Eles só pensam naquilo! - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Eles só pensam naquilo!

Por Wanfil em Tribuna Band News FM

09 de Abril de 2013

Meu comentário na rádio Tribuna BandNews FM – 101.7, sobre a antecipação da agenda eleitoral no Brasil e no Ceará.

Ouça o áudio:

[haiku url=”http://tribunadoceara.com.br/blogs/wanderley-filho/files/2013/04/POLITICA_WANDERLEY_ELES-SÓ-PENSAM-NAQUILO.mp3″]

 

Segue a transcrição:

A antecipação do calendário eleitoral reduz o tempo do calendário administrativo. O que não foi resolvido até agora, não será mais até outubro de 2014.

A antecipação do calendário eleitoral reduz o tempo do calendário administrativo. O que não foi resolvido até agora, não será mais até outubro de 2014.

Eles só pensam naquilo! Eles só pensam em voto e nas próximas eleições. Daqui até outubro de 2014, todos os problemas passam a ser tratados de olho nas pesquisas e na base da propaganda.

Em Brasília, a presidente Dilma, do PT, trouxe o PR de Alfredo Nascimento e o PDT de Carlos Lupi de volta ao ministério do qual saíram após denúncias de corrupção. O que interessa aí é o tempo de TV de cada partido. E que se dane a faxina ética.

Para neutralizar a possível candidatura de Eduardo Campos, do PSB, à Presidência da República, Dilma anuncia no rádio, medidas e verbas contra a seca no nordeste. Diga-se de passagem que são as mesmas promessas feitas há exatamente uma semana aqui em Fortaleza e que até os governistas mais adestrados reconhecem ser tímidas.

No Ceará não é diferente. O governador Cid Gomes e seus aliados já se dedicam à campanha eleitoral mais do que recomenda o bom senso. Basta ver as movimentações de gente como o ministro dos Portos Leônidas Cristino, do secretário da Fazenda Mauro Filho ou até da secretária de Educação Izolda Cela, nomes citados nos balões de ensaio das colunas de jornal.

Tem ainda o PT, que ressentido com o racha em Fortaleza, agora parte pra cima do PSB e do governador, com direito a acusações mútuas de espionagem. Até poucas eleições atrás, esse pessoal trocava juras de amor e elogios rasgados entre si.

Do ponto de vista prático, tudo isso é infrutífero para resolver os grandes problemas do país e do Ceará.  Falta aproximadamente um ano e meio para as eleições do ano que vem. Já em junho próximo, teremos a Copa das Confederações. Quer dizer, de maio a agosto essa será a maior prioridade de nossas autoridades. Em 2014, depois do Carnaval, vem a Copa e as próprias eleições.

Com um pouco de otimismo, significa dizer que, na prática, o governador terá somente uns seis meses para trabalhar livremente. Talvez menos. Com a agenda eleitoral antecipada, esse tempo fica mais reduzido ainda. Portanto, será um fim de mandato apertado para encaminhar ações contra emergências que ignoram os calendários festivos e eleitorais: a seca e os obscenos índices de violência no estado. Mas sabe como é: eles só pensam naquilo!

Publicidade aqui

Eles só pensam naquilo!

Por Wanfil em Tribuna Band News FM

09 de Abril de 2013

Meu comentário na rádio Tribuna BandNews FM – 101.7, sobre a antecipação da agenda eleitoral no Brasil e no Ceará.

Ouça o áudio:

[haiku url=”http://tribunadoceara.com.br/blogs/wanderley-filho/files/2013/04/POLITICA_WANDERLEY_ELES-SÓ-PENSAM-NAQUILO.mp3″]

 

Segue a transcrição:

A antecipação do calendário eleitoral reduz o tempo do calendário administrativo. O que não foi resolvido até agora, não será mais até outubro de 2014.

A antecipação do calendário eleitoral reduz o tempo do calendário administrativo. O que não foi resolvido até agora, não será mais até outubro de 2014.

Eles só pensam naquilo! Eles só pensam em voto e nas próximas eleições. Daqui até outubro de 2014, todos os problemas passam a ser tratados de olho nas pesquisas e na base da propaganda.

Em Brasília, a presidente Dilma, do PT, trouxe o PR de Alfredo Nascimento e o PDT de Carlos Lupi de volta ao ministério do qual saíram após denúncias de corrupção. O que interessa aí é o tempo de TV de cada partido. E que se dane a faxina ética.

Para neutralizar a possível candidatura de Eduardo Campos, do PSB, à Presidência da República, Dilma anuncia no rádio, medidas e verbas contra a seca no nordeste. Diga-se de passagem que são as mesmas promessas feitas há exatamente uma semana aqui em Fortaleza e que até os governistas mais adestrados reconhecem ser tímidas.

No Ceará não é diferente. O governador Cid Gomes e seus aliados já se dedicam à campanha eleitoral mais do que recomenda o bom senso. Basta ver as movimentações de gente como o ministro dos Portos Leônidas Cristino, do secretário da Fazenda Mauro Filho ou até da secretária de Educação Izolda Cela, nomes citados nos balões de ensaio das colunas de jornal.

Tem ainda o PT, que ressentido com o racha em Fortaleza, agora parte pra cima do PSB e do governador, com direito a acusações mútuas de espionagem. Até poucas eleições atrás, esse pessoal trocava juras de amor e elogios rasgados entre si.

Do ponto de vista prático, tudo isso é infrutífero para resolver os grandes problemas do país e do Ceará.  Falta aproximadamente um ano e meio para as eleições do ano que vem. Já em junho próximo, teremos a Copa das Confederações. Quer dizer, de maio a agosto essa será a maior prioridade de nossas autoridades. Em 2014, depois do Carnaval, vem a Copa e as próprias eleições.

Com um pouco de otimismo, significa dizer que, na prática, o governador terá somente uns seis meses para trabalhar livremente. Talvez menos. Com a agenda eleitoral antecipada, esse tempo fica mais reduzido ainda. Portanto, será um fim de mandato apertado para encaminhar ações contra emergências que ignoram os calendários festivos e eleitorais: a seca e os obscenos índices de violência no estado. Mas sabe como é: eles só pensam naquilo!