Pele de bebês é 20% a 30% mais fina que a de adultos, por isso requer cuidados

PARA AS MÃES

Pele de bebês é 20% a 30% mais fina que a de adultos, por isso requer cuidados

A utilização de cremes, loções ou pomadas adequadas a pele frágil do bebê deve fazer parte dos hábitos de higiene

Por Hayanne Narlla em Mulher

5 de fevereiro de 2017 às 06:30

Há 3 anos
fraldas

Bebês tem pele mais fina (FOTO: Divulgação)

Com os dias quentes, uma das principais preocupações dos pais, seja de primeira viagem ou não, são os cuidados com a pele do bebê. De acordo com as enfermeiras Natalia Modica e Luciana Santos, durante os três primeiros anos de vida, a pele da criança é de 20 a 30% mais fina que as dos adultos, por isso costuma ser mais ressecada, além de ser mais sensível ao calor e a luz do sol, precisando ser constantemente protegida.

Ressecamento

A utilização de cremes, loções ou pomadas emolientes, específicas e adequadas a pele frágil e imatura do bebê deve fazer parte dos cuidados e dos hábitos de higiene. Além de proteger a pele contra as agressões externas, esses produtos ajudam a mantê-la saudável e hidratada.

Brotoejas

A miliária, mais conhecido como brotoeja, é uma erupção cutânea ocasionada pelo suor abundante que desencadeia a inflamação das glândulas sudoríparas. Este mecanismo dificulta a chegada do suor à superfície da pele e causando irritação frequente e coceira. Para tratar, o melhor a fazer é aliviar o desconforto do bebê, principalmente ao refrescar e secar a área afetada, com banhos e roupas frescas.

Trocar a fralda

É imprescindível não deixar o bebê com a mesma fralda por muito tempo. Na hora da troca, o ideal é usar água morna para fazer a higiene do local. Já os lenços umedecidos devem ser usados com muita atenção, pois contêm substâncias que podem irritar e causar problemas na pele.

Publicidade

Dê sua opinião

PARA AS MÃES

Pele de bebês é 20% a 30% mais fina que a de adultos, por isso requer cuidados

A utilização de cremes, loções ou pomadas adequadas a pele frágil do bebê deve fazer parte dos hábitos de higiene

Por Hayanne Narlla em Mulher

5 de fevereiro de 2017 às 06:30

Há 3 anos
fraldas

Bebês tem pele mais fina (FOTO: Divulgação)

Com os dias quentes, uma das principais preocupações dos pais, seja de primeira viagem ou não, são os cuidados com a pele do bebê. De acordo com as enfermeiras Natalia Modica e Luciana Santos, durante os três primeiros anos de vida, a pele da criança é de 20 a 30% mais fina que as dos adultos, por isso costuma ser mais ressecada, além de ser mais sensível ao calor e a luz do sol, precisando ser constantemente protegida.

Ressecamento

A utilização de cremes, loções ou pomadas emolientes, específicas e adequadas a pele frágil e imatura do bebê deve fazer parte dos cuidados e dos hábitos de higiene. Além de proteger a pele contra as agressões externas, esses produtos ajudam a mantê-la saudável e hidratada.

Brotoejas

A miliária, mais conhecido como brotoeja, é uma erupção cutânea ocasionada pelo suor abundante que desencadeia a inflamação das glândulas sudoríparas. Este mecanismo dificulta a chegada do suor à superfície da pele e causando irritação frequente e coceira. Para tratar, o melhor a fazer é aliviar o desconforto do bebê, principalmente ao refrescar e secar a área afetada, com banhos e roupas frescas.

Trocar a fralda

É imprescindível não deixar o bebê com a mesma fralda por muito tempo. Na hora da troca, o ideal é usar água morna para fazer a higiene do local. Já os lenços umedecidos devem ser usados com muita atenção, pois contêm substâncias que podem irritar e causar problemas na pele.