Técnico Oliveira Canindé sofre grave acidente de carro no interior do RN


Técnico Oliveira Canindé sofre grave acidente de carro no interior do RN

Apelidado de Guardiola do Nordeste, o ex-comandante do Santa Cruz perdeu o controle do veículo quando seguia viagem para Fortaleza. Treinador teve pequeno corte na cabeça, foi medicado e já está em casa

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

2 de dezembro de 2014 às 10:03

Há 5 anos
Oliveira Canindé dirigiu o Santa Cruz na reta final da Série B (FOTO: Divulgação/Coral Net)

Oliveira Canindé dirigiu o Santa Cruz na reta final da Série B (FOTO: Divulgação/Coral Net)

 

Um susto sem efeitos drásticos para o técnico Oliveira Canindé. Destaque dos últimos anos, apelidado de Guardiola do Nordeste, o ex-comandante do Santa Cruz, se envolveu em um grave acidente de carro na noite da última segunda-feira (01), no km 186 da BR-304, entre os municípios de Lajes e Pedro Avelino, no Rio Grande do Norte. Logo após o ocorrido, o treinador foi medicado e seguiu de táxi para Fortaleza.

“Foi só uma pancada na cabeça. Peguei quatro pontos. Eu perdi o controle na curva, me assustei, tentei corrigir. Ainda bem que não veio outro carro na hora. Bati no barranco e capotei várias vezes. O airbag salvou minha vida”, explicou o cearense.

Sem acerto

Após o fim da Série B 2014, Oliveira não acertou continuidade na direção da equipe principal coral. O Santa terminou a competição na 9ª posição, dono de 55 pontos.

Oliveira Canindé perdeu o controle do carro e bateu em um barranco (FOTO: Divulgação/PRF)

Oliveira Canindé perdeu o controle do carro e bateu em um barranco (FOTO: Divulgação/PRF)

No momento do incidente, o técnico fazia viagem para a capital cearense, onde passaria férias antes de um nova empreitada na carreira.

“O carro deu PT (perda total). Engraçado que nunca bati um carro da vida. Agora eu vou descansar e esperar o que tiver pela frente”, comentou Canindé, que fez questão de ressaltar que ainda não definiu um novo clube.

Oliveira, de 45 anos, foi campeão da Copa do Nordeste de 2013 dirigindo o Campinense. Depois, dirigiu CSA-AL, América-RN e por último a Cobra coral. Em 2010, com o Guarany de Sobral, conquistou o título da Série D.

 

Publicidade

Dê sua opinião

Técnico Oliveira Canindé sofre grave acidente de carro no interior do RN

Apelidado de Guardiola do Nordeste, o ex-comandante do Santa Cruz perdeu o controle do veículo quando seguia viagem para Fortaleza. Treinador teve pequeno corte na cabeça, foi medicado e já está em casa

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

2 de dezembro de 2014 às 10:03

Há 5 anos
Oliveira Canindé dirigiu o Santa Cruz na reta final da Série B (FOTO: Divulgação/Coral Net)

Oliveira Canindé dirigiu o Santa Cruz na reta final da Série B (FOTO: Divulgação/Coral Net)

 

Um susto sem efeitos drásticos para o técnico Oliveira Canindé. Destaque dos últimos anos, apelidado de Guardiola do Nordeste, o ex-comandante do Santa Cruz, se envolveu em um grave acidente de carro na noite da última segunda-feira (01), no km 186 da BR-304, entre os municípios de Lajes e Pedro Avelino, no Rio Grande do Norte. Logo após o ocorrido, o treinador foi medicado e seguiu de táxi para Fortaleza.

“Foi só uma pancada na cabeça. Peguei quatro pontos. Eu perdi o controle na curva, me assustei, tentei corrigir. Ainda bem que não veio outro carro na hora. Bati no barranco e capotei várias vezes. O airbag salvou minha vida”, explicou o cearense.

Sem acerto

Após o fim da Série B 2014, Oliveira não acertou continuidade na direção da equipe principal coral. O Santa terminou a competição na 9ª posição, dono de 55 pontos.

Oliveira Canindé perdeu o controle do carro e bateu em um barranco (FOTO: Divulgação/PRF)

Oliveira Canindé perdeu o controle do carro e bateu em um barranco (FOTO: Divulgação/PRF)

No momento do incidente, o técnico fazia viagem para a capital cearense, onde passaria férias antes de um nova empreitada na carreira.

“O carro deu PT (perda total). Engraçado que nunca bati um carro da vida. Agora eu vou descansar e esperar o que tiver pela frente”, comentou Canindé, que fez questão de ressaltar que ainda não definiu um novo clube.

Oliveira, de 45 anos, foi campeão da Copa do Nordeste de 2013 dirigindo o Campinense. Depois, dirigiu CSA-AL, América-RN e por último a Cobra coral. Em 2010, com o Guarany de Sobral, conquistou o título da Série D.