Água e sabão são utilizados para prevenir câncer de pênis


Câncer de Pênis Zero: urologistas fazem atendimento gratuito em Fortaleza

Urologistas atendem gratuitamente homens para esclarecer e fazer a prevenção contra a doença

Por Renatta Pimentel em Ceará

26 de setembro de 2013 às 09:30

Há 6 anos
Zico apoia a campanha contra Câncer de Pênis (Foto: Divulgação)

Zico apoia a campanha contra Câncer de Pênis (Foto: Divulgação)

Apenas água e sabão são necessários para evitar o câncer de pênis. A dica de prevenção faz parte da Campanha de Câncer de Pênis Zero, da A Sociedade Brasileira de Urologia (SUB) em parceria com o Instituto Lado a Lado pela Vida, tem início nesta quinta-feira (26).

Homens de Fortaleza  e do interior do Ceará vão ser atendidos gratuitamente por urologistas que vão prestar atendimento urológico, clínico e cirúrgico em hospitais públicos e promover o esclarecimento sobre a doença.

De acordo com um dos coordenadores da campanha no Ceará, Rômulo Silveira, a iniciativa é um incentivo aos homens e tem como maior objetivo esclarecer dúvidas. “Esperamos que a população compareça para fazer a prevenção e evitar a doença. O câncer de pênis é muito agressivo e pode haver até a mutilação do órgão, caso o diagnóstico da doença demore a ser feito”, alerta.

Pesquisa

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor representa 2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste. Segundo o Data/SUS, há cerca de mil amputações por ano do órgão.

A doença está relacionada às baixas condições socioeconômicas e de informação, à má higiene íntima e a homens que não se submeteram à circuncisão (remoção do prepúcio, pele que reveste a glande – a “cabeça” do pênis). O estreitamento do prepúcio é um fator de predisposição ao câncer peniano, assim como a infecção pelo vírus HPV.

“O câncer de pênis é um dos poucos que se é possível prevenir. Basta lavar o pênis com água e sabão, puxando o prepúcio – a pele que encobre a glande – principalmente após relações sexuais ou masturbação, usar preservativo nas relações sexuais e fazer a cirurgia em caso de fimose ou exuberância de prepúcio na puberdade”, afirma o presidente da SBU, Aguinaldo Nardi.

Atendimento ao público

Quem estiver interessado em realizar o exame urológico, tirar dúvidas e obter encaminhamento para seu caso (cirúrgico ou não) deverá procurar os hospitais participantes da campanha. Em Fortaleza o atendimento acontece na Santa Casa de Misericórdia (rua Barão de Rio Branco, 20 – Centro), no dia 28 – de 9h às 12h e de 14h às 17h.

Os homens de Reriutaba –  313 quilômetros da capital cearense – recebem atendimento também no sábado (28), de 9h às 12h e de 14h às 17h.

Higiene íntima é fundamental na prevenção (Foto: Divulgação)

Higiene íntima é fundamental na prevenção (Foto: Divulgação)

Recomendações:

  • Lavar o pênis diariamente com água e sabão, principalmente após relações sexuais ou masturbação.
  • Ensinar ao menino, desde cedo, como fazer a higiene do pênis. É preciso puxar a pele e limpar.
  • Realizar autoexame mensalmente. Puxe a pele e verifique se há alguma lesão na região.
  • Usar preservativo nas relações sexuais.
  • Ao notar qualquer alteração no pênis, visite o urologista.

Fatores de risco

  • Fimose – pele que impede a exposição da glande (cabeça do pênis);
  • Acúmulo de esmegma (secreção branca resultante da descamação celular);
  • Higiene local precária;
  • Falta de informação sobre a doença;
  • Má situação socioeconômica e educacional das pessoas, em geral moradoras de regiões mais carentes, como o Norte e Nordeste.

