61 municípios do Ceará têm somente uma opção de telefonia celular


61 municípios do Ceará têm somente uma opção de telefonia celular

Dos 184 municípios cearenses, 61 possuem somente uma operadora de telefonia móvel. Isto é, 33% das cidades do estado só podem escolher entre Oi, TIM, Vivo ou Claro para realizar ligações de celulares.

Por Jackson Cruz em Ceará

19 de setembro de 2012 às 18:46

Há 7 anos

Dos 184 municípios cearenses, 61 possuem somente uma operadora de telefonia móvel. Isto é, 33% das cidades do estado só podem escolher entre Oi, TIM, Vivo ou Claro para realizar ligações de celulares. Os dados são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Ao todo, 29 municípios possuem somente a operadora Claro, como Palmácia, Caridade e Frecheirinha; 18 somente a TIM, como Milhã, Monsenhor Tabosa e Solonópole; oito somente a Oi, como General Sampaio, Penaforte e Baixio; seis somente a Vivo, como Cariré, Itatira e Jardim.

Confira lista completa:

FONTE: Anatel

Sinal

Sandra Pinheiro trabalha em uma farmácia, no município de Milhã, a 301 quilômetros de Fortaleza, onde apenas há a operadora TIM. De acordo com ela, os planos da região são os mesmos de qualquer outro lugar, assim como as promoções. O problema, segundo ela, é o sinal “que fica oscilando às vezes”. Mesmo assim, ela considera o serviço razoável.

Já para Francisca das Chagas, que também trabalha em uma farmácia, o serviço da operadora local, a Claro, é maravilhoso. Ela mora na cidade de Palmácia, a 60 quilômetros de Fortaleza, e afirma que a única antena local da operadora de celular foi criada em 2011. “Seria melhor que existissem mais operadoras no local. Tenho um amigo que possui três chips, mas só o da Claro funciona. A gente teria mais vantagens”, afirma. Porém, segundo Francisca, o problema com a queda de sinal também é recorrente na região.

Aurélio Magalhães, que trabalha em um mercadinho, também reclama que o celular “vive fora de área” no município de General Sampaio, a 124 quilômetros da capital. Com somente a operadora Oi na região, o celular chega a ficar sem sinal dois ou três dias direto, segundo Aurélio. Mesmo assim, ele afirma que a ligação “é boa, sem ruído e barata”.

A equipe do Jangadeiro Online entrou em contato com a Anatel Regional para esclarecer se mesmo chips de outras operadoras funcionariam em um município com somente uma antena. Porém, até o momento deste post, a Anatel não havia respondido.

Operadoras respondem

Segundo a TIM, há um investimento com o objetivo de atingir a máxima satisfação dos seus clientes em todo o estado do Ceará. “A operadora ressalta que não registrou recente instabilidade de sinal no município de Milhã. Atualmente, a empresa cobre 96% da população urbana do estado, alcançando 142 dos 184 municípios, levando seus serviços 3G a mais de 62% da população urbana”, constatou por meio de nota.

Já a Claro informou que não registrou nenhuma anormalidade na rede no município de Palmácia. Além disso, de acordo com a Oi, o serviço de telefonia móvel está funcionando normalmente no município de General Sampaio. “A companhia acrescenta que sua rede é monitorada constantemente e, sempre que necessário, são feitos ajustes de forma a corrigir eventuais falhas”, afirmou em nota.

Publicidade

Dê sua opinião

61 municípios do Ceará têm somente uma opção de telefonia celular

Dos 184 municípios cearenses, 61 possuem somente uma operadora de telefonia móvel. Isto é, 33% das cidades do estado só podem escolher entre Oi, TIM, Vivo ou Claro para realizar ligações de celulares.

Por Jackson Cruz em Ceará

19 de setembro de 2012 às 18:46

Há 7 anos

Dos 184 municípios cearenses, 61 possuem somente uma operadora de telefonia móvel. Isto é, 33% das cidades do estado só podem escolher entre Oi, TIM, Vivo ou Claro para realizar ligações de celulares. Os dados são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Ao todo, 29 municípios possuem somente a operadora Claro, como Palmácia, Caridade e Frecheirinha; 18 somente a TIM, como Milhã, Monsenhor Tabosa e Solonópole; oito somente a Oi, como General Sampaio, Penaforte e Baixio; seis somente a Vivo, como Cariré, Itatira e Jardim.

Confira lista completa:

FONTE: Anatel

Sinal

Sandra Pinheiro trabalha em uma farmácia, no município de Milhã, a 301 quilômetros de Fortaleza, onde apenas há a operadora TIM. De acordo com ela, os planos da região são os mesmos de qualquer outro lugar, assim como as promoções. O problema, segundo ela, é o sinal “que fica oscilando às vezes”. Mesmo assim, ela considera o serviço razoável.

Já para Francisca das Chagas, que também trabalha em uma farmácia, o serviço da operadora local, a Claro, é maravilhoso. Ela mora na cidade de Palmácia, a 60 quilômetros de Fortaleza, e afirma que a única antena local da operadora de celular foi criada em 2011. “Seria melhor que existissem mais operadoras no local. Tenho um amigo que possui três chips, mas só o da Claro funciona. A gente teria mais vantagens”, afirma. Porém, segundo Francisca, o problema com a queda de sinal também é recorrente na região.

Aurélio Magalhães, que trabalha em um mercadinho, também reclama que o celular “vive fora de área” no município de General Sampaio, a 124 quilômetros da capital. Com somente a operadora Oi na região, o celular chega a ficar sem sinal dois ou três dias direto, segundo Aurélio. Mesmo assim, ele afirma que a ligação “é boa, sem ruído e barata”.

A equipe do Jangadeiro Online entrou em contato com a Anatel Regional para esclarecer se mesmo chips de outras operadoras funcionariam em um município com somente uma antena. Porém, até o momento deste post, a Anatel não havia respondido.

Operadoras respondem

Segundo a TIM, há um investimento com o objetivo de atingir a máxima satisfação dos seus clientes em todo o estado do Ceará. “A operadora ressalta que não registrou recente instabilidade de sinal no município de Milhã. Atualmente, a empresa cobre 96% da população urbana do estado, alcançando 142 dos 184 municípios, levando seus serviços 3G a mais de 62% da população urbana”, constatou por meio de nota.

Já a Claro informou que não registrou nenhuma anormalidade na rede no município de Palmácia. Além disso, de acordo com a Oi, o serviço de telefonia móvel está funcionando normalmente no município de General Sampaio. “A companhia acrescenta que sua rede é monitorada constantemente e, sempre que necessário, são feitos ajustes de forma a corrigir eventuais falhas”, afirmou em nota.