Delta Archives - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Delta

Mensalão do Dnit no Ceará pode virar alvo na CPI do Cachoeira

Por Wanfil em Corrupção

23 de Abril de 2012

O blog Polítika, do Jangadeiro Online, mostra que o Ministério Público Federal no Ceará ajuizou, na última sexta-feira (20), ação penal contra servidores da superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Estado e a Delta Construções, empresa responsável por obras licitadas pelo órgão. A denúncia afirma que dirigentes da repartição recebiam “propinas e uma espécie de mensalão” da construtora.

A Delta ganhou notoriedade mais recentemente pelo envolvimento em licitações que teriam sido manipuladas pelo contraventor Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal e flagrado em conversas suspeitas com o senador Demóstenes Torres, de Goiás, ex-Democratas.

De 2007 a 2012 foram empenhados a favor da Delta obras que somam mais de 4 bilhões de reais, sendo que 90% desse total teve o Dnit como origem, de acordo com informações do SIAF.

O MPF baseia-se em inquérito resultante da ‘Operação Mão Dupla’, deflagrada pela Polícia Federal em 2010. Na época, foram presas 25 pessoas. Entre elas o então superintendente do Dnit, Guedes Neto.

A denúncia serviu de justificativa, junto com outros casos em Goiás e no Rio de Janeiro, para a criação da CPI do Cachoeira, que será instalada nesta terça (24).

Coincidência

No Ceará, o PMDB já exerceu grande influência nas nomeações para o  Dnit no Estado, e sonha em recuperá-lo. Mais recentemente, o PR passou a fazer indicações no órgão. ,as a sigla ficou enfraquecida com a queda do ex-ministro Alfredo Nascimento. Se a área de esportes é feudo disputado entre PC do B e PT, a de estradas objeto de cobiça de PMDB e PR. Trata-se, naturalmente, de uma questão ideológica. O esporte é revolucionário e não distingue classes sociais, e as estradas pavimentam o futuro do País.

Coincidentemente, por essas obras do acaso, o PMDB foi o partido da bancada federal cearense com maior número de parlamentares que não assinaram pela criação da CPI do Cachoeira. Dos oito que não assinaram o pedido, três pertencem a sigla: o senador Eunício Oliveira e os deputados federais Aníbal Gomes e Mauro Benevides. Pelo PR, Vicente Arrudaconsta da lista.

Aviso aos assessores de plantão que não faço aqui acusação alguma. Tenho a doce esperança de que o PMDB do Ceará queira mesmo investigar a fundo como o Dnit e a Delta utilizaram o dinheiro público.

Em tempo

A Controladoria-Geral da União (CGU) deve publicar nesta terça-feira (24), portaria abrindo processo administrativo disciplinar para investigar contratos da construtora Delta com órgãos públicos em nove estados. A empresa corre o risco de ser considerada inidônea, ficando proibida de firmar contratos com o governo. Os contratos já assinado poderão ser rescindidos.

leia tudo sobre

Publicidade

Mensalão do Dnit no Ceará pode virar alvo na CPI do Cachoeira

Por Wanfil em Corrupção

23 de Abril de 2012

O blog Polítika, do Jangadeiro Online, mostra que o Ministério Público Federal no Ceará ajuizou, na última sexta-feira (20), ação penal contra servidores da superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Estado e a Delta Construções, empresa responsável por obras licitadas pelo órgão. A denúncia afirma que dirigentes da repartição recebiam “propinas e uma espécie de mensalão” da construtora.

A Delta ganhou notoriedade mais recentemente pelo envolvimento em licitações que teriam sido manipuladas pelo contraventor Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal e flagrado em conversas suspeitas com o senador Demóstenes Torres, de Goiás, ex-Democratas.

De 2007 a 2012 foram empenhados a favor da Delta obras que somam mais de 4 bilhões de reais, sendo que 90% desse total teve o Dnit como origem, de acordo com informações do SIAF.

O MPF baseia-se em inquérito resultante da ‘Operação Mão Dupla’, deflagrada pela Polícia Federal em 2010. Na época, foram presas 25 pessoas. Entre elas o então superintendente do Dnit, Guedes Neto.

A denúncia serviu de justificativa, junto com outros casos em Goiás e no Rio de Janeiro, para a criação da CPI do Cachoeira, que será instalada nesta terça (24).

Coincidência

No Ceará, o PMDB já exerceu grande influência nas nomeações para o  Dnit no Estado, e sonha em recuperá-lo. Mais recentemente, o PR passou a fazer indicações no órgão. ,as a sigla ficou enfraquecida com a queda do ex-ministro Alfredo Nascimento. Se a área de esportes é feudo disputado entre PC do B e PT, a de estradas objeto de cobiça de PMDB e PR. Trata-se, naturalmente, de uma questão ideológica. O esporte é revolucionário e não distingue classes sociais, e as estradas pavimentam o futuro do País.

Coincidentemente, por essas obras do acaso, o PMDB foi o partido da bancada federal cearense com maior número de parlamentares que não assinaram pela criação da CPI do Cachoeira. Dos oito que não assinaram o pedido, três pertencem a sigla: o senador Eunício Oliveira e os deputados federais Aníbal Gomes e Mauro Benevides. Pelo PR, Vicente Arrudaconsta da lista.

Aviso aos assessores de plantão que não faço aqui acusação alguma. Tenho a doce esperança de que o PMDB do Ceará queira mesmo investigar a fundo como o Dnit e a Delta utilizaram o dinheiro público.

Em tempo

A Controladoria-Geral da União (CGU) deve publicar nesta terça-feira (24), portaria abrindo processo administrativo disciplinar para investigar contratos da construtora Delta com órgãos públicos em nove estados. A empresa corre o risco de ser considerada inidônea, ficando proibida de firmar contratos com o governo. Os contratos já assinado poderão ser rescindidos.