Sem contato há 22 anos, mãe de patinador franco-cearense torce por medalha nas Olimpíadas Sochi


Sem contato há 22 anos, mãe de patinador franco-cearense torce por medalha nas Olimpíadas de Sochi

Dona Delfina dos Santos ainda sonha em reencontrar o filho biológico, o atleta olímpico francês Florent Amodio, batizado de Francisco Thiago dos Santos

Por Lucas Catrib em Perfil

7 de fevereiro de 2014 às 19:10

Há 5 anos
Delfina não tem contato com Francisco Thiago, hoje Florent Amodio, há 22 anos (FOTO: Lucas Catrib)

Delfina não tem contato com Francisco Thiago, hoje Florent Amodio, há 22 anos (FOTO: Lucas Catrib)

 

Ultima quinta-feira (7), estreia da patinação em Sochi, sede dos Jogos Olímpicos de Inverno da Rússia. A 240 km de Fortaleza, em Sobral, 33º C, um dia casual para Delfina Antônia dos Santos. Alheia ao que se passava no gelo europeu, a atualmente doméstica não acompanhou a estreia de seu filho biológico e candidato a uma medalha na competição, o franco-cearense Florent Amodio. A visita inesperada do Tribuna do Ceará mudou os planos da senhora para as próximas semanas, que vai passar mais tempo à frente da televisão.

“Eu vi que ia ter os Jogos, mas não sabia se ele ia competir”, comentou Delfina. Foi só chegar em casa para ela se emocionar ao descobrir que o 6º colocado na classificação geral provisória por equipes voltará a se apresentar. “Eu queria que ele fosse campeão“, desejou emocionada.

>LEIA MAIS:

O sucesso atual de Florent, que já conquistou o título individual europeu em 2011 e participa pela segunda vez das Olimpíadas, contrasta com o sofrido início de vida na Rua Aracaju, no bairro do Tamarindo, às margens do Rio Acaraú.

“Eu não dei ele porque tive perversidade, por ser uma pessoa ruim. Eu dei ele porque não tive condições de criar três filhos pequenos de uma vez só. Um era maior e a outra era de colo. Eu morava com a minha irmã, a Rosa. Ela trabalhava e sustentava meus três filhos”, explicou Delfina.

O nome do jovem de um ano e meio, hoje chamado de Florent, era Francisco Thiago dos Santos. Nascido no dia 12 de maio de 1990, na Santa Casa de Sobral, o patinador viveu pouco tempo em uma casa de taipa (construída com barro), quase ao lado da atual moradia da família Santos.

A adoção

Delfina resolveu atender ao pedido da irmã, que encontrou uma família de franceses depois de uma conversa com a advogada Fátima Torres. Na bagagem, os novos pais de Florent levaram um dever. “O acordo que eu fiz com ela (mãe adotiva) foi de mandar fotos durante 5 anos. Ela cumpriu, mas depois nunca mais tive notícias”, indicou a senhora.

 imagens: Lucas Catrib

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14854370″]

 

A vizinha Dalha Ferreira, de 33 anos, guarda lembranças do pequeno sobralense. “Ele era pequeno, moreninho e muito magrinho”, indicou a mulher.  Delfina não possui mais nenhum documento de Thiago, como o chama. “O registro (certidão de nascimento) foi levado pelos pais (adotivos) dele.

O pai biológico de Florent faleceu há mais de 10 anos e atualmente Delfina é casada com Mauro Gomes. Os dois, mais o caçula da ex-merendeira, Adsson Kevin, de 16 anos, vivem em uma casa alugada no mesmo Tamarindo. A renda da família é de aproximadamente R$ 900,00 por mês.

Os outros dois irmãos cearenses de Amodio são Kelly (na época da adoção bebê) e Elvis (o mais velho). A moça, hoje com 20 anos, teve contato com o irmão famoso há alguns anos via bate-papo de uma rede social, mas acabou não revelando sua identidade ao parente. “Acho que ele sabia que era ela”, lembrou Delfina.

