Após usar avião da FAB em Fortaleza, ministro será investigado


Após usar avião da FAB em Fortaleza, ministro será investigado

Garibaldi Alves estava no CE para cumprir agenda oficial e, em seguida, usou avião da FAB para ir ao RJ assistir à final da Copa das Confederações

Por Roberta Tavares em Ceará

12 de julho de 2013 às 09:14

Há 6 anos
Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial (FOTO:José Cruz/ABr)

Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial (FOTO:José Cruz/ABr)

O Ministério Público do Distrito Federal está investigando o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho. Ele usou o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) em viagem entre Fortaleza e Rio de Janeiro. O ministro foi assistir à final da Copa das Confederações, no Maracanã.

Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial. O Ministério da Previdência Social divulgou nota afirmando que o ministro precisou usar a aeronave da FAB para ir a um compromisso oficial em Morada Nova (CE) para a inauguração de uma agência da Previdência Social.

O ministério destacou que Garibaldi poderia ser levado de volta para Brasília ou para Natal, onde reside, ao final deste compromisso oficial em aeronave da FAB, como está previsto em lei. Ainda segundo a pasta, o ministro retornou a Brasília na segunda-feira, 1º de julho, em avião comercial.

O procurador Hélio Heringer informou que abrirá investigação sobre o caso.

Publicidade

Dê sua opinião

Após usar avião da FAB em Fortaleza, ministro será investigado

Garibaldi Alves estava no CE para cumprir agenda oficial e, em seguida, usou avião da FAB para ir ao RJ assistir à final da Copa das Confederações

Por Roberta Tavares em Ceará

12 de julho de 2013 às 09:14

Há 6 anos
Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial (FOTO:José Cruz/ABr)

Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial (FOTO:José Cruz/ABr)

O Ministério Público do Distrito Federal está investigando o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho. Ele usou o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) em viagem entre Fortaleza e Rio de Janeiro. O ministro foi assistir à final da Copa das Confederações, no Maracanã.

Garibaldi Alves estava no Ceará para cumprir agenda oficial. O Ministério da Previdência Social divulgou nota afirmando que o ministro precisou usar a aeronave da FAB para ir a um compromisso oficial em Morada Nova (CE) para a inauguração de uma agência da Previdência Social.

O ministério destacou que Garibaldi poderia ser levado de volta para Brasília ou para Natal, onde reside, ao final deste compromisso oficial em aeronave da FAB, como está previsto em lei. Ainda segundo a pasta, o ministro retornou a Brasília na segunda-feira, 1º de julho, em avião comercial.

O procurador Hélio Heringer informou que abrirá investigação sobre o caso.