#Retrospectiva2015: futebol cearense fracassa em todas as divisões de disputa no Brasileiro


#Retrospectiva2015: futebol cearense fracassa em todas as divisões de disputa no Brasileiro

Mais um ano o Fortaleza não conseguiu o acesso e o Ceará candidato a Série A, lutou para não ser rebaixado. Icasa acabou na Série D

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

24 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
O Brasil-RS superou o Fortaleza na fase quartas de final da Série C. O Leão não conseguiu o acesso à Série B (Foto: Carlos Insaurriaga)

O Brasil-RS superou o Fortaleza na fase quartas de final da Série C. O Leão não conseguiu o acesso à Série B (Foto: Carlos Insaurriaga)

Foram três divisões e nada de alegrias. Um 2015 para ser esquecido no futebol cearense, pelo menos na conta do Campeonato Brasileiro. Teve, inclusive, rebaixamento e também campanhas frustrantes com termino na parte de baixo da tabela. Para piorar, nenhum clube subiu.

O Tricolor do Pici ficou sem o acesso, já que foi superado no confronto da fase quartas de final pelo Brasil de Pelotas, após um empate em 0 a 0, na Arena Castelão. Depois de uma 1ª colocação na chave A, o time não marcou nenhum gol diante do time gaúcho. Mais de 63 mil torcedores compareceram ao jogo da eliminação leonina.

“Não tem palavras. Tem que pedir desculpas a torcida, que compareceu, pagou ingresso, fez a parte dela. Nós também fizemos a nossa. Lutamos do início ao fim, mas não conseguimos o gol, não conseguimos a vitória. Futebol é isso. É viver de vitórias. Agora é lamentar”, revelou o meia Everton depois da saída do clube da Terceira Divisão.

O Ceará novamente teve uma queda de produção durante o ano (Foto: divulgação/CearaSC.com)

O Ceará novamente teve uma queda de produção durante o ano (Foto: divulgação/CearaSC.com)

Vovô vacila

Campeão da Copa do Nordeste 2015, o Alvinegro de Porangabuçu era cotado para ser um dos postulantes ao objetivo de subir à Série A, mas a campanha foi decepcionante. O time passou boa parte da Segundona na lanterna da competição. A temporada foi de alguma forma positiva para os dirigentes do Vovô, que tiveram sucesso na política.

Ao longo da temporada, o Ceará conseguiu ter receitas poderosas nos campeonatos em disputa. No total, foram mais de R$ 7 milhões só em premiações. A agremiação também arrecadou em vendas de atletas: Marinho, Uillian Correia e Sandro Manoel.

Na Série B, a equipe conseguiu escapar do rebaixamento apenas na última rodada ao vencer o Macaé por 1 a 0, na Arena Castelão. O Vovô conseguiu ganhar fôlego nas últimas oito rodadas, com a chegada do treinador Lisca.

Icasa

Dívidas em alto valor e um trabalho questionável ao olhos dos cronistas locais. O Verdão do Cariri teve a segunda queda consecutiva. No próximo ano, estará na Série D do Campeonato Brasileiro. Após a demissão do técnico Vladimir de Jesus, Maurílio não conseguiu reerguer o time icasiano. Em 18 jogos, foram sete pontos conquistados. A pior campanha do certame.

Guarani de Juazeiro

O Leão do Mercado passou em branco nas oito rodadas de disputa da Quarta Divisão. Oito pontos, com direito a cinco empates e três derrotas. O time de Juazeiro do Norte não venceu nenhuma no campeonato. Em 2016, a equipe terá que lutar novamente por uma vaga na Série D. Para isso, vai ter que fazer algo positivo no Campeonato Cearense.

Ferroviário

O Ferroviário em 2014 foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Cearense pela primeira vez na sua história. A equipe que completou 20 anos este ano que foi bicampeão Estadual não consegue voltar aos tempos de glória.

Além disso, o Tubarão da Barra não conseguiu um triunfo na Taça Fares Lopes, e foi eliminado nas quartas de final da competição, ao perder por 3 a 0, pelo Guarani de Juazeiro. (Com informações de Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará).

