CBF cassa liminar de Tiradentes e clube cearense perde "acesso"


CBF cassa liminar de Tiradentes e clube cearense perde “acesso”

Com a nova decisão, o pedido de prisão de José Maria Marín, por parte do clube cearense, também fica invalido

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

17 de julho de 2014 às 14:18

Há 5 anos
O Tiradentes queria uma vaga na Série C e também a prisão do presidente José Maria Marín (FOTO: Vipcomm)

O Tiradentes queria uma vaga na Série C e também a prisão do presidente José Maria Marín (FOTO: Vipcomm)

 

A tentativa de estar na Série C do Campeonato Brasileiro foi frustada para o Tiradentes, pelo menos por enquanto. A CBF conseguiu cassar a liminar que determinava a presença do clube na Terceira Divisão. Com a decisão, o pedido de prisão do presidente José Maria Marín, por conta de um possível descumprimento, também foi vetada.

O fato foi confirmado pelo departamento jurídico da entidade que rege o futebol no Brasil. Na última quarta-feira (16), o clube cearense, ingressou na 6ª vara cível de Fortaleza com um pedido de prisão preventiva do dirigente.

O fato foi confirmado pelo departamento jurídico da entidade que rege o futebol no Brasil

Entenda o caso

O 5º lugar na Série D 2014 pleiteia uma vaga no Brasileiro, uma vez que o Betim foi rebaixado após se envolver em processos na justiça comum. Contudo, a liminar foi revista e caçada. O Crac-GO, que ocupa a 9ª posição do grupo A, com 5 pontos, ocupa o posto do time mineiro.

Em junho, o Tiradentes conseguiu ter uma posição favorável. O juiz Carlos Alberto Sá da Silveira, da 6ª Vara Cível de Fortaleza, determinou que a CBF deveria incluir o clube cearense na competição, sob pena de multa diária no valor de R$ 25 mil.

 

Publicidade

Dê sua opinião

CBF cassa liminar de Tiradentes e clube cearense perde “acesso”

Com a nova decisão, o pedido de prisão de José Maria Marín, por parte do clube cearense, também fica invalido

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

17 de julho de 2014 às 14:18

Há 5 anos
O Tiradentes queria uma vaga na Série C e também a prisão do presidente José Maria Marín (FOTO: Vipcomm)

O Tiradentes queria uma vaga na Série C e também a prisão do presidente José Maria Marín (FOTO: Vipcomm)

 

A tentativa de estar na Série C do Campeonato Brasileiro foi frustada para o Tiradentes, pelo menos por enquanto. A CBF conseguiu cassar a liminar que determinava a presença do clube na Terceira Divisão. Com a decisão, o pedido de prisão do presidente José Maria Marín, por conta de um possível descumprimento, também foi vetada.

O fato foi confirmado pelo departamento jurídico da entidade que rege o futebol no Brasil. Na última quarta-feira (16), o clube cearense, ingressou na 6ª vara cível de Fortaleza com um pedido de prisão preventiva do dirigente.

O fato foi confirmado pelo departamento jurídico da entidade que rege o futebol no Brasil

Entenda o caso

O 5º lugar na Série D 2014 pleiteia uma vaga no Brasileiro, uma vez que o Betim foi rebaixado após se envolver em processos na justiça comum. Contudo, a liminar foi revista e caçada. O Crac-GO, que ocupa a 9ª posição do grupo A, com 5 pontos, ocupa o posto do time mineiro.

Em junho, o Tiradentes conseguiu ter uma posição favorável. O juiz Carlos Alberto Sá da Silveira, da 6ª Vara Cível de Fortaleza, determinou que a CBF deveria incluir o clube cearense na competição, sob pena de multa diária no valor de R$ 25 mil.