Seleção Brasileira enfrenta Venezuela na Arena Castelão com prováveis mudanças


Seleção Brasileira enfrenta Venezuela na Arena Castelão com prováveis mudanças

A equipe do técnico Dunga precisa da vitória na segunda rodada para não se complicar nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

13 de outubro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Lucas Lima deve ganhar a vaga de Oscar (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Lucas Lima deve ganhar a vaga de Oscar (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A estreia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 veio com derrota para a Seleção Brasileira diante do Chile, fora de casa , por 2 a 0. Com isso, o treinador Dunga deve mexer no time para o duelo desta terça-feira (13), na Arena Castelão, às 22h, contra a Venezuela.

A primeira mudança deve acontecer na lateral esquerda, Filipe Luís deve ganhar a vaga de Marcelo. Outro que pode ser titular na partida em Fortaleza é Lucas Lima. Depois de uma má atuação, Oscar deverá ser sacado para a entrada do meia santista. Além deles, Marquinhos formará ao lado de Miranda a dupla de zaga do Brasil. O titular David Luiz foi cortado após uma lesão no joelho.

Durante o último treino realizado no estádio Presidente Vargas, o técnico brasileiro deixou fechado e liberou apenas no final e a escalação não foi revelada. Contudo, pelas coletivas e também pelos outro treinamentos, a provável escalação da Seleção Brasileira deve ser: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo e Elias; Willian, Lucas Lima e Douglas Costa; Hulk.

Ficha Técnica: Brasil x Venezuela

Local: Arena Castelão

Horário: 22h

Arbitro: Arbitro: Dario Ubriaco (Uruguai)
Assistentes: Carlos Pastorino e Nicolás Tarán (ambos do Uruguai)

Transmissão: Tribuna Band News (FM 101.7)

Brasil: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo e Elias; Willian, Lucas Lima e Douglas Costa; Hulk. Técnico: Dunga
Venezuela:Baroja, Rosales, Vizcarrondo, Franklin Lucena e Cichero; Tomás Rincón, Alejandro Guerra, Luis Seijas e Josef Martínez; Jhon Muirlo e Rondón. Técnico: Noel Sanvicente

Publicidade

Dê sua opinião

Seleção Brasileira enfrenta Venezuela na Arena Castelão com prováveis mudanças

A equipe do técnico Dunga precisa da vitória na segunda rodada para não se complicar nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018

Por Lyvia Rocha em Futebol cearense

13 de outubro de 2015 às 06:00

Há 4 anos
Lucas Lima deve ganhar a vaga de Oscar (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Lucas Lima deve ganhar a vaga de Oscar (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A estreia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 veio com derrota para a Seleção Brasileira diante do Chile, fora de casa , por 2 a 0. Com isso, o treinador Dunga deve mexer no time para o duelo desta terça-feira (13), na Arena Castelão, às 22h, contra a Venezuela.

A primeira mudança deve acontecer na lateral esquerda, Filipe Luís deve ganhar a vaga de Marcelo. Outro que pode ser titular na partida em Fortaleza é Lucas Lima. Depois de uma má atuação, Oscar deverá ser sacado para a entrada do meia santista. Além deles, Marquinhos formará ao lado de Miranda a dupla de zaga do Brasil. O titular David Luiz foi cortado após uma lesão no joelho.

Durante o último treino realizado no estádio Presidente Vargas, o técnico brasileiro deixou fechado e liberou apenas no final e a escalação não foi revelada. Contudo, pelas coletivas e também pelos outro treinamentos, a provável escalação da Seleção Brasileira deve ser: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo e Elias; Willian, Lucas Lima e Douglas Costa; Hulk.

Ficha Técnica: Brasil x Venezuela

Local: Arena Castelão

Horário: 22h

Arbitro: Arbitro: Dario Ubriaco (Uruguai)
Assistentes: Carlos Pastorino e Nicolás Tarán (ambos do Uruguai)

Transmissão: Tribuna Band News (FM 101.7)

Brasil: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo e Elias; Willian, Lucas Lima e Douglas Costa; Hulk. Técnico: Dunga
Venezuela:Baroja, Rosales, Vizcarrondo, Franklin Lucena e Cichero; Tomás Rincón, Alejandro Guerra, Luis Seijas e Josef Martínez; Jhon Muirlo e Rondón. Técnico: Noel Sanvicente