Corredores de rua transformam quilômetros percorridos em dinheiro para ajudar instituições carentes

KM'S SOLIDÁRIOS

Corredores de rua transformam quilômetros percorridos em dinheiro para ajudar instituições carentes

A cada 1 km é doado R$ 1. Em dois meses, cerca de R$ 3 mil são arrecadados

Por Gabriel Borges em Outros Esportes

18 de outubro de 2017 às 07:00

Há 2 anos

Projeto começou em 2014 (FOTO: Divulgação)

Para um grupo de amigos corredores de rua em Fortaleza, o momento de lazer tornou-se um meio para ajudar o próximo.

Tudo começou em 2014, quando quatro pessoas resolveram transformar seus quilômetros percorridos em dinheiro arrecadado. Assim surgiu o grupo “KM’s Solidários“.

“Eu fazia parte de um grupo de racha (futebol). A gente já arrecadava dinheiro por lá. Quando entrei na corrida, já tinham uns amigos, do antigo projeto, que corriam comigo. Entramos no propósito de a cada 1 km doarmos R$ 1. Depois juntamos todo o dinheiro e ajudamos alguma instituição”, conta Dário Ferraz, um dos idealizadores da ação. 

Nesses três anos de projeto, mais de 25 instituições já foram ajudadas. O grupo, que começou com apenas quatro pessoas, atualmente conta com 22 participando de forma ativa. A cada dois meses, cerca de R$ 3 mil são arrecadados e destinados para duas instituições que são escolhidas pelo grupo. As próximas instituições beneficiadas serão: Espaço Viva Vida, Nossa Casa e a Casa do Menino Jesus.

A ideia básica consiste em atribuir valor monetário a cada km percorrido em treino ou prova na proporção: 1 km= R$ 1. Como se trata de uma ação voluntária, a relação km e dinheiro é só um parâmetro motivador. O participante pode contribuir com o valor que sua condição permitir.

Qualquer pessoa pode se unir aos KM’s Solidários e participar da boa ação. “Para entrar no grupo, é necessário um primeiro contato com parte da equipe e ter uma conversa simples para alguns esclarecimentos. Hoje a maioria do grupo treina na assessoria Stark, nas segundas, quartas e sextas, às 5h30, na Avenida Beira-Mar”, conclui Dário. Depois, é só calçar o tênis e se aventurar na viciante corrida de rua.

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
1/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
2/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
3/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
4/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
5/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Publicidade

Dê sua opinião

KM'S SOLIDÁRIOS

Corredores de rua transformam quilômetros percorridos em dinheiro para ajudar instituições carentes

A cada 1 km é doado R$ 1. Em dois meses, cerca de R$ 3 mil são arrecadados

Por Gabriel Borges em Outros Esportes

18 de outubro de 2017 às 07:00

Há 2 anos

Projeto começou em 2014 (FOTO: Divulgação)

Para um grupo de amigos corredores de rua em Fortaleza, o momento de lazer tornou-se um meio para ajudar o próximo.

Tudo começou em 2014, quando quatro pessoas resolveram transformar seus quilômetros percorridos em dinheiro arrecadado. Assim surgiu o grupo “KM’s Solidários“.

“Eu fazia parte de um grupo de racha (futebol). A gente já arrecadava dinheiro por lá. Quando entrei na corrida, já tinham uns amigos, do antigo projeto, que corriam comigo. Entramos no propósito de a cada 1 km doarmos R$ 1. Depois juntamos todo o dinheiro e ajudamos alguma instituição”, conta Dário Ferraz, um dos idealizadores da ação. 

Nesses três anos de projeto, mais de 25 instituições já foram ajudadas. O grupo, que começou com apenas quatro pessoas, atualmente conta com 22 participando de forma ativa. A cada dois meses, cerca de R$ 3 mil são arrecadados e destinados para duas instituições que são escolhidas pelo grupo. As próximas instituições beneficiadas serão: Espaço Viva Vida, Nossa Casa e a Casa do Menino Jesus.

A ideia básica consiste em atribuir valor monetário a cada km percorrido em treino ou prova na proporção: 1 km= R$ 1. Como se trata de uma ação voluntária, a relação km e dinheiro é só um parâmetro motivador. O participante pode contribuir com o valor que sua condição permitir.

Qualquer pessoa pode se unir aos KM’s Solidários e participar da boa ação. “Para entrar no grupo, é necessário um primeiro contato com parte da equipe e ter uma conversa simples para alguns esclarecimentos. Hoje a maioria do grupo treina na assessoria Stark, nas segundas, quartas e sextas, às 5h30, na Avenida Beira-Mar”, conclui Dário. Depois, é só calçar o tênis e se aventurar na viciante corrida de rua.

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
1/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
2/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
3/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
4/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)

Grupo já ajudou mais de 20 instituições
5/5

Grupo já ajudou mais de 20 instituições

(FOTO: Divulgação)