Após vaga no mundial de futebol americano, atleta cearense sonha em viver do esporte


Após vaga no mundial de futebol americano, atleta cearense sonha em viver do esporte

Kaléo Melo fez parte do grupo da Seleção Brasileira de Futebol Americano que conquistou vaga no mundial da modalidade que será realizado em julho, nos EUA

Por Rodrigo Cavalcante em Perfil

19 de fevereiro de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Fez história. Assim podemos resumir bem o feito conquistado pelo cearense Kaléo Melo. O atleta fez parte do grupo da Seleção Brasileira de Futebol Americano, que no dia 31 de janeiro venceu o Panamá, pelo placar de 26 a 14, no estádio Rommel Fernandez, no Panamá, conquistando de forma inédita uma vaga para o mundial da competição. O mundial será realizado em Ohio, nos Estados Unidos, em julho deste ano.

“Participar do momento mais importante da nossa modalidade para o nosso esporte no Brasil foi inesquecível.” , afirmou o atleta de 23 anos.

Estudante do Curso de Design Gráfico, Kaléo explica que teve que “trancar” a faculdade pela situação financeira. “Os filhos começaram a chegar e ficou impossível manter uma família e pagar a faculdade”, disse o atleta que confidenciou que os filmes na infância foram determinantes para gostar do esporte.

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Torcedor do Oregon Ducks, time universitário do Estados Unidos, Kaléo explica que seu maior sonho é conseguir viver de seu esporte. “Meu sonho é jogar em outras ligas menores para aprimorar meu jogo e ser o melhor Linebacker do Brasil. Jogar uma AFL ou no Canadá, conseguindo viver apenas do esporte. Estou trabalhando muito,sei que será só o começo”, explicou o atleta que busca trocar seu material de infantil para adulto.

Mundial

Kaléo veste a camisa 42 da seleção. (Foto: Divulgação)

Kaléo veste a camisa 42 da seleção. (Foto: Divulgação)

Mundial

Com o triunfo, o Brasil se junta aos já classificados Canadá, México, Coreia do Sul, Japão, Egito, Alemanha, Áustria, França, Austrália, Suécia e Estados Unidos, atual campeão. Quando indagado sobre o que podemos esperar do grupo brasileiro no mundial, Kaléo fiz confiante: “Somos um time que joga com coração. Raça e vontade não faltarão”, disse o atleta que apontou Canadá e Japão como principais favoritos para a competição.

Publicidade

Dê sua opinião

Após vaga no mundial de futebol americano, atleta cearense sonha em viver do esporte

Kaléo Melo fez parte do grupo da Seleção Brasileira de Futebol Americano que conquistou vaga no mundial da modalidade que será realizado em julho, nos EUA

Por Rodrigo Cavalcante em Perfil

19 de fevereiro de 2015 às 07:00

Há 4 anos
Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Fez história. Assim podemos resumir bem o feito conquistado pelo cearense Kaléo Melo. O atleta fez parte do grupo da Seleção Brasileira de Futebol Americano, que no dia 31 de janeiro venceu o Panamá, pelo placar de 26 a 14, no estádio Rommel Fernandez, no Panamá, conquistando de forma inédita uma vaga para o mundial da competição. O mundial será realizado em Ohio, nos Estados Unidos, em julho deste ano.

“Participar do momento mais importante da nossa modalidade para o nosso esporte no Brasil foi inesquecível.” , afirmou o atleta de 23 anos.

Estudante do Curso de Design Gráfico, Kaléo explica que teve que “trancar” a faculdade pela situação financeira. “Os filhos começaram a chegar e ficou impossível manter uma família e pagar a faculdade”, disse o atleta que confidenciou que os filmes na infância foram determinantes para gostar do esporte.

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Kaléo Melo fez parte do grupo que venceu o Panamá. (Foto: Divulgação)

Torcedor do Oregon Ducks, time universitário do Estados Unidos, Kaléo explica que seu maior sonho é conseguir viver de seu esporte. “Meu sonho é jogar em outras ligas menores para aprimorar meu jogo e ser o melhor Linebacker do Brasil. Jogar uma AFL ou no Canadá, conseguindo viver apenas do esporte. Estou trabalhando muito,sei que será só o começo”, explicou o atleta que busca trocar seu material de infantil para adulto.

Mundial

Kaléo veste a camisa 42 da seleção. (Foto: Divulgação)

Kaléo veste a camisa 42 da seleção. (Foto: Divulgação)

Mundial

Com o triunfo, o Brasil se junta aos já classificados Canadá, México, Coreia do Sul, Japão, Egito, Alemanha, Áustria, França, Austrália, Suécia e Estados Unidos, atual campeão. Quando indagado sobre o que podemos esperar do grupo brasileiro no mundial, Kaléo fiz confiante: “Somos um time que joga com coração. Raça e vontade não faltarão”, disse o atleta que apontou Canadá e Japão como principais favoritos para a competição.