Florent visitou o Brasil somente uma vez e não fala português. No entanto, ainda possui raízes brasileiras. Em uma das suas apresentações, o patinador utilizou três músicas com referência ao país: Balada (Gusttavo Lima), Eu quero tchu, eu quero tcha (João Lucas e Marcelo) e Memories of Sobral (música instrumental criada por Sébastien Damiani) para a coreografia.

Mesmo sem acreditar que o filho um dia irá procura-la, Delfina tem o desejo de manter uma relação. “Ele nunca ligou, nunca entrou em contato. Eu acho que eu merecia pelo menos um telefonema, uma carta”, finalizou.

Florent Amodio quando ainda era chamado de Thiago
1/6

Florent Amodio quando ainda era chamado de Thiago

Com menos de um ano de idade, Florent, ainda conhecido como Thiago, foi batizado (FOTO: Arquivo pessoal)

Patinador Florent Amodio com um ano de idade
2/6

Patinador Florent Amodio com um ano de idade

Florent Amodio ainda morava em Sobral quando tinha um ano de idade (FOTO: Arquivo pessoal)

Florent Amodio com o pai adotivo francês
3/6

Florent Amodio com o pai adotivo francês

Com mais ou menos 3 anos de idade, a mãe adotiva do então criança Amodio enviou foto dele com o pai adotivo (FOTO: Arquivo pessoal)

Florent Amodio participa de sua segunda Olimpíada
4/6

Florent Amodio participa de sua segunda Olimpíada

Florent Amodio foi 12º lugar nos Jogos Olímpicos de Vancouver (FOTO: Reprodução TV Record)

Delfina é casada atualmente com Mauro
5/6

Delfina é casada atualmente com Mauro

A mãe biológica de Florent Amodio atualmente é casada com o ex-marceneiro Mauro (FOTO: Lucas Catrib)

Delfina mora no bairro Tamarindo, em Sobral-CE
6/6

Delfina mora no bairro Tamarindo, em Sobral-CE

A mãe biológica de Florent Amodio vive em uma casa humilde da periferia de Sobral-CE (FOTO: Lucas Catrib)

 

Publicidade

Dê sua opinião

Sem contato há 22 anos, mãe de patinador franco-cearense torce por medalha nas Olimpíadas de Sochi

Dona Delfina dos Santos ainda sonha em reencontrar o filho biológico, o atleta olímpico francês Florent Amodio, batizado de Francisco Thiago dos Santos

Por Lucas Catrib em Perfil

7 de fevereiro de 2014 às 19:10

Há 5 anos
Delfina não tem contato com Francisco Thiago, hoje Florent Amodio, há 22 anos (FOTO: Lucas Catrib)

Delfina não tem contato com Francisco Thiago, hoje Florent Amodio, há 22 anos (FOTO: Lucas Catrib)

 

Ultima quinta-feira (7), estreia da patinação em Sochi, sede dos Jogos Olímpicos de Inverno da Rússia. A 240 km de Fortaleza, em Sobral, 33º C, um dia casual para Delfina Antônia dos Santos. Alheia ao que se passava no gelo europeu, a atualmente doméstica não acompanhou a estreia de seu filho biológico e candidato a uma medalha na competição, o franco-cearense Florent Amodio. A visita inesperada do Tribuna do Ceará mudou os planos da senhora para as próximas semanas, que vai passar mais tempo à frente da televisão.

“Eu vi que ia ter os Jogos, mas não sabia se ele ia competir”, comentou Delfina. Foi só chegar em casa para ela se emocionar ao descobrir que o 6º colocado na classificação geral provisória por equipes voltará a se apresentar. “Eu queria que ele fosse campeão“, desejou emocionada.

>LEIA MAIS:

O sucesso atual de Florent, que já conquistou o título individual europeu em 2011 e participa pela segunda vez das Olimpíadas, contrasta com o sofrido início de vida na Rua Aracaju, no bairro do Tamarindo, às margens do Rio Acaraú.

“Eu não dei ele porque tive perversidade, por ser uma pessoa ruim. Eu dei ele porque não tive condições de criar três filhos pequenos de uma vez só. Um era maior e a outra era de colo. Eu morava com a minha irmã, a Rosa. Ela trabalhava e sustentava meus três filhos”, explicou Delfina.

O nome do jovem de um ano e meio, hoje chamado de Florent, era Francisco Thiago dos Santos. Nascido no dia 12 de maio de 1990, na Santa Casa de Sobral, o patinador viveu pouco tempo em uma casa de taipa (construída com barro), quase ao lado da atual moradia da família Santos.

A adoção

Delfina resolveu atender ao pedido da irmã, que encontrou uma família de franceses depois de uma conversa com a advogada Fátima Torres. Na bagagem, os novos pais de Florent levaram um dever. “O acordo que eu fiz com ela (mãe adotiva) foi de mandar fotos durante 5 anos. Ela cumpriu, mas depois nunca mais tive notícias”, indicou a senhora.

 imagens: Lucas Catrib

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14854370″]

 

A vizinha Dalha Ferreira, de 33 anos, guarda lembranças do pequeno sobralense. “Ele era pequeno, moreninho e muito magrinho”, indicou a mulher.  Delfina não possui mais nenhum documento de Thiago, como o chama. “O registro (certidão de nascimento) foi levado pelos pais (adotivos) dele.

O pai biológico de Florent faleceu há mais de 10 anos e atualmente Delfina é casada com Mauro Gomes. Os dois, mais o caçula da ex-merendeira, Adsson Kevin, de 16 anos, vivem em uma casa alugada no mesmo Tamarindo. A renda da família é de aproximadamente R$ 900,00 por mês.

Os outros dois irmãos cearenses de Amodio são Kelly (na época da adoção bebê) e Elvis (o mais velho). A moça, hoje com 20 anos, teve contato com o irmão famoso há alguns anos via bate-papo de uma rede social, mas acabou não revelando sua identidade ao parente. “Acho que ele sabia que era ela”, lembrou Delfina.

Florent visitou o Brasil somente uma vez e não fala português. No entanto, ainda possui raízes brasileiras. Em uma das suas apresentações, o patinador utilizou três músicas com referência ao país: Balada (Gusttavo Lima), Eu quero tchu, eu quero tcha (João Lucas e Marcelo) e Memories of Sobral (música instrumental criada por Sébastien Damiani) para a coreografia.

Mesmo sem acreditar que o filho um dia irá procura-la, Delfina tem o desejo de manter uma relação. “Ele nunca ligou, nunca entrou em contato. Eu acho que eu merecia pelo menos um telefonema, uma carta”, finalizou.

Florent Amodio quando ainda era chamado de Thiago
1/6

Florent Amodio quando ainda era chamado de Thiago

Com menos de um ano de idade, Florent, ainda conhecido como Thiago, foi batizado (FOTO: Arquivo pessoal)

Patinador Florent Amodio com um ano de idade
2/6

Patinador Florent Amodio com um ano de idade

Florent Amodio ainda morava em Sobral quando tinha um ano de idade (FOTO: Arquivo pessoal)

Florent Amodio com o pai adotivo francês
3/6

Florent Amodio com o pai adotivo francês

Com mais ou menos 3 anos de idade, a mãe adotiva do então criança Amodio enviou foto dele com o pai adotivo (FOTO: Arquivo pessoal)

Florent Amodio participa de sua segunda Olimpíada
4/6

Florent Amodio participa de sua segunda Olimpíada

Florent Amodio foi 12º lugar nos Jogos Olímpicos de Vancouver (FOTO: Reprodução TV Record)

Delfina é casada atualmente com Mauro
5/6

Delfina é casada atualmente com Mauro

A mãe biológica de Florent Amodio atualmente é casada com o ex-marceneiro Mauro (FOTO: Lucas Catrib)

Delfina mora no bairro Tamarindo, em Sobral-CE
6/6

Delfina mora no bairro Tamarindo, em Sobral-CE

A mãe biológica de Florent Amodio vive em uma casa humilde da periferia de Sobral-CE (FOTO: Lucas Catrib)