Fui demitido(a), e agora? - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

Fui demitido(a), e agora?

Por Márcia Catunda em Artigo

12 de julho de 2018

Por Viviane Cavalcante – Analista de RH

Ser demitido não é nada interessante. No entanto, quem não passou por esta situação? Sabemos que hoje a sociedade associa muito o trabalho à pessoa, como se fosse uma espécie de identidade. E em decorrência de ao ser desligado de uma empresa, ocorre uma explosão de sentimentos, emoções e sonhos que por segundos parecem ser barrados, onde causam um desespero momentâneo, lembrando-se de todas as contas mensais, faturas, colégios de filhos e sustentação de um lar por completo, na dúvida do porque fui demitido(a), surgem as afirmações: “Sou um incompetente e impotente nem um emprego consigo sustentar! E agora o que irei fazer?” todas estas questões surgem em frações de segundos.

No entanto, o que tenho a lhe dizer é: CALMA, NÃO SE DESESPERE! A partir disto temos que imediatamente pensarmos em criar estratégias para mudar a situação e conseguirmos uma recolocação o mais rápido possível.

Elaborei hoje uma listinha para ajudar a enfrentar e driblar este momento!

  • Permita-se ficar triste!
  • Conte para a família!
  • Busque a partir de agora se redescobrir como pessoa e profissional;
  • Crie estratégias para “vender” seus talentos;
  • Mergulhe fundo em qualificações profissionais(Cursos, palestras, Workshops);
  • Amplie sua gama de networking;
  • Mude sua visão! Veja que eis capaz de sair deste estado;
  • Permita-se alçar novos voos!
  • Seja ousado na busca! Vá confiante e mostre que eis o melhor candidato para a vaga;
  • Agora usufrua da sua conquista!

Lembre-se que em todo o tempo o que pode mudar o mundo é a educação! Então, a qualificação profissional sempre será o seu diferencial. Opte em ser melhor a cada dia. Há um mundo extraordinário cheios de descobertas esperando por você!

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Fui demitido(a), e agora?

Por Márcia Catunda em Artigo

12 de julho de 2018

Por Viviane Cavalcante – Analista de RH

Ser demitido não é nada interessante. No entanto, quem não passou por esta situação? Sabemos que hoje a sociedade associa muito o trabalho à pessoa, como se fosse uma espécie de identidade. E em decorrência de ao ser desligado de uma empresa, ocorre uma explosão de sentimentos, emoções e sonhos que por segundos parecem ser barrados, onde causam um desespero momentâneo, lembrando-se de todas as contas mensais, faturas, colégios de filhos e sustentação de um lar por completo, na dúvida do porque fui demitido(a), surgem as afirmações: “Sou um incompetente e impotente nem um emprego consigo sustentar! E agora o que irei fazer?” todas estas questões surgem em frações de segundos.

No entanto, o que tenho a lhe dizer é: CALMA, NÃO SE DESESPERE! A partir disto temos que imediatamente pensarmos em criar estratégias para mudar a situação e conseguirmos uma recolocação o mais rápido possível.

Elaborei hoje uma listinha para ajudar a enfrentar e driblar este momento!

  • Permita-se ficar triste!
  • Conte para a família!
  • Busque a partir de agora se redescobrir como pessoa e profissional;
  • Crie estratégias para “vender” seus talentos;
  • Mergulhe fundo em qualificações profissionais(Cursos, palestras, Workshops);
  • Amplie sua gama de networking;
  • Mude sua visão! Veja que eis capaz de sair deste estado;
  • Permita-se alçar novos voos!
  • Seja ousado na busca! Vá confiante e mostre que eis o melhor candidato para a vaga;
  • Agora usufrua da sua conquista!

Lembre-se que em todo o tempo o que pode mudar o mundo é a educação! Então, a qualificação profissional sempre será o seu diferencial. Opte em ser melhor a cada dia. Há um mundo extraordinário cheios de descobertas esperando por você!