Publicidade

Dê sua opinião

#Retrospectiva2015: futebol cearense fracassa em todas as divisões de disputa no Brasileiro

Mais um ano o Fortaleza não conseguiu o acesso e o Ceará candidato a Série A, lutou para não ser rebaixado. Icasa acabou na Série D

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

24 de dezembro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
O Brasil-RS superou o Fortaleza na fase quartas de final da Série C. O Leão não conseguiu o acesso à Série B (Foto: Carlos Insaurriaga)

O Brasil-RS superou o Fortaleza na fase quartas de final da Série C. O Leão não conseguiu o acesso à Série B (Foto: Carlos Insaurriaga)

Foram três divisões e nada de alegrias. Um 2015 para ser esquecido no futebol cearense, pelo menos na conta do Campeonato Brasileiro. Teve, inclusive, rebaixamento e também campanhas frustrantes com termino na parte de baixo da tabela. Para piorar, nenhum clube subiu.

O Tricolor do Pici ficou sem o acesso, já que foi superado no confronto da fase quartas de final pelo Brasil de Pelotas, após um empate em 0 a 0, na Arena Castelão. Depois de uma 1ª colocação na chave A, o time não marcou nenhum gol diante do time gaúcho. Mais de 63 mil torcedores compareceram ao jogo da eliminação leonina.

“Não tem palavras. Tem que pedir desculpas a torcida, que compareceu, pagou ingresso, fez a parte dela. Nós também fizemos a nossa. Lutamos do início ao fim, mas não conseguimos o gol, não conseguimos a vitória. Futebol é isso. É viver de vitórias. Agora é lamentar”, revelou o meia Everton depois da saída do clube da Terceira Divisão.

O Ceará novamente teve uma queda de produção durante o ano (Foto: divulgação/CearaSC.com)

O Ceará novamente teve uma queda de produção durante o ano (Foto: divulgação/CearaSC.com)

Vovô vacila

Campeão da Copa do Nordeste 2015, o Alvinegro de Porangabuçu era cotado para ser um dos postulantes ao objetivo de subir à Série A, mas a campanha foi decepcionante. O time passou boa parte da Segundona na lanterna da competição. A temporada foi de alguma forma positiva para os dirigentes do Vovô, que tiveram sucesso na política.

Ao longo da temporada, o Ceará conseguiu ter receitas poderosas nos campeonatos em disputa. No total, foram mais de R$ 7 milhões só em premiações. A agremiação também arrecadou em vendas de atletas: Marinho, Uillian Correia e Sandro Manoel.

Na Série B, a equipe conseguiu escapar do rebaixamento apenas na última rodada ao vencer o Macaé por 1 a 0, na Arena Castelão. O Vovô conseguiu ganhar fôlego nas últimas oito rodadas, com a chegada do treinador Lisca.

Icasa

Dívidas em alto valor e um trabalho questionável ao olhos dos cronistas locais. O Verdão do Cariri teve a segunda queda consecutiva. No próximo ano, estará na Série D do Campeonato Brasileiro. Após a demissão do técnico Vladimir de Jesus, Maurílio não conseguiu reerguer o time icasiano. Em 18 jogos, foram sete pontos conquistados. A pior campanha do certame.

Guarani de Juazeiro

O Leão do Mercado passou em branco nas oito rodadas de disputa da Quarta Divisão. Oito pontos, com direito a cinco empates e três derrotas. O time de Juazeiro do Norte não venceu nenhuma no campeonato. Em 2016, a equipe terá que lutar novamente por uma vaga na Série D. Para isso, vai ter que fazer algo positivo no Campeonato Cearense.

Ferroviário

O Ferroviário em 2014 foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Cearense pela primeira vez na sua história. A equipe que completou 20 anos este ano que foi bicampeão Estadual não consegue voltar aos tempos de glória.

Além disso, o Tubarão da Barra não conseguiu um triunfo na Taça Fares Lopes, e foi eliminado nas quartas de final da competição, ao perder por 3 a 0, pelo Guarani de Juazeiro. (Com informações de Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará).