Exposição resgata tradições da infância com mais de 1000 brinquedos feitos à mão


Exposição resgata tradições da infância com mais de 1000 brinquedos feitos à mão

De 17 de setembro a 8 de novembro o público poderá conferir, na CAIXA Cultural, a coleção de brinquedos artesanais feitos no Nordeste, montada ao longo de 30 anos

Por Ana Beatriz Leite em Agenda Cultural

17 de setembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2015/09/brinquedos à mão

Os brinquedos artesanais são importantes componentes da cultura do Nordeste e continuam fazendo parte da infância de muitas crianças (FOTO: Vanessa Cerqueira)

Às vezes por questões financeiras, outras pelo costume e tradição, materiais como barro, papelão, pano, barbante e pedaços de madeira se transformam em objetos lúdicos que fazem a diversão da criançada, desde a produção até o resultado final. Os brinquedos feitos a mão tiveram papel protagonista na infância de muitos de nós e são de extrema importância cultural.

Resgatando as brincadeiras de antigamente, ainda presentes em algumas comunidades do interior do Nordeste, a CAIXA Cultural traz a exposição Brinquedos à Mão, com a coleção montada ao longo de três décadas pela pesquisadora Sálua Chequer. De 17 de setembro a 8 de novembro, mais de 1000 brinquedos estarão à disposição do público.


Nascida no interior da Bahia, em Ibirataia, Sálua Chequer atua na área de cultura popular desde os anos 80 e começou a adquirir brinquedos em suas visitas a feiras livres. Fascinada pelas cores, formas e pelo entusiasmo dos artesãos e das crianças, colocou em foco em sua pesquisa a recuperação da importância e do valor pedagógico dos brinquedos populares não só para as antigas gerações, como também para as novas.

Garimpadas nas feiras ou presenteadas pelos próprios artesãos e amigos, as peças que vêm do interior e das capitais da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Piauí, não são apresentadas como peças de museu, mas convidam ao movimento: no espaço chamado Cantinho do Brincar crianças e adultos poderão interagir com algumas dessas, brincando de cinco marias, boinhas de gude, pião e muito mais.

Para chegar ao formato final da exposição, os curadores levaram em conta o diálogo entre três olhares: o olhar de quem criou o brinquedo, o olhar da colecionadora que o escolheu e o olhar do espectador, que se encanta pelo sentimento de nostalgia ou de descobrimento, no caso dos mais novos.

Serviço
Data: 17 de setembro a 8 de novembro
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e aos domingos, das 10h às 19h
Local: CAIXA Cultural (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema)
Informações: (85) 3453.2770
Entrada gratuita

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
1/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
2/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
3/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
4/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

Exposição resgata tradições da infância com mais de 1000 brinquedos feitos à mão

De 17 de setembro a 8 de novembro o público poderá conferir, na CAIXA Cultural, a coleção de brinquedos artesanais feitos no Nordeste, montada ao longo de 30 anos

Por Ana Beatriz Leite em Agenda Cultural

17 de setembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2015/09/brinquedos à mão

Os brinquedos artesanais são importantes componentes da cultura do Nordeste e continuam fazendo parte da infância de muitas crianças (FOTO: Vanessa Cerqueira)

Às vezes por questões financeiras, outras pelo costume e tradição, materiais como barro, papelão, pano, barbante e pedaços de madeira se transformam em objetos lúdicos que fazem a diversão da criançada, desde a produção até o resultado final. Os brinquedos feitos a mão tiveram papel protagonista na infância de muitos de nós e são de extrema importância cultural.

Resgatando as brincadeiras de antigamente, ainda presentes em algumas comunidades do interior do Nordeste, a CAIXA Cultural traz a exposição Brinquedos à Mão, com a coleção montada ao longo de três décadas pela pesquisadora Sálua Chequer. De 17 de setembro a 8 de novembro, mais de 1000 brinquedos estarão à disposição do público.


Nascida no interior da Bahia, em Ibirataia, Sálua Chequer atua na área de cultura popular desde os anos 80 e começou a adquirir brinquedos em suas visitas a feiras livres. Fascinada pelas cores, formas e pelo entusiasmo dos artesãos e das crianças, colocou em foco em sua pesquisa a recuperação da importância e do valor pedagógico dos brinquedos populares não só para as antigas gerações, como também para as novas.

Garimpadas nas feiras ou presenteadas pelos próprios artesãos e amigos, as peças que vêm do interior e das capitais da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Piauí, não são apresentadas como peças de museu, mas convidam ao movimento: no espaço chamado Cantinho do Brincar crianças e adultos poderão interagir com algumas dessas, brincando de cinco marias, boinhas de gude, pião e muito mais.

Para chegar ao formato final da exposição, os curadores levaram em conta o diálogo entre três olhares: o olhar de quem criou o brinquedo, o olhar da colecionadora que o escolheu e o olhar do espectador, que se encanta pelo sentimento de nostalgia ou de descobrimento, no caso dos mais novos.

Serviço
Data: 17 de setembro a 8 de novembro
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e aos domingos, das 10h às 19h
Local: CAIXA Cultural (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema)
Informações: (85) 3453.2770
Entrada gratuita

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
1/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
2/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
3/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO
4/4

EXPOSIÇÃO BRINQUEDOS À MÃO

(FOTO: Hudson Vagner/Divulgação)