Sintomas

O autoexame do pênis é fundamental para detectar as características apresentadas abaixo:

  • Perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;
  • Feridas e caroços no pênis que não desapareceram após tratamento médico e apresentem secreções e mau cheiro;
  • Tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);
  • Inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose.
Publicidade

Dê sua opinião

Câncer de Pênis Zero: urologistas fazem atendimento gratuito em Fortaleza

Urologistas atendem gratuitamente homens para esclarecer e fazer a prevenção contra a doença

Por Renatta Pimentel em Ceará

26 de setembro de 2013 às 09:30

Há 6 anos
Zico apoia a campanha contra Câncer de Pênis (Foto: Divulgação)

Zico apoia a campanha contra Câncer de Pênis (Foto: Divulgação)

Apenas água e sabão são necessários para evitar o câncer de pênis. A dica de prevenção faz parte da Campanha de Câncer de Pênis Zero, da A Sociedade Brasileira de Urologia (SUB) em parceria com o Instituto Lado a Lado pela Vida, tem início nesta quinta-feira (26).

Homens de Fortaleza  e do interior do Ceará vão ser atendidos gratuitamente por urologistas que vão prestar atendimento urológico, clínico e cirúrgico em hospitais públicos e promover o esclarecimento sobre a doença.

De acordo com um dos coordenadores da campanha no Ceará, Rômulo Silveira, a iniciativa é um incentivo aos homens e tem como maior objetivo esclarecer dúvidas. “Esperamos que a população compareça para fazer a prevenção e evitar a doença. O câncer de pênis é muito agressivo e pode haver até a mutilação do órgão, caso o diagnóstico da doença demore a ser feito”, alerta.

Pesquisa

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor representa 2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste. Segundo o Data/SUS, há cerca de mil amputações por ano do órgão.

A doença está relacionada às baixas condições socioeconômicas e de informação, à má higiene íntima e a homens que não se submeteram à circuncisão (remoção do prepúcio, pele que reveste a glande – a “cabeça” do pênis). O estreitamento do prepúcio é um fator de predisposição ao câncer peniano, assim como a infecção pelo vírus HPV.

“O câncer de pênis é um dos poucos que se é possível prevenir. Basta lavar o pênis com água e sabão, puxando o prepúcio – a pele que encobre a glande – principalmente após relações sexuais ou masturbação, usar preservativo nas relações sexuais e fazer a cirurgia em caso de fimose ou exuberância de prepúcio na puberdade”, afirma o presidente da SBU, Aguinaldo Nardi.

Atendimento ao público

Quem estiver interessado em realizar o exame urológico, tirar dúvidas e obter encaminhamento para seu caso (cirúrgico ou não) deverá procurar os hospitais participantes da campanha. Em Fortaleza o atendimento acontece na Santa Casa de Misericórdia (rua Barão de Rio Branco, 20 – Centro), no dia 28 – de 9h às 12h e de 14h às 17h.

Os homens de Reriutaba –  313 quilômetros da capital cearense – recebem atendimento também no sábado (28), de 9h às 12h e de 14h às 17h.

Higiene íntima é fundamental na prevenção (Foto: Divulgação)

Higiene íntima é fundamental na prevenção (Foto: Divulgação)

Recomendações:

  • Lavar o pênis diariamente com água e sabão, principalmente após relações sexuais ou masturbação.
  • Ensinar ao menino, desde cedo, como fazer a higiene do pênis. É preciso puxar a pele e limpar.
  • Realizar autoexame mensalmente. Puxe a pele e verifique se há alguma lesão na região.
  • Usar preservativo nas relações sexuais.
  • Ao notar qualquer alteração no pênis, visite o urologista.

Fatores de risco

  • Fimose – pele que impede a exposição da glande (cabeça do pênis);
  • Acúmulo de esmegma (secreção branca resultante da descamação celular);
  • Higiene local precária;
  • Falta de informação sobre a doença;
  • Má situação socioeconômica e educacional das pessoas, em geral moradoras de regiões mais carentes, como o Norte e Nordeste.

Sintomas

O autoexame do pênis é fundamental para detectar as características apresentadas abaixo:

  • Perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;
  • Feridas e caroços no pênis que não desapareceram após tratamento médico e apresentem secreções e mau cheiro;
  • Tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);
  • Inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose.