31 mil trabalhadores temporários devem ser efetivados - Carreiras & Educação


31 mil trabalhadores temporários devem ser efetivados

As funções mais solicitadas foram vendedores, fiscais de loja, empacotadores atendentes, estoquistas e etiquetadores

Por helton em Empregos

12 de janeiro de 2010 às 09:09

Há 10 anos

Por causa do aquecimento do comércio no final de 2009, foram geradas cerca de 125 mil trabalhadores temporários, número 8,5% maior em relação a 2008. De acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), o percentual de efetivação das vagas temporárias, estimado em 25%, representará emprego efetivo para 31 mil brasileiros.

Leia ainda:
Empresas começam contratação temporária para a Páscoa

A Asserttem destaca o número de jovens contratados sem experiência, a maioria para o varejo de rua e aponta que candidatos em busca do primeiro emprego representaram 28% das vagas preenchidas, o que mostraria que o trabalho temporário é a grande porta para o mercado de trabalho.

As funções mais solicitadas foram vendedores, fiscais de loja, empacotadores atendentes, estoquistas, etiquetadores, operadores de telemarketing, auxiliares e analistas de crédito e papai noel.

O levantamento encomendado pela Asserttem e realizado pelo Ipema (Instituto de Pesquisa Manager) consultou entidades ligadas ao setor de comércio e serviços, agências de emprego temporário e empresas contratantes.

Com informações do G1 e IG

Publicidade

Dê sua opinião

31 mil trabalhadores temporários devem ser efetivados

As funções mais solicitadas foram vendedores, fiscais de loja, empacotadores atendentes, estoquistas e etiquetadores

Por helton em Empregos

12 de janeiro de 2010 às 09:09

Há 10 anos

Por causa do aquecimento do comércio no final de 2009, foram geradas cerca de 125 mil trabalhadores temporários, número 8,5% maior em relação a 2008. De acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), o percentual de efetivação das vagas temporárias, estimado em 25%, representará emprego efetivo para 31 mil brasileiros.

Leia ainda:
Empresas começam contratação temporária para a Páscoa

A Asserttem destaca o número de jovens contratados sem experiência, a maioria para o varejo de rua e aponta que candidatos em busca do primeiro emprego representaram 28% das vagas preenchidas, o que mostraria que o trabalho temporário é a grande porta para o mercado de trabalho.

As funções mais solicitadas foram vendedores, fiscais de loja, empacotadores atendentes, estoquistas, etiquetadores, operadores de telemarketing, auxiliares e analistas de crédito e papai noel.

O levantamento encomendado pela Asserttem e realizado pelo Ipema (Instituto de Pesquisa Manager) consultou entidades ligadas ao setor de comércio e serviços, agências de emprego temporário e empresas contratantes.

Com informações do G1 e IG