Cearense faz campanha de arrecadação de fundos para seu primeiro livro literário


Cearense faz campanha de arrecadação de fundos para seu primeiro livro literário

Para arcar com o investimento, a autora fez uma campanha com a pré-venda dos livros em um site de financiamento coletivo

Por Mayana Fontenele em Cultura

12 de julho de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Financiamento coletivo através da internet é uma saída para quem deseja o engajamento em campanhas (Foto: Arquivo Pessoal)

Financiamento coletivo através da internet é uma saída para quem deseja o engajamento em campanhas (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois de receber vários pedidos negados por editoras, a cearense Natália Lima, de 30 anos, decidiu publicar seu primeiro livro literário contando com a ajuda de amigos, familiares e apreciadores de livros de todo país. Através de uma campanha organizada na internet, a autora natural de Fortaleza optou pelo financiamento coletivo para arrecadar fundos para a publicação.

A jovem conta que várias editoras recusaram publicar sua obra. “Algumas não se interessaram por uma autora que ainda não tem nada publicado (a maioria não deve nem ter lido a sinopse), e outras nem responderam”.

Uma das editoras concordou em realizar a publicação, tendo como acordo a compra dos 200 primeiros exemplares, para garantir o lucro da empresa. O financiamento coletivo foi uma solução encontrada para arcar com o custo, produzindo uma pré-venda.

A campanha está sendo feita no site Kickante, especializado em arrecadar dinheiro na internet para campanhas diversas, como filantropia, cultura, ONGs, caridade, pequenos negócios, ativismo, artes e games.

É necessário no total o valor de R$ 6.000. É possível contribuir com valores a partir de R$ 10. Com R$ 35, o colaborador recebe o livro autografado em casa.

“O dinheiro arrecadado será usado para comprar os livros da editora e enviá-los pelo Correio para as pessoas que adquiriram. Imprimir o cartão postal da Amanda Breen e enviar o cartão postal autografado por mim pelo Correio. Também será usado para o pagamento das taxas do site. O restante do dinheiro será usado para divulgação do livro”, explica Natália.

A obra

Com o enredo voltado para o público feminino, a história se passa nos Estados Unidos, no final da década de 1990, quando vários grupos e cantores pop estão estourando no mercado. A jornalista que atualmente é professora de inglês, conta que sua inspiração surgiu ainda na adolescência, quando adorava assistir videoclipes internacionais e entregas de prêmios, como o Oscar.

Incentivada pela mãe, Natália decidiu passar para o papel, os sonhos e os cenários que vivenciou por meio das telinhas. A autora conta que ainda nem publicado o primeiro livro, já projeta o segundo volume, pensando em uma série para ‘Amanda Breen’: “Tenho muitas ideias e projetos. O livro Grandes Mudanças não está sozinho, e outros já estão sendo preparados para saciar a sede de leitores que se tornem fã da série”.

Publicidade

Dê sua opinião

Cearense faz campanha de arrecadação de fundos para seu primeiro livro literário

Para arcar com o investimento, a autora fez uma campanha com a pré-venda dos livros em um site de financiamento coletivo

Por Mayana Fontenele em Cultura

12 de julho de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Financiamento coletivo através da internet é uma saída para quem deseja o engajamento em campanhas (Foto: Arquivo Pessoal)

Financiamento coletivo através da internet é uma saída para quem deseja o engajamento em campanhas (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois de receber vários pedidos negados por editoras, a cearense Natália Lima, de 30 anos, decidiu publicar seu primeiro livro literário contando com a ajuda de amigos, familiares e apreciadores de livros de todo país. Através de uma campanha organizada na internet, a autora natural de Fortaleza optou pelo financiamento coletivo para arrecadar fundos para a publicação.

A jovem conta que várias editoras recusaram publicar sua obra. “Algumas não se interessaram por uma autora que ainda não tem nada publicado (a maioria não deve nem ter lido a sinopse), e outras nem responderam”.

Uma das editoras concordou em realizar a publicação, tendo como acordo a compra dos 200 primeiros exemplares, para garantir o lucro da empresa. O financiamento coletivo foi uma solução encontrada para arcar com o custo, produzindo uma pré-venda.

A campanha está sendo feita no site Kickante, especializado em arrecadar dinheiro na internet para campanhas diversas, como filantropia, cultura, ONGs, caridade, pequenos negócios, ativismo, artes e games.

É necessário no total o valor de R$ 6.000. É possível contribuir com valores a partir de R$ 10. Com R$ 35, o colaborador recebe o livro autografado em casa.

“O dinheiro arrecadado será usado para comprar os livros da editora e enviá-los pelo Correio para as pessoas que adquiriram. Imprimir o cartão postal da Amanda Breen e enviar o cartão postal autografado por mim pelo Correio. Também será usado para o pagamento das taxas do site. O restante do dinheiro será usado para divulgação do livro”, explica Natália.

A obra

Com o enredo voltado para o público feminino, a história se passa nos Estados Unidos, no final da década de 1990, quando vários grupos e cantores pop estão estourando no mercado. A jornalista que atualmente é professora de inglês, conta que sua inspiração surgiu ainda na adolescência, quando adorava assistir videoclipes internacionais e entregas de prêmios, como o Oscar.

Incentivada pela mãe, Natália decidiu passar para o papel, os sonhos e os cenários que vivenciou por meio das telinhas. A autora conta que ainda nem publicado o primeiro livro, já projeta o segundo volume, pensando em uma série para ‘Amanda Breen’: “Tenho muitas ideias e projetos. O livro Grandes Mudanças não está sozinho, e outros já estão sendo preparados para saciar a sede de leitores que se tornem fã da série”.