Cafezinho em Fortaleza varia de R$ 2 a R$ 4. A dica é negociar preço mensal

VAI UM CAFEZINHO?

Cafezinho em Fortaleza varia de R$ 2 a R$ 4. A dica é negociar preço mensal

A bebida predileta de parte dos brasileiros pode pesar no bolso, então pesquisar o preço faz a diferença

Por Tribuna Bandnews FM em Gastronomia

15 de janeiro de 2017 às 06:30

Há 3 anos
(FOTO: Reprodução)

O quente e revigorante cafezinho é a escolha de muita gente que quer dar aquela despertada no dia a dia (FOTO: Reprodução)

O quente e revigorante cafezinho é a escolha de muita gente que quer dar aquela despertada no dia a dia. Muitos também gostam de tomá-lo depois das refeições. E os mais apaixonados bebem o tradicional café em qualquer hora do dia.

Mas e quando a bebida predileta de boa parte dos brasileiros pesa no bolso, o que fazer? O café é sagrado para o taxista João Carlos, que só deixa para apreciá-lo em casa mesmo.

“Eu acho caro, cobram dois reais em um pouquinho de café, prefiro tomar em casa, o que a minha mulher faz, que é mais seguro”, conta o taxista em entrevista à Tribuna Band News FM.

Não tem jeito, a saída é pesquisar, principalmente se você toma o cafezinho fora de casa todos os dias. Para não se surpreender no final do mês, o pesquisador na área de finanças Erico Marques dá dicas valiosas para poupar os gastos. “A sugestão é fazer uma acordo com a mulher do café, então ao invés de você pagar por cafezinho, você acerta o valor com ela por mês”, sugere Erico Marques.

A Tribuna BandNews FM pesquisou em algumas das principais cafeterias da Capital e constatou que o tradicional café expresso varia de R$ 2 a R$ 4.

Saiba os detalhes nas entrevistas concedidas à Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

VAI UM CAFEZINHO?

Cafezinho em Fortaleza varia de R$ 2 a R$ 4. A dica é negociar preço mensal

A bebida predileta de parte dos brasileiros pode pesar no bolso, então pesquisar o preço faz a diferença

Por Tribuna Bandnews FM em Gastronomia

15 de janeiro de 2017 às 06:30

Há 3 anos
(FOTO: Reprodução)

O quente e revigorante cafezinho é a escolha de muita gente que quer dar aquela despertada no dia a dia (FOTO: Reprodução)

O quente e revigorante cafezinho é a escolha de muita gente que quer dar aquela despertada no dia a dia. Muitos também gostam de tomá-lo depois das refeições. E os mais apaixonados bebem o tradicional café em qualquer hora do dia.

Mas e quando a bebida predileta de boa parte dos brasileiros pesa no bolso, o que fazer? O café é sagrado para o taxista João Carlos, que só deixa para apreciá-lo em casa mesmo.

“Eu acho caro, cobram dois reais em um pouquinho de café, prefiro tomar em casa, o que a minha mulher faz, que é mais seguro”, conta o taxista em entrevista à Tribuna Band News FM.

Não tem jeito, a saída é pesquisar, principalmente se você toma o cafezinho fora de casa todos os dias. Para não se surpreender no final do mês, o pesquisador na área de finanças Erico Marques dá dicas valiosas para poupar os gastos. “A sugestão é fazer uma acordo com a mulher do café, então ao invés de você pagar por cafezinho, você acerta o valor com ela por mês”, sugere Erico Marques.

A Tribuna BandNews FM pesquisou em algumas das principais cafeterias da Capital e constatou que o tradicional café expresso varia de R$ 2 a R$ 4.

Saiba os detalhes nas entrevistas concedidas à Tribuna Band News FM: