Portal "Som do Fole", focado em forró, é novo parceiro do Tribuna do Ceará


Portal “Som do Fole”, focado em forró, é novo parceiro do Tribuna do Ceará

Jornalistas lançaram site dedicado a cobertura sobre bandas que são sucesso no Ceará, mas que não são devidamente valorizadas pela mídia

Por Mayana Fontenele em Música

21 de fevereiro de 2016 às 06:00

Há 3 anos
Com um conteúdo multimídia o "Som do Fole" já é referência como veículo de comunicação dedicado ao tema. (Foto: Arquivo Pessoal)

Com um conteúdo multimídia o “Som do Fole” já é referência como veículo de comunicação dedicado ao tema. (Foto: Arquivo Pessoal)

Forró, sertanejo e jornalismo podem ser uma mistura que dá certo. Wilton Rodrigues, Gustavo Linhares e Lucas Ribeiro formam um time de jornalistas que produzem entretenimento tipicamente cearense: a pauta é sobre forró, e também sobre outro ritmo que foi recebido pelo público forrozeiro de braços abertos nos últimos anos, o sertanejo.

“Vimos que o sertanejo está muito ligado ao forró, os cantores dos dois ritmos fazem parcerias, têm um publico fiel e lotam as casa de show do Ceará”, conta Wilton.

O portal de notícias Som do Fole, novo parceiro do Tribuna do Ceará, está no ar há menos de um mês, mas a paixão pelo ritmo é antiga e compartilhada pelos três amigos. A ideia de se dedicar a cobertura do estilo musical surgiu em 2014. Ainda como estudante de jornalismo e estagiário do jornal Diário do Nordeste, Gustavo criou o blog ‘Puxa o Fole’.

“Eu sempre acompanhei muito o forró, quando comecei a atuar na mídia, percebia que muita coisa sobre o tema, que era notícia, não tinha espaço. Sempre havia um tipo de preconceito”. Foi então que Wilton, jornalista e coordenador do estagiário, levou a ideia de dar espaço ao nicho forrozeiro, com o blog que iria cobrir este mercado musical.

“No início, quando lançamos o Puxa o Fole, a gente percebia que as pessoas olhavam diferente, com um certo deboche, preconceito por conta do tema. A partir do momento que as pessoas perceberam que estava dando audiência, passaram a ver essa cobertura de outro jeito, com mais respeito”, narra Wilton.

O blog foi um sucesso, com altos números de audiência, os jornalistas viraram referência quando o assunto é o mercado da música tipicamente cearense. “Essa cobertura do forró aqui no Ceará ainda é muito fraca, simples, não tem um aprofundamento maior. A gente percebeu que forró tem algo mais para oferecer”, completa.

A equipe já entrevistou cantores como Wesley Safadão, Luan Santana, Solange Almeida e Xandy Avião.

A equipe já entrevistou cantores como Wesley Safadão, Luan Santana, Solange Almeida e Xandy Avião.

Wilton e Gustavo, já formados, atualmente se dedicam integralmente ao portal. Lucas, estudante do 7º semestre da Universidade Federal do Ceará, resolveu compor a equipe e completar o elenco de um projeto que seria mais na frente um dos maiores do mercado da música cearense.

“Na época, em 2014, eu era estagiário do caderno de entretenimento do jornal, sempre gostei muito de forró e quis fazer parte também da equipe do blog. O que é engraçado, entrei no curso de jornalismo por conta do esporte e me encantei com o universo do entretenimento”.

A equipe formada por três colegas de trabalho foi além da redação. Após a saída do jornal, eles decidiram se dedicar e regatar o público fiel do antigo blog, dando continuidade ao projeto.“Há uma demanda do público, no blog tínhamos números que comprovavam”.

A diferença foi a forma de fazer jornalismo. “A gente vive isso muito de perto. Vamos nos shows, entrevistamos os artistas, pegamos um gancho legal para explorar”.

Estendendo o projeto e se dedicando a uma cobertura mais aprofundada, eles tratam da agenda de eventos musicais do mês, cobertura, e também abordam categorias que destacam o estilo de vida dos artistas, entrevistas em vídeo. O “Som do Fole” foi ao ar propositalmente antes do Carnaval, no dia 5 de janeiro, estreando com a cobertura do Carnaval de 2016.

Valorizar o forró, o sertanejo, tratar o tema com respeito e buscar minimizar o preconceito são os desafios do Som do Fole. “Querendo ou não, esse preconceito ainda existe. Há pessoas que curtem entretenimento e nós atendemos essas pessoas, e esse mercado especificamente, da forma mais jornalística possível. Isso vai muito do publico entender que não só de politica e economia vive o jornalismo”, finaliza Gustavo.

