisioneiros pela Capital.

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1’ prepara bem o terreno para a grande guerra final

Por Thiago Sampaio em Crítica

04 de dezembro de 2014

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Não é um bom sinal quando a adaptação de um único livro para os cinemas é dividida em duas partes por fins comerciais. Por isso, é inevitável a sensação que “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1” (The Hunger Games: Mockingjay – Part 1, 2014) serve apenas como ponte para o grande desfecho da saga, adaptada da trilogia literária de Suzanne Collins. Ainda assim, o longa mantém o grau de maturidade dos anteriores e, com uma abordagem mais melancólica, prepara bem o terreno para o conflito final.

Sinopse

Após ser resgatada do Massacre Quaternário pela resistência ao governo do presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) está abalada. A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o símbolo que a resistência precisa para mobilizar a população. Após uma certa relutância, Katniss aceita a proposta desde que a resistência se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson) e os demais Vitoriosos mantidos prisioneiros pela Capital.

(mais…)