Visite o Som do Fole:
www.somdofole.com.br

Publicidade

Dê sua opinião

Portal “Som do Fole”, focado em forró, é novo parceiro do Tribuna do Ceará

Jornalistas lançaram site dedicado a cobertura sobre bandas que são sucesso no Ceará, mas que não são devidamente valorizadas pela mídia

Por Mayana Fontenele em Música

21 de fevereiro de 2016 às 06:00

Há 3 anos
Com um conteúdo multimídia o "Som do Fole" já é referência como veículo de comunicação dedicado ao tema. (Foto: Arquivo Pessoal)

Com um conteúdo multimídia o “Som do Fole” já é referência como veículo de comunicação dedicado ao tema. (Foto: Arquivo Pessoal)

Forró, sertanejo e jornalismo podem ser uma mistura que dá certo. Wilton Rodrigues, Gustavo Linhares e Lucas Ribeiro formam um time de jornalistas que produzem entretenimento tipicamente cearense: a pauta é sobre forró, e também sobre outro ritmo que foi recebido pelo público forrozeiro de braços abertos nos últimos anos, o sertanejo.

“Vimos que o sertanejo está muito ligado ao forró, os cantores dos dois ritmos fazem parcerias, têm um publico fiel e lotam as casa de show do Ceará”, conta Wilton.

O portal de notícias Som do Fole, novo parceiro do Tribuna do Ceará, está no ar há menos de um mês, mas a paixão pelo ritmo é antiga e compartilhada pelos três amigos. A ideia de se dedicar a cobertura do estilo musical surgiu em 2014. Ainda como estudante de jornalismo e estagiário do jornal Diário do Nordeste, Gustavo criou o blog ‘Puxa o Fole’.

“Eu sempre acompanhei muito o forró, quando comecei a atuar na mídia, percebia que muita coisa sobre o tema, que era notícia, não tinha espaço. Sempre havia um tipo de preconceito”. Foi então que Wilton, jornalista e coordenador do estagiário, levou a ideia de dar espaço ao nicho forrozeiro, com o blog que iria cobrir este mercado musical.

“No início, quando lançamos o Puxa o Fole, a gente percebia que as pessoas olhavam diferente, com um certo deboche, preconceito por conta do tema. A partir do momento que as pessoas perceberam que estava dando audiência, passaram a ver essa cobertura de outro jeito, com mais respeito”, narra Wilton.

O blog foi um sucesso, com altos números de audiência, os jornalistas viraram referência quando o assunto é o mercado da música tipicamente cearense. “Essa cobertura do forró aqui no Ceará ainda é muito fraca, simples, não tem um aprofundamento maior. A gente percebeu que forró tem algo mais para oferecer”, completa.

A equipe já entrevistou cantores como Wesley Safadão, Luan Santana, Solange Almeida e Xandy Avião.

A equipe já entrevistou cantores como Wesley Safadão, Luan Santana, Solange Almeida e Xandy Avião.

Wilton e Gustavo, já formados, atualmente se dedicam integralmente ao portal. Lucas, estudante do 7º semestre da Universidade Federal do Ceará, resolveu compor a equipe e completar o elenco de um projeto que seria mais na frente um dos maiores do mercado da música cearense.

“Na época, em 2014, eu era estagiário do caderno de entretenimento do jornal, sempre gostei muito de forró e quis fazer parte também da equipe do blog. O que é engraçado, entrei no curso de jornalismo por conta do esporte e me encantei com o universo do entretenimento”.

A equipe formada por três colegas de trabalho foi além da redação. Após a saída do jornal, eles decidiram se dedicar e regatar o público fiel do antigo blog, dando continuidade ao projeto.“Há uma demanda do público, no blog tínhamos números que comprovavam”.

A diferença foi a forma de fazer jornalismo. “A gente vive isso muito de perto. Vamos nos shows, entrevistamos os artistas, pegamos um gancho legal para explorar”.

Estendendo o projeto e se dedicando a uma cobertura mais aprofundada, eles tratam da agenda de eventos musicais do mês, cobertura, e também abordam categorias que destacam o estilo de vida dos artistas, entrevistas em vídeo. O “Som do Fole” foi ao ar propositalmente antes do Carnaval, no dia 5 de janeiro, estreando com a cobertura do Carnaval de 2016.

Valorizar o forró, o sertanejo, tratar o tema com respeito e buscar minimizar o preconceito são os desafios do Som do Fole. “Querendo ou não, esse preconceito ainda existe. Há pessoas que curtem entretenimento e nós atendemos essas pessoas, e esse mercado especificamente, da forma mais jornalística possível. Isso vai muito do publico entender que não só de politica e economia vive o jornalismo”, finaliza Gustavo.

Visite o Som do Fole:
www.somdofole